Arquivo da tag: WarnerMedia

James Gunn afirma que faria outra série na HBO Max

Diretor elogiou muito o serviço de streaming.


O diretor de O Esquadrão Suicida, James Gunn, revelou em um jogo de perguntas e respostas nos stories do Instagram, que faria facilmente um novo programa para a HBO Max. Ele elogiou muito o serviço de streaming, dizendo que adorou trabalhar com eles e o próprio John Cena na série do Pacificador (via The Direct).

Anúncios

“HBO Max – e eu não posso enfatizar isso o suficiente – têm sido parceiros incríveis e pessoas absolutamente amáveis. [Eu faria outro show da HBO Max] em um piscar de olhos”, disse o diretor.

Gunn, no Twitter, retuitou a notícia do The Direct sobre fazer uma outra possível série pela HBO Max.

“Eu não posso te dizer o quanto eu aprecio o pessoal da HBO Max. Sua humanidade e apoio à minha visão criativa na série do Pacificador – apesar dos inúmeros obstáculos ao longo do caminho – é incomparável. Eu só rezo para que o elenco, a equipe e eu sejamos igualmente bons parceiros.”

O diretor parece ter uma ótima relação com a WarnerMedia, após sua contratação para dirigir o novo filme do Esquadrão Suicida. Apesar de ficar surpreso com o anúncio de que o longa iria estrear nos cinemas e HBO Max simultaneamente, Gunn parece ter entendido a proposta e aceitado. 
 
Mesmo com a aproximação da estreia e O Esquadrão Suicida, e com Pacificador para janeiro de 2022, a parceria entre James Gunn e a Warner Bros. ainda parece estar de pé. Rumores reportados aqui pelo site indicam que Margot Robbie e o diretor estão envolvidos em um novo projeto para a DC. Os rumores podem ainda ser aumentar mais, com a declaração da atriz da Arlequina de querer ver um filme que traga a Hera Venenosa para o DCEU.
 

O Esquadrão Suicida de James Gunn trará velhos membros da equipe de David Ayer, como ArlequinaCapitão Bumerangue, Rick Flag e a mandante Amanda Waller. O filme não terá tanta conexão com o Esquadrão Suicida (2016), e irá se aprofundar nos quadrinhos dos anos 80, de John Ostrander Kim Yale.

Com direção e roteiro por James Gunn, o elenco do longa conta com Margot Robbie (Arlequina)Viola Davis (Amanda Waller)Jai Courtney (Capitão Bumerangue)Joel Kinnaman (Rick Flag)Idris Elba (Bloodsport), John Cena (Pacificador), Peter Capaldi (Pensador), Nathan Fillion (TDK), Alice Braga (Solsoria), Daniela Melchior (Caça-Ratos II), Sean Gunn (Weasel), David Dastmalchian (Homem das Bolinhas), Michael Rooker (Savant), Flula Borg (Javelin), Pete Davidson (Blackguard) Sylvester Stallone (Tubarão-Rei) e Steve Agee .

A estreia está marcada para 6 de agosto de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações de O Esquadrão Suicida, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

HBO Max anuncia mais de 100 produções originais para a América Latina

A HBO Max chega em junho.


O streaming de sucesso da WarnerMedia, a HBO Max, anunciou ainda na sexta-feira (30), que irá investir em mais de 100 produções na América Latina, até 2023. Destas 100, 33 já estão em andamento, que serão lançadas exclusivamente como Max Originals. O diretor de conteúdo da WarnerMedia na América Latina, Tomás Yankelevich, falou sobre o assunto.

Anúncios

“A HBO Max é uma nova plataforma que tem o compromisso de contar as melhores histórias que geram experiências e emoções em nossos fãs na América Latina”, disse Tomás Yankelevich. “Atualmente, estamos trabalhando em produções que abrangem uma grande variedade de gêneros e formatos diferentes, com todos os tipos de histórias locais que são relevantes para nossos consumidores, reforçando nosso compromisso com as comunidades locais com nosso grande talento latino-americano e certamente com nosso público. E isso é apenas o começo.”

Entre algumas produções, estão as séries mexicanas Búnker, Amarres e O Livro dos Sustos de Frankelda. O Brasil também não fica de fora, com uma série intitulada de Os Ausentes, que conta a história de uma agência que busca por pessoas desaparecidas. Há também duas produções argentinas, um drama musical chamado Días de Gallo, e um documentário de quatro episódios que explora o futebol, Bilardo, O Médico do Futebol.

No final de 2020, a Warner Bros. surpreendeu a todos com o anúncio, de que seu calendário de filmes para 2021, chegaria aos cinemas e HBO Max simultaneamente. A decisão foi contestada por Nolan, renomado diretor do estúdio, e defendida pelo CEO da AT&T John Stankey. 

Além de conteúdos exclusivos da Warner Bros. Pictures e DC Comics, o streaming reunirá conteúdos da HBO, TNT, TBS, TCM, CW, Cartoon Network, Adult Swin, CrunchyrollNew LineLooney Tunes CNN. Assinantes da HBO GO terão acesso livre para a HBO Max.

HBO Max será lançado em 39 países da América Latina, que incluem o Brasil, México, Argentina e diversos outros. O preço ainda não foi revelado aqui no Brasil. Na América do Norte, o preço é US$ 14,99.

Por enquanto, o HBO Max tem previsão de lançamento para o mês de junho, no Brasil.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição única

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

HBO Max e HBO GO alcançam 63,9 milhões de assinantes globalmente

Os serviços de streaming são um sucesso para a WarnerMedia.


As plataformas de streaming dominaram o mercado em 2020 e estão dominando em 2021 também, sendo uma válvula de escape para quem não pode ir ao cinema por conta da pandemia do COVID-19. A WarnerMedia investiu pesado neste mercado, e trouxe grandes expectativas para a HBO Max. Unidas, a HBO GO e a HBO Max ultrapassaram a marca de 63 milhões de assinantes no mundo todo (via THR).

Anúncios

Segundo as estimativas da AT&T, até o final de 2021 a gigante das telecomunicações espera algo em torno de 67 a 70 milhões de assinantes, e até 2025, entre 120 a 150 milhões de assinantes em seus streamings. Nos Estados Unidos, os assinantes totais somam 44,2 milhões.

“A HBO Max continuou a entregar um forte crescimento de assinantes e receita antes de nossos lançamentos internacionais e AVOD planejados para junho” disse o CEO da AT&T John Stankey.

Este grande sucesso foi impulsionado por três blockbusters que eram tão aguardados pelos fãs: Mulher-Maravilha 1984, Liga da Justiça de Zack Snyder e Godzilla vs Kong, que impulsionou ainda mais assinantes para a HBO Max nos EUA. Ainda neste ano, o serviço será disponibilizado em 60 países fora dos EUA, a partir de junho.

“Nós apenas achamos que é um lugar realmente inteligente para esse segmento do mercado”, falou Stankey.

No final de 2020, a Warner Bros. surpreendeu a todos com o anúncio, de que seu calendário de filmes para 2021, chegaria aos cinemas e HBO Max simultaneamente. A decisão foi contestada por Nolan, renomado diretor do estúdio, e defendida pelo CEO da AT&T John Stankey. 

Além de conteúdos exclusivos da Warner Bros. Pictures e DC Comics, o streaming reunirá conteúdos da HBO, TNT, TBS, TCM, CW, Cartoon Network, Adult Swin, CrunchyrollNew LineLooney Tunes CNN. Assinantes da HBO GO terão acesso livre para a HBO Max.

HBO Max será lançado em 39 países da América Latina, que incluem o Brasil, México, Argentina e diversos outros. O preço ainda não foi revelado aqui no Brasil. Na América do Norte, o preço é US$ 14,99.

Por enquanto, o HBO Max tem previsão de lançamento para o mês de junho, no Brasil.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição única

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Ray Fisher fala sobre The Flash e seu futuro na DC

Ator dá esperanças de uma aparição em The Flash.


Em entrevista à revista Empire, o ator e intérprete do Cyborg, Ray Fisher, falou sobre seu futuro na DC Comics. Fisher é conhecido por ser uma das estrelas da Liga da Justiça de Zack Snyder, e veio à público para revelar algumas podres de Joss Whedon e a produção de Liga da Justiça (2017). Ele estava incluso no roteiro de The Flash, do diretor Andy Muschietti, mas não sabe se ainda irá participar.

Anúncios

“Andy parece ter a cabeça no lugar e entendeu esses personagens ao fazer do relacionamento mais do que apenas uma exibição de superpoderes”, explica ele, acrescentando: “Estávamos na mesma página sobre isso, e será uma chatice se não houver maneira de resolver o problema.”

Muschietti e Fisher estavam em conversa sobre o roteiro e a participação do ator no longa, mas o conflito com a WarnerMedia e Walter Hamada, presidente da DC Films, deixou o ator fora da jogada. Seu filme solo também está fora de cogitação, e sua participação continua incerta, e a Warner parece não estar interessada em contratá-lo de volta.

O ator ainda comentou sobre seu futuro incerto na DC, após suas denúncias.

“Se tudo o que sou abençoado por fazer é o que fui capaz de fazer neste negócio, prefiro seguir em frente e falar minha parte agora do que ter essas histórias perdidas para o mundo”, diz ele. “Eu sei onde está meu poder.”

Com o astro Ezra Miller de volta ao papel, o filme será dirigido por Andy Muschietti e roteirizado por Christina Hodson (Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa). Michael Keaton retorna para o papel de Batman, junto de Ben Affleck, que também fará sua participação.

The Flash tem estreia prevista para 4 de novembro de 2022.

Relembre o caso de Fisher contra Warner

Ray Fisher acusou Joss Whedon, ainda em julho de 2020, sobre seu comportamento abusivo no set de Liga da Justiça. O ator alegou que os produtores Geoff Johns e Jon Berg não estavam do lado do elenco, e se apoiando no diretor. Recentemente, denúncias da atriz Charisma Carpenter, de Buffy e também das equipes de Buffy e Angel, confirmaram ainda mais as suspeitas de Whedon no set. Uma investigação foi aberta pela WarnerMedia sobre o comportamento do diretor no set de filmagens de Liga da Justiça.

Não só Fisher, mas Kevin Smith corroborou com o ator, e citou que Whedon zombava da versão de Zack Snyder para a Liga da Justiça. A insider Grace Randolph, no mesmo 1º de julho em que Fisher acusou Joss, falou da constrangedora cena em que Flash cai sobre a Mulher-Maravilha. O fotógrafo Jason Laboy reforçou a ideia, e comentou que o diretor trancou a dublê em uma sala, ameaçando sua carreira. Gal Gadot não sabia sobre a cena, e se sentiu desconfortável ao vê-la.

No final de 2020, o diretor deixou a produção de The Nevers, e poucas semanas depois, a WarnerMedia havia afirmado que concluiu as investigações sobre Whedon, dizendo que iria tomar “medidas corretivas”. Ainda neste ano, Fisher voltou a falar contra Walter Hamada, presidente da DC Films, e disse que não voltaria a trabalhar com ele.

Apesar de todos os problemas, o ator pode ser visto na versão restaurada de Liga da Justiça, apelidado pelos fãs de Snyder Cut. Joss Whedon e a WarnerMedia não se pronunciaram sobre o assunto.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações de The Flash, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.

Participe do “Esse ou Aquele?” nos stories do Instagram, e escolha seu game favorito.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Warner irá retornar com lançamentos de filmes ao cinema em 2022

2021 continuará com o mesmo planejamento.


Após uma decisão não concordada por Christopher Nolan e muitas outras celebridades, sobre os lançamentos simultâneos da Warner Bros. nos cinemas e HBO Max, visando a pandemia, o CEO da Time Warner voltou a falar. Ao Collider, Jason Kilar afirmou que o estúdio irá lançar os filmes no cinema com exclusividade em 2022, e depois da temporada de lançamento, partiria para a HBO Max.

Anúncios

“Eu acho que é muito justo dizer que um grande, você sabe, digamos um grande filme da DC… é muito justo dizer que isso iria exclusivamente para os cinemas primeiro e depois para algum lugar como um HBO Max depois de estar nos cinemas”, disse Kilar.

jason-kilar-warnermedia-logo

No final de 2020, a Warner Bros. surpreendeu a todos com o anúncio, de que seu calendário de filmes para 2021, chegaria aos cinemas e HBO Max simultaneamente. A decisão foi contestada por Nolan, renomado diretor do estúdio, e defendida pelo CEO da AT&T John Stankey. 

O primeiro filme a inaugurar este planejamento foi Mulher-Maravilha 1984, causando boas impressões no streaming e alavancando assinaturas. Por um grande período, os cinemas em todo o mundo estiveram fechados, mas, mesmo que Mulher-Maravilha 1984 tenha chegado a HBO Max apenas no dia 25, nos Estados Unidos, países como Itália e França vieram a ter o filme no final de janeiro. O serviço de streaming estava disponível apenas nos EUA durante o lançamento do filme de Patty Jenkins.

Além de conteúdos exclusivos da Warner Bros. Pictures e DC Comics, o streaming reunirá conteúdos da HBO, TNT, TBS, TCM, CW, Cartoon Network, Adult Swin, CrunchyrollNew LineLooney Tunes CNN. Assinantes da HBO GO terão acesso livre para a HBO Max.

A HBO Max será lançado em 39 países da América Latina, que incluem o Brasil, México, Argentina e diversos outros. O preço ainda não foi revelado aqui no Brasil. Na América do Norte, o preço é US$ 14,99.

Por enquanto, o HBO Max tem previsão de lançamento para o mês de junho, no Brasil.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Primeiras imagens de Those Who Wish Me Dead são divulgadas

Angelina Jolie é a protagonista do longa.


Dirigido por Taylor Sheridan, com roteiro de Michael Koryta, Charles Leavitt e Taylor Sheridan, o longa Those Who Wish Me Dead ganhou suas primeiras imagens, que mostram Angelina Jolie como bombeira. A produção é uma adaptação do livro de mesmo nome escrito por Michael Koryta e publicado em 2014 (via Entertainment Weekly). Veja abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

A trama segue a traumatizada bombeira Hannah, que encontra um garoto de 12 anos chamado Connor, que está sendo perseguido por dois assassinos.

Those Who Wish Me Dead chega aos cinemas e HBO Max no próximo mês, no dia 14 de maio.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube. Participe do quiz “Esse ou Aquele?” no Instagram do Critical Room!

Anúncios

Joss Whedon desprezou Gal Gadot e ofendeu Patty Jenkins no set de Liga da Justiça

Ray Fisher voltou a se pronunciar contra o diretor.


O pesadelo dos abusos cometidos por Joss Whedon parece não ter fim, ganhando mais um novo capítulo hoje, das mãos de Ray Fisher, o Cyborg de Liga da Justiça. Em um extenso artigo publicado pelo THR, Fisher comentou sobre os abusos praticados por Whedon, que chegou a ameaçar a carreira de Gal Gadot, querendo transformar a Mulher-Maravilha em uma “estúpida”, e ofendeu a diretora Patty Jenkins na frente da equipe. A versão revisada desagradou todo o elenco, e o diretor ainda confrontou Jeremy Irons e a estrela de Mulher-Maravilha, que estava preocupada com o desenvolvimento de sua personagem: “Ela queria fazer a personagem fluir de um filme para o outro. “

Anúncios

A fonte anônima do site ainda diz que o clima tenso entre Whedon e Gadot, se deu por conta da atriz não ter gostado de suas falas, e o diretor a pressionou para gravar, depois ofendendo Jenkins, diretora dos dois filmes da Mulher-Maravilha. “Joss estava se gabando da situação com Gal. Ele disse a ela que é o escritor e ela vai calar a boca e gravar as falas, pois ele podia fazê-la parecer incrivelmente estúpida neste filme”. 

Outra fonte relata que Gadot e Jenkins convocaram uma reunião sobre o comportamento de Whedon, com o então presidente da Warner Bros. na época, Kevin Tsujihara, acusado de assédio sexual pouco tempo depois. Gadot disse em um comunicado: “Tive meus problemas com [Whedon] e a Warner Bros. lidou com isso em tempo hábil”.

Como dito anteriormente, Jeremy Irons teve problemas com o diretor, e boa parte de suas cenas cortadas na versão final, assim como Ray Fisher. Fontes afirmaram que Whedon também possuía problemas com Jason Momoa, o Aquaman, mas os atores principais eram Ray Fisher e Gal Gadot. No ano passado, rumores sobre a cena do Flash (Ezra Miller) caindo sobre o corpo da Mulher-Maravilha, foi uma ideia do diretor, discordada por Gadot e sua dublê. O rumor ainda afirma que Joss trancou [a dublê] em uma sala e ameaçou sua carreira se ela não fizesse a cena”.

Apesar dos grandes problemas com Whedon, Fisher ainda ataca Jon Berg e Geoff Johns, co-presidente da DC Films e presidente da DC Comics, respectivamente, o ator afirmou que recorreu a ambos, mas sofreu grande omissão. Berg já lhe pediu desculpas. Fisher ainda fala sobre Walter Hamada, – atual presidente da da DC Films – num tipo de “perigoso capacitador, que cobre seus colegas cegamente”, e afirmou que não voltaria a trabalhar com ele. Sua participação em The Flash foi cortada pela Warner após a declaração.

Joss Whedon ainda tinha em mãos o projeto da Batgirl, anunciado em 2018, mas abandonou este projeto da DC Films, alegando ter “demorado meses para perceber que não tinha uma história”. Em 2020, a WarnerMedia afastou de vez o diretor de sua produções, que ainda estava na série The Nevers, e Casey Bloys (chefe da HBO) disse não ter recebido críticas quanto ao comportamento do diretor. Semanas depois, a WarnerMedia havia concluído as investigações sobre o diretor, dizendo que iria tomar “medidas corretivas” quanto às denúncias. O artigo publicado expõe todo o processo de Ray Fisher, desde os comportamentos abusivos de Whedon até as investigações.

Sabendo que não irá conseguir trabalhar após todas as alegações, Fisher diz “não acreditar que essas pessoas estejam aptas para liderança” e não poderiam tomar decisões de contratação ou demissão.

“Se eu não consigo responsabilizá-los, pelo menos faço com que as pessoas saibam com quem estão lidando”, falou o ator.

Relembre o caso

Ray Fisher acusou Joss Whedon, ainda em julho de 2020, sobre seu comportamento abusivo no set de Liga da Justiça. O ator alegou que os produtores Geoff Johns e Jon Berg não estavam do lado do elenco, e se apoiando no diretor. Recentemente, denúncias da atriz Charisma Carpenter, de Buffy e também das equipes de Buffy e Angel, confirmaram ainda mais as suspeitas de Whedon no set. Uma investigação foi aberta pela WarnerMedia sobre o comportamento do diretor no set de filmagens de Liga da Justiça.

Não só Fisher, mas Kevin Smith corroborou com o ator, e citou que Whedon zombava da versão de Zack Snyder para a Liga da Justiça. A insider Grace Randolph, no mesmo 1º de julho em que Fisher acusou Joss, falou da constrangedora cena em que Flash cai sobre a Mulher-Maravilha. O fotógrafo Jason Laboy reforçou a ideia, e comentou que o diretor trancou a dublê em uma sala, ameaçando sua carreira. Gal Gadot não sabia sobre a cena, e se sentiu desconfortável ao vê-la.

No final de 2020, o diretor deixou a produção de The Nevers, e poucas semanas depois, a WarnerMedia havia afirmado que concluiu as investigações sobre Whedon, dizendo que iria tomar “medidas corretivas”. Ainda neste ano, Fisher voltou a falar contra Walter Hamada, presidente da DC Films, e disse que não voltaria a trabalhar com ele.

Apesar de todos os problemas, o ator pode ser visto na versão restaurada de Liga da Justiça, apelidado pelos fãs de Snyder Cut. Joss Whedon e a WarnerMedia não se pronunciaram sobre o assunto.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Série de The Last of Us começará a ser filmada em julho

Série é inspirada na famosa franquia de games.


Segundo o site CBC, a adaptação em live-action de The Last of Us, famosa franquia de jogos da PlayStation, já tem data para começar e terminar sua produção. O Sindicado dos Diretores do Canadá informou que as filmagens começarão no dia 5 de julho deste ano, tendo seu término apenas em 8 de junho de 2022. A série que será produzida pela HBO, irá alocar sua produção em Calgary, no Canadá. 

Anúncios

A adaptação da HBO irá explorar o mundo pós-apocalíptico, onde um vírus tomou conta da população, transformando-os em zumbis. Joel Miller é um dos sobreviventes, que, vaga pelos Estados Unidos com Ellie, uma garota imune ao vírus. 

Neil Druckmann, criador da franquia, irá ser o produtor executivo da série, tendo ao seu lado, Carolyn Strauss e Evan Wells, presidente de Naughty Dog. Craig Mazin (Chernobyl) será o roteirista junto de Druckmann, e o episódio piloto terá direção de Kantemir Belagov. Até o momento, o elenco conta com Pedro Pascal, que interpretará Joel, enquanto Bella Ramsey será Ellie.

Desenvolvidos pela Naughty Dog, The Last of Us e The Last of Us – Parte II, são jogos exclusivos da Sony para o PlayStation, tendo o primeiro sido lançado ainda no PS3, em 2013, ganhando uma remasterização para o PS4 posteriormente. The Last of Us – Parte II foi lançado para PS4 e PS5 em 2020, levando o prêmio de Jogo do Ano, desbancando Ghost of Tsushima, e diversos outros jogos em demais categorias.

Não há previsão para a série ser lançada.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações de The Last of Us seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Ann Sarnoff afirma que Jim Lee é o centro da DC Comics

CEO da WarnerMedia reafirmou a importância do quadrinista.


Ann Sarnoff, CEO da WarnerMedia, concedeu entrevista à Variety, falando sobre o futuro da DC Comics nas mãos da Warner Bros. Na entrevista, Sarnoff negou uma sequência da Liga da Justiça de Zack Snyder, e reafirmou a importância do quadrinista Jim Lee para todas as divisões da DC Entertainment.

Anúncios

“O tecido conjuntivo no meio é Jim Lee, que supervisiona a DC Comics. Jim vive e respira o cânone da DC e trabalha com todas as divisões para garantir que as histórias sejam fiéis ao cânone. Ele os ajuda a ter ideias para novas histórias. Jim está no meio de tudo. Todo o grupo junto ajuda a estimular novas ideias. Mas não há uma pessoa dando as cartas, porque quero que todas as vozes na sala ofereçam sua experiência e conhecimento de seus formatos.”

Jim Lee ocupa o cargo de Diretor de Criação da DC, abrangendo todas as divisões, indo de jogos até os filmes, e também é Editor da empresa nos quadrinhos. Lee supervisiona qualquer projeto da DC Comics. Entre seus trabalhos mais conhecidos pela editora, destaca-se Batman: Silêncio, lançado entre 2002 e 2003.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações da DC, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Aproveite

Adquira a graphic novel Batman: Silêncio Parte 1, e receba 30% de desconto pela Amazon. Compre aqui!


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

CEO da WarnerMedia diz que Zack Snyder concluiu sua trilogia

Warner Bros. não continuará o Snyderverse, e está focada em outros projetos.


Ann Sarnoff, CEO da WarnerMedia Studios, detentora das divisões da Warner Bros., DC Comics e outros canais, disse à Variety que a Warner não irá continuar com o universo de Liga da Justiça na visão de Zack Snyder, e reiterou que o estúdio está focado em novos projetos e nos que já desenvolve atualmente. 

Anúncios

“Agradeço que eles amem o trabalho de Zack e somos muito gratos por suas muitas contribuições para a DC. Estamos muito felizes por ele ter conseguido trazer sua parte da Liga da Justiça à vida, porque isso não estava nos planos até cerca de um ano atrás. Com isso, vem a conclusão de sua trilogia. Estamos muito felizes por termos feito isso, mas estamos muito animados com os planos que temos para todos os personagens DC multidimensionais que estão sendo desenvolvidos agora”, disse a CEO da WarnerMedia.

O sucesso do Snyder Cut, como apelidaram os fãs na internet por um longo período, é gigante e ainda está em alta, mesmo após quatro dias de lançamento. Sarnoff explicou o porquê de acolher o corte de Zack Snyder de Liga da Justiça, para que fosse lançado pela HBO Max.

“Queríamos dar a Zack a oportunidade de completar sua visão em um filme de quatro horas, o que é impossível de fazer nos cinemas. Estamos felizes por termos a HBO Max para liberar a corda por assim dizer e permitir que os fãs vejam todas as quatro horas da visão de Zack.”

Ela ainda esteve falando sobre vários assuntos, chegando nas alegações de uma produção conturbada de Ray Fisher até o pedido da versão original de David Ayer para o Esquadrão Suicida, muito pedida pelos fãs e diretor. Sarnoff disse que a Warner “não vai desenvolver o corte de David Ayer”.

Sarnoff revelou que a Warner terá “vários projetos para a DC Films, ainda mais ricos e multidimensional, com uma gama de novos personagens”. Ela ainda afirmou que a Warner está com uma nova estratégia para a DC, não focando somente no cinema, e indo para a TV, distribuindo projetos exclusivos também para a HBO Max “para que não haja cansaço”.

Atualmente, a DC está produzindo quatro projetos de novos personagens: Batgirl, Besouro Azul, Zatanna e Homem-Hora. Mais cedo, foi confirmado que Emerald Fennell será a roteirista do filme da Zatanna. Ainda não se sabe se o projeto será exclusivo da HBO Max ou será lançado nos cinemas. Já o Homem-Hora, terá um filme com o roteiro de Kevin James e Neil Widener.

Com a direção de Zack Snyder, o elenco conta com Ben Affleck (Batman)Gal Gadot (Mulher-Maravilha)Henry Cavill (Superman)Ray Fisher (Cyborg)Ezra Miller (Flash)Jason Momoa (Aquaman)Amy Adams (Lois Lane) e Diane Lane (Martha Kent).

Liga da Justiça de Zack Snyder está disponível no HBO Max nos Estados Unidos. No Brasil, o filme pode ser alugado até abril por R$ 49,90 nas seguintes plataformas: Apple TV, Claro, Google Play, Looke, Microsoft, Playstation, Sky, Uol Play, Vivo e WatchBr.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações do Snyder Cut e da DC, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Snyder Cut | Zack Snyder revela que cena final seria com outro herói

Outro personagem estaria conversando com Bruce.


A Liga da Justiça de Zack Snyder é um dos assuntos mais em alta em todo o mundo, e o diretor continua comentando sobre sua obra. Em uma entrevista ao Entertainment Weekly, o diretor revelou que a cena final em que Bruce conversa com o Caçador de Marte, não teria o marciano e originalmente, outro herói iria conversar com o Batman.

Anúncios

“Originalmente, era praticamente a mesma cena que Bruce fez na casa de vidro, mas era um personagem diferente. Não vou dizer com quem neste momento, mas foi um personagem diferente com quem ele falou. Havia outro personagem lá, mas era essencialmente a mesma cena com um diálogo muito semelhante, falando sobre ‘Há uma guerra chegando e eu quero entrar para a Liga da Justiça’, mas não era o Caçador de Marte”, contou o diretor.

O diretor não revelou qual poderia ser o herói, mas podemos pensar diretamente no Lanterna Verde, podendo ser Hal Jordan ou qualquer outro. Pelo fato de Hal Jordan ser um dos Lanternas mais poderosos, e também por estar a par de tudo o que acontece, ele seria uma boa aposta. Vimos apenas Yalan Gur em ação, sendo morto por Darkseid na primeira invasão e o anel indo escolher outro ser apto a colocá-lo. Nos quadrinhos, Abin-Sur seria esse ser, e depois, Hal Jordan.

Snyder ainda afirmou que o Caçador de Marte teria mais aparições no decorrer de suas sequências planejadas para a Liga da Justiça:

“Ele [Caçador de Marte] é um personagem superpoderoso, e nós esperávamos que alguns Lanternas Verdes aparecessem, e teríamos uma miscelânea inteira da DC [vilões]. Darkseid, ele tem uma série de personagens malucos que teriam vindo com ele para a Terra para lutar.”

Com a direção de Zack Snyder, o elenco conta com Ben Affleck (Batman)Gal Gadot (Mulher-Maravilha)Henry Cavill (Superman)Ray Fisher (Cyborg)Ezra Miller (Flash)Jason Momoa (Aquaman)Amy Adams (Lois Lane) e Diane Lane (Martha Kent).

Liga da Justiça de Zack Snyder está disponível no HBO Max nos Estados Unidos. No Brasil, o filme pode ser alugado até abril por R$ 49,90 nas seguintes plataformas: Apple TV, Claro, Google Play, Looke, Microsoft, Playstation, Sky, Uol Play, Vivo e WatchBr.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações do Snyder Cut, e seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Warner Bros está desenvolvendo live-action de Batgirl e Zatanna

Projetos foram divulgados na Investor Day da AT&T.


Após rumores de que Zatanna poderia vir a ser algum live-action, sendo filme ou série, eles parecem ter se concretizado. Durante o Dia dos Investidores da AT&T, dona da WarnerMedia, alguns projetos da DC Comics de nosso conhecimento e outros novos, foram revelados com suas logos oficiais. Veja:

Anúncios

A confirmação de um projeto envolvendo Zatanna Zatara, vem logo após a confirmação de J.J Abrams, que estaria produzindo uma série do Constantine para a HBO Max, juntando o universo sombrio.

Um outro projeto surpresa foi o de Batgirl, que será um filme exclusivo do HBO Max. A heroína foi cotada para um projeto cinematográfico nas mãos de Joss Whedon, mas não avançou. Fãs começaram a especular que poderia haver uma aparição em The Batman, mas nada ainda está confirmado. Detalhes sobre o filme não foram divulgados.

Entre estes dois, há outros 22 projetos, que já foram divulgados pela Warner, como a série do Lanterna Verde, uma nova temporada da série animada Harley Quinn, o futuro filme do Super-Choque, novos jogos desenvolvidos pela Rocksteady e WB Montreal, além de diversas outras séries, que foram renovadas, filmes já anunciados e também conteúdo para crianças.

Já não será a primeira aparição de Barbara Gordon em live-action. A CW introduziu na série Aves de Rapina, a Oráculo, além de mostrar algumas cenas de Barbara como Batgirl. A personagem também aparecerá na terceira temporada de Titãs, e a Mulher-Morcego, esteve presente também em Batman & Robin, sendo a sobrinha de Alfred. Diferentemente de Gordon, Zatanna esteve em Smallville.

Nenhum detalhe a mais foi divulgado. Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, e siga nosso Instagram para receber mais conteúdos incríveis! Não esqueça de se inscrever em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Melissa Benoist assina contrato com a Warner Bros. Television como produtora

Atriz lança sua nova produtora para desenvolver futuros projetos.


A atriz intérprete de Supergirl, Melissa Benoist, assinou um contrato com a Warner Bros. Television sob a bandeira da Three Things Productions, sua nova empresa de produção de TV. De acordo com o The Hollywood Reporter, a produtora irá desenvolver e produzir novos projetos para a Warner, incluindo parceiros, redes de televisão e originais da HBO Max.

Anúncios

Mesmo com o encerramento de Supergirl na sexta temporada, Benoist ainda quer continuar no Grupo Warner, trabalhando como produtora. Ela se disse emocionada de estar trabalhando como uma produtora para o estúdio.

“Tive um lar maravilhosamente favorável na Warner Bros. nos últimos seis anos e estou emocionado por ter a oportunidade de colocar o chapéu de um produtor e continuar trabalhando com eles”, disse Benoist. “Abordo meu trabalho como atriz em busca daquele sentimento mágico que você tem quando sabe que algo está certo. Planejo seguir esses instintos como produtora, abordando cada história com paixão, diversão, curiosidade, um passo seguro, e como todas as coisas pelas quais vale a pena arriscar, uma pitada de terror. Mal posso esperar para colaborar com novas vozes e encontrar histórias que atingem o coração daquela maneira indefinível.”

Ao seu lado, por enquanto, a atriz vai contar com Sahar Kashi, que servirá de vice-presidente de desenvolvimento da produtora. Anteriormente, Kashi esteve como executiva na Anonymous Content, empresa que produziu O Regresso e Legítimo Rei. A produtora havia trabalhado no desenvolvimento de 13 Reasons Why, da Netflix.

Clancy Collins, vice-presidente executivo de desenvolvimento da WBTV, também comentou sobre o acordo:

“Nos últimos seis anos, tivemos o privilégio de colaborar com Melissa Benoist enquanto ela entretinha e inspirava audiências em todo o mundo no papel de Supergirl . Todos na Warner Bros. Television estão extremamente animados em continuar nossa parceria com ela como produtora. Esperamos trabalhar de perto com Melissa e sua equipe para desenvolver séries novas e atraentes que reflitam seu espírito destemido e indomável.”

A última temporada de Supergirl ainda não teve data anunciada pela CW.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

HBO Max e CW estão firmando acordo para co-financiar futuras séries

Outras propriedade da WarnerMedia também estão no acordo.


De acordo com o Deadline, a CW e HBO Max podem se juntar para co-financiar novas séries. O HBO Max se tornou a plataforma principal para programas de outros parceiros da Warner Bros, e a CW é uma delas. O acordo seria firmado para as séries do Arrowverse, e outras atações principais, até o momento, com transmissão no HBO Max um dia antes de chegar ao canal americano.

Anúncios

Superman & Lois, nova série da CW, tem um acordo parecido, porém, fora do streaming e em dois canais. A estreia da série que se dará no dia 27 de fevereiro, terá reprise na TNT quatro dias após, no dia 3 de março. Outras propriedade da WarnerMedia, como a TBS, trabalharão com reprises de episódios, para maior visibilidade cruzada.

Esse acordo entre a CW e HBO Max serviria para aumentar o orçamento das séries da DC e outras apostas. Vale lembrar que o spin-off de Arrow, Green Arrow and The Canaries foi cancelado, mas Naomi já recebeu luz verde para o episódio piloto.

“Os irmãos cabo perceberam – e vice-versa – que o CW como plataforma permitiu que eles fizessem grandes coisas”, comentou Mark Pedowitz, presidente da The CW. “Essa tem sido uma das bênçãos da Covid, que estamos todos olhando para as plataformas juntos para ver o valor uns dos outros, o valor que agregamos e o valor que eles trazem para nós em termos de ajuda mútua.”

A emissora, é um empreendimento da ViacomCBS e WarnerMedia, e Pedowitz afirmou que o diálogo entre as duas empresas “está sendo bom”, sobre futuras colaborações. Além disso, ele forneceu informações de que Superman & Lois não terá estreia simultânea por conta pela limitação de transmissão cruzada.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

The Last of Us | Pedro Pascal interpretará Joel na série

Bella Ramsey o acompanha e será a Ellie.


Muito conhecido por seus papéis em Game of Thrones, The Mandalorian, e agora no recente filme Mulher-Maravilha 1984, Pedro Pascal irá interpretar Joel, na série baseada no jogo The Last of Us. A notícia foi veiculada pelo Deadline, e confirmada pelo ator logo em seguida.

Anúncios

O ator terá a companhia de Bella Ramsey, confirmada como Ellie (via THR) poucas horas antes. A atriz também esteve em Game of Thrones, além da série His Dark Materials.

A adaptação da HBO irá explorar o mundo pós-apocalíptico, onde um vírus tomou conta da população, transformando-os em zumbis. Joel Miller é um dos sobreviventes, que, vaga pelos Estados Unidos com Ellie, uma garota imune ao vírus.

Neil Druckmann, criador da franquia, irá ser o produtor executivo da série, tendo ao seu lado, Carolyn Strauss e Evan Wells, presidente de Naughty Dog. Craig Mazin (Chernobyl) será o roteirista junto de Druckmann, e o episódio piloto terá direção de Kantemir Belagov.

Desenvolvidos pela Naughty Dog, The Last of Us e The Last of Us – Parte II, são jogos exclusivos da Sony para o PlayStation, tendo o primeiro sido lançado ainda no PS3, em 2013, ganhando uma remasterização para o PS4 posteriormente. The Last of Us – Parte II foi lançado para PS4 e PS5 em 2020, levando o prêmio de Jogo do Ano, desbancando Ghost of Tsushima, e diversos outros jogos em demais categorias.

Não há previsão para a série ser lançada.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

HBO Max ganha data de lançamento para junho no Brasil

O lançamento em junho se dará para toda a América Latina.


Depois de um longo tempo de espera, a HBO Max ganhou sua data de lançamento para o Brasil e no restante da América Latina. A plataforma de streaming da WarnerMedia, que está disponível apenas na América do Norte, chegará ao Brasil em junho deste ano. O anúncio se deu em um vídeo no canal do YouTube da plataforma. Veja:

Anúncios

No lançamento do streaming, os assinantes do HBO GO e outros que utilizam e pagam outros meios dos parceiros da WarnerMedia, terão acesso ao HBO Max. Além de conteúdos exclusivos da Warner Bros. Pictures e DC Comics, o streaming reunirá conteúdos da HBO, TNT, TBS, TCM, CW, Cartoon Network, Adult Swin, Crunchyroll, New Line, Looney Tunes e CNN

Vale lembrar que a Warner lançará seus filmes nos cinemas e na HBO Max de forma simultânea, causando críticas positivas e negativas por parte de produtoras, atores e diretores. Recentemente, o streaming da WarnerMedia chegou aos 17,2 milhões de assinantes na América do Norte, com uma gama impulsionada pelo lançamento de Mulher-Maravilha 1984. Ao todo, contando o serviço da HBO, os assinantes ultrapassam os 40 milhões.

O HBO Max será lançado em 39 países da América Latina, que incluem o Brasil, México, Argentina e diversos outros. O preço ainda não foi revelado aqui no Brasil. Na América do Norte, o preço é US$ 14,99.

Por enquanto, o HBO Max tem previsão de lançamento para o mês de junho, em toda a América Latina.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Tye Sheridan em negociações para estrelar The Tender Bar

George Clooney irá dirigir o filme.


De acordo com o Collider, o ator Tye Sheridan já está em negociações para entrar para o elenco de The Tender Bar, novo filme que terá a direção de George Clooney, além da presença de Ben Affleck como um dos atores do novo longa. A Amazon Studios não se pronunciou sobre o assunto.

Anúncios

Baseado na obra de J.R. Moehringer, em The Tender Bar, o jornalista americano J.R. Moehringer relata como procurou a figura ausente do pai entre as garrafas e os boêmios de um agitado bar em Long Island. O escritor resgata em suas lembranças o Dickens (posteriormente rebatizado de Publicans), um pub próximo à sua casa, e conta como o local, efervescente nos anos 70, tornou-se seu refúgio, assim como seus frequentadores tornaram-se parte de sua família.

A produtora Smoke House Pictures está à frente do projeto, pertencendo a WarnerMediaGeorge ClooneyGrant Heslov e Ted Hope são os produtores do longa. William Monahan assina o roteiro do projeto.

Não há data de estreia para o filme.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Velma Dinkley ganhará série animada pelo HBO Max

Mindy Kaling dará voz a personagem.


A HBO Max está desenvolvendo uma série animada de Velma, personagem de Scooby-Doo, com Mindy Kaling (The Office) dublando a detetive. O streaming encomendou dez episódios para a primeira temporada, e irá explorar a origem de Velma antes de entrar para a Mistério S.A (via Variety).

Anúncios

Como dito anteriormente, a série pretende abordar a origem de Velma Dinkley, antes de conhecer a turma de detetive e se juntar para formar uma equipe. Kaling estrela e produz a série, ao lado Sam Register, Howard Klein e Charlie Grandy, que também trabalham como produtores executivos. A Warner Bros. Animation produzirá a série.

Confira abaixo a logo oficial da série:

velma-1
Divulgação/

Não há data para a série estrear.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

James Gunn confirma que O Esquadrão Suicida foi concluído

Diretor agradeceu a liberdade criativa que teve.


Via Twitter, o diretor James Gunn, do novo filme focado no Esquadrão Suicida, afirmou já ter concluído as toda a pós-produção do filme, estando pronto já para ser lançado pela Warner Bros. nos cinemas e HBO Max. Ele ainda agradeceu por ter feito todas as escolhas, sem interferência da Warner. Veja seu comentário:

Anúncios

“O Esquadrão Suicida está totalmente acabado e cortado, e eu fiz todas as escolhas, e eles [Warner] não interfiram nem um pouco. Eles deram muito poucas notas – geralmente eram boas e secundárias, e eu as pegava se queria e não fazia se não queria. A Warner era criativamente incrível.”

O diretor também já havia confirmado que o filme será R-Rated, ou seja, para maiores de dezoito anos, como Aves de Rapina e Coringa.

Embora a Warner não ter interferido neste filme, assim como em Mulher-Maravilha 1984, podemos ainda levantar suspeitas que há sempre um dedo do estúdio. Esquadrão Suicida de David Ayer e Liga da Justiça, do diretor Zack Snyder, sofreram com bastante interferência por parte do estúdio, principalmente o Esquadrão. Patty Jenkins, também, já reclamou das intervenções do estúdio em Mulher-Maravilha (2017), mas reconheceu que deveria haver uma batalha de Ares e Diana no filme. Agora, parece que a Warner aprendeu a dar uma liberdade criativa muito maior para os diretores do DC Films.

O Esquadrão Suicida de James Gunn trará velhos membros da equipe de David Ayer, como ArlequinaCapitão Bumerangue, Rick Flag e a mandante Amanda Waller. O filme não terá tanta conexão com o Esquadrão Suicida (2016), e irá se aprofundar nos quadrinhos dos anos 80, de Jon Ostrander Kim Yale.

Com direção e roteiro por James Gunn, o elenco do longa conta com Margot Robbie (Arlequina)Viola Davis (Amanda Waller)Jai Courtney (Capitão Bumerangue)Joel Kinnaman (Rick Flag)Idris Elba (Bloodsport), John Cena (Pacificador), Peter Capaldi (Pensador), Nathan Fillion (TDK), Alice Braga (Solsoria), Daniela Melchior (Caça-Ratos II), Sean Gunn (Weasel), David Dastmalchian (Homem das Bolinhas), Michael Rooker (Savant), Flula Borg (Javelin), Pete Davidson (Blackguard) e Steve Agee (Tubarão-Rei).

Detalhes da trama não foram divulgados. A estreia está marcada para 6 de agosto de 2021.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

The Nevers ganha primeiro trailer e data de estreia

A série chega em abril.


The Nevers, nova série da HBO, criada por Joss Whedon, que deixou a série posteriormente, ganhou seu primeiro trailer, além do mês em que vai estrear. Confira abaixo:

Anúncios

Joss Whedon deixou a série ainda no final de novembro, sendo substituído por Philippa Goslett, nova showrunner. Antes de sua partida, seis episódios foram filmados, e, devido a pandemia, a produção sofreu um atraso. O restante da temporada já está em pré-produção.

“Embora o desenvolvimento e a produção de  The Nevers  tenham sido uma experiência prazerosa, eu percebo que o nível de comprometimento necessário para seguir em frente, combinado com os desafios físicos de fazer um show tão grande durante uma pandemia global, é mais do que posso suportar sem o início do trabalho sofrer”, disse Whedon, em um comunicado em novembro.

The Nevers se passa na era vitoriana, contando a história de uma gangue de mulheres que ganham habilidades especiais. Entre as integrantes estão Amalia True (Laura Donnelly), uma viúva misteriosa e de mão rápida, e sua melhor amiga Penance Adair (Ann Skelly), uma inventora brilhante.

A primeira temporada chegará em abril ao HBO Max.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios