Arquivo da tag: DC Comics

Sofia Falcone é destaque em nova prévia de Batman: O Longo Dia das Bruxas

Segunda parte da animação chega no dia 27.


O IGN divulgou com exclusividade um novo clipe de Batman: O Longo Dia das Bruxas – Parte 2, mostrando a filha de Carmine Falcone (Titus Welliver), Sofia Falcone, chegando a Gotham City para apoiar o pai em seu plano contra o assassino Feriado. Confira abaixo:

Anúncios

Sinopse: “O assassino conhecido como Feriado continua a perseguir a família do crime Falcone, enquanto uma nova classe de criminosos fantasiados sobe em Gotham City. Batman suspeita que um ex-aliado pode ser o assassino em série.”

Publicado pela DC Comics entre 1996 e 1997, Batman: O Longo Dia das Bruxas teve o roteiro de Jeph Loeb, com arte de Tim Sale. A história do quadrinho traz o Detetive em um caso incomum, que envolve assassinatos apenas em feriados. O grande mistério do assassino leva Batman a unir forças com o promotor Harvey Dent, e o capitão James Gordon, que buscam capturar Feriado antes que seja tarde demais.

O elenco de vozes conta com Jensen Ackles (Batman), Josh Duhamel (Harvey Dent), Billy Burke (James Gordon), Titus Welliver (Carmine Falcone), David Dastmalchian (Homem-Calendário), Troy Baker (Coringa), Naya Rivera (Mulher-Gato), Amy Landecker (Barbara Gordon), Julie Nathanson (Gilda Dent), Jack Quaid (Alberto Falcone), Fred Tatasciore (Grundy) e Alastair Duncan (Alfred)

A primeira parte estreou no dia 22 de junho. Já a segunda estreia no dia 27 de julho.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

SDCC 21 | Matt Ryan não será o Constantine na 7ª temporada de Legends of Tomorrow

Ator fará um novo personagem.


Foi revelado na San Diego Comic-Con que o Constantine não estará retornando para a sétima temporada de Legends of Tomorrow, apesar de Matt Ryan continuar na série. O ator comentou sobre durante o painel, que pode ser visto acima.

Anúncios

“Eu quero dizer que estou muito animado para isso. John é um personagem que, por toda a sua história nos quadrinhos e na TV, sempre esteve sozinho. Ele passa por uma história e por outra, mas nunca fica. Então o meu tempo como John chegou ao fim nesta série, mas estou animado para criar um novo papel com todo mundo deste elenco e equipe.

Os showrunners Phil Klemmer e Keto Shimizu revelaram alguns detalhes sobre o novo personagem. Seu nome será Gwyn Davies, descrito como “a última esperança das Lendas voltarem ao seu lugar no tempo“. Ele é um cientista galês excêntrico, que vive há 100 anos.

Na sexta e atual temporada, as Lendas irão lidar com aliens, que estão espalhados pela história, sendo como anacronismos. A equipe voltará em séculos anteriores para resolver os grandes problemas que os aliens estão fazendo, e consertar a história.

Ainda durante o painel, os showrunners confirmaram que a atriz Amy Pemberton, voz da Gideon na série, fará mais aparições como a forma humana da IA na sétima temporada.

O elenco também conta com Caity Lotz (Sara Lance), Matt Ryan (Constantine)Dominic Purcell (Mick Rory)Nick Zano (Nate Heywood)Tala Ashe (Zari Tomaz)Shayan Sobhian (Behrad)Jes Macallan (Ava Sharpe), Amy Pemberton (Gideon)Olivia Swann (Astra) e Adam Tsekhman (Gary).

Legends of Tomorrow retorna com ‘The Final Frame’ no dia 8 de agosto.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

SDCC 21 | Sara e Ava tentam se casar em trailer final da 6ª temporada de Legends of Tomorrow

Segunda parte da temporada chega em agosto.


Durante o painel na San Diego Comic-Con @Home, o elenco de Legends of Tomorrow sendo comandado por Caity Lotz, e os produtores do show, revelaram o trailer final da série, preparando a segunda parte da sexta temporada. Veja:

Anúncios

Sara (Lotz) e Ava (Jes Macallan) estão se casando, após longa espera já preparada ainda no final da quinta temporada e o início da sexta. Porém, o vilão Bishop (Raffi Barsoumian) irá atrapalhar a cerimônia. Sara e Mick (Dominic Purcell) acreditaram que ele estava morto, mas não é bem o que parece.

Além disso, pode-se notar o retorno da guerreira alienígena Kayla (Aliyah O’Brien), que aparentemente havia sido morta na batalha contra Bishop.

Na sexta e atual temporada, as Lendas irão lidar com aliens, que estão espalhados pela história, sendo como anacronismos. A equipe voltará em séculos anteriores para resolver os grandes problemas que os aliens estão fazendo, e consertar a história.

O elenco também conta com Caity Lotz (Sara Lance), Matt Ryan (Constantine)Dominic Purcell (Mick Rory)Nick Zano (Nate Heywood)Tala Ashe (Zari Tomaz)Shayan Sobhian (Behrad)Jes Macallan (Ava Sharpe), Amy Pemberton (Gideon)Olivia Swann (Astra) e Adam Tsekhman (Gary).

Legends of Tomorrow retorna com ‘The Final Frame’ no dia 8 de agosto.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Conheça Amanda Waller, a mente por trás do Esquadrão Suicida

A mente por trás do Esquadrão Suicida.


Sendo eleita como a 60° melhor vilã de todos os tempos pela IGN, Amanda Waller é sem dúvidas uma das personagens mais poderosas do Universo DC. Mesmo sem poderes, ela é capaz de intimidar até o próprio Batman, e mesmo que às vezes ela auxilie os heróis, não é sempre que Waller resolve ser boazinha com os supers. 

No CR Files de hoje, iremos apresentar a Amanda Waller, a líder-geral que comanda a equipe mais suja da DC, o Esquadrão Suicida que será interpretada por Viola Davis.


Criação e primeira aparição

Amanda-Waller-Suicide-Squad-DC-Comics-Ostrander-h35

Amanda Waller foi criada em 1986, criada por John Ostrander, Len Wein e John Byrne. A personagem fez sua primeira aparição na revista Lendas #1.

Origem

EPeibgQWsAAoEj5

Amanda possui um passado bastante perturbador, já que após o assassinato de seu filho mais velho, o estupro e assassinato de sua filha e a morte de seu marido, Waller teve que trabalhar muito para criar seus outros 3 filhos e coloca-los na faculdade. Após isso, ela também ingressou numa faculdade, onde cursou e conseguiu seu doutorado de Ciências Politicas.

Após se formar, Waller se tornou a diretora de campanha do democrata Marvin Collins para o congresso. Após a vitória de Collins, o democrata levou Amanda para que ela o auxiliasse. Lá ela acabou descobrindo o Esquadrão Suicida, e decidiu trazer a equipe de volta, só que dessa vez, os membros do Esquadrão seriam supercriminosos.

O Esquadrão Suicida

A relação entre Waller e seu Esquadrão é marcado pela antipatia mútua entre os dois lados, já que os integrantes da equipe não aprovam os métodos de Amanda, mas ela não se importa com esse fato. Porém, mesmo com esses problemas de “relacionamento” o Esquadrão sempre escolheu o lado da Waller do que o próprio governo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Habilidades

f4fb6b2b98a17036aca90d4f49460973 (1)

Influência política: Waller consegue o que quer e como quer, possuindo sempre contato com o presidente dos EUA e membros do alto escalão do exército americano. Não é à toa que ela sempre está nos maiores cargos de organizações como a A.R.G.U.S.

Manipulação e intimidação: Para sempre conseguir o que quer, Waller joga sujo e descobre os podres de cada um. Ela manipula e intimida os vilões para trabalharem em seu Esquadrão Suicida. Waller também já enfrentou algumas vezes a Liga da Justiça.

Outras habilidades: Amanda Waller também possui habilidades com armas de fogo, espionagem e análise tática.

Afiliações

amandawaller-origin1-so_14_35-v1

Além de ser a mente por trás do Esquadrão Suicida, Waller está ao lado do governo estadunidense, e também já controlou a A.R.G.U.S., a Força-Tarefa X e a Agência – esta última apareceu em Batman Telltale: The Enemy Within.


Sobre o quadro

CR Files irá explorar os vários personagens dos quadrinhos, dos mais desconhecidos aos mais famosos, focando em equipes como o Esquadrão SuicidaJovens Vingadores, entre outras. O intuito é apresentar a criação do personagem, sua história nos primeiros anos de luta contra/a favor do crime, habilidades, poderes e afiliações as quais ele participa.

Conheça também o Pacificador em nosso CR Files no Instagram:

A estreia está marcada para 5 de agosto de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações de O Esquadrão Suicida, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Mulher-Gato enfrenta Hera Venenosa em clipe de Batman: O Longo Dia das Bruxas – Parte 2

Bruce Wayne está sob o controle de Hera.


Ao final de Batman: O Longo Dia das Bruxas, Parte 1, vimos Bruce Wayne ficar sob o controle mental de Hera Venenosa. Com o herói de Gotham dominado, a Mulher-Gato entra em ação para enfrentar a Hera Venenosa na Mansão Wayne. Veja o clipe:

Anúncios

Sinopse: “O assassino conhecido como Feriado continua a perseguir a família do crime Falcone, enquanto uma nova classe de criminosos fantasiados sobe em Gotham City. Batman suspeita que um ex-aliado pode ser o assassino em série.”

Publicado pela DC Comics entre 1996 e 1997, Batman: O Longo Dia das Bruxas teve o roteiro de Jeph Loeb, com arte de Tim Sale. A história do quadrinho traz o Detetive em um caso incomum, que envolve assassinatos apenas em feriados. O grande mistério do assassino leva Batman a unir forças com o promotor Harvey Dent, e o capitão James Gordon, que buscam capturar Feriado antes que seja tarde demais.

O elenco de vozes conta com Jensen Ackles (Batman), Josh Duhamel (Harvey Dent), Billy Burke (James Gordon), Titus Welliver (Carmine Falcone), David Dastmalchian (Homem-Calendário), Troy Baker (Coringa), Naya Rivera (Mulher-Gato), Amy Landecker (Barbara Gordon), Julie Nathanson (Gilda Dent), Jack Quaid (Alberto Falcone), Fred Tatasciore (Grundy) e Alastair Duncan (Alfred)

A primeira parte estreou no dia 22 de junho. Já a segunda estreia no dia 27 de julho.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Stargirl | CW divulga imagens do episódio 3 da 2ª temporada

O Sombra é um dos destaques.


A segunda temporada de Stargirl nem mesmo lançou, e a CW já divulgou mais imagens da série, agora referente ao terceiro episódio, intitulado de ‘Summer School: Chapter Three’. Confira:

Anúncios

Sinopse: “Na emocionante segunda temporada, Courtney e seus amigos enfrentam um dos vilões mais assustadores da mitologia da DC – a entidade obscura da corrupção conhecida como Eclipso.”

Courtney ainda está tentando equilibrar sua vida de estudante e heroína numa história de verão escolar no segundo ano, com o possível fim temporário da Sociedade da Justiça, após Blue Valley ser salva da antiga Sociedade da InjustiçaConfira o título dos primeiros episódios da segunda temporada.

Na segunda temporada, veremos Eclipso (Nick Tarabay) como um dos antagonistas principais da série, ao lado do Sombra, ex-membro da Sociedade da Injustiça. Durante o final da primeira temporada, Shiv encontrou o diamante arroxeado de Eclipso, e normalmente, quem toca, é seduzido pela raiva do vilão, que assume o corpo de um humano. Além disso, teremos o retorno de O Sombra, antigo membro da Sociedade da Injustiça. 

Stargirl acompanha as aventuras da jovem Courtney Whitmore (Brec Bassinger), que descobre que seu padrasto Pat Dugan (Luke Wilson) havia sido membro da Sociedade da Justiça. Sabendo sobre o cajado cósmico de StarmanCourtney se aventura por Blue Valley, e chama a atenção da Sociedade da Injustiça. Com isso, a heroína recruta três membros, montando a segunda Sociedade da Justiça, supervisionada por Pat, F.A.I.X.A.

Antes produzida pelo DC UniverseStargirl passa para o domínio da CW, que irá produzir e transmitir a segunda temporada. Geoff Johns, criador da personagem, é o produtor executivo da série.

O elenco conta com Brec Bassinger (Stargirl)Luke Wilson (Pat Dugan)Yvette Monreal (Pantera)Anjelika Washington (Doutora Meia-Noite), Trae Romano (Mike Dugan)Amy Smart (Barbara Whitmore)Cameron Gellman (Homem-Hora)Meg DeLacy (Cindy)Neil Jackson (Geada), Christopher James Baker (Onda Mental)Jake Austin Walker (Herny King Jr.) e Neil Hopkins (Mestre dos Esportes).

A segunda temporada de Stargirl chega no dia 10 de agosto.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


 

Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

SDCC 21 | Quadrinistas comentam sobre o evento Batman: Fear State

Espantalho será o grande perigo para Gotham.


Após ter sido anunciado pela DC, o novo evento que irá dominar os títulos ligados aos personagens de Gotham, Batman, Asa Noturna, entre outros, os principais escritores discutiram sobre o Fear State em um painel na San Diego Comic-Con deste ano. James Tynion IV, escritor do título do Batman e do Coringa em Infinite Frontier, provocou o grande plano do Espantalho.

Você pode conferir o painel na íntegra logo abaixo: 

Anúncios

“Por meio do medo, Gotham pode evoluir. Ele quer fazer com Gotham o que fez com Batman”, disse Tynion.

O quadrinista ainda disse que o Espantalho deverá abandonar o uso da toxina do medo, sua marca registrada. O próprio vilão produziu a toxina/gás como sua arma para explorar o medo em seus inimigos.

“Ele não usará uma gota de toxina do medo”, falou o escritor.

unnamed_29.0

Mariko Tamaki, escritora da Detective Comics, e que também esteve em Dark Detective no Future State, comentou sobre os planos de Simon Saint para o prefeito Nakano, e o começo do Magistrado na cidade. 

“Nakano e Bruce não são totalmente diferentes. Nakano está investido na justiça, mas em uma visão limitada dela.” 

Em Dark Detective e outros títulos relacionados ao universo do Batman em Future State, o Magistrado dominou Gotham e substituiu o GCPD como a força de segurança da cidade. Ao mesmo tempo, os pacificadores caçavam o Batman e demais vigilantes, que era criminosos sob os olhos da lei. Os títulos atuais de Infinite Frontier são como uma prequel para que os eventos de Future State não aconteçam.

O escritor do título da Mulher-Gato, Ram V, e Stephanie Phillips, que cuida do título mensal da Arlequina, também estiveram presentes e deixaram seus comentários sobre o perigo que estas personagens terão de enfrentar. O domínio do Espantalho não afeta apenas os heróis, mas todos os vilões de Gotham também, com o Mestre do Medo se tornando ainda mais perigoso que o próprio Coringa.

“Ela está chegando à conclusão de que não importa se ela é uma ladra, heroína ou algo entre […] as pessoas tendem a se machucar”, disse Ram V, que irá abordar as preocupações de solidão de Selina Kyle sem o Batman por perto.

Ao contrário disso, Phillips quer fazer com que a Arlequina seja uma nova personagem, provando a si mesma que é capaz de enfrentar este Estado de Medo.

“Ela está muito animada para provar a si mesma. Ela ainda pode fazer tudo certo, mas isso não significa que Gotham vai amá-la”, alertou Phillips.

Em seu título em Future State, a Arlequina teve se de aliar ao Espantalho para tentar fugir de um Asilo Arkham totalmente reformado e mais tecnológico. Agora não como Espantalho, mas como Jonathan Crane, ele deixou sua máscara e ficou ao lado do prefeito para capturar outros vilões como o Máscara Negra, tendo auxílio da própria Arlequina.

Tom Taylor, escritor de Asa Noturna, também esteve no painel, e comentou sobre o cachorro que Dick Grayson adotou e o nomeou de Bitewing.

IMG_1E20AB49FBC4_1

“Ninguém traria um cachorrinho para isso”, disse o quadrinista, que prometeu “algo genuinamente transformador” em Asa Noturna #81.

O prelúdio de Fear State começa em agosto, com o lançamento de alguns títulos do universo do Batman. Confira as informações do quadrinho principal.

Batman: Fear State Alpha #1
  • Escritor por James Tynion IV
  • Arte por Ricardo Federici
  • Capa de Ben Oliver
  • Capa variante de Dylan Teague

Sinopse: “O evento que durou mais de um ano começa. Fear State se instala em Gotham City, e ninguém está seguro! Oprimido pela ameaça dupla do Espantalho e do Pacificador-01, Batman e seus aliados estão um passo atrás desde os eventos de Infinite Frontier #0. E com a chegada de um misterioso anti-oráculo e o retorno de Hera Venenosa, Batman pode ter mais do que ele pode segurar! ”

Fear State: Alpha chega no dia 31 de agosto.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Quem é Mongal, a alienígena de O Esquadrão Suicida?

Conheça a irmã de Mongul.


Com uma história curta, Mongal não é muito conhecida, mas fara parte do elenco de vilões no filme Esquadrão Suicida, onde será interpretada pela atriz Mayling Ng.

Confira o CR Files sobre a personagem:


Criação e primeira aparição

Mongal foi criada por Peter Tomasi e Scot Eaton, com sua primeira aparição na HQ Showcase’95 #8, lançada em setembro de 1995.

Origem

mongal2

Mongal é filha de Mongul, o Velho, e possui um irmão gêmeo chamado Mongul, o Jovem. A mãe dos gêmeos era uma camareira e morreu logo após dar à luz aos dois filhos. O pai dos dois governava o planeta Debstam IV, mas a população do planeta foi morta por conta de um birus que Mongul, o Velho, carregava.

Mongal e seu irmão Mongul não se davam muito bem, já que Mongul achava que sua irmã era inútil e queria ser filho único, mas ambos compartilhavam o desejo de serem grandes conquistadores como o pai.

Confronto contra o Superman

Apesar de ter estreado nas HQ’s em 1995, Mongal só voltou a aparecer em Superman Vol. 2. #170, lançado em 2001, onde ela e o irmão atraíram o Homem de Aço para uma armadilha, mas foram derrotados após Krypto quase cortar a garganta de Mongul.

Rainha de Almerac

Mongal se tornou rainha de Almerac após o evento “Nossos Mundos em Guerra’’.

2045378-queen_mongal

Morte

Meses depois, Mongal estava em busca de seu irmão para assassiná-lo, já que segundo ela, a família era o seu ponto fraco. Os dois finalmente se encontram na Terra, mas a batalha é interrompida pelo Lanterna Verde e Arqueiro Verde. A dupla envia os gêmeos para o seu planeta natal, onde Mongul finalmente assassina Mongal.

mongal-morte

Habilidades

Graças a sua fisiologia alienígena, Mongal possui força, agilidade, velocidade e vigor sobre-humanos, além de manipular a energia. Mongal também é uma ótima líder.

Afiliações

Mongul e Aliança Alienígena.


Sobre o quadro

O CR Files irá explorar os vários personagens dos quadrinhos, dos mais desconhecidos aos mais famosos, focando em equipes como o Esquadrão Suicida, Jovens Vingadores, entre outras. O intuito é apresentar a criação do personagem, sua história nos primeiros anos de luta contra/a favor do crime, habilidades, poderes e afiliações as quais ele participa.

Conheça também o Bloodsport em nosso CR Files no Instagram:

A estreia está marcada para 5 de agosto de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações de O Esquadrão Suicida, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

SDCC 21 | Confira os vencedores da 33ª edição do Eisner Awards

Superman faturou quatro prêmios.


Como é de costume em toda San Diego Comic-Con, acontece o Eisner Awards, premiação dos melhores quadrinhos, que inclui todas as editoras de quadrinhos, como a DC Comics, Marvel, Dark Horse, Image Comics e diversas outras que publicam suas bandas desenhadas. Em mais um ano, a premiação aconteceu de forma remota, já que o evento está sendo todo online por conta da pandemia do Coronavírus. 

Eisner Awards 2021 contou com a apresentação de Phil LaMarr, dublador do Lanterna Verde na série animada da Liga da Justiça, tendo a abertura da administradora do EisnerJackie Estrada, que também encerrou a cerimônia. O Eisner Awards premiou, em 33 categorias, quadrinhos publicados no ano de 2020 e contou com um total de seis juízes.

Confira a lista completa de indicados e vencedores:


Melhor História Curta

Vencedor:“When the Menopausal Carnival Comes to Town,” por Mimi Pond, em Menopause: A Comic Treatment (Graphic Medicine/Pennsylvania State University Press)

Indicados: Garden Boys de Henry McCausland, em Now #8 (Fantagraphics), I Needed the Discounts de Connor Willumsen (The New York Times), Parts of Us,” de Chan Chau, em Elements: Earth, A Comic Anthology by Creators of Color (Ascend Press), Rookie, por Greg Rucka e Eduardo Risso, em Detective Comics #1027 (DC), Soft Lead, de Chan Chau

Melhor Edição Única

Vencedor: Our Favorite Thing Is My Favorite Thing Is Monsterspor Emil Ferris (Fantagraphics)

Indicados: Coin-Op No. 8: Infatuationpor Peter e Maria Hoey (Coin-Op Books)The Freakpor Matt Lesniewski (AdHouse)Minotäarpor Lissa Treiman (Shortbox) e Sobekpor James Stokoe (Shortbox)

Melhor Série Contínua

Vencedor: Usagi Yojimbo, de Stan Sakai (IDW)

Indicados: Bitter Root, de David F. Walker, Chuck Brown, e Sanford Greene (Image), Daredevil, de Chip Zdarsky e Marco Checchetto (Marvel), The Department of Truth, por James Tynion IV e Martin Simmonds (Image), Gideon Falls, de Jeff Lemire and Andrea Sorrentino (Image) e Stillwater, por Chip Zdarsky e Ramón K Pérez (Image/Skybound)

Melhor Antologia

Vencedor: Menopause: A Comic Treatment, editada por MK Czerwiec (Graphic Medicine/Pennsylvania State University Press)

Indicados: Ex Mag, volumes 1–2, editada por Wren McDonald (PEOW), Guantanamo Voices: True Accounts from the World’s Most Infamous Prison, editada por Sarah Mirk (Abrams), Hey, Amateur! Go From Novice to Nailing It in 9 Panels, editada e com curadoria de Shelly Bond (IDW Black Crown), Los Angeles Times, editada por Sammy Harkham (NTWRK) e Now, editada por Eric Reynolds (Fantagraphics)

Melhor Edição Norte-Americana de Conteúdo Internacional

Vencedor: Goblin Girl, de Moa Romanova, tradução de Melissa Bowers (Fantagraphics)

Indicados: Altitude, de Olivier Bocquet e Jean-Marc Rochette, tradução de Edward Gauvin (SelfMadeHero), Gamayun Tales I: An Anthology of Modern Russian Folk Tales, de Alexander Utkin, tradução de Lada Morozova (Nobrow),Irena Books 2-3, de Jean-David Morvan, Severine Tréfouël, e David Evrard, tradução de Dan Christensen (Magnetic Press), When You Look Up, de Decur, tradução de Chloe Garcia Roberts (Enchanted Lion Books) e The Winter of the Cartoonist, de Paco Roca, tradução de Andrea Rosenberg (Fantagraphics)

Melhor Edição Norte-Americana de Conteúdo Asiático

Vencedor: Remina, de Junji Ito, tradução de Jocelyne Allen (VIZ Media)

Indicados: I Had That Same Dream Again, de Yoru Sumino e Idumi Kirihara, tradução de Beni Axia Conrad (Seven Seas), I Wish I Could Say “Thank You,” de Yukari Takinami, tradução de Yukari Takeuchi (Fanfare/Ponent Mon), A Journal Of My Father, de Jiro Taniguchi, tradução de Kumar Sivasubramanian (Fanfare/Ponent Mon), Ping Pong, vols. 1–2, de Taiyo Matsumoto, tradução de Michael Arias (VIZ Media) e Spy x Family, vols. 1–3, de Tatsuya Endo, tradução de Casey Loe (VIZ Media)

Melhor Roteirista

Vencedor: James Tynion IV, Something Is Killing the Children, Wynd (BOOM! Studios); Batman (DC); The Department of Truth (Image); Razorblades (Tiny Onion)

Indicados: Ed Brubaker, Pulp, Reckless (Image); Friday (Panel Syndicate), Matt Fraction, Superman’s Pal Jimmy Olsen (DC); Adventureman, November vols. 2–3, Sex Criminals (Image), Jonathan Hickman, Decorum (Image); Giant-Size X-Men, X-Men (Marvel), Jeff Lemire, Barbalien, Black Hammer, Colonel Weird: Cosmagog (Dark Horse); The Question: The Deaths of Vic Sage (DC Black Label); Family Tree, Gideon Falls (Image) e Chip Zdarsky, Stillwater (Image/Skybound), Daredevil, Fantastic Four/X-Men (Marvel)

Melhor Roteirista e Artista

Vencedor: Junji Ito, Remina, Venus in the Blind Spot (VIZ Media)

Indicados: Pascal Jousselin, Mister Invincible: Local Hero (Magnetic Press), Trung Le Nguyen, The Magic Fish (RH Graphic/RH Children’s Books), Craig Thompson, Ginseng Roots (Uncivilized), Adrian Tomine, The Loneliness of the Long-Distance Cartoonist (Drawn & Quarterly) e Gene Luen Yang, Dragon Hoops (First Second/Macmillan)

Melhor Artista ou Equipe de Artistas

Vencedores: Michael Allred, Bowie: Stardust, Rayguns & Moonage Daydreams (Insight Editions)

Indicados: Marco Chechetto, Daredevil (Marvel), Jorge Corona, Middlewest (Image), Bertrand Gatignol, Pistouvi (Magnetic Press), Mitch Gerads/Evan “Doc” Shaner, Strange Adventures (DC Black Label) e Sanford Greene, Bitter Root (Image)

Melhor Artista Digital

Vencedor: Anand RK/John Pearson, Blue in Green (Image)

Indicados: Benjamin Adam, Soon (Europe Comics), Alice Chemama, The Zolas (Europe Comics), Jared Cullum, Kodi (Top Shelf), Decur, When You Look Up (Enchanted Lion Books) e Antonio Lapone, Gentlemind (Europe Comics)

Melhor Artista de Capa

Vencedor: Peach Momoko, Buffy the Vampire Slayer #19, Mighty Morphin #2, Something Is Killing the Children #12, Power Rangers #1 (BOOM! Studios); DIE!namite, Vampirella (Dynamite); The Crow: Lethe (IDW); Marvel Variants (Marvel)

Indicados: Jamal Campbell, Mighty Morphin Power Rangers (BOOM! Studios); Far Sector (DC), Simone Di Meo, We Only Find Them When They’re Dead (BOOM! Studios), Mike Huddleston, Decorum (Image), Dave Johnson, Butcher of Paris (Dark Horse) e Ramón K. Pérez, Stillwater (Image/Skybound)

Melhor Colorista

Vencedor: Laura Allred, X-Ray Robot (Dark Horse); Bowie: Stardust, Rayguns & Moonage Daydreams (Insight Editions)

Indicados: Jean-Francois Beaulieu, Middlewest (Image), Gipi, One Story (Fantagraphics), Marte Gracia, Empyre, X of Swords (Marvel), Dave Stewart, Promethee 13:13 (comiXology); Black Hammer (Dark Horse); Gideon Falls (Image); Spider-Man #4-#5 (Marvel) e Matt Wilson, Undiscovered Country (Image)Fire Power (Image/Skybound); Thor (Marvel)

Melhor Letrista

Vencedor:Stan Sakai, Usagi Yojimbo (IDW)

Indicados: Mike Allred, Bowie: Stardust, Rayguns & Moonage Daydreams (Insight Editions), Deron Bennett, Bear, The Sacrifice of Darkness (Archaia); King of Nowhere, Something Is Killing the Children, We Only Find Them When They’re Dead (BOOM! Studios); Far Sector, Harley Quinn: Black + White + Red, Martian Manhunter (DC); Excellence (Image/Skybound); A Dark Interlude, Dark One, Relics of Youth, Resonant, Shadow Service, Vampire: The Masquerade: Winter’s Teeth (Vault); Ping Pong (VIZ Media), Aditya Bidikar, Barbalien: Red Planet, Grafity’s Wall Expanded Edition (Dark Horse); John Constantine, Hellblazer (DC); A Map to the Sun (First Second); The Department of Truth, Lost Soldiers (Image); Giga, The Picture of Everything Else (Vault), Clayton Cowles, Aquaman, Batman, Batman and the Outsiders, Strange Adventures, Superman: Man of Tomorrow, Superman’s Pal Jimmy Olsen (DC); Adventureman, Bitter Root, Bog Bodies, Die (Image); Reaver (Image/Skybound); Morbius, X Of Swords (Marvel) e Rus Wooton, Wonder Woman: Dead Earth (DC); Decorum, Monstress (Image); Die!Die!Die!, Fire Power, Oblivion Song, Outcast, Stillwater (Image/Skybound) 

Melhor Design de Publicação

Vencedores: The Loneliness of the Long-Distance Cartoonist, de Adrian Tomine e Tracy Huron (Drawn & Quarterly)

Indicados: Chasin’ the Bird: Charlie Parker in California deluxe edition, de David Chisholm e Tyler Boss (Z2 Comics), Dbury@50: The Complete Digital Doonesbury, por G.B. Trudeau, design de George Corsillo e Susan McCaslin (Andrews McMeel), J & K, de John Pham (Fantagraphics) e Original Art: The Dan Clowes Studio Edition, de Daniel Clowes (Fantagraphics)

Melhor HQ Digital

Vencedor: Friday, de Ed Brubaker e Marcos Martin (Panel Syndicate)

Indicados: Genius Animals? de Vali Chandrasekaran e Jun-Pierre Shiozawa, geniusanimals.net, Gentlemind, de Juan Díaz Canales, Teresa Valero, e Antonio Lapone (Europe Comics), Promethee 13:13, by Andy Diggle and Shawn Martinbrough (comiXology Originals/Delcourt), Olive, de Véro Cazot e Lucy Mazel (Europe Comics) e Soon, de Thomas Cadène e Benjamin Adam (Europe Comics)

Melhor Webcomic

Vencedor: Crisis Zone, de Simon Hanselmann

Indicados: BFF, de Clément C. Fabre, Joseph Saffiedine e Thomas Cadène, DPS! Only, de Vel, Isle of Elsi, de Alec Longstreth, The Kiss Bet, de Ingrid Ochoa e The Middle Age, de Steve Conley

Melhor Publicação Para Jovens Leitores

Vencedor: Our Little Kitchen, por Jillian Tamaki (Abrams Books for Young Readers)

Indicados: Bear, por Ben Queen e Joe Todd-Stanton (Archaia/BOOM!), Cat Kid Comic Club, de Dav Pilkey (Scholastic Graphix), Donut Feed the Squirrels, de Mika Song (RH Graphic/RH Children’s Books), Kodi, de Jared Cullum (Top Shelf) e Lift, por Minh Lê e Dan Santat (Little, Brown Young Readers)

Melhor Publicação Infantil

Vencedor: Superman Smashes the Klan, por Gene Luen Yang e Gurihiru (DC)

Indicados: Doodleville, por Chad Sell (Knopf/BFYR/RH Children’s Books), Go with the Flow, de Lily Williams e Karen Schneemann (First Second/Macmillan), Mister Invincible: Local Hero, por Pascal Jousselin (Magnetic Press), Snapdragon, de Kat Leyh (First Second/Macmillan) e Twins, de Varian Johnson e Shannon Wright (Scholastic Graphix)

Melhor Publicação Para Adolescentes

Vencedor: Dragon Hoops, de Gene Luen Yang (First Second/Macmillan)

Indicados: Check, Please! Book 2: Sticks & Scones, de Ngozi Ukazu (First Second/Macmillan), Displacement, por Kiku Hughes (First Second/Macmillan), Fights: One Boy’s Triumph Over Violence, de Joel Christian Gill (Oni Press), A Map to the Sun, por Sloane Leong (First Second/Macmillan) e When Stars are Scattered, por Victoria Jamieson e Omar Mohamed (Dial Books)

Melhor Publicação de Comédia

Vencedor: Superman’s Pal Jimmy Olsen, de Matt Fraction e Steve Lieber (DC)

Indicados: The Complete Fante Bukowski, de Noah Van Sciver (Fantagraphics), Department of Mind-Blowing Theories, por Tom Gauld (Drawn & Quarterly), FANGS, de Sarah Andersen (Andrews McMeel), Wendy, Master of Art, por Walter Scott (Drawn & Quarterly) e What If We Were . . ., por Axelle Lenoir (Top Shelf)

Melhor Adaptação de Outra Mídia

Vencedor: Superman Smashes the Klan, adaptado por Gene Luen Yang e Gurihiru (DC)

Indicados: Constitution Illustrated, de R. Sikoryak (Drawn & Quarterly), Parable of the Sower: The Graphic Novel Adaptation, por Octavia E. Butler, adaprado por Damian Duffy e John Jennings (Abrams), Sapiens: A Graphic History: The Birth of Mankind, volume 1, de Yuval Noah Harari, adaptado por David Vandermeulen e Daniel Casanave (Harper Perennial) e Slaughterhouse-Five, por Kurt Vonnegut, adaptado por Ryan North e Albert Monteys (Archaia/BOOM!)

Melhor Coleção de Arquivos: Tirinhas

Vencedor: The Flapper Queens: Women Cartoonists of the Jazz Age, editado por Trina Robbins (Fantagraphics)

Indicados: Gross Exaggerations: The Meshuga Comic Strips of Milt Gross, por Milt Gross, editado por Peter Maresca (Sunday Press/IDW), Krazy & Ignatz 1919-1921 by George Herriman, editado por RJ Casey (Fantagraphics), Little Debbie and the Second Coming of Elmo: Daily Comic Strips, August 1960–September 1961, por Cecil Jensen, editado por Frank Young (Labor of Love) e Pogo The Complete Syndicated Comic Strips: Volume 7: Pockets Full of Pie, de Walt Kelly, editado por Mark Evanier and Eric Reynolds (Fantagraphics)

Melhor Quadrinho Biográfico

Vencedor: The Loneliness of the Long-Distance Cartoonist, by Adrian Tomine (Drawn & Quarterly)

Indicados: Banned Book Club, by Kim Hyun Sook, Ryan Estrada, and Ko Hyung-Ju (Iron Circus), Dancing After TEN: A Graphic Memoir, by Vivian Chong and Georgia Webber (Fantagraphics), Ginseng Roots, by Craig Thompson (Uncivilized), I Don’t Know How to Give Birth! by Ayami Kazama, translated by Julie Goniwich (Yen Press) e When Stars Are Scattered, by Victoria Jamieson and Omar Mohamed (Dial Books)

Melhor Texto Jornalístico Relacionado a Quadrinhos

Vencedor: Women Write About Comics, editado por Nola Pfau e Wendy Browne

Indicados: Alter Ego, editado por Roy Thomas (TwoMorrows), Back Issue, editado por Michael Eury (TwoMorrows), The Comics Blog, de Michael Cavna e David Betancourt, The Comics Journal, editado por RJ Casey, Kristy Valenti e Gary Groth (Fantagraphics) e PanelxPanel magazine, editado por Hassan Otsmane-Elhaou

Melhor Livro Relacionado a Quadrinhos

Vencedor: Invisible Men: The Trailblazing Black Artists of Comic Books, de Ken Quattro (Yoe Books/IDW)

Indicados: American Daredevil: Comics, Communism, and the Battles of Lev Gleason, de Brett Dakin (Comic House/Lev Gleason), Ditko Shrugged: The Uncompromising Life of the Artist Behind Spider-Man and the Rise of Marvel Comics, de David Currie (Hermes Press), Drawing Fire: The Editorial Cartoons of Bill Mauldin, editado por Todd DePastino (Pritzker Military Museum & Library), The History of EC Comics, de Grant Geissman (TASCHEN) e Masters of British Comic Art, dey David Roach (2000AD)

Melhor Trabalho Acadêmico

Vencedor: The Content of Our Caricature: African American Comic Art and Political Belonging, de Rebecca Wanzo (New York University Press)

Indicados: Comic Art in Museums, editado por Kim A. Munson (University Press of Mississippi), Comic Studies: A Guidebook, editado por Charles Hatfield e Bart Beaty (Rutgers University Press), Webcomics, de Sean Kleefeld (Bloomsbury) e Who Understands Comics: Questioning the Universality of Visual Language Comprehension, de Neil Cohn (Bloomsbury)

Melhor Série Nova

Vencedor: Black Widow, de Kelly Thompson e Elena Casagrande (Marvel)

Indicados: Crossover, por Donny Cates e Geoff Shaw (Image), The Department of Truth, de James Tynion IV e Martin Simmonds (Image), Killadelphia, por Rodney Barnes e Jason Shawn Alexander (Image) e We Only Find Them When They’re Dead, por Al Ewing e Simone Di Meo (BOOM! Studios)

Melhor Minissérie

Vencedor: Superman’s Pal Jimmy Olsen, de Matt Fraction e Steve Lieber (DC)

Indicados: Barbalien: Red Planet, de Jeff Lemire, Tate Brombal, and Gabriel Hernandez Walta (Dark Horse), Decorum, por Jonathan Hickman e Mike Huddleston (Image), Far Sector, de N. K. Jemisin e Jamal Campbell (DC), Strange Adventures, por Tom King, Mitch Gerads e Evan “Doc” Shaner (DC Black Label) e We Live, por Inaki Miranda e Roy Miranda (AfterShock)

Melhor Trabalho Baseado em Fatos

Vencedor: Kent State: Four Dead in Ohio, por Derf Backderf (Abrams)

Indicados: Big Black: Stand at Attica, por Frank “Big Black” Smith, Jared Reinmuth, e Améziane (Archaia/BOOM!), Dragon Hoops, por Gene Luen Yang (First Second/Macmillan), Invisible Differences: A Story of Asperger’s, Adulting, and Living a Life in Full Color, de Mme Caroline e Julie Dachez, tradução de Edward Gauvin (Oni Press), Paying the Land, de Joe Sacco (Metropolitan/Henry Holt) e Year of the Rabbit, por Tian Veasna, tradução de Helge Dascher (Drawn & Quarterly)

Melhor Reimpressão de Álbum Gráfico

Vencedor: Seeds and Stems, de Simon Hanselmann (Fantagraphics)

Indicados: Black Hammer Library Edition, volume 2, por Jeff Lemire, Dean Ormstom, Emi Lenox e Rich Tommaso (Dark Horse), Criminal Deluxe Edition, volume 3, de Ed Brubaker e Sean Phillips (Image), Eight-Lane Runaways, por Henry McCausland (Fantagraphics), Fante Bukowski: The Complete Works, de Noah Van Sciver (Fantagraphics) e Herobear and the Kid: The Heritage, por Mike Kunkel (Astonish Factory)

Melhor Novo Álbum Gráfico

Vencedor: Pulp, de Ed Brubaker e Sean Phillips (Image)

Indicados: The Book Tour, de Andi Watson (Top Shelf), Dragman, por Steven Appleby (Metropolitan), Flake, de Matthew Dooley (Jonathan Cape), Labyrinth, de Ben Argon (Abrams) e Paul at Home, por Michel Rabagliati, traduzido por Helge Dascher e Rob Aspinall (Drawn & Quarterly)


Confira toda a cerimônia do Eisner Awards 2020, na San Diego Comic-Con:

Quer saber mais sobre o evento online? A San Diego Comic-Con @Home acontece do dia 23 ao dia 25 de julho. Confira a programação.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Michael B. Jordan está desenvolvendo minissérie do Superman para a HBO Max

Val-Zod está chegando.


Segundo o Collider, o ator de Pantera Negra, Michael B. Jordan, está desenvolvendo um novo projeto para o Superman, agora para a HBO Max. O novo projeto, que tem a produtora Outlier Society à frente, será centrado em Val-Zod, o Superman negro da Terra-2.

Anúncios

A produtora contratou um roteirista ainda não informado, que já está trabalhando no roteiro. O projeto será uma série limitada para a HBO Max, e totalmente focada em Val-Zod.

Este projeto é distinto daquele de J.J. Abrams, com o roteirista Ta-Nehisi Coates que poderá explorar Calvin Ellis, o Superman da Terra-23.

Novos detalhes deverão ser divulgados no DC FanDome. Não há informações de quem irá estrelar e qual diretor comandará o projeto.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

T.D.K. luta contra soldados em clipe de O Esquadrão Suicida

Poder bem inusitado. 


O IGN divulgou com exclusividade um novo clipe de O Esquadrão Suicida, e dessa vez, bem inusitado. O clipe mostra a equipe encurralada na praia de Corto Maltese, e o personagem The Detachable Kid (Nathan Fillion) entra em ação. Veja:

Anúncios

T.D.K. é um personagem que consegue usar seus membros como armas, os controlando facilmente. Nos quadrinhos, ele foi rejeitado pela Legião dos Super-Heróis, e agora parece ter recebido sua chance com os vilões para salvar o mundo.

Sinopse: “Bem-vindo ao inferno – também conhecido como Belle Reve, a prisão com a maior taxa de mortalidade nos EUA. Onde os piores supervilões são mantidos e onde eles farão de tudo para sair – até mesmo se juntar a super-secreta e super-sombria Força-Tarefa X. A tarefa de fazer ou morrer de hoje? Reúna uma coleção de vilões, incluindo Bloodsport, Pacificador, Capitão Bumerangue, Caça-Ratos 2, Savant, Tubarão-Rei, Blackguard, Javelin e a louca favorita de todos, Arlequina. Em seguida, arme-os pesadamente e jogue-os (literalmente) na remota ilha de Corto Maltese, repleta de inimigos.

Caminhando por uma selva repleta de adversários militantes e forças guerrilheiras a cada passo, o Esquadrão está em uma missão de busca e destruição com apenas o coronel Rick Flag no local para fazê-los se comportar… e os técnicos do governo de Amanda Waller em seus ouvidos, rastreando todos os seus movimentos. E como sempre, um movimento errado e eles morrem (seja nas mãos de seus oponentes, um colega de equipe ou a própria Waller). Se alguém está fazendo apostas, o dinheiro está contra eles – todos eles.”

O Esquadrão Suicida de James Gunn trará velhos membros da equipe de David Ayer, como ArlequinaCapitão Bumerangue, Rick Flag e a mandante Amanda Waller. O filme não terá tanta conexão com o Esquadrão Suicida (2016), e irá se aprofundar nos quadrinhos dos anos 80, de John Ostrander Kim Yale.

Com direção e roteiro por James Gunn, o elenco do longa conta com Margot Robbie (Arlequina)Viola Davis (Amanda Waller)Jai Courtney (Capitão Bumerangue)Joel Kinnaman (Rick Flag)Idris Elba (Bloodsport), John Cena (Pacificador), Peter Capaldi (Pensador), Nathan Fillion (TDK), Alice Braga (Solsoria), Daniela Melchior (Caça-Ratos II), Sean Gunn (Weasel), David Dastmalchian (Homem das Bolinhas), Michael Rooker (Savant), Flula Borg (Javelin), Pete Davidson (Blackguard) Sylvester Stallone (Tubarão-Rei), Mayiling Ng (Mongal) e Steve Agee.

A estreia está marcada para 5 de agosto de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações de O Esquadrão Suicida, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Warner deve produzir 10 filmes para a HBO Max em 2022

CEO da WarnerMedia quer destaque da plataforma.


A Warner Bros. está bem disposta a ajudar na expansão e impulsão da HBO Max. Ao THR, o CEO da WarnerMedia, Jason Kilar, afirmou que o estúdio irá produzir cerca de 10 filmes exclusivos para a HBO Max,  ajudando no crescimento do streaming.

Anúncios

“O formato do filme é absolutamente importante”, disse Kilar em uma teleconferência com acionistas da AT&T.

Kilar ainda citou a bilheteria de Godzilla vs Kong, que foi um sucesso durante a pandemia e faturou US$ 462 milhões. Porém, ele reiterou que o que atrai os consumidores são os lançamentos também no streaming. Em 2022, a Warner pretende voltar normalmente com lançamentos exclusivos no cinema, e com os filmes chegando 45 dias após a exibição na HBO Max. Este ano, o estúdio surpreendeu todos com lançamentos simultâneos de todos os seus filmes nos cinemas e na plataforma, e gerou algumas críticas negativas.

“A estratégia de distribuição dos filmes da WB continuará a evoluir e a inovar de maneiras que não só funcionam com consumidores e fãs, mas também para nossos parceiros de negócios”.

Alguns projetos já estão em mente como o filme da Batgirl e do Besouro Azul, os dois primeiros a encabeçarem a lista da Warner para a HBO Max. Há também a série da Liga da Justiça Sombria e do Pacificador, derivado de O Esquadrão Suicida. Há ainda mais projetos da DC Films como HomemHora, Zatanna e Super-Choque, que não possuem destino certo se irá para o cinema ou será um exclusivo HBO Max.

Com um crescimento em assinantes neste fim do primeiro trimestre, 2022 pode ser um ano muito lucrativo para a HBO Max. Até o momento, novos detalhes não foram revelados.

HBO Max já está disponível no mercado brasileiro.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

HBO e HBO Max alcançam 67 milhões de assinantes globalmente

Serviço de streaming já chegou na América Latina.


As plataformas de streaming dominaram o mercado em 2020 e estão dominando em 2021 também, sendo uma válvula de escape para quem não pode ir ao cinema por conta da pandemia do COVID-19. Mais uma vez, a WarnerMedia está apostando junto à AT&T com a HBO Max, novo streaming que é um dos assuntos do momento. Com a HBO GO, ambos os serviços atingiram os 67 milhões de assinantes mundialmente (via Deadline).

Anúncios

Segundo as estimativas da AT&T, até o final de 2021 a gigante das telecomunicações espera algo em torno de 70 a 73 milhões de assinantes, e até 2025, entre 120 a 150 milhões de assinantes em seus streamings. Nos Estados Unidos, os assinantes totais somam 47 milhões.

“A HBO Max teve outro trimestre forte e está à frente dos planos para ser uma plataforma líder de streaming direto ao consumidor”, disse o CEO da AT&T, John Stankey.

Com a chegada do serviço na América Latina, a HBO Max tende a impulsionar até o final deste ano e alcançar mais assinantes, seja com lançamentos simultâneos do cinema na HBO Max nos EUA, ou com chegada de filmes 35 dias após a exibição na América Latina. Vale ressaltar que Mulher-Maravilha 1984, Liga da Justiça de Zack Snyder, Godzilla vs Kong e Mortal Kombat foram filmes que impulsionaram ainda mais o serviço nos EUA. O Esquadrão Suicida e Duna também poderão ajudar nessa grande expansão de assinantes.

A receita total da AT&T de US$ 44 bilhões aumentou quase 8% em relação ao mesmo período do ano anterior e superou a estimativa de consenso dos analistas de US$ 42,6 bilhões. Já a da WarnerMedia, a receita aumentou 31% para US$ 8,8 milhões no trimestre, que terminou em 30 de junho. A aquisição da Discovery e criação da nova empresa, Warner Bros. Discovery pode impulsionar ainda mais assinantes no ano seguinte, com a espera de selar o acordo em 2022.

No final de 2020, a Warner Bros. surpreendeu a todos com o anúncio, de que seu calendário de filmes para 2021, chegaria aos cinemas e HBO Max simultaneamente. A decisão foi contestada por Nolan, renomado diretor do estúdio, e defendida pelo CEO da AT&T John Stankey. 

Além de conteúdos exclusivos da Warner Bros. Pictures e DC Comics, o streaming reunirá conteúdos da HBO, TNT, TBS, TCM, CW, Cartoon Network, Adult Swin, CrunchyrollNew LineLooney Tunes CNN. Assinantes da HBO GO terão acesso livre para a HBO Max.

A HBO Max já está disponível no mercado brasileiro.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Lanterna Verde | Marc Guggenheim fala sobre a série da HBO Max

Criador e produtor do Arrowverse está na produção da série.


Ao Comic Book Movie, o criador do Arrowverse e produtor de diversas séries da DC, Marc Guggenheim, comentou sobre a série de alto orçamento do Lanterna Verde para a HBO Max. Ele trabalhou como roteirista no filme do Lanterna Verde, ao lado de Greg Berlanti e Geoff Johns, e disse que quer arrumar os erros do filme de 2011.

Anúncios

“Greg e eu trabalhamos juntos há 16 anos. Trabalhamos juntos em muitas coisas diferentes – algumas relacionadas com DC, outras não relacionadas com DC. Ele me procurou anos atrás, agora, com a ideia de ‘a DC está nos deixando fazer uma série do Lanterna Verde para seu serviço de streaming, você gostaria de se envolver?’ E eu disse, ‘é claro’. Por causa do filme e dessa experiência, há um forte desejo da minha parte e da parte de Greg [Berlanti] de acertar o que havia errado há dez anos”, falou o produtor.

Não há dúvidas que o filme do Lanterna Verde é um dos piores filmes de heróis já feitos, tanto em questão criativa quanto visualmente. Porém, o longa apresentou poucos elementos bons como o Sinestro (Mark Strong). Apesar disso, Guggenheim quer fazer diferente e melhor na série.

“Estamos abordando isso como algo muito diferente do Arrowverse. Não vai ter nenhuma gavinha criativa. Mas sim, eu, Greg Berlanti, Lamont Magee, Geoff Johns, todos nós viemos do Arrowverse”, comentou. “Tenho certeza de que de alguma forma, aprendemos muitas lições ao fazer essas séries, tanto do ponto de vista criativo quanto do ponto de vista da produção. Tenho certeza de que levaremos essa experiência para Lanterna Verde à medida que nos aprofundarmos cada vez mais na série.”

Sinopse: “Lanterna Verde reinventa a propriedade DC clássica através de uma história que abrange décadas e galáxias, começando na Terra em 1941 com o primeiro Lanterna Verde, o agente secretamente gay do FBI Alan Scott, e em 1984, com o arrogante macho alfa Guy Gardner e a meio alienígena Bree Jarta. Eles serão acompanhados por uma infinidade de outros Lanternas – de favoritos dos quadrinhos a heróis nunca antes vistos.”

A série dos Lanternas Verdes será de grande orçamento, e a mais cara da história na carreira do produtor Greg Berlanti, que chefia o Arrowverse. A série seguirá os principais Lanternas Verdes, Jessica Cruz e Simon Baz, que serão acompanhados por Guy Gardner, Alan Scott e Bree Jarta (original para a série). Tudo ainda é mantido em segredo pelos produtor Greg Berlanti – responsável pelo Arrowverse a grande parte da DCTV –  e Marc Guggenheim, showrunner da série.

Com 10 episódios encomendados pela HBO Max, com 60 minutos cada, a série dos Lanternas Verdes terá Seth Grahame-Smith se juntando a produção como roteirista e showrunner. Geoff Johns, Sarah Schechter, David Madden e David Katzenberg serão produtores executivos.

Lanterna Verde irá começar a ser filmada no verão norte-americano, em Los Angeles, ainda neste ano. Não há previsão para estreia.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações de Lanterna Verde, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Flashpoint? Jeffrey Dean Morgan e Lauren Cohan querem ser Batman e Coringa

Atores interpretaram os pais de Bruce Wayne no DCEU.


Em entrevista recente ao ComicBook, o ator e astro de The Walking Dead, Jeffrey Dean Morgan, esteve ao lado de Lauren Cohan antes do painel da San Diego Comic-Con deste ano, para falar sobre o desejo de ambos voltarem aos seus papéis de Thomas e Martha Wayne. Porém, de uma forma bem diferente, expressando que querem encarnar o Batman e a Coringa versão Flashpoint, respectivamente.

Anúncios

“Eu adoraria. Eu adoraria (fazer isso). Que seja dito, conhecido e documentado. Nós dois adoraríamos que isso acontecesse”, disse Cohan

O desejo dos atores é o mesmo dos fãs, e há anos eles falam sobre isso, assim como bem disse Morgan.

“Lauren e eu conversamos sobre isso há anos. Acho que ela adoraria ver sua versão surgindo. Nunca se sabe. É verdade. Você realmente nunca sabe com a DC em particular, mas tudo é tão complicado dentro do universo Snyder. Infelizmente, mas Lauren e eu deixamos isso claro e estamos fazendo de novo agora essa versão”, disse Morgan.

O Ponto de Ignição foi um marco para os quadrinhos da DC Comics e propriamente para a história do Flash Barry Allen. Andy Muschietti irá dirigir The Flash, que abordará o Flashpoint, mas possivelmente descartou as versões alternativas de Thomas como Batman e Martha Wayne como Coringa.

Basta algum próximo passo da DC Films fazer isso acontecer, ou quem sabe, teremos uma bela surpresa em The Flash. Mas, ao que parece, as esperanças de vermos essas duas versões distintas do Batman e Coringa em live-action são pequenas.

As filmagens de The Flash estão em andamento. A produção do filme começou em Londres no dia 16 de abril.

O longa irá abordar o famoso arco nos quadrinhos que mudou todo o Universo DC, o Flashpoint, considerado o maior arco do Flash de Barry Allen até então.

Com o astro Ezra Miller de volta ao papel, o filme será dirigido por Andy Muschietti e roteirizado por Christina Hodson (Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa). Michael Keaton retorna para o papel de Batman, junto de Ben Affleck, que também fará sua participação. Kiersey Clemons (Iris West)Maribel Verdú (Nora Allen)Ron Livingston (Henry Allen)Sasha Calle (Supergirl), Ian Loh (Jovem Barry Allen)Saoirse-Monica Jackson e Rudy Mancuso completam o elenco.

The Flash tem estreia prevista para 4 de novembro de 2022.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações de The Flash, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

SDCC21 | Confira a programação do evento

Evento será online e gratuito.


Em mais um ano, a San Diego Comic-Con adota a forma de ser um evento online, gratuito e desta vez, mais limitado. Anunciado em março que permaneceria online, os fãs poderão mais uma vez acompanhar as várias novidades sobre filmes, séries e quadrinhos.

Mas, mesmo que seja online, a organização do evento planejou uma outra edição final do ano, com público e capacidade limitada. Com a vacinação da COVID-19 se encaminhando para grande parte da população nos Estados Unidos, é muito possível que o evento realmente aconteça.

Neste ano, sem a Warner Bros. para apresentar seus filmes e da DC Films, e a confirmação que a Marvel Studios também ficou de fora, podemos esperar novidades da séries da DC Comics pela CW, um pouco mais do spin-off de Army of the Dead, planejado por Zack Snyder e Netflix, e o novo evento nos quadrinhos da DC, Fear State.

Com isso, separamos as principais atrações do evento, que teve seu início dia 21 de julho, mas que começará oficialmente amanhã (23) com diversas novidades. A programação já está ajustada no horário de Brasília.


23 de julho

14h – 15h – Painel da Paramount+ sobre o universo Star Trek nas animações;

14h – 15h – Heels: série terá painel com o criador Michael Waldron e estrelas, incluindo Stephen Amell;

15h – 16h – Painel da Amazon Prime Video;

16h – 17h – Mestres do Universo: Salvando Etérnia, com Kevin Smith e dubladores;

17h – 18h – Batman: Fear State: com Tom Naylor, Mariko Tamaki e outros quadrinistas para falarem sobre o evento Fear State;

19h – 20h Batman: O Longo Dia das Bruxas – Parte 2: Painel trará dubladores para comentarem sobre o filme e uma possível prévia;

20h – 21h – Trilogia Rua do Medo da Netflix: A diretora Leigh Janiak se une ao elenco e ao autor R.L. Stine para falar sobre os bastidores e a produção do longa. 

1151418

24 de julho

16h – 17h – Robert Kirkman: O escritor de The Walking Dead e Invencível responde perguntas dos fãs sobre a franquia TWD;

17h – 18h – Fear the Walking DeadScott M. Gimple se junta a showrunners e o elenco da série sobre a 7ª temporada;

18h – 19h –The Walking Dead: World Beyond: elenco e criadores da série derivada falam sobre a segunda e última temporada;

19h – 20h – O Último Mercenário: Jean-Claude Van Damme e o diretor David Charhon falam sobre o filme, que estreia em 30 de julho na Netflix;

21h – 22h – Lucifer: Tom Ellis e os produtores falam o que esperar da 6ª e última temporada de Lucifer. 

lucifer-season-5-lauren-german-tom-ellis-netflix-1597136705

25 de julho

16h – 17h – Legends of Tomorrow: produtores e elenco revelarão sneak peek da reta final da 6ª temporada;

16h – 17h – Novidades da Terra-Média: LOTR no Prime e mais: um painel que revisará as novidades e informações das produções de O Senhor dos Anéis, bem como a série da Amazon;

17h – 18h – DexterMichael C. Hall e os produtores da série se unem em um painel virtual, na promessa de um trailer;

18h – 19h –Army of Thieves: Zack Snyder, produtores e elenco do derivado de Army of the Dead, irão trazer novidades e clipes sobre o filme da Netflix;

18h – 19h – O Legado de Chucky: Don Mancini, criador da franquia, produtores da série e elenco revelarão primeiro trailer do show do Syfy.

the-one-ring-the-lord-of-the-rings


É esperado que os painéis sejam devidamente legendados, e com melhorias, já que o ano passado as legendas eram geradas automaticamente e somente pelo YouTube. Você pode conferir a programação completa no site oficial do evento.

Além disso, os vídeos serão disponibilizados no site do evento, e você poderá ver os painéis pelo site e pelo canal no YouTube da Comic-Con.

A San Diego Comic-Con iniciou ontem (21), com o primeiro painel do evento. Do dia 23 ao dia 25, os demais painéis estão previstos para começar às 14h. Os fãs poderão acompanhar as apresentações também em nosso site e demais mídias sociais, com a cobertura especial no site do Critical Room, trazendo as novidades do que aconteceu na San Diego Comic-Con de 2021, no domingo (26), fazendo um panorama geral.

San Diego Comic-Con @Home acontecerá do dia 23 ao dia 25 de julho.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Superman & Lois | ‘The Eradicator’ ganha sinopse

Novo episódio estreia em agosto.


A CW divulgou a sinopse de ‘The Eradicator’, décimo quarto episódio da primeira temporada de Superman & Lois, que está em sua reta final. Confira abaixo:

Anúncios

Sinopse: “Lois está preocupada com Jordan, enquanto ele e Sarah continuam a se aproximar. Enquanto isso, Clark faz uma visita a Lana. Por último, Jonathan tem passado cada vez mais tempo com John Henry Irons.”

Alexandra La Roche dirigiu o episódio, escrito por Max Cunningham e Brent Fletcher.

Com a produção de Greg Berlanti, responsável pelo Arrowverse e Todd Helbing como showrunner, a série conta com Tyler Hoechlin (Superman), Elizabeth Tulloch (Lois), Jordan Elsass (Jonathan), Alexander Garfin (Jordan), Inde Navarrette (Sarah), Emmanuelle Chriqui (Lana), Dylan Walsh (General Lane), Wole Parks (Capitão Luthor) e Adam Rayner (Morgan Edge).

‘The Eradicator’ vai ao ar no dia 10 de agosto.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Legends of Tomorrow | ‘The Final Frame’ ganha sinopse

Novo episódio irá ao ar em agosto.


A The CW divulgou a sinopse oficial de ‘The Final Frame’, o décimo primeiro episódio da sexta temporada de Legends of Tomorrow. Confira a promo acima. As imagens devem ser divulgadas em breve.

Anúncios

Sinopse: “Quando as Lendas rastreiam outra cápsula alienígena, encontram um dispositivo que teleporta eles a uma pista de boliche cósmica. Antes de consultar Sara, Astra, Rory e Spooner apostam contra os campeões por uma carona de volta à Waverider, mas nem todos estão felizes com o plano quando notam contra quem estão. Enquanto isso, Nate planeja uma noite romântica para ele Zari, mas nada vai como planejado. Behrad e Gary tentam distrair Ava do que está acontecendo com o planejamento do casamento.“

Jes Macallan dirigiu o episódio, que teve o roteiro de Ray Utarnachitt.

As Lendas terão de enfrentar alienígenas de novo se quiserem sobreviver e salvar o mundo. A série entra em hiato até o dia 8 de agosto, data de exibição do episódio.

Na sexta e atual temporada, as Lendas irão lidar com aliens, que estão espalhados pela história, sendo como anacronismos. A equipe voltará em séculos anteriores para resolver os grandes problemas que os aliens estão fazendo, e consertar a história.

O elenco também conta com Caity Lotz (Sara Lance), Matt Ryan (Constantine)Dominic Purcell (Mick Rory)Nick Zano (Nate Heywood)Tala Ashe (Zari Tomaz)Shayan Sobhian (Behrad)Jes Macallan (Ava Sharpe), Amy Pemberton (Gideon)Olivia Swann (Astra) e Adam Tsekhman (Gary).

‘The Final Frame’ estreia no dia 8 de agosto.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma doação única

Faça uma doação mensal

Faça uma doação anual

Escolha um valor

R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente
Anúncios

Titãs | 3ª temporada ganha novas imagens

Asa Noturna e Estelar são destaques.


Novas imagens da terceira temporada de Titãs foram divulgadas, revelando um pouco mais do traje e dos bastões de escrima de Asa Noturna (Brenton Thwaites). Veja:

Anúncios

A terceira temporada de Titãs levará a equipe para Gotham, a cidade mais temida do Universo DC. O líder Asa Noturna (Brenton Thwaites) tenta estabilizar sua equipe após a perda de Donna Troy (Connor Leslie). Porém a ida dos Titãs para Gotham não agradou em nada a comissária de polícia Barbara Gordon (Savannah Welch), pois sabe que a presença deles pode ser perigosa e incitar criminosos, como o Espantalho (Vincent Kartheiser) e o Coringa. Muitas surpresas foram guardadas para a jovem equipe, que terá de lidar com a galeria do Batman à solta.

Com 13 episódios encomendados, o novo ano terá seus três primeiros episódios exibidos no dia 12 de agosto, enquanto os outros chegarão semanalmente todas às quintas-feiras até o dia 21 de outubro.

O elenco conta com Brenton Thwaites (Asa Noturna)Conor Leslie (Donna Troy)Curran Walters (Jason Todd)Teagan Croft (Ravena), Jay Lycurgo (Tim Drake)Anna Diop (Estelar)Damaris Lewis (Estrela Negra)Ryan Potter (Mutano)Joshua Orpin (Superboy)Minka Kelly (Columba)Alan Ritchson (Rapina) e Savannah Welch (Barbara Gordon).

Titãs tem produção da HBO Max, e estreia com sua terceira temporada no dia 12 de agosto.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, e siga nosso Instagram para receber mais conteúdos incríveis! Não esqueça de se inscrever em nosso canal no YouTube.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

O Esquadrão Suicida ganha novos clipes no programa de Jimmy Kimmel

Equipe conversa com o Tubarão-Rei.


Ontem (21), o programa Jimmy Kimmel Live recebeu convidados ilustres, para promoverem O Esquadrão Suicida. O diretor James Gunn se juntou ao ator John Cena e a atriz Margot Robbie para conversarem sobre o filme, além de outros assuntos. Durante a participação, duas cenas foram reveladas, com uma delas focando no Tubarão-Rei (Sylvester Stallone). Veja:

Anúncios

No primeiro clipe, vemos a segunda equipe do Esquadrão se preparando na selva de Corto Maltese. Já no segundo, eles estão indo salvar a Arlequina (Margot Robbie), que está presa em algum lugar da cidade.

Sinopse: “Bem-vindo ao inferno – também conhecido como Belle Reve, a prisão com a maior taxa de mortalidade nos EUA. Onde os piores supervilões são mantidos e onde eles farão de tudo para sair – até mesmo se juntar a super-secreta e super-sombria Força-Tarefa X. A tarefa de fazer ou morrer de hoje? Reúna uma coleção de vilões, incluindo Bloodsport, Pacificador, Capitão Bumerangue, Caça-Ratos 2, Savant, Tubarão-Rei, Blackguard, Javelin e a louca favorita de todos, Arlequina. Em seguida, arme-os pesadamente e jogue-os (literalmente) na remota ilha de Corto Maltese, repleta de inimigos.

Caminhando por uma selva repleta de adversários militantes e forças guerrilheiras a cada passo, o Esquadrão está em uma missão de busca e destruição com apenas o coronel Rick Flag no local para fazê-los se comportar… e os técnicos do governo de Amanda Waller em seus ouvidos, rastreando todos os seus movimentos. E como sempre, um movimento errado e eles morrem (seja nas mãos de seus oponentes, um colega de equipe ou a própria Waller). Se alguém está fazendo apostas, o dinheiro está contra eles – todos eles.”

O Esquadrão Suicida de James Gunn trará velhos membros da equipe de David Ayer, como ArlequinaCapitão Bumerangue, Rick Flag e a mandante Amanda Waller. O filme não terá tanta conexão com o Esquadrão Suicida (2016), e irá se aprofundar nos quadrinhos dos anos 80, de John Ostrander Kim Yale.

Com direção e roteiro por James Gunn, o elenco do longa conta com Margot Robbie (Arlequina)Viola Davis (Amanda Waller)Jai Courtney (Capitão Bumerangue)Joel Kinnaman (Rick Flag)Idris Elba (Bloodsport), John Cena (Pacificador), Peter Capaldi (Pensador), Nathan Fillion (TDK), Alice Braga (Solsoria), Daniela Melchior (Caça-Ratos II), Sean Gunn (Weasel), David Dastmalchian (Homem das Bolinhas), Michael Rooker (Savant), Flula Borg (Javelin), Pete Davidson (Blackguard) Sylvester Stallone (Tubarão-Rei), Mayiling Ng (Mongal) e Steve Agee.

A estreia está marcada para 5 de agosto de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações de O Esquadrão Suicida, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios