Arquivo da tag: Quarteto Fantástico

Emily Blunt nega rumores sobre possível escalação no novo filme do Quarteto Fantástico

A atriz disse que ninguém entrou em contato com ela e seu marido, John Krasinski.


Após vários rumores e notícias citando Emily Blunt e John Krasinski como protagonistas da nova adaptação de Quarteto Fantástico, a atriz se pronunciou sobre o assunto e afirmou que isso tudo é fake. Blunt revelou isso durante uma entrevista ao The Howard Stern Show.

“Isso é uma escalação dos fãs. Ninguém recebeu um telefonema. São apenas pessoas dizendo ‘isso não seria ótimo?'”

A atriz também relembrou quando estava sendo cotada para o papel de Viúva Negra no MCU, e deixou claro que não é uma grande fã do gênero.

“Amo Homem de Ferro, e quando me ofereceram o papel da Viúva Negra [em Homem de Ferro 2] fiquei obcecada com o personagem. Queria trabalhar com o Robert Downey Jr, seria incrível. Mas não sei se filmes de super-heróis são para mim. Eles não são o meu forte. Não gosto deles, realmente não gosto”, disse a atriz.

Além disso, Blunt revelou que só toparia participar de um filme do gênero se o projeto fosse interessante e se sua personagem fosse legal.

“Se tornou cansativo. Fomos inundados – não só por filmes, mas também pelas intermináveis séries de TV. Não estou dizendo que nunca interpretaria um, mas teria de ser algo tão legal e um personagem muito legal. Aí ficaria estaria interessada”.

A declaração pode ter jogado um balde de água fria nos fãs, mas só resta esperar alguma confirmação oficial de uma das partes envolvidas no projeto.

O filme do Quarteto Fantástico não possui data para estrear.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anual

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Marvel anuncia calendário de lançamento e títulos de seus próximos filmes

A nova Fase só está começando.


Mais cedo, a Marvel Studios divulgou um vídeo celebrando os próximos lançamentos, também servindo como anúncio de títulos, logos oficiais e datas dos filmes. Entre algumas confirmações, a Marvel revelou a data de Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, o título oficial de Pantera Negra 2 e também de Capitã Marvel 2. Veja o vídeo abaixo e a lista de lançamentos:

Anúncios
  • Viúva Negra – Julho de 2021
  • Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis – Setembro de 2021
  • Os Eternos – Novembro de 2021
  • Spider-Man: No Way Home – Dezembro de 2021
  • Doutor Estranho no Multiverso da Loucura – Março de 2022
  • Thor: Amor e Trovão – Maio de 2022
  • Pantera Negra: Wakanda Forever – Julho de 2022
  • The Marvels – Novembro de 2022
  • Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania – Fevereiro de 2023
  • Guardiões da Galáxia Vol. 3 – Maio de 2023
  • Quarteto Fantástico – Sem Data

Atualmente, a produção do novo Homem-Formiga já está em andamento, e está pronto para as filmagens apenas na primavera norte-americana.

O elenco conta com Paul RuddEvangeline LilyMichael DouglasKathryn Newton, Jonathan Majors Michelle Pfeiffer. Peyton Reed, que dirigiu Homem Formiga Homem Formiga e Vespa, assinou para dirigir o terceiro, com roteiro de Jeff Loveness.

Os dois filmes juntos arrecadaram pouco mais de US$ 1 bilhão, tendo críticas positivas, especialmente no primeiro. O terceiro filme poderia vir para encerrar o ciclo do herói no MCU.

Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania estreia em fevereiro de 2023.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações da Marvel Studios, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anual

Fazer uma contribuição única

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Semana Heroica #5: Crítica: Quarteto Fantástico (2005)

Aviso: Crítica sem spoilers!


Nada brilhante.


O cientista Reed Richards (Ioan Gruffudd) convence seu arrogante colega Victor von Doom (JulianMcMahon) a financiar seus experimentos com energia cósmica. Na estação espacial Von Doom, a tripulação, incluindo o astronauta Ben Grimm (Michael Chiklis), a pesquisadora Sue Storm (Jessica Alba) e o piloto Johnny Storm (Chris Evans), é exposta a uma tempestade cósmica misteriosa que dá superpoderes a eles. Eles tentam lidar com suas transformações enquanto o detestável von Doom jura vingança.

Anúncios

Quarteto Fantástico é um filme que possui diversos erros e por isso é bombardeado pelos fãs da equipe. Pra começar, o filme conta com diversos furos no roteiro e cenas que acabam sendo desnecessárias para a trama do filme. O longa também conta com diversos momentos com um humor que funciona em certas partes, mas é forçado, infantil e que quebra o clima de uma cena que poderia ser muito mais interessante.

Os efeitos especiais do filme são medianos e não comprometem o filme, mas em certos momentos deixam a desejar. Os atores até que mandaram bem no papel, pois estão muito bem caracterizados e lembram os personagens dos quadrinhos.

O vilão Victor Von Doom tem uma boa participação e se destaca entre os outros personagens.


Veredito

É um filme abaixo da média que tenta ser fiel as HQs mas falha por conta do seu roteiro fraco e de suas cenas desnecessárias e mal colocadas.

4/10.


Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem ou equipe dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos importantes, games, filmes e sua origem, ou um vídeo falando sobre algum quadrinho, essas últimas no canal do Critical Room.

Anúncios

Semana Heroica #4 | O que o Quarteto Fantástico representa para o MCU?

O Quarteto Fantástico forma uma boa equipe, mas será que eles realmente superam os Vingadores como o melhor grupo de heróis da Marvel?


Com três projetos considerados um fiasco ao longo das três ultimas décadas, muitos fãs ficaram se perguntando e torcendo pela estreia da Família Fundamental no UCM, afinal, foi através de sua primeira aventura nas mãos do saudoso Stan Lee e Jack “The King” Kirby a Marvel deve sua criação.

Sendo ao longo de vários anos, junto com os X-Men e Homem-Aranha, as franquias mais importantes da Casa das Ideias antes da estreia de Homem de Ferro mudar o rumo da Marvel.

Mas a questão é: Qual a importância do Quarteto Fantástico e o que esperar de seu próximo filme no UCM?


Diferente do que estamos costumados a ver

fantastic-4-rise-of-the-silver-surfer-johnny-storm-and-hot-girls

Pra quem assistiu Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado, percebeu que os heróis eram vistos totalmente diferentes de qualquer outro filme de super-heróis? Eles eram celebridades, isso mesmo, o Quarteto trás uma outra pegada à esse universo, assim como Stan Lee disse: “Olha, eu tenho super-poderes, posso fazer coisas que você não sabe”.

E isso é o torna o Time tão especial, claro que os Vingadores não costumavam se esconder por aí, mas não vimos o time ser tão amado como o Quarteto foi a mais de uma década atrás.

Família em primeiro lugar

quarteto-fantastico4

Uma das coisas que diferencia o Quarteto Fantástico de qualquer superequipe por aí é o fato de que eles são uma família mais do que qualquer outra coisa. Mulher Invisível e Sr. Fantástico são casados ​​e têm filhos, Tocha Humana é irmão da Mulher Invisível, e embora o Coisa não esteja relacionado a nenhum deles pelo sangue, seu vínculo com todos eles é tão próximo quanto qualquer irmão.

A maioria das equipes tem um vínculo de irmandade e amizade, mas o Quarteto Fantástico é diferente – eles são uma família e reagem às ameaças à família com uma ferocidade e recursos que são chocantes para seus adversários .

Um dos maiores vilões do Universo Marvel

doutor-destino-quem-e-historia-e-curiosidades-do-vilao-da-marvel-4

O Universo Marvel está cheio de alguns dos maiores vilões de todos eles e é difícil dizer quem é o melhor … mas muitos costumam dizer que é Doutor Destino. Victor Voom Doom é a ameaça consumada – um poderoso monarca de seu próprio país, ele é uma das pessoas mais inteligentes do planeta e um feiticeiro poderoso . Sua armadura é tão avançada que lhe permitiu derrubar os deuses e tomar seus poderes.

Enquanto ele lutou contra quase todos os heróis e times de grande peso no Universo Marvel, ele tem um ódio especial por Reed Richards e seus companheiros do Quarteto Fantástico e guarda seus melhores esquemas e armadilhas para eles. 

Um tipo diferente de superequipe

four

Outra coisa que diferencia o Quarteto Fantástico de qualquer equipe é o fato de que, embora sejam uma equipe de super-heróis, essa é uma função secundária para eles – eles são, antes de mais nada, uma equipe de exploradores. E foi seguindo essa linha que a equipe receberam seus poderes. O FF explora o universo – espaço, outras dimensões e os domínios da ciência – e mantém tudo a salvo do desconhecido.

Essa equipe trará novos caminhos inexplorados na Marvel Studios, isso significa que, com as próximas fases da Marvel não teremos saturado tão cedo já que suas abordagens serão diversificadas.

Seu filme dentro da franquia abriria infinitas possibilidades assim como o Homem-Formiga e a Física Quântica junto aos Guardiões da Galáxia deram a Saga.

A Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem ou equipe dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos importantes, games, filmes e sua origem, ou um vídeo falando sobre algum quadrinho, essas últimas no canal do Critical Room.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anual

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Semana Heroica #3 | O Dia do Juízo Final

Confira a review da HQ!


Mais uma edição da Semana Heroica, a primeira do ano, e o Quarteto Fantástico bate à porta da Marvel Studios. Kevin Feige ouviu, incluiu Jon Watts no projeto, e o filme está confirmado na Fase 4.

O Critical Room traz os quatro fantásticos pela primeira vez ao site, com uma nova fórmula e mais leve. Mas, nem tudo é Quarteto Fantástico no título, que tal Surfista Prateado? É o Dia do Juízo Final para o mundo todo, e você sabe quem está por trás do grande plano.

Marvels, de Kurt Busiek, com a arte do gênio Alex Ross, é uma minissérie em quadrinhos, lançada no ano de 1994, e contou com quatro edições. Todas as histórias envolvem o fotógrafo Phil Sheldon, que conta como foi cada história, na perspectiva humana, e não dos heróis e vilões. Tocha-Humana, o medo do povo para com a raça Mutante, o Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado unindo forças para derrotar Galactus e o Dia Em Que Ela Morreu, a última edição que lida com a morte de Gwen Stacy.

Analisamos a terceira edição, que contou a história de dominação de Galactus em Nova York, aterrorizando toda a população, e lutando contra os grandes heróis da cidade. Confira acima nossa review do quadrinho.

Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem ou equipe dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos importantes, games, filmes e sua origem, ou um vídeo falando sobre algum quadrinho, essas últimas no canal do Critical Room.

Anúncios

Semana Heroica #1 | O que motivou o fracasso do reboot do Quarteto Fantástico?

Quarteto Fantástico (2015) é um dos piores filmes de heróis já feitos.


Quando se fala em Quarteto Fantástico, muitos se lembram daquele clássico e vistoso filme de 2005, onde a Fox sabia, pelo menos, fazer um roteiro decente. Mas, muitos ainda se lembram do reboot de 2015, totalmente inapto de ser chamado de filme e horrível aos olhos dos fãs. Mas, por que foi um fracasso total? O que desencadeou tudo isso?

Anúncios

Vamos começar do básico, o diretor e a escolha do elenco. Josh Trank, diretor de Poder Sem Limites, parecia ser promissor. E, de fato, era, mas talvez muito novo para um blockbuster de heróis. Já o elenco, que conta com Michael B. Jordan (Tocha Humana), Kate Mara (Sue Storm), Miles Teller (Reed Richards) e Jamie Bell (O Coisa) foi uma boa escolha. Mas, dentro da proposta do filme, não pareciam ser tão dinâmicos quanto os atores da duologia da Fox. Mas, ressalto que, para a proposta do filme, que era trazer uma equipe mais jovem, mais inexperiente e um tanto ingênua, os atores foram boas escolhas.

Josh-Trank-diretor-de-Quarteto-Fantástico
Josh Trank, diretor do filme
Enredo

Pulando para a etapa do enredo, que tinha tudo para ser interessante, mas é esquecível. Recontar a origem mais uma vez do Quarteto Fantástico, já é desinteressante, mas remodelar e transformá-los em jovens do ensino médio, foi um dos piores erros. Talvez isso funcione mesmo para o Homem-Aranha, mas para uma das equipes mais famosas dos quadrinhos da Marvel, não como o esperado. A origem entrelaça os destinos dos quatro personagens, por conta de uma máquina de teletransporte que os leva para outra dimensão. O experimento dá errado, e o resto você já sabe, o ganho dos poderes.

O desenvolvimento de Reed Richards, talvez, seja a melhor coisa do filme, já o restante da equipe… Não é preciso comentar. História rasa, desenvolvimento dinâmico inexistente, roteiro apressado. Três pontos-chaves que podem resumir o pior filme de heróis deste século.

Vilão, visuais e cenas de ação

É justo ver o Doutor Destino novamente, mas, já é a terceira vez que o vemos, numa diferença de 10 anos. Posso estar sendo chato, mas o filme, se não fosse as interferências do estúdio e refilmagens, poderia ter sofrido de uma abordagem muito melhor do que o produto final, trazendo vilões totalmente  diferentes de Doom. Mesmo que a origem do mais voraz inimigo da equipe esteja ligada aos heróis, ele poderia servir de um dos inimigos que faz dupla com algum outro de mesmo poder, ou ser engavetado para uma sequência. 

Doom_capa
Divulgação/20th Century Studios

Outra vez, há um fraco desenvolvimento acerca de um grande personagem. Seus motivos malignos são inexistentes, se tornando apenas num típico vilão genérico, que aparece em apenas uma edição de um quadrinho e nunca mais retorna. 

Falando agora em um geral de visuais, tanto os dos personagens quanto CGI, eles poderiam ser BEM melhores. Levando em consideração a época de Quarteto Fantástico de Tim Story, que possuía efeitos especiais, que pra hoje são medianos, há uma melhora bem considerável. Mas, tudo tem um porém, e neste filme bagunçado, tem poréns até demais. Era pra ser melhor que os anteriores, certo? Era, mas esse não é o caso, e até os próprios uniformes conseguem ser piores do que de costume. Imitando Bryan Singer, com uniformes padronizados em X-Men? Quem sabe. O design imemorável do Doutor Destino, – O Coisa também não está lá “aquelas coisas” as cenas de ação mal coreografadas em muitas sequências, casam com o baixo orçamento que o filme teve – R$ 120 milhões. Mesmo que o foco seja o Quarteto Fantástico, em desenvolver designs e efeitos visuais melhores, esquecem de seu vilão e do restante do longa, para manter a mesma qualidade empregada para a equipe.

O fracasso súbito e a culpa da FOX

Fracasso de crítica, de bilheteria e de audiência, é o caso deste reboot. Mas, a culpa é do diretor e elenco? Não, a culpa é do estúdio. O longa-metragem passou por refilmagens, e teve várias interferências do estúdio. O diretor, Josh Trank, afirmou que “foi como ser castrado”, após ver que editores e produtores do filme estavam mudando uma grande maioria do que ele construiu. Os problemas internos fecharam portas para Trank, que desistiu de dirigir um derivado de Star Wars para a Lucasfilm.

A Fox queria trazer mais leveza ao filme, e de fato trouxe, junto de fracasso. Os problemas na produção, geraram vários rumores negativos acerca do filme, contribuindo para um fracasso total. O filme ganhou R$ 167,9 milhões intencionalmente, mas muito aquém do esperado e dos filmes anteriores. 

Se era pra ser o pior filme de heróis do século XXI e integrar a lista, superando até mesmo Batman e Robin (1997), o reboot de Quarteto Fantástico conseguiu.

Agora, caberá à Marvel Studios produzir uma obra de grande qualidade, para uma das equipes mais marcantes dos quadrinhos de todos os tempos.


Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem ou equipe dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos importantes, games, filmes e sua origem, ou um vídeo falando sobre algum quadrinho, essas últimas no canal do Critical Room.

Acompanhe nosso Instagram e participe de quizzes disponíveis nos stories sobre o Quarteto!


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anual

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Rumor: Quarteto Fantástico pode chegar em 2023

Longa já está em produção.


É difícil dizer mais sobre o Quarteto Fantástico, que irá se reiniciar no MCU, pois parece que a Marvel Studios Kevin Feige estão querendo manter o segredo por um bom tempo. Porém, de acordo com um relatório do site Murphy’s Multiverse, o longa da equipe já está em fase de produção pela Marvel Studios, mas longe de estrear tão cedo.

Anúncios

Há meses atrás, o site havia reportado que a Marvel havia criado uma produtora dentro do próprio estúdio, chamada de Grass-Fed Productions, mas agora, o nome é bem diferente. A produtora que está encabeçada no projeto é a Solve Everything Productions, criação da própria Marvel Studios para produzir o Quarteto Fantástico e não levantar muitas suspeitas, ao que parece.

Nada foi confirmado pela Marvel, tampouco sabemos quem está fazendo parte da pré-produção do filme, que pode chegar apenas em 2023, sendo mais um dos filme sem data. Homem-Formiga 3, Blade e Guardiões da Galáxia Vol 3. Uma equipe criativa pode ser contratada ainda em 2021.

Por enquanto, tudo o que sabemos é que a Marvel Studios terá um grande trabalho pela frente.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anual

Fazer uma contribuição uma única vez

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Marvel | 10 personagens do universo cósmico que podem ser aproveitados

Não é novidade que James Gunn agora faz parte dos Mundos da DC (ou DCEU, como todos conhecem), mas o que ninguém sabe é que o novo diretor de O Esquadrão Suicida deveria estar supervisionando o universo cósmico da Marvel. Mas as coisas mudaram após a demissão de Gunn pela Disney. O diretor apenas voltou para a conclusão do terceiro capítulo de Guardiões da Galáxia.

RELACIONADOS:
The Batman, The Flash e Shazam! 2 têm estreias remarcadas pela Warner

O que tudo significa é que o Universo Cósmico da Marvel ainda permanece desconhecido, mas com a chegada dos Eternos, parece haver muito mais para os personagens explorar no espaço sideral. Aqui vai uma lista sobre 10 personagens do universo cósmico que ainda não não foi aproveitado no UCM.


10° – ADAM WARLOCK

Havia um easter-egg (ou bem mais que isso) adicionado em Guardiões da Galáxia Vol. 2 que possivelmente sugeriu, Adam Warlock. Em um pós-créditos, Ayesha tinha um casulo e disse a sua serva que ela o chamaria de Adam.

No entanto, o verdadeiro Adam Warlock ainda não apareceu no UCM. O momento perfeito para a introdução do personagem seria em Guerra Infinita, desde que ele desempenhou um papel importante nos quadrinhos, mas o personagem não foi aproveitado.

9° – NOVA

Assim como Adam Warlock, James Gunn deixou o cenário perfeito para a introdução de um super-herói importante na editora, Nova. A Tropa Nova desempenhou um papel importante no primeiro filme dos Guardiões da Galáxia, e embora houvesse muitos membros, um membro específico permaneceu ausente – Richard Rider, o terráqueo que se juntou ao grupo.

No entanto, a melhor forma para o UCM apresentar o personagem de Nova seria com Sam Alexander, a criança que teve seus poderes herdados e poderia fazer parte da nova geração de Vingadores.

8° – GALACTUS

Não seria a primeira vez que o vilão daria a cara nos cinemas, ele foi apresentado em Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (de uma forma não muito amigável para os fãs), o filme da Fox que sofreu reboot uma vez antes da franquia finalmente voltar para a Marvel.

Para o desgosto de muitos, ele foi apresentado como uma nuvem de poeira (ou uma tempestade de areia) e nunca teve uma aparição honrosa. No UCM, ele poderia finalmente aparecer em toda a sua glória e isso também poderia introduzir o próximo nome nesta lista.

7° – O SURFISTA PRATEADO

Um destaque do Quarteto Fantástico e Surfista Prateado foi o design e a aparência do personagem. Doug Jones foi o ator responsável pela captura de movimento que deu vida ao Surfista e seria uma grande jogada se a Marvel trouxesse Jones de volta na pele do personagem no futuro.

RELACIONADOS: Ultimatum| Marvel estaria desenvolvendo filme de evento polêmico

Se o Surfista aparece ou não como o arauto de Galactus ou tiver um papel importante em outro filme da franquia, ele pode ser o melhor personagem que ainda não foi apresentado pelo UCM.

6° – Rei do Caos

Esse é um vilão que teve um papel importante na saga, Guerra do Caos. Seu nome verdadeiro é Amatsu-Mikaboshi e é inspirado na mitologia japonesa.

Ele é um inimigo dos deuses, conectado a Thor e Hércules, e com aqueles considerados extra-terrestres na Marvel, ele pode fazer alguma aparição em um futuro filme se a Marvel quiser continuar sua expansão no universo cósmico.

5° – Senhora Morte

Existem rumores de que a Senhora Morte está chegando ao MCU, ou já se faz presente. Isso poderia acontecer mais cedo do que se imagina, em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura. Senhora Morte representa a personificação da morte nesse universo.

Ela também foi o pivô para a Guerra Infinita que levou a obsessão de Thanos nos quadrinhos quando ele estava fazendo isso para provar seu amor por ela. Como ela aparece no UCM pode ser interessante, pois ela seria a segunda das abstratas entidades cósmicas da Marvel que os fãs poderiam ver.

4° – Seres Supremos

Se a Senhora Morte tiver uma ótima recepção nos cinemas, as maiores entidades abstratas da Marvel Cosmic poderão vir a seguir. Estes são os seres mais poderosos de todo o universo e mantêm todo o equilíbrio dos mundos em suas mãos.

RELACIONADO: Marvel Studios| O cenário atual pode ajudar a introduzir velhos personagens

As principais entidades cósmicas que a Marvel poderia introduzir de uma maneira ou de outra são Eternidade, Tribunal Vivo e Infinito. A eternidade é o ser supremo, o Tribunal é o juiz que garante que todas as leis cósmicas sejam obedecidas e o Infinito é o equivalente da Eternidade.

3° – O VIGIA

Os Vigias foram apresentados em uma cena cômica num pós-crédito em Guardiões da Galáxia Vol. 2, quando Stan Lee é visto sentado e contando suas histórias antes que todos se virassem e se afastassem.

No entanto, Uatu, o Observador, é alguém que a Marvel poderia apresentar, especialmente depois que o Quarteto for apresentado. Uatu é o ser que registra a história da Terra para manter um registro de todos os eventos que já aconteceram.

2° – A ZONA NEGATIVA

Quando o Quarteto Fantástico chegar ao UCM, os filmes também precisam apresentar a Zona Negativa. Foi Reed Richards quem criou uma maneira de chegar à dimensão e, nessa dimensão, existem muitos personagens malignos.

A idéia do Aniquilador ser um dos próximos grandes problemas para o UCM é intrigante, mas ele não pode aparecer sem que a Zona Negativa seja introduzida. Felizmente, o UCM pode fazer um trabalho melhor do que a Fox em 2015.

1° – O IMPÉRIO SHI’AR

Quando a Marvel rebootar os X-Men, a melhor coisa que eles podem fazer é criar algo completamente diferente do que a Fox fez. Embora a Fox tenha concentrado quase todo o tempo nas idéias de desigualdade em seus filmes, há muito mais a explorar.

Fora do Quarteto Fantástico, X-Men não pode explorar o espaço, com exceção de Fênix Negra que tem seu pontapé inicial gravado no espaço, e este é o melhor momento de trazer o Império Shi’ar e os heróis dessa equipe.


PRÓXIMO: DC| Superman: Homem do Amanhã terá a participação de Darren Criss e Zachary Quinto

Ultimatum | Marvel estaria desenvolvendo filme de evento polêmico

Um dos eventos mais controversos da Marvel pode ganhar vida nas telonas

De acordo com o CBR, um usuário do MCU Cosmic afirmou que a Marvel Studios estaria silenciosamente adaptando a saga Ultimatum para o UCM.

RELACIONADOS: Marvel Studios| O cenário atual pode ajudar à introduzir velhos personagens


O usuário relata que os detalhes da história e do enredo são escassos em relação ao projeto, mas se a Marvel Studios está trazendo Ultimatum aos poucos, provavelmente não será fiel aos quadrinhos. Isso seguiria mudanças semelhantes dos quadrinhos para os cinemas que aconteceram da mesma forma em Soldado Invernal, Era de Ultron, Guerra Civil, Guerra Infinita e Ultimato. Todos esses filmes pegaram idéias básicas dos quadrinhos.

RELACIONADOS: Marvel | Grande encontro na Fase 4 não terá Vingadores 5


Ultimatum foi uma série limitada de 2009 do escritor Jeph Loeb e do artista David Finch, e reuniu os principais heróis do Universo Ultimate como Os Supremos Vingadores, Homem-Aranha, X-Men e Quarteto Fantástico. Magneto, buscando vingança pelas mortes de Feiticeira Escarlate e Mercúrio, reverteu o campo magnético da Terra, causando desastres naturais em todo o mundo. O evento atraiu críticas por suas muitas mortes, o que ajudou a preparar o cenário para a próxima era da linha Ultimate de quadrinhos.

Embora não esteja claro se a Marvel Studios irá adaptar o Ultimatum, agora que a Marvel detém os direitos da Fox assim como a parceria com a Sony, não vai ser impossível trazer o evento para as telonas. Ainda assim, os principais vilões Magneto e Doutor Destino provavelmente farão sua estréia no UCM somente depois que os X-Men e o Quarteto Fantástico forem introduzidos corretamente, apesar das recentes mudanças no calendário de lançamentos da Fase Quatro, quando isso vai acontecer ainda é um mistério.