Arquivo da tag: Universal

O Exorcista ganhará uma nova trilogia

Os filmes serão continuações diretas do longa original.


David Gordon Green, responsável pela atual trilogia Halloween, tem outro grande projeto em mãos. O mais novo trabalho de Green será com a franquia O Exorcista, que foi adquirida pela Universal e o serviço de streaming Peacock, por um valor equivalente a US$ 400 milhões (via Collider).

Sobre a nova trilogia, Ellen Burstyn retornará a franquia, reprisando o seu papel no longa original. Leslie Odom Jr (Hamilton e Uma Noite em Miami) também foi confirmado no longa. Atualmente, o projeto está em pré-produção na Blumhouse Studios, mas a expectativa é de que o primeiro capítulo seja lançado em 2023. Ainda existe a possibilidade de o segundo e terceiro filme serem lançados diretamente no Peacock.

Essa nova trilogia será uma continuação direta do longa de 1973, onde Odom interpretara o pai de uma criança possuída pelo demônio que pedira ajuda da personagem de Ellen Burstyn, já que o mesmo ocorreu com sua filha Regan (Linda Blair).

O reboot provavelmente não irá trabalhar com as sequências de O Exorcista, já que Ellen não participou de nenhum deles.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Halloween Ends será o último filme de Jamie Lee Curtis como Laurie Strode

Atriz tem grande participação na franquia.


Em entrevista para a Total Film, a atriz Jamie Lee Curtis fez uma revelação que pode deixar os fãs de Halloween um pouco tristes. Intérprete de Laurie Strode desde Halloween (1978), a estrela parece agora querer descansar da franquia e deixar seu legado para a conclusão do arco dos Strode. Ela revela que Halloween Ends será seu último filme na franquia.

Anúncios

“Eu diria que, dado o que sei sobre o próximo filme, acho que será a última vez que a interpretarei”, disse Curtis“E eu não estou dizendo algo como, ‘Oh, porque eu morro!’ Não tem nada a ver com isso. Estou falando emocionalmente sobre o que eles construíram. Acho que será uma maneira espetacular de terminar esta trilogia.”

Se for contar em toda a franquia (exceto o reboot de Rob Zombie), Curtis esteve em 5 dos 9 filmes que já foram lançados, e fará sua sexta participação em Halloween Kills: O Terror Continua, em outubro deste ano.

Como dizemos em um de nossos artigos que no trailer, Michael Myers parece estar ainda mais violento e brutal, Curtis confirmou isso durante a entrevista, com o co-roteirista Danny McBride adiantando que terá muitas mortes no longa.

“É intenso e brutal. Simplesmente brutal”, disse a atriz.

“Há uma quantidade incrível de mortes neste filme”, acrescenta Danny McBride. “É tão sangrento. É selvagem. David [Gordon Green] simplesmente partiu para isso. Esta é uma sequência tão cruel. É implacável.”

Sinopse: “E a noite de Halloween quando Michael Myers voltou ainda não acabou.‎ Minutos depois que Laurie Strode (Curtis), sua filha Karen (Judy Greer) e sua neta Allyson (Andi Matichak) deixaram o monstro Michael Myers enjaulado e queimando no porão, Laurie é levada às pressas para o hospital com ferimentos graves, acreditando que finalmente matou seu algoz.‎

‎Mas, quando Michael consegue se libertar da armadilha de Laurie, seu ritual de banho de sangue recomeça. Enquanto Laurie luta contra sua dor e se prepara para se defender, ela inspira toda Haddonfield a se levantar contra o monstro imparável.‎

‎As mulheres Strode se juntam a um grupo de outros sobreviventes da primeira fúria de Michael que decidem resolver o assunto com suas próprias mãos, formando uma multidão vigilante que se propõe a caçar Michael, de uma vez por todas.‎ O mal morre esta noite.”‎

Halloween Kills, que será uma sequência direta de Halloween (2018), chegará no dia 15 de outubro de 2021, enquanto o final da saga, Halloween Ends, acontecerá apenas no dia 14 de outubro de 2022. 

O filme contará com a volta de David Gordon Green como diretor e John Carpenter ficará como produtor executivo, além de possivelmente compor a trilha sonora.

No elenco, Jamie Lee Curtis retorna como Laurie Strode. Judy Greer e Andi Matichak também voltarão para reprisar seus papéis como Karen e Allyson, assim como Nick Castle que será o “The Shape”. Nancy Stephens (Marion)Kyle Richards (Lindsey Wallace)Anthony Michael Hall (Tommy Doyle) Robert Longstreet (Loonie Elam) completam o elenco.

Halloween Kills chega aos cinemas no dia 15 de outubro de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente
Anúncios

Halloween Kills | Michael Myers assassina em novas imagens

O filme estreia em outubro


A Total Film divulgou novas imagens de Halloween Kills: O Terror Continua, mostrando Michael Myers assassinando um dos bombeiros como no trailer, e prestes a matar Cameron (Dylan Arnold). Veja:

Anúncios

Sinopse: “E a noite de Halloween quando Michael Myers voltou ainda não acabou.‎ Minutos depois que Laurie Strode (Curtis), sua filha Karen (Judy Greer) e sua neta Allyson (Andi Matichak) deixaram o monstro Michael Myers enjaulado e queimando no porão, Laurie é levada às pressas para o hospital com ferimentos graves, acreditando que finalmente matou seu algoz.‎

‎Mas, quando Michael consegue se libertar da armadilha de Laurie, seu ritual de banho de sangue recomeça. Enquanto Laurie luta contra sua dor e se prepara para se defender, ela inspira toda Haddonfield a se levantar contra o monstro imparável.‎

‎As mulheres Strode se juntam a um grupo de outros sobreviventes da primeira fúria de Michael que decidem resolver o assunto com suas próprias mãos, formando uma multidão vigilante que se propõe a caçar Michael, de uma vez por todas.‎ O mal morre esta noite.”‎

Halloween Kills, que será uma sequência direta de Halloween (2018), chegará no dia 15 de outubro de 2021, enquanto o final da saga, Halloween Ends, acontecerá apenas no dia 14 de outubro de 2022. 

O filme contará com a volta de David Gordon Green como diretor e John Carpenter ficará como produtor executivo, além de possivelmente compor a trilha sonora.

No elenco, Jamie Lee Curtis retorna como Laurie Strode. Judy Greer e Andi Matichak também voltarão para reprisar seus papéis como Karen e Allyson, assim como Nick Castle que será o “The Shape”. Nancy Stephens (Marion)Kyle Richards (Lindsey Wallace)Anthony Michael Hall (Tommy Doyle) Robert Longstreet (Loonie Elam) completam o elenco.

Halloween Kills chega aos cinemas no dia 15 de outubro de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Total Film divulga capas de revista para Halloween Kills

Longa estreia em outubro.


A Total Film revelou novas imagens e a duração de Halloween Kills – O Terror Continua. O filme de David Gordon Green tem um tempo de 1h e 46 minutos, 2 minutos a mais que Halloween (2018). Confira as capas da revista:

Anúncios

Sinopse: “E a noite de Halloween quando Michael Myers voltou ainda não acabou.‎ Minutos depois que Laurie Strode (Curtis), sua filha Karen (Judy Greer) e sua neta Allyson (Andi Matichak) deixaram o monstro Michael Myers enjaulado e queimando no porão, Laurie é levada às pressas para o hospital com ferimentos graves, acreditando que finalmente matou seu algoz.‎

‎Mas, quando Michael consegue se libertar da armadilha de Laurie, seu ritual de banho de sangue recomeça. Enquanto Laurie luta contra sua dor e se prepara para se defender, ela inspira toda Haddonfield a se levantar contra o monstro imparável.‎

‎As mulheres Strode se juntam a um grupo de outros sobreviventes da primeira fúria de Michael que decidem resolver o assunto com suas próprias mãos, formando uma multidão vigilante que se propõe a caçar Michael, de uma vez por todas.‎ O mal morre esta noite.”‎

Halloween Kills, que será uma sequência direta de Halloween (2018), chegará no dia 15 de outubro de 2021, enquanto o final da saga, Halloween Ends, acontecerá apenas no dia 14 de outubro de 2022. 

O filme contará com a volta de David Gordon Green como diretor e John Carpenter ficará como produtor executivo, além de possivelmente compor a trilha sonora.

No elenco, Jamie Lee Curtis retorna como Laurie Strode. Judy Greer e Andi Matichak também voltarão para reprisar seus papéis como Karen e Allyson, assim como Nick Castle que será o “The Shape”. Nancy Stephens (Marion)Kyle Richards (Lindsey Wallace)Anthony Michael Hall (Tommy Doyle) Robert Longstreet (Loonie Elam) completam o elenco.

Halloween Kills chega aos cinemas no dia 15 de outubro de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.

Apoie o Critical Room no Apoia.se.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Todos os easter eggs e detalhes no trailer de Halloween Kills

O mal está voltando para o cinema em novo filme.


A franquia Halloween, de inúmero filmes, parece ter finalmente se encontrado para finalizar toda a saga de Michael Myers e Laurie Strode (Jamie Lee Curtis). A Universal lançou o primeiro trailer de Halloween Kills: O Terror Continua, sequência e Halloween (2018), que segue os eventos diretos do que aconteceu há 40 anos em Halloween (1978).

John Carpenter não podia estar mais feliz, e disse em uma entrevista que Halloween Kills “é brilhante”. Ao que vimos no trailer, parece ser mesmo, e Michael Myers está seguindo seus passos em Halloween 2 – O Pesadelo Continua (1980), onde o assassino mata diversos inocentes. Neste novo filme, ele realmente está em seu ápice, e matará muito mais do que em seu antecessor.

Com o primeiro trailer já lançado, reunimos todos os easter eggs, referências e detalhes que você pode ter deixado passar. Confira a lista abaixo:


Sem tempo para descansar

Halloween-kills-trailer-1

Após Laurie queimar toda a casa com Michael ficando no porão, muitos acharam que o assassino tinha seu fim ali – se viram até o final dos créditos, sabia que ele não havia morrido -, mas ele é o mal encarnado e não um humano, como já dizia o Dr. Loomis (Donald Pleasence).

Halloween Kills se passará minutos depois do longa lançado em 2018, e a família Strode não terá tempo para descansar. O filme deixará o final em aberto para que o terceiro, Halloween Ends, finalize a saga.

Mais brutal

halloween-kills-trailer-2

Michael Myers é movido à raiva, e não se sabe o porquê deste ódio gigante contra às pessoas. Em toda a sua franquia, ele teve uma grande contagem de assassinatos, mas foi em Halloween (2018) que ele teve uma contagem maior. Halloween Kills tenta fazer com que o assassino faça ainda mais vítimas, superando sua contagem de assassinatos em Halloween 4, 5 e no filme de 2018. Percebemos logo de cara que ele está ainda mais brutal, e usando mais técnicas de violência contra suas vítimas. Com certeza, o novo filme trará um grande número de vítimas.

Uma observação: Michael Myers, apenas neste trailer, fez mais vítimas do que em Halloween (1978). No primeiro filme ele assassinou 7 pessoas, e no trailer, deixa bem explícito que foi um pouco mais.

Máscara queimada 

halloween-kills-trailer-16

Seria improvável que um dos grandes slashers do cinema saísse totalmente ileso da casa. Logo no início, vemos que ele sai em meio ao fogo para combater os bombeiros. Ao longo do trailer, parte da sua máscara está queimada, assim como parte de seu macacão. Se seu visual com a velha máscara deixava as pessoas assustadas, com certeza deixará ainda mais.

Laurie Strode no hospital

halloween-kills-trailer-4

Sem pensar duas vezes e muito debilitada após a luta contra o The Shape, Laurie dá entrada no hospital de Haddonfield. Já vimos isso uma vez, e justamente no segundo filme da franquia lançado em 1981. Halloween Kills tenta fazer um pequeno paralelo, referenciando Halloween 2 – O Pesadelo Continua, onde todo o filme se passa no hospital, e Myers vai atrás de Laurie para completar seu trabalho.

Aparição de uma personagem de Halloween (2018)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um dos easter eggs menos notados foi a da aparição da mãe de Julian, garoto que estava sendo cuidado por Vicky (Virginia Gardner), amiga de Allyson (Andi Machitek), que está vestida de enfermeira no primeiro filme. Ela é jogada para fora do carro no longa, e possivelmente, morta em seguida.

Halloween 3: A Noite das Bruxas

Este slideshow necessita de JavaScript.

Calma, o terceiro Halloween não fará parte do cânone da família Strode – eu espero. Halloween 3: A Noite das Bruxas foi o maior fracasso da franquia por ser um filme do Michael Myers sem o Michael Myers. Porém, no trailer, vimos três máscaras usadas em algumas vítimas, assim como no terceiro longa. É um easter egg bem interessante.

Casa de Michael Myers

halloween-kills-trailer-7

Em uma das partes do trailer, o personagem Loonie Elam (Robert Longstreet), revela que as novas vítimas de Michael revelam que é uma reta até onde a casa em que o assassino cresceu. 

Retorno de personagens do clássico filme

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por falar em Loonie Elam, Halloween Kills contará com o retorno de três outros personagens que apareceram em Halloween (1978) e ao longo da franquia. Halloween (2018) já preparava a volta de Loonie, já que Cameron (Dylan Arnold), ex-namorado de Allyson, é seu filho. A enfermeira Marion (Nancy Stephens), Tommy Doyle (Anthony Michael Hall) e Lindsey Wallace (Kyke Richards) são os outros três personagens.

Tommy e Lindsey eram as crianças que Laurie cuidava enquanto era babá no primeiro longa, já Loonie Elam foi o garoto que fez bullying contra Tommy. Mas, o retorno mais emocionante e que terá grande importância para a trama, pois conecta o Dr. Loomis à nova trilogia, é o da enfermeira Marion. Marion apareceu no primeiro, no segundo e em Halloween H20: Vinte Anos Depois, e foi uma das primeiras a conhecer o mal pessoalmente.

O mal morre hoje

A frase dita por Laurie em uma cena no trailer, parece ter virado o tema para toda a população, que se unirá contra o assassino.

Halloween 4 – O Retorno de Michael Myers

halloween-kills-trailer-15

Por falar em população contra o assassino, no trailer deixa bem explícito que Michael Myers irá caçar e será caçado, bem como aconteceu em Halloween 4, filme o qual ele retorna. No quarto filme, ele é caçado por vários civis, e neste novo, não será diferente.

Como Michael Myers sobreviveu ao incêndio?

halloween-kills-trailer-11

Para quem já acompanhou toda a franquia até aqui, sabe que matar Michael Myers é a coisa mais difícil a se fazer. Alguns dizem que ele é imortal, ou apenas é esperto e tem sorte. 

Michael já foi queimado vivo em Halloween 2 e não morreu, mas ficou debilitado por alguns bons anos. No filme de 2018, ele é deixado para morrer na casa pegando fogo, e parece que ele é mais esperto do que aparenta. Myers sobrevive ao incêndio ficando dentro do armário de armas de Laurie, em seu esconderijo debaixo da cozinha. Se força bruta é um de seus pontos fortes, inteligência é o maior deles.

Recriação de cena de Halloween 1978

Este slideshow necessita de JavaScript.

Assim como pôde ser visto no teaser lançado ainda em outubro do ano passado, uma das cenas de Halloween (1978) foi recriada para este novo filme. No primeiro, a enfermeira Marion está dentro do carro, e Michael Myers bate contra a janela do carro. No trailer, a mesma cena é recriada, e Marion é puxada para fora do carro. Este pode ser o fim da personagem, ou não.

O paralelo entre Allyson e Jamie Lloyd

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para quem viu Halloween 4 e 5, sabe muito bem quem é Jamie Lloyd (Danielle Harris). Mas se você não sabe, tudo bem, nós explicamos. Jamie é uma das filhas – provavelmente do primeiro casamento – de Laurie Strode. Na antiga franquia, ela era sobrinha de Michael, e ambos possuíam forte conexão.

Em Halloween Kills, veremos um paralelo entre a relação de Allyson com Michael Myers, assim como era com Jamie, mas não de uma forma profunda. Logo na reta final do trailer, Allyson é subjugada pelo bicho-papão, e está prestes a ser morta. Só saberemos o que acontecerá na hora.

A kryptonita de Michael Myers

halloween-kills-trailer-14

Ao final do trailer, Karen Strode (Judy Greer) pegou a máscara de Michael e mostrou para ele, para que a pegue. A máscara é o ponto fraco do assassino, pois ele quase nunca retira sua máscara.


O primeiro trailer de Halloween Kills mostrou bastante referência aos outros filmes da franquia, e será muito prazeroso ver ainda mais em tela. Reconheceu algumas delas antes de ler este artigo? Aponte para nós nos comentários.

Halloween Kills, que será uma sequência direta de Halloween (2018), chegará no dia 15 de outubro de 2021, enquanto o final da saga, Halloween Ends, acontecerá apenas no dia 14 de outubro de 2022. 

O filme contará com a volta de David Gordon Green como diretor e John Carpenter ficará como produtor executivo, além de possivelmente compor a trilha sonora.

No elenco, Jamie Lee Curtis retorna como Laurie Strode. Judy Greer e Andi Matichak também voltarão para reprisar seus papéis como Karen e Allyson, assim como Nick Castle que será o “The Shape”. Nancy Stephens (Marion)Kyle Richards (Lindsey Wallace)Anthony Michael Hall (Tommy Doyle) Robert Longstreet (Loonie Elam) completam o elenco.

Halloween Kills chega aos cinemas no dia 15 de outubro de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição única

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

cONTRIBUIRcONTRIBUIRcONTRIBUIR
Anúncios

Halloween Kills ganha sinopse oficial

As mulheres Strode se unem contra o The Shape.


Após um trailer sangrento, insano e aterrorizante, com Michael Myers deixando uma pilha de corpos, a Universal divulgou a sinopse oficial de Halloween Kills, sequência direta de Halloween (2018). Leia abaixo:

Anúncios

Sinopse: “E a noite de Halloween quando Michael Myers voltou ainda não acabou.‎ Minutos depois que Laurie Strode (Curtis), sua filha Karen (Judy Greer) e sua neta Allyson (Andi Matichak) deixaram o monstro Michael Myers enjaulado e queimando no porão, Laurie é levada às pressas para o hospital com ferimentos graves, acreditando que finalmente matou seu algoz.‎

‎Mas, quando Michael consegue se libertar da armadilha de Laurie, seu ritual de banho de sangue recomeça. Enquanto Laurie luta contra sua dor e se prepara para se defender, ela inspira toda Haddonfield a se levantar contra o monstro imparável.‎

‎As mulheres Strode se juntam a um grupo de outros sobreviventes da primeira fúria de Michael que decidem resolver o assunto com suas próprias mãos, formando uma multidão vigilante que se propõe a caçar Michael, de uma vez por todas.‎ O mal morre esta noite.”‎

Halloween Kills, que será uma sequência direta de Halloween (2018), chegará no dia 15 de outubro de 2021, enquanto o final da saga, Halloween Ends, acontecerá apenas no dia 14 de outubro de 2022. 

O filme contará com a volta de David Gordon Green como diretor e  John Carpenter ficará como produtor executivo, além de possivelmente compor a trilha sonora.

No elenco, Jamie Lee Curtis retorna como Laurie Strode. Judy Greer e Andi Matichak também voltarão para reprisar seus papéis como Karen e Allyson, assim como Nick Castle que será o “The Shape”. Nancy Stephens (Marion)Kyle Richards (Lindsey Wallace)Anthony Michael Hall (Tommy Doyle) Robert Longstreet (Loonie Elam) completam o elenco.

Halloween Kills chega aos cinemas no dia 15 de outubro de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição única

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Halloween Kills | Michael Myers retorna em trailer sangrento

O bicho-papão é a essência do mal.


Na noite de ontem (24), a Universal Pictures divulgou o primeiro trailer de Halloween Kills, que mostra que Michael Myers sobreviveu ao incêndio na casa de Laurie Strode (Jamie Lee Curtis). Veja abaixo:

Anúncios

A sequência de Halloween (2018), Michael Myers continua seu terror e a matar ainda mais do que o comum, sem piedade. Ao mesmo tempo em que ele consegue escapar, irá atrás de Laurie e sua família, mas enfrentará diversos populares de Haddonfield e a polícia, que querem matá-lo. Uma sinopse oficial deve ser divulgada em breve.

No trailer, é possível notar que parte da máscara e do ombro de Myers foram carbonizados. Isso se deve ao fato de que, em Halloween (2018)Laurie Strode o jogou no porão, e incendiou toda sua casa. É claro que ela não esperava que os bombeiros fossem apagar o fogo, salvando o psicopata de Haddonfield. Recentemente, um dos produtores do novo filme indicou possíveis flashbacks do primeiro longa.

Confira o primeiro pôster do longa:

Halloween Kills, que será uma sequência direta de Halloween (2018), chegará no dia 15 de outubro de 2021, enquanto o final da saga, Halloween Ends, acontecerá apenas no dia 14 de outubro de 2022. 

O filme contará com a volta de David Gordon Green como diretor e  John Carpenter ficará como produtor executivo, além de possivelmente compor a trilha sonora.

No elenco, Jamie Lee Curtis retorna como Laurie Strode. Judy Greer e Andi Matichak também voltarão para reprisar seus papéis como Karen e Allyson, assim como Nick Castle que será o “The Shape”. Nancy Stephens (Marion)Kyle Richards (Lindsey Wallace)Anthony Michael Hall (Tommy Doyle) Robert Longstreet (Loonie Elam) completam o elenco.

Halloween Kills chega aos cinemas no dia 15 de outubro de 2021.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição única

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

A Lenda de Candyman | Universal divulga novo trailer

Filme será lançado em agosto.


A Lenda de Candyman, novo filme de terror da Universal Pictures, ganhou seu novo trailer hoje, com o Candyman aterrorizando sua cidade. Veja abaixo:

Anúncios

O longa será uma nova versão da lenda do assassino de casaco com gancho. Estrelado por Yahya Abdul-Mateen II (Aquaman), o filme acompanha Anthony, um artista socialmente pronunciado em Chicago que pesquisa sobre a lenda urbana de Candyman. Depois de investigar o último paradeiro conhecido do assassino, assassinatos estranhos começam a ocorrer em torno de Anthony. O protagonista desempenhará um papel semelhante ao de Helen Lyle, a personagem principal do filme original.

Com o roteiro assinado por Win Rosenfeld e Jordan Peele, que também está na produção, Nia DaCosta irá dirigir o novo filme de terror da Universal.

A Lenda de Candyman chega em 27 de agosto de 2021.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição única

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

A Lenda de Candyman ganha novo pôster

Filme estreia em agosto.


O mais novo filme de terror produzido pela Universal Pictures, A Lenda de Candyman, ganhou um novo pôster divulgado pelo site Bloody Disgusting. Confira:

Anúncios

O longa será uma nova versão da lenda do assassino de casaco com gancho. Estrelado por Yahya Abdul-Mateen II (Aquaman), o filme acompanha Anthony, um artista socialmente pronunciado em Chicago que pesquisa sobre a lenda urbana de Candyman. Depois de investigar o último paradeiro conhecido do assassino, assassinatos estranhos começam a ocorrer em torno de Anthony. O protagonista desempenhará um papel semelhante ao de Helen Lyle, a personagem principal do filme original.

Com o roteiro assinado por Win Rosenfeld e Jordan Peele, que também está na produção, Nia DaCosta irá dirigir o novo filme de terror da Universal.

A Lenda de Candyman chega em 27 de agosto de 2021.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição única

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Crítica: Madrugada dos Mortos (2004)

Aviso: Crítica sem spoilers!


Zack Snyder e sua grande horda de zumbis.


Até o começo dos anos 2000, Zack Snyder não era nem um pouco conhecido em Hollywood, e diferentemente de Christopher Nolan, que começou a ser mais conhecido após Insomnia (2004), Snyder fez seu primeiro filme apenas em 2004. E bom, não apenas um filme, uma adaptação do clássico de George A. Romero, Despertar dos Mortos. A missão parecia ser difícil, mas o diretor encabeçou o filme, ao lado do roteirista James Gunn, e a Universal abraçou o projeto, distribuindo mundialmente e fazendo dele um sucesso.

Mesmo que o original geralmente seja melhor que um remake, Madrugada dos Mortos não fica tão atrás de Despertar dos Mortos, e entrega com perfeição cada trama desenvolvida. A trama geral consiste em um ataque de zumbis em massa, e não se sabe como tal vírus surgiu para que conseguisse espalhar por todo os Estados Unidos. Isso reúne os personagens principais Ana (Sarah Polley), Michael (Jake Weber) e Kenneth (Ving Rhames) para fugirem de um ataque zumbi. E logo de cara, o filme faz o espectador gostar destes três personagens em questão, por apresentarem cada luta que eles possuem além da sobrevivência.

Madrugada-dos-Mortos-Sem-Cortes

O roteiro usa de artifícios como o carisma dos personagens, e apresenta todos de uma forma muito mais humanizada do que em alguns outros filmes que envolvem zumbis ou terror em si. Gunn modela uma história com reviravoltas, que fazem o espectador odiar certos personagens, e gostar de outros, assim querendo que o filme explore mais. Mas, não se apegue demais, pois nem sempre o final de alguns são felizes. Aliás, o longa já serve para uma pequena preparação para O Esquadrão Suicida, que terá direção de James Gunn.

Ana é a personagem principal do longa, e foi a primeira apresentada no filme, possuindo uma motivação bem comum, que não foge dos outros. Ao longo do filme, sabemos um pouco da origem de Michael e o mínimo de Kenneth. Porém, com todas as perdas que cada um sofreu, o luto não é uma pauta a ser mostrada em Madrugada dos Mortos, deixando as perdas de lado e focando apenas na sobrevivência. Não que isso seja um erro, mas é algo que poderia trazer para dentro do filme, humanizando ainda mais os personagens inseridos numa trama de luto e sobrevivência. Aliás, alguns personagens se redimem ao longo da trama, podendo ou não fazer você mudar de ideia sobre ele.

Abro um espaço para falar de alguns aspectos técnicos que chama muito a atenção no longa. Mesmo que a trilha sonora não esteja tão épica quanto em 300 ou Batman vs Superman, ela tem seu mérito. Porém, o maior mérito fica para a fotografia, que é ótima, implementando cores mistas entre claro e escuro, e usando um pouco do cinza quando necessário. E claro, a representação dos zumbis não ficaria de fora dos elogios, sendo eles muito bem inseridos e representados no filme.

MV5BMTk1NzY3MTE3OF5BMl5BanBnXkFtZTcwNDE3ODkyMw@@._V1_SX1777_CR0,0,1777,754_AL_

Há, sem dúvidas, uma grande imersão no apelo de sobreviver, vendo que todo o local em que estavam refugiados foi tomado por zumbis nos arredores. O fortalecimento de um elo de união também é uma da pautas no filme, para que haja chances de não morrerem no conflito contra uma horda. A atriz Sarah Polley está em uma boa performance, sendo a personagem mais carismática e com seu senso de moralidade intacto, querendo salvar tudo e todos. Jake Weber acompanha muito bem, e torna o atrativo ainda mais perigoso com Michael, ao lado de Ving Rhames como Kenneth, o policial durão que todo mundo tem medo de enfrentar, mas no fundo é uma ótima pessoa. Mesmo que o elenco não seja tão conhecido, de certa forma, ele possui um grande brilhantismo, e com certeza, estariam aptos a voltar para uma possível continuação, de um filme que se tornou um clássico na cinematografia de Zack Snyder.

madrugada-dos-mortos-01


Veredito

Madrugada dos Mortos é um remake que se tornou clássico com o passar do tempo, e pode ser muito bem visto hoje em dia, mas não como um filme de terror, e sim, cheio de ação e drama. Com um elenco confortável e uma boa trama de James Gunn, Zack Snyder dá seus primeiros passos no cinema hollywoodiano, adaptando uma obra fabulosa de George A. Romero e colocando os filmes de zumbis em um novo patamar.

9/10.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição única

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Universal altera a data de estreia do nono filme da franquia Velozes e Furiosos

Minions: The Rise of Gru também teve sua estreia adiada.


O novo capítulo da franquia Velozes e Furiosos teve sua data de estreia adiada. O filme que iria estrear em 28 de maio, passou para 25 de junho. Além de F9, Minions: The Rise of Gru também teve sua data de estreia alterada, agora, a nova animação da Illumination deve chegar aos cinemas somente no ano que vem, no dia 2 de julho de 2022 (via The Hollywood Reporter).

Anúncios

Até o momento, esses dois títulos foram adiados, mas se espera que outras franquias sofram com esse adiamento por conta da pandemia da COVID, que retornou mais forte e mais contagiosa.

O nono filme da franquia Velozes e Furiosos retorna com Vin Diesel no papel principal e Justin Lin como diretor. Já Minions: The Rise of Gru tem Kyle Balda e Brad Ableson na direção, com Steve Carell como protagonista.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Crítica: Relatos do Mundo (2021)

Aviso: Crítica sem spoilers!


Que tal algumas notícias do mundo?


A corrida para o Oscar de 2021 já está ficando acirrada, e há mais um concorrente para tantos outros filmes lançados. Relatos do Mundo (News of the World, no inglês), do diretor Paul Greengrass, traz Tom Hanks como protagonista, em um western, ao mais estilo Red Dead Redemption. O filme é baseado no romance homônimo de Paulette Jiles, e explora o Capitão Jefferson Kyle Kidd, um veterano de guerra, que ganha a vida viajando por cidadezinhas para ler notícias do país aos moradores. Ele só não esperava encontrar uma garota perdida da qual mal sabe sua origem.

news7

Já vimos Tom Hanks em diversos papéis marcantes, como em Forrest Gump, O Resgate do Soldado Ryan e em Náufrago. Nesse novo filme, ele é uma mistura destes outros três antigos papéis. Em Forrest Gump, ele conta histórias, aqui são notícias. Já no segundo, seu personagem busca um soldado aparentemente “perdido”, e em Relatos do Mundo, o Capitão precisa resgatar a menina perdida. Por fim, em Náufrago, Tom Hanks está vagando uma ilha para encontrar o caminho para casa, e na nova aposta da Netflix/Universal, o Capitão tem de cruzar boa parte do território dos EUA para encontrar a família de Johanna (Helena Zengel). É claro que, não deixa de ser uma coincidência, se parar e analisar bem, e se você for um grande fã do ator, mas seria válido ressaltar.

Ambientado no Texas, em 1870, poucos anos depois da Guerra Civil Americana, em que a União (Norte) venceu os Confederados (Sul), a trama principal se constrói sobre uma época em que os sulistas estavam descontentes com as Emendas do pós-guerra, que aboliam a escravidão em todo o país, davam aos ex-escravizados direito ao voto e proteção, independente de sua cor. Para quem não conhece muito bem sobre a história da Guerra de Secessão, talvez não entenda as entrelinhas, e não é o intuito da obra se aprofundar nessas questões, mas sim, trazer um homem íntegro que está disposto a ajudar qualquer um.

image1

A premissa é simples, resgatar a menina e levá-la para sua família de origem. Porém, o entendimento do que aconteceu com ela não é tão simples como você pensa. Não poderei falar mais nada aqui, pois entregaria todo o filme, apesar da sinopse em alguns sites relatarem um pouco. Claro que “simples” não está no vocabulário do diretor, que torna o filme um atrativo de fotografia, ambientação e trilha sonora. São detalhes técnicos memoráveis na obra, que consegue explorar ainda mais o vasto Texas do século XIX.

1_db9dhYylWAeEHY4mEChX9w

Tom Hanks, ao lado da atriz mirim Helena Zengel, arrebentam em seus papéis. A atriz de 12 anos fez sua estreia em Relatos do Mundo, e já pode ter conquistado muitos estúdios por aí. Mesmo com poucas falas, suas expressões e ritmos compassados são um brilho para o espectador, ao tratar de uma atriz em sua estreia. Já Tom Hanks, por outro lado, precisa fazer seu personagem tentar entender o que a menina quer dizer em diversas ocasiões do filme. Há uma dinâmica muito bem explorada entre a dupla, com um elenco, no todo, funcional.

Apesar da beleza visual, a ótima mixagem e edição de som e o próprio figurino, infelizmente o longa não é acompanhado de muita ação. Por se tratar de um western, você realmente espera mais, com tiroteios pra lá e pra cá, mas não é o que acontece aqui. E também, não é a proposta que o longa-metragem quer passar, e sim, como as informações podiam ser tão úteis para aquela época, mesmo após tanto conflito que separou o país em dois. Quem não tem tempo para ouvir algumas notícias, não é?


Veredito

Relatos do Mundo é um western cheio de suspense, ambientado alguns anos após a Guerra Civil Americana. Com uma direção firme de um inspirado Paul Greengrass, e um roteiro fluido, Tom Hanks e Helena Zengel brilham em meio ao caos e problemas que seus personagens enfrentam.

Mesmo que o único ponto negativo seja a falta de ação no filme, todos os outros aspectos técnicos que incluem trilha sonora e fotografia, são marcantes, e seria justo ver o filme ser indicado em categorias técnicas ao Oscar. No mais, Relatos do Mundo entrega tudo o que prometeu.

9/10.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

John Carpenter sobre Halloween Kills: “É brilhante”

Diretor é conhecido por ter começado a franquia em 1978.


John Carpenter, famoso diretor de filmes de terror e compositor de trilha sonoras marcantes, concedeu uma entrevista ao Entertainment Weekly falando sobre sua carreira. Ele foi perguntado sobre o novo filme que produz, Halloween Kills, e disse que é “brilhante”.

Anúncios

“É brilhante. É o [filme] slasher definitivo. Não há nada parecido. Apenas uau, cara!”, disse Carpenter.

Além disso, John Carpenter diz estar gostando de ser um viking, ao adquirir Assassin’s Creed Valhalla e jogar como um gamer.

“Tenho jogado Assassin’s Creed Valhalla , que gosto muito. Gosto de ser um Viking.”

Halloween Kills, que será uma sequência direta de Halloween (2018), chegará no dia 15 de outubro de 2021, enquanto o final da saga, Halloween Ends, acontecerá apenas no dia 14 de outubro de 2022. O primeiro tinha data para este ano, com o final da nova trilogia em 2021.

O filme contará com a volta de David Gordon Green como diretor e Jamie Lee Curtis sendo Laurie Strode. Judy Greer e Andi Matichak também voltarão para reprisar seus papéis como Karen e Allyson, assim como Nick Castle que será o “The Shape”. John Carpenter ficará como produtor executivo.

Halloween Kills chega aos cinemas no dia 15 de outubro de 2021.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

David Koepp irá escrever o novo filme do Besouro Verde

O projeto é de produção da Amasia Entertainment.


Reportado no início do ano aqui no site, o Besouro Verde ganharia uma nova oportunidade no cinema, após a Amasia Entertainment ter adquirido os direitos do personagem. Pouco tempo depois, em abril, a Universal Pictures adquiriu os direitos do filme, sendo desenvolvido pela Amasia e a Universal. Após não ter tido mais atualizações sobre a situação do projeto, hoje (10), David Koepp é anunciado como roteirista do filme O Besouro Verde e Kato (via THR).


Quer saber mais sobre o personagem? Receba 30% de desconto da Amazon, levando pra casa Besouro Verde Ano Um – Volume 1. Clique aqui para comprar.


 

Anúncios

Koepp é o primeiro a se juntar ao projeto, que ainda não tem diretor ou algum ator. O roteirista já escreveu clássicos do cinema, como o primeiro Jurassic Park e Missão Impossível. Também esteve no roteiro de Homem-Aranha, o primeiro da trilogia de Sam Raimi e Indiana Jones e o Reino da Caveira de CristalKoepp já trabalhou também no roteiro do filme do vigilante O Sombra, personagem de rádio dos anos 30. Curiosamente, o personagem esteve em um crossover nos quadrinhos que envolvia o Besouro Verde, os dois maiores vigilantes da década de 1930.

Originalmente, o Britt Reid foi criado para um programa de rádio em 1936, por George W. Trendle e Fran Striker, os mesmos criadores do Cavaleiro Solitário. Britt Reid é um milionário e dono do jornal “O Sentinela Diária”. Ele é ajudado pelo engenhoso Kato, perito em artes marciais, e sai as ruas como um vigilante dentro de seu carro, o Beleza Negra.

Nos anos 60, o Besouro Verde fez sucesso na televisão com Van WilliamsBruce Lee. Posteriormente, ganhou um filme no século seguinte, com Seth Rogen no papel de Besouro Verde.

XMw4c

Michael Helfant, ex-presidente da Marvel Studios e fundador da Amasia produz o filme ao lado de Bradley GalloPelo lado da Universal, a vice-presidente sênior de produção, Sara Scott,e a diretora de desenvolvimento, Lexi Barta, supervisionam o projeto.

Não há data de estreia para O Besouro Verde e Kato.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição uma única vez

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Halloween Kills ganha teaser antecipando o Dia das Bruxas

Filme será lançado em 2021.


A sequência de Halloween (2018), Halloween Kills, ganhou seu primeiro teaser oficial hoje pela Universal Pictures, dois dias antes do Dia das Bruxas. Veja abaixo:

No teaser, vemos que Laurie Strode (Jamie Lee Curtis) e sua família enfrentam Michael Myers mais uma vez, após acharem que tinham conseguido matá-lo no primeiro. Ainda há caras antigas da franquia no novo longa, como Nancy Stephens, que interpretou a enfermeira Marion ao longo de toda a franquia.

Kyle Richards também retornará para o papel de Lindsey Wallace, aparecendo numa cena de fuga e em uma outra com seu rosto por completo no teaser, e ainda mais nítido. Anthony Michael Hall também acompanha Richards, interpretando Tommy Doyle, porém este é novo na franquia.

Outro ator que irá voltar para confrontar Michael Myers é Robert Longstreet, que fez o jovem Loonie Elam, praticante de bullying contra Doyle, mas não fez sua aparição no teaser.

Halloween Kills, que será uma sequência direta de Halloween (2018), chegará no dia 15 de outubro de 2021, enquanto o final da saga, Halloween Ends, acontecerá apenas no dia 14 de outubro de 2022. O primeiro tinha data para este ano, com o final da nova trilogia em 2021.

O filme contará com a volta de David Gordon Green como diretor e Jamie Lee Curtis sendo Laurie Strode. Judy Greer e Andi Matichak também voltarão para reprisar seus papéis como Karen e Allyson, assim como Nick Castle que será o “The Shape”. John Carpenter ficará como produtor executivo.

Halloween Kills chega aos cinemas no dia 15 de outubro de 2021

A Lenda de Candyman ganha nova data para 2021

Terror tinha sido adiado por tempo indeterminado.


A mais nova adaptação do conto de Clive BakerA Lenda de Candyman, ganhou sua nova data de estreia após ser adiado pela Universal Pictures por tempo indeterminado, devido a pandemia do Coronavírus. O filme que iria estrear ainda em junho deste ano, posteriormente sendo adiado para outubro, tem data oficial marcada agora para 27 de agosto de 2021, chegando alguns meses antes de Halloween Kills.


Mas antes de continuar, conheça nosso patrocinador:

85928f08-86d3-46af-b353-1e085a8db69c
Composição de trilhas sonoras de filmes, games e séries sobre a alcunha de GeekBatera.

Acesse seu canal clicando na imagem e conheça seu portfólio!


 

O longa será uma nova versão da lenda do assassino de casaco com gancho. Estrelado por Yahya Abdul-Mateen II (Aquaman). O filme acompanha Anthony, um artista socialmente pronunciado em Chicago que pesquisa sobre a lenda urbana de Candyman. Depois de investigar o último paradeiro conhecido do assassino, assassinatos estranhos começam a ocorrer em torno de Anthony. O protagonista desempenhará um papel semelhante ao de Helen Lyle, a personagem principal do filme original.

Relatórios e informações de alguns sites descrevem o filme como “de grande violência e linguagem sexual”, classificando-o para maiores de 18 anos.

Com o roteiro assinado por Win Rosenfeld e Jordan Peele, que também está na produção, Nia DaCosta irá dirigir o novo filme de terror da Universal.

A Lenda de Candyman chega em 27 de agosto de 2021.

Confira o último CR News do Critical Room:

Emma Mackey estrelará novo filme da Working Title

Atriz será Nell Gwynn, amante do rei Carlos II, da Inglaterra.


De acordo com o Deadline, Emma Mackey, da série Sex Education e do novo filme de Kenneth Branagh, Morte no Nilo, estrelará um novo filme da empresa Working Title, totalmente focado na atriz de teatro Nell Gwynn, e também amante do rei Carlos II, no período em que acontecia a Restauração do Reino Unido.

Anúncios

O longa que terá produção da Working Title, será baseado na peça de Jessica Swale, intitulada Nell Gwynn, que segue a vida da atriz, seu envolvimento com o rei e sua carreira no teatro n século XVII. A Universal Studios, organização-mãe da Working Title, irá distribuir o filme.

Os executivos da empresa já estão em busca de atores para preencher o elenco, com foco no rei Carlos II. Os diretores de I Am Belfast, Lisa Baros e Glenn Layburn já estão contratados para dirigir o novo filme.

Atualmente, não há previsão para estreia ou outras informações.


Confira o CR Origens que aconteceu ainda ontem:

Freaky | Novo filme da Blumhouse ganha primeiro trailer; veja

Filme estreia em novembro nos Estados Unidos.


A mais nova produção da Blumhouse Productions, Freaky: No Corpo de um Assassino, ganha seu primeiro trailer, com a estrela da comédia Vince Vaughn e Kathryn Newton. Assista: 

Anúncios

Sinopse: Millie Kessler, de 17 anos, está apenas tentando sobreviver aos corredores sanguinários do Colégio Blissfield e à crueldade da multidão. Mas, quando ela se torna o mais novo alvo do carniceiro (Vince Vaughn), o infame serial killer de sua cidade, seu último ano de escola se torna o menor de suas preocupações. Quando a adaga mística do carniceiro faz com que ele e Millie troquem de corpos, Millie descobre que ela tem apenas 24 horas para recuperar seu verdadeiro corpo antes que ela fique presa no corpo do carniceiro de meia-idade para sempre. O único problema é que ela agora parece fisicamente o psicopata que é alvo de uma caçada humana em toda a cidade enquanto o maníaco se parece com uma adolescente de 17 anos, prestes a ir à um baile de formatura. Com ajuda de dois amigos (Celestre O’Connor e Misha Osherovich) e sua paixão Booker (Uriah Shelton) – Milline corre contra o relógio para reverter a maldição enquanto o carniceiro descobre que ter um corpo de adolescente é o disfarce perfeito para uma pequena matança na cidade.

A comédia de terror terá a direção do mesmo diretor de A Morte Te Dá Parabéns, Christopher Landon, com o roteiro assinado pelo diretor e por Michael KennedyJason Blum ficará como produtor executivo, junto com Couper Samuelson e Jeanette Volturno.

O elenco conta com Kathryn Newton, Vince Vaughn, Celeste O’Connor, Misha Osherovich, Uriah Shelton, Alan Ruck, Katie Finneran e Dana Drori.

Freaky: No Corpo de um Assassino chega aos cinemas nacionais no dia 10 de dezembro deste ano.

Cartaz-de-Freaky

Universal libera teaser de Halloween Kills para 2021

Com uma notícia que desapontou muitos fãs, a Universal Pictures divulgou nesta quarta-feira (8), o primeiro teaser de Halloween Kills, que foi adiado para 2021, por conta da pandemia do Covid-19. Veja o anúncio abaixo:

Halloween Kills, que será uma sequência direta de Halloween (2018), chegará no dia 15 de outubro de 2021, enquanto o final da saga, Halloween End, acontecerá apenas no dia 14 de outubro de 2022. O primeiro tinha data para este ano, com o final da nova trilogia em 2021.

Não apenas Halloween teve nova data, mas A Lenda de Candyman também, migrando de setembro para 16 de outubro deste ano. Para não ter conflitos no calendário, a Universal decidiu adiar Halloween Kills.

O filme contará com a volta de David Gordon Green como diretor e Jamie Lee Curtis sendo Laurie Strode. Judy Greer e Andi Matichak também voltarão para reprisar seu papel, assim como Nick Castle que será o “The Shape”. John Carpenter ficará como produtor executivo. Confira todo o elenco oficial em nosso Instagram.

Halloween Kills chega aos cinemas no dia 15 de outubro de 2021, e Halloween Ends finaliza a saga no dia 14 de outubro de 2022.

Crítica: 1917

Aviso: Crítica sem spoilers!


A Grande Guerra vista de perto.


O mais novo filme de Sam Mendes, com 10 indicações ao Oscar, e tendo levado 3 estatuetas, é uma bela façanha de produção e eficácia num longa que trata de guerra. A percepção do diretor acerca do assunto, fez com que muitos fãs de filmes de guerras e historiadores, mergulhassem num ambiente brutal e épico que é 1917.

Em tempos mais modernos no cinema, ver uma produção de guerra em grande escala não é tão difícil. Filmes biográficos de heróis como Até o Último Homem, ou de um clima mais tenso e pesado como Dunkirk. Porém, é, de fato, difícil ver grandiosas produções da Primeira Guerra Mundial. Uma mais recente foi Mulher Maravilha, mas convenhamos, não é um filme de guerra como de costume. A ação de 1917 começa logo nos primeiros 10 minutos. Não há parada parada para descanso.

Os dois protagonistas do começo, Cabo Schofield (George MacKay) e o Cabo Blake (Dean-Charles Chapman), tem a missão de levar uma mensagem do General Erinmore (Colin Firth) para cessar um ataque contra as tropas alemãs em Croisilles. Uma única carta teria de salvar 1600 homens do Coronel Mackenzie (Benedict Cumberbatch), entre eles o irmão de Blake. Com a confirmação do recuo alemão no Front Ocidental, os Cabos ingleses logo partiram para a longa jornada. O recuo das tropas alemãs era apenas uma tática para que os ingleses caíssem na armadilha. A chamada Operação Alberich consistiu na retirada estatégica alemã para a Linha Hindeburg, que era mais curta e em nova posição, facilitaria a defesa contra a Entente em território francês.

MV5BYjVjNWYwMDUtNTgzMy00OTMyLTkzMjctM2YwMzYzNDA4NThkXkEyXkFqcGdeQXVyNzg0ODMwNDg@._V1_SX1777_CR0,0,1777,755_AL_

Numa mistura de real com originalidade, o diretor molda o roteiro em cima das histórias de seu avô, este que esteve em trincheiras e por muitas vezes foi mensageiro. Na mesma medida, ele traz o trabalho do avô para o filme, fazendo do protagonista um mensageiro improvisado que corre contra o tempo.

Enquanto Blake e Schofield atravessavam a Terra de Ninguém, tivemos um lindo vislumbre do ambiente, das trincheiras e de tudo que uma guerra proporciona. Corpos de soldados, ratos, armas destruídas, campos enlameados com poças d’água e um dia nublado, para manter ainda mais o clima pesado. Os movimentos da câmera nos permitiam ver tudo, até os mínimos detalhes. A câmera sempre seguia os protagonistas, não desviando nenhuma vez. Sem cortes de cenas, mantendo um plano-sequência contínuo, Roger Deakins consegue manter o espectador sempre de olho no filme, para que nenhum detalhe da trama escape.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Assim como na cinematografia, Deakins cuidou da fotografia de forma minuciosa, usando cores mais escuras ao decorrer do filme, para transmitir a dor e a tragédia de uma guerra. Em momentos mais oportunos, usava cores quentes, mas não com tanta frequência. A montagem de Lee Smith e o design de produção de Dennis Gasner contribuíram de forma espetacular. Faz com que quem está vendo, se sentir dentro da Grande Guerra, combatendo as forças inimigas na França. Num todo, a escolha do ambiente para as filmagens, e sempre em dias mais nublados, ajudou muito no processo final.

MV5BZjc4MWY5ZmUtN2YxMy00Yzc3LTgxZDUtYTJlNDBmNjgwMzBiXkEyXkFqcGdeQXVyNzgxMzc3OTc@._V1_SX1777_CR0,0,1777,744_AL_

A direção tensa de Mendes proporcionou muitos momentos de suspense e angústia. Após uma cena de tiroteios e o total apagar das luzes, a cena de fuga precisou um pouco de abafo para acalmar os espectadores. Foi nesta cena que Schofield descobre o caminho certo para a conclusão da missão. Não demorou tanto assim para a ação começar novamente, e já se encaminhando para o final do filme.

O final estrondoso, em meio a trincheiras com centenas de soldados entrando para o ataque contra os alemães, desfaz do momento calmo de uma canção inglesa dos soldados, para construir o maior momento do filme. Tudo parecia acabado para Schofield, até que os soldados fazem algumas perguntas e depois afirmam ser os Devons, o pelotão que o Cabo tem a missão de salvar. Era nítido a exaustão do soldado na reta final. Mesmo ferido, ele seguiu seu caminho. E é aí que a excepcional trilha sonora de Thomas Newman entra na discussão. A mistura de drama, suspense, epicidade e heroísmo em uma apenas uma faixa torna a trilha de 1917 uma das melhores de filmes de guerras já feitas, se não a melhor. E também uma das melhores do ano, que deveria muito bem reconhecida. Não só Sixteen Hundred Men como destaque, mas Gehenna e Night Window conseguem ser tensas e com momentos de suspense. Newman acerta numa trilha sonora espetacular, misturando paz, tragédia, medo, suspense, angústia e tensão para formar a épico que o 1917 precisava.

Na trincheira, o cansaço evidente de Schofield parecia ter sido deixado de lado e substituído pela persistência. MacKay mostrou até aonde vai os limites do ser humano, forçando o físico ao máximo para alcançar o objetivo. O medo nos olhos de alguns soldados, a raiva e o desespero de comandantes torna o plano-sequência final glorioso. No meio de explosões e de soldados machucados, o Cabo perfilava seu caminho até o Coronel, para cessar o ataque. Tendo 30 segundos e 270 metros, para entregar a mensagem, Schofield teria de passar no campo aberto. E é o ponto máximo do filme, mostrando até onde o homem pode chegar. Com certeza, a travessia do Cabo com a trilha ao fundo, fez com que a cena fosse a melhor do filme e uma das mais incríveis de todos os tempos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

George MacKay e Dean-Charles Chapman se entregaram para seus personagens. A atuação magnífica por parte de MacKay, tornando seu personagem icônico e tão realista quanto, sentindo medo, desafiando seus limites e tendo a mais pura força de vontade, além da saudade que o cerca no final, pensando no tempo que iria voltar a ver quem ama.

1917, por sua vez, recria e explora o momento mais sombrio da humanidade. A Grande Guerra, que devastou o mundo, com massivos ataques, tecnologia absurdamente avançada, recriou territórios e redesenhou o mundo moderno, é a prova de que não deve ser esquecida pela sétima arte. Um conflito horrível e pesado, que merece mais atenção dos estúdios, enquanto estes produzem obras sobre a Segunda Guerra Mundial, saturando um tema tão batido, e fazendo a Primeira Guerra Mundial cair no abismo do esquecimento.


Veredito

1917 documenta uma das mais devastadoras das guerras de forma jamais vista nos cinemas. O drama épico de guerra usufrui de todos os elementos necessários para uma produção de grande escala, trazendo à tona, um realismo absurdo e uma humanidade inquestionável por parte dos protagonistas. Com um plano-sequência invejável, não se perde os mínimos detalhes com o passar do longa. O ambiente em que foi filmado, faz com que o espectador fique imerso na batalha durante todo o filme, sem perder o foco por um segundo. A fotografia impecável, torna ainda mais sombrio e tenebroso o clima da obra.

Com uma trilha sonora e uma atuação majestosa e cheia de tensão, 1917 explora o drama de soldados entrincheirados, temendo o que vai acontecer depois. Sam Mendes mostra o quão persistente e humano o homem consegue ser, mesmo num ambiente tão desumano.

10/10.