Arquivo da tag: Supergirl

CW divulga pôster promocional do Arrowverse

Heróis se unem em imagem.


A CW divulgou um pôster promocional, mostrando os principais heróis do Arrowverse, que continuam a defender o mundo após a morte do Arqueiro Verde (Stephen Amell). Veja abaixo:

E1UIgopXoAA_IcJ

Anúncios

Ao final do crossover que uniu quase todas as séries de TV da DC, como Stargirl, Titãs que não faziam parte da CW, e até as já finalizadas pela rede, uma equipe foi formada juntando grande parte dos heróis, honrando o legado deixado por Oliver Queen. Apesar de uma “Liga da Justiça” das séries ter sido formada, ao que parece, não iremos ver eles em ação novamente. 

Raio Negro será a primeira série a finalizar sua temporada, após Arrow ter chegado ao fim em 2020. O último episódio da quarta temporada estreia dia 24 de maio. Já Supergirl, irá finalizar com seu sexto ano apenas em setembro. Substituindo Supergirl, teremos Superman & Lois, que também já foi renovada para a segunda temporada.

Por outro lado, o Arrowverse – agora chamado de CWverse – dá boas-vindas a Courtney Whitmore (Brec Bassinger) e a Sociedade da Justiça da América II. Stargirl é a mais nova produção da CW, após o DC Universe deixar de produzir a série. Ela será a segunda nova heroína do canal, após a estreia de Ryan Wilder (Javicia Leslie) como Batwoman, substituindo Kate Kane (Ruby Rose)

Atualmente, apenas Stargirl não está em exibição com seu segundo ano, que chega no dia 10 de agosto. Além disso, a série foi renovada para a terceira temporada, assim como Batwoman. The Flash irá para seu oitavo ano e Legends of Tomorrow foi renovada para a sétima temporada.

A segunda temporada de Stargirl chega no dia 10 de agosto. Já Superman & Lois retorna como novos episódios de sua primeira temporada no dia 18.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações sobre o Arrowverse, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Supergirl | Primeira imagem de Kelly Olsen como Guardiã é revelada

Personagem herdou o manto de Jimmy Olsen.


A sexta e última temporada de Supergirl será cheia de surpresas, e uma delas já foi divulgada. Kelly Olsen (Azie Tesfai), irmã de Jimmy Olsen (Mehcad Brooks), será a nova Guardiã, e já teve seu visual revelado. Confira:

E0zyKrwXMAEm1PV

Anúncios

A personagem fará sua primeira aparição como Guardiã no episódio 12 da série, que chega apenas no dia 21 de setembro.

Sinopse: “Enquanto Brainiac (Jesse Rath) se aproxima da morte depois de tentar parar Lex (Jon Cryer), Supergirl (Melissa Benoist) e a equipe chegam para salvá-lo, se envolvendo em uma batalha épica com Gamenmae (começar como convidado, Cara Buono). Depois de derrotar Leviathan, Supergirl volta sua atenção para Lex (Jon Cryer), que usou a plataforma Obsidian para fazer uma lavagem cerebral em meio mundo para amá-lo e segui-lo a todo custo, não importa as coisas horríveis que ele faça. Sabendo o quão perigoso isso torna seu irmão, Lena (Katie McGrath) convoca toda a equipe – Alex (Chyler Leigh), J’onn (David Harewood), Dreamer (Nicole Maines), Kelly (Azie Tesfair) e Braniac – para ajudar, mas Supergirl percebe que a única maneira de realmente parar Lex é se sacrificar.”

Originalmente, Supergirl teve sua primeira temporada exibida e produzida pela CBS, tendo um crossover com The Flash. Da segunda temporada em diante, a série foi cedida para a CW produzir. O primeiro episódio da série rendeu quase 13 milhões de espectadores, tendo uma média de 7.7. A audiência começou a cair gradativamente nas temporadas seguintes, chegando com uma média de 0,8 mil, uma das mais baixas de heróis da emissora de televisão.

O elenco da série conta com Melissa Benoist (Supergirl), Chyler Leigh (Alex Danvers)Katie McGrath (Lena Luthor)Jeremy Jordan (Winn)Jon Cryer (Lex Luthor) e David Harewood (Caçador de Marte).

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, e siga nosso Instagram para receber mais conteúdos incríveis! Não esqueça de se inscrever em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Filme da Supergirl ainda está em desenvolvimento pela Warner

Filme foi anunciado ainda em 2018.


A Supergirl está ganhando cada vez mais espaço na DC Comics, agora com Sasha Calle sendo escalada para interpretá-la em The Flash. O filme que foi anunciado ainda em agosto de 2018, reacendeu a esperança dos fãs de verem Henry Cavill de volta como Superman, levantando rumores de uma sequência de Homem de Aço. De acordo com o THR, seu filme ainda está confirmado, e com estreia marcada entre os anos de 2022 e 2023.

Anúncios

Na mesma matéria que foi revelado o cancelamento de Novos Deuses e The Trench, pode ser visto o calendário de filmes da DC, com Supergirl no meio. Com a escalação de Calle no papel em The Flash, e a última temporada da série da CW estrelada por Melissa Benoist já tendo estreado, não seria estranho ver que o projeto ainda está em andamento.

Kara Zor-El é prima de Kal-El, o Superman, e assumiu a alcunha de Supergirl para defender o mundo como seu primo. Em 1984, a Salkind tentou seguir o sucesso da franquia do Superman de Christopher Reeve, com um filme da Supergirl, escalando Helen Slater no papel e Faye Dunaway como a antagonista. O longa-metragem causou uma crítica negativa em todos os aspectos, amargando na bilheteria e sendo ainda pior que Superman III.

Apesar de ainda estar no calendário de filmes da Warner, Supergirl não ganhou nenhum detalhe a mais desde 2018, além de escalar Calle como atriz para The Flash. O filme de Andy Muschietti abraçará o conceito do Multiverso, e rumores ainda afirmam que o filme pode se espelhar com Crise nas Infinitas Terras da CW, por Ezra Miller ter feito uma aparição no crossover. The Flash tem data marcada para 4 de novembro de 2022.

Maiores detalhes de Supergirl não foram informados. A DC Comics ainda não fez um grande anúncio sobre o filme. Mais informações em breve.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações da DC Films, seguindo nosso Instagram e se inscrevendo em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Supergirl | Primeiro episódio da 6ª temporada ganha prévia

O primeiro episódio vai ao ar hoje à noite.


A CW liberou uma prévia do primeiro episódio da sexta e última temporada de Supergirl, intitulado ‘Rebirth’. A prévia traz Supergirl (Melissa Benoist) e sua equipe conversando sobre Lex Luthor (Jon Cryer), enquanto Dreamer (Nia Nal) sonha com Luthor destruindo o mundo. Veja:

Anúncios

Sinopse: “Enquanto Brainiac (Jesse Rath) se aproxima da morte depois de tentar parar Lex (Jon Cryer), Supergirl (Melissa Benoist) e a equipe chegam para salvá-lo, se envolvendo em uma batalha épica com Gamenmae (começar como convidado, Cara Buono). Depois de derrotar Leviathan, Supergirl volta sua atenção para Lex (Jon Cryer), que usou a plataforma Obsidian para fazer uma lavagem cerebral em meio mundo para amá-lo e segui-lo a todo custo, não importa as coisas horríveis que ele faça. Sabendo o quão perigoso isso torna seu irmão, Lena (Katie McGrath) convoca toda a equipe – Alex (Chyler Leigh), J’onn (David Harewood), Dreamer (Nicole Maines), Kelly (Azie Tesfair) e Braniac – para ajudar, mas Supergirl percebe que a única maneira de realmente parar Lex é se sacrificar.”

Originalmente, Supergirl teve sua primeira temporada exibida e produzida pela CBS, tendo um crossover com The Flash. Da segunda temporada em diante, a série foi cedida para a CW produzir. O primeiro episódio da série rendeu quase 13 milhões de espectadores, tendo uma média de 7.7. A audiência começou a cair gradativamente nas temporadas seguintes, chegando com uma média de 0,8 mil, uma das mais baixas de heróis da emissora de televisão.

O elenco da série conta com Melissa Benoist (Supergirl), Chyler Leigh (Alex Danvers)Katie McGrath (Lena Luthor)Jeremy Jordan (Winn)Jon Cryer (Lex Luthor) e David Harewood (Caçador de Marte).

A sexta temporada de Supergirl estreia hoje.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, e siga nosso Instagram para receber mais conteúdos incríveis! Não esqueça de se inscrever em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

6ª temporada de Supergirl ganha trailer; veja

Lex Luthor será a grande ameaça na temporada.


A CW divulgou o trailer da sexta e última temporada de Supergirl, que estreia no dia 30 de março, substituindo Superman & Lois nas terças-feiras. Veja abaixo:

Anúncios

Sinopse: “Enquanto Brainiac (Jesse Rath) se aproxima da morte depois de tentar parar Lex (Jon Cryer), Supergirl (Melissa Benoist) e a equipe chegam para salvá-lo, se envolvendo em uma batalha épica com Gamenmae (começar como convidado, Cara Buono). Depois de derrotar Leviathan, Supergirl volta sua atenção para Lex (Jon Cryer), que usou a plataforma Obsidian para fazer uma lavagem cerebral em meio mundo para amá-lo e segui-lo a todo custo, não importa as coisas horríveis que ele faça. Sabendo o quão perigoso isso torna seu irmão, Lena (Katie McGrath) convoca toda a equipe – Alex (Chyler Leigh), J’onn (David Harewood), Dreamer (Nicole Maines), Kelly (Azie Tesfair) e Braniac – para ajudar, mas Supergirl percebe que a única maneira de realmente parar Lex é se sacrificar.”

Originalmente, Supergirl teve sua primeira temporada exibida e produzida pela CBS, tendo um crossover com The Flash. Da segunda temporada em diante, a série foi cedida para a CW produzir. O primeiro episódio da série rendeu quase 13 milhões de espectadores, tendo uma média de 7.7. A audiência começou a cair gradativamente nas temporadas seguintes, chegando com uma média de 0,8 mil, uma das mais baixas de heróis da emissora de televisão.

O elenco da série conta com Melissa Benoist (Supergirl), Chyler Leigh (Alex Danvers)Katie McGrath (Lena Luthor)Jeremy Jordan (Winn)Jon Cryer (Lex Luthor) e David Harewood (Caçador de Marte).

A sexta temporada de Supergirl estreia no dia 30 de março.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, e siga nosso Instagram para receber mais conteúdos incríveis! Não esqueça de se inscrever em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Contribuir Contribuir Contribuir
Anúncios

Supergirl ganha pôster e primeiras imagens para a 6ª temporada

Primeiras imagens destacam Lex Luthor e Kara.


A última temporada de Supergirl vai se aproximando de sua estreia, e algumas imagens foram liberadas, destacando Lex Luthor (Jon Cryer) e a heroína, assim como o primeiro pôster da série. Confira abaixo:

Anúncios

As imagens são referentes ao primeiro episódio da série, intitulado ‘Rebirth’, que trará os eventos diretos da season finale da quinta temporada para o começo deste novo ano. Também foi confirmado que Cat Grant irá retornar na nova temporada, nos flashbacks, mostrando seus primeiros anos de carreira.

Sinopse: “Enquanto Brainiac (Jesse Rath) se aproxima da morte depois de tentar parar Lex (Jon Cryer), Supergirl (Melissa Benoist) e a equipe chegam para salvá-lo, se envolvendo em uma batalha épica com Gamenmae (começar como convidado, Cara Buono). Depois de derrotar Leviathan, Supergirl volta sua atenção para Lex (Jon Cryer), que usou a plataforma Obsidian para fazer uma lavagem cerebral em meio mundo para amá-lo e segui-lo a todo custo, não importa as coisas horríveis que ele faça. Sabendo o quão perigoso isso torna seu irmão, Lena (Katie McGrath) convoca toda a equipe – Alex (Chyler Leigh), J’onn (David Harewood), Dreamer (Nicole Maines), Kelly (Azie Tesfair) e Braniac – para ajudar, mas Supergirl percebe que a única maneira de realmente parar Lex é se sacrificar.”

Originalmente, Supergirl teve sua primeira temporada exibida e produzida pela CBS, tendo um crossover com The Flash. Da segunda temporada em diante, a série foi cedida para a CW produzir. O primeiro episódio da série rendeu quase 13 milhões de espectadores, tendo uma média de 7.7. A audiência começou a cair gradativamente nas temporadas seguintes, chegando com uma média de 0,8 mil, uma das mais baixas de heróis da emissora de televisão.

O elenco da série conta com Melissa Benoist (Supergirl), Chyler Leigh (Alex Danvers)Katie McGrath (Lena Luthor)Jeremy Jordan (Winn)Jon Cryer (Lex Luthor) e David Harewood (Caçador de Marte).

A sexta temporada de Supergirl estreia no dia 30 de março.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, e siga nosso Instagram para receber mais conteúdos incríveis! Não esqueça de se inscrever em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Temporada final de Supergirl ganha sinopse

Sinopse revela o que acontecerá no primeiro episódio.


A série da Supergirl chegará ao seu término na sexta temporada pela CW ainda neste ano, e contando com isso, passa o bastão para seu spin-off, Superman & Lois continuar o legado da casa de El. A emissora americana revelou a sinopse oficial do primeiro episódio da última temporada, intitulado ‘Rebirth’.

Anúncios

Sinopse: “Enquanto Braniac (Jesse Rath) se aproxima da morte depois de tentar parar Lex (Jon Cryer), Supergirl (Melissa Benoist) e a equipe chegam para salvá-lo, se envolvendo em uma batalha épica com Gamenmae (começar como convidado, Cara Buono). Depois de derrotar Leviathan, Supergirl volta sua atenção para Lex (Jon Cryer), que usou a plataforma Obsidian para fazer uma lavagem cerebral em meio mundo para amá-lo e segui-lo a todo custo, não importa as coisas horríveis que ele faça. Sabendo o quão perigoso isso torna seu irmão, Lena (Katie McGrath) convoca toda a equipe – Alex (Chyler Leigh), J’onn (David Harewood), Dreamer (Nicole Maines), Kelly (Azie Tesfair) e Braniac – para ajudar, mas Supergirl percebe que a única maneira de realmente parar Lex é se sacrificar.”

Originalmente, Supergirl teve sua primeira temporada exibida e produzida pela CBS, tendo um crossover com The Flash. Da segunda temporada em diante, a série foi cedida para a CW produzir. O primeiro episódio da série rendeu quase 13 milhões de espectadores, tendo uma média de 7.7. A audiência começou a cair gradativamente nas temporadas seguintes, chegando com uma média de 0,8 mil, uma das mais baixas de heróis da emissora de televisão.

O elenco da série conta com Melissa Benoist (Supergirl), Chyler Leigh (Alex Danvers)Katie McGrath (Lena Luthor)Jeremy Jordan (Winn)Jon Cryer (Lex Luthor) e David Harewood (Caçador de Marte).

A sexta temporada de Supergirl estreia no dia 30 de março.

Fique ligado no Critical Room para mais atualizações, e siga nosso Instagram para receber mais conteúdos incríveis! Não esqueça de se inscrever em nosso canal no YouTube.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

A origem da Supergirl no pré e pós Crise nas Infinitas Terras

A tão conhecida prima do Superman é o foco do CR Origens de hoje.


Supergirl, super-heroína que carrega no peito o brasão da Casa de El, o mesmo que Superman carrega e carregou durante anos, é uma das pratas da casa da DC Comics desde o final dos anos 1950. A personagem que foi criada em 1959, por Otto Binder e Al Plastino para ser a prima kryptoniana de Kal-El, apareceu pela primeira vez na Action Comics #252 (1959)

Anúncios

Porém, várias versões da Supergirl existiram até então, e a mais aceita, é Kara Danvers, a mesma que estrela a série Supergirl, com Melissa Benoist no papel. Entretanto, antes de Kara Danvers, Linda Lee Danvers assumia a alcunha de Supergirl, até se sacrificar em Crise nas Infinitas Terras por seu primo, batalhando contra o Anti-Monitor

O CR Origens de hoje (8), para celebrar o Dia Internacional da Mulher, é focado em Kara Zor-El em sua versão pré e pós Crise nas Infinitas Terras, trazendo um pouco mais de sua história não tão conhecida pelos fãs, e preparando terreno para Sasha Calle como Supergirl em The Flash (2022). Veja a origem na íntegra acima.

CR Origens acontece às segundas-feiras, no canal do Critical Room no YouTube. Você pode ver todas as origens de alguns personagens na playlist do canal.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

6ª temporada de Supergirl ganha data de estreia

A última temporada da série chega em março.


A CW anunciou que a sexta e última temporada de Supergirl será lançada no dia 30 de março, com Melissa Benoist protagonizando a personagem, e sua série derivada, Superman & Lois, entrará em um hiato após o quinto episódio. A decisão do hiato é por conta da pandemia que acabou atrasando a produção. O spin-off retornará no dia 18 de maio para encerrar sua primeira temporada (via Deadline).

Anúncios

Assumindo este posto de seu show derivado, Supergirl deve completar sua última temporada no final do verão norte-americano, sendo assim, a segunda remanescente do Arrowverse a ser finalizada, e a primeira a terminar após Arrow. A sexta temporada da Garota de Aço terá 20 episódios.

Com a produção de Greg Berlanti, responsável pelo Arrowverse e Todd Helbing como showrunner, a série conta com Tyler Hoechlin Elizabeth TullochDavid Ramsey (John Diggle) irá fazer uma participação especial na primeira temporada, também dirigindo alguns episódios.

Originalmente, Supergirl teve sua primeira temporada exibida e produzida pela CBS, tendo um crossover com The Flash. Da segunda temporada em diante, a série foi cedida para a CW produzir. O primeiro episódio da série rendeu quase 13 milhões de espectadores, tendo uma média de 7.7. A audiência começou a cair gradativamente nas temporadas seguintes, chegando com uma média de 0,8 mil, uma das mais baixas de heróis da emissora de televisão.

O elenco da série conta com Melissa Benoist (Supergirl), Chyler Leigh (Alex Danvers)Katie McGrath (Lena Luthor)Jeremy Jordan (Winn)Jon Cryer (Lex Luthor) e David Harewood (Caçador de Marte).

A sexta temporada de Supergirl estreia no dia 30 de março.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Tom King escreverá série mensal da Supergirl em Infinite Frontier

Quadrinista é conhecido pela fase do Batman no Renascimento.


Com o começo da fase Infinite Frontier, e o lançamento do quadrinho hoje (2), a DC Comics terá uma série mensal da Supergirl feito por Tom King, o mesmo que escreveu Senhor Milagre e esteve na fase Renascimento, no título do Batman

Anúncios

A série mensal se chamará Supergirl: Woman of Tomorrow (Mulher do Amanhã), e foi anunciada através da última página de Infinite Frontier #0. Ao todo, contará com oito edições. Abaixo você confere a ficha técnica e descrição.

SG-WOT-Cv1

Supergirl: Woman of Tomorrow #1, escrita por Tom King;

Arte e capa por Bilquis Evely e Mat Lopes.

“Kara Zor-El viu algumas aventuras épicas ao longo dos anos, mas recentemente encontrou sua vida sem sentido ou propósito. Aqui está ela, uma jovem que viu seu planeta destruído e foi enviada à Terra para proteger um primo bebê que acabou não precisando dela. Para que foi tudo isso? Onde quer que ela vá, as pessoas só a veem pelas lentes da fama do Superman.

Justamente quando a Supergirl pensa que já teve o suficiente, tudo muda. Uma garota alienígena a procura para uma missão cruel: seu mundo foi destruído e os bandidos responsáveis ​​ainda estão lá fora. Ela quer vingança e se a Supergirl não a ajudar, ela mesma o fará, custe o que custar.

Agora, um kryptoniano, um cachorro e uma criança com o coração partido partem para o espaço em uma jornada que vai abalá-los até o âmago!”

Supergirl: Woman of Tomorrow #1 chega às lojas no dia 15 de junho.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Warner escala Sasha Calle para ser a Supergirl em The Flash

Atriz será a primeira versão latina da super-heroína.


A DC Comics anunciou nesta sexta-feira (19), que Sasha Calle, atriz colombiana e indicada ao Emmy por The Young and the Restless, interpretará a Supergirl no filme The Flash, de Andy Muschietti. De acordo com o Deadline, a atriz superou mais de 425 outras atrizes para o teste, que aconteceu em diversos pontos da América Latina e também nos Estados Unidos. Em sua conta no Twitter, a DC publicou a notícia recebida por Calle, em uma chamada de vídeo com o diretor do longa. Veja:

Anúncios

Ao Deadline, Muschietti disse que viu todos os mais de 400 testes, junto com Walter Hamada, presidente da DC Films, Barbara Muschietti, produtora executiva, e demais produtores de The Flash.

“Eu vi mais de quatrocentas audições. Nos EUA, Argentina, Brasil, México, Colômbia. O conjunto de talentos foi realmente incrível e foi muito difícil tomar uma decisão, mas finalmente encontramos uma atriz que estava destinada a desempenhar esse papel”, disse o diretor.

Apenas nas últimas etapas do processo, as participantes ficaram sabendo que estavam fazendo audição para ser a SupergirlCalle também fez um teste de química com Ezra Miller, o Flash. Todas as audições e reuniões aconteceram por chamadas de vídeo, visando a pandemia.

Supergirl, de nome Kara Zor-El, a mais conhecida dentre outras versões, é uma das sobreviventes do planeta Krypton, e prima de Kal-El, o Superman. A super-heroína já ganhou seu próprio filme, em 1984, com Helen Slater, sendo um fracasso de bilheteria e crítica, mesmo tentando seguir a fórmula de Richard Donner e Christopher Reeve. Atualmente, Melissa Benoist interpreta Kara, na série Supergirl, da CW.

Esta confirmação vem em um bom momento, após a DC ter cancelado a série mensal de quadrinhos da heroína no começo de 2020, e no mesmo ano, a série Supergirl ser cancelada pela CW na sexta temporada. Além disso, a confirmação de uma Supergirl existente no DCEU, reacende ainda mais a esperança dos fãs de verem Henry Cavill como Superman mais uma vez. Não se sabe se o ator irá aparecer em The Flash, porém, o diretor, ao confirmar para Calle que ela seria a Supergirl, mostra o uniforme usado por Cavill no DCEU. Por enquanto, é apenas uma hipótese.

O longa irá abordar o famoso arco nos quadrinhos que mudou todo o Universo DC, o Flashpoint, considerado o maior arco do Flash de Barry Allen até então. As filmagens do filme começarão em abril.

Com o astro Ezra Miller de volta ao papel, ele terá Michael Keaton, Ben Affleck e Billy Crudup ao seu lado.  O filme será dirigido por Andy Muschietti e roteirizado por Christina Hodson (Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa). 

The Flash tem estreia prevista para 4 de novembro de 2022.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Melissa Benoist assina contrato com a Warner Bros. Television como produtora

Atriz lança sua nova produtora para desenvolver futuros projetos.


A atriz intérprete de Supergirl, Melissa Benoist, assinou um contrato com a Warner Bros. Television sob a bandeira da Three Things Productions, sua nova empresa de produção de TV. De acordo com o The Hollywood Reporter, a produtora irá desenvolver e produzir novos projetos para a Warner, incluindo parceiros, redes de televisão e originais da HBO Max.

Anúncios

Mesmo com o encerramento de Supergirl na sexta temporada, Benoist ainda quer continuar no Grupo Warner, trabalhando como produtora. Ela se disse emocionada de estar trabalhando como uma produtora para o estúdio.

“Tive um lar maravilhosamente favorável na Warner Bros. nos últimos seis anos e estou emocionado por ter a oportunidade de colocar o chapéu de um produtor e continuar trabalhando com eles”, disse Benoist. “Abordo meu trabalho como atriz em busca daquele sentimento mágico que você tem quando sabe que algo está certo. Planejo seguir esses instintos como produtora, abordando cada história com paixão, diversão, curiosidade, um passo seguro, e como todas as coisas pelas quais vale a pena arriscar, uma pitada de terror. Mal posso esperar para colaborar com novas vozes e encontrar histórias que atingem o coração daquela maneira indefinível.”

Ao seu lado, por enquanto, a atriz vai contar com Sahar Kashi, que servirá de vice-presidente de desenvolvimento da produtora. Anteriormente, Kashi esteve como executiva na Anonymous Content, empresa que produziu O Regresso e Legítimo Rei. A produtora havia trabalhado no desenvolvimento de 13 Reasons Why, da Netflix.

Clancy Collins, vice-presidente executivo de desenvolvimento da WBTV, também comentou sobre o acordo:

“Nos últimos seis anos, tivemos o privilégio de colaborar com Melissa Benoist enquanto ela entretinha e inspirava audiências em todo o mundo no papel de Supergirl . Todos na Warner Bros. Television estão extremamente animados em continuar nossa parceria com ela como produtora. Esperamos trabalhar de perto com Melissa e sua equipe para desenvolver séries novas e atraentes que reflitam seu espírito destemido e indomável.”

A última temporada de Supergirl ainda não teve data anunciada pela CW.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

David Ramsey volta ao Arrowverse e escala Legends of Tomorrow

O ator irá ser diretor em cinco episódios de duas séries ao todo.


Conhecido por interpretar John Diggle em Arrow, o ator David Ramsey tem seu retorno confirmado para o Arrowverse (atual CWverse), em que reprisará seu antigo papel e ainda irá atuar como diretor em cinco episódios, divido entre Supergirl e da novíssima Superman & Lois. Não se sabe quantos episódios de cada série ele irá dirigir (via Deadline).

Anúncios

Ramsey retornará ao seu personagem em Batwoman, Flash, Supergirl e Superman & Lois, além da escalação em Legends of Tomorrow, porém em um personagem totalmente diferente e que a CW mantém sigilo. 

Não é novidade em ver o ator dirigindo um episódio também. No último episódio de Arrow, foi ele quem sentou na cadeira para dirigir. E também no final da série, Diggle encontrou um anel de esmeralda, que pode ser um anel de algum Lanterna Verde após mudar-se para Metropolis. Ele foi um grande alvo de rumores sobre ser um dos Lanternas Verde na série que está sendo produzida pela HBO Max.

“Continuo maravilhado com a marca que esses programas tiveram na televisão e fui abençoado por quase uma década por fazer parte deles, tanto na frente quanto atrás das câmeras. Dizer que estou muito animado para retornar ao Berlantiverse seria um eufemismo. Mal posso esperar para continuar contando essas histórias”, disse o ator.

Faz um total sentido que o personagem de Ramsey esteja em Supergirl e Superman & Lois, já que ele está em Metropolis. Agora, a dúvida fica sobre seu personagem em Legends of Tomorrow. Marc Guggenheim, produtor do Arrowverse, não descarta uma possibilidade que o Lanterna Verde faça uma possível estreia em algumas séries do universo de Arrow, e Legends of Tomorrow parece ser o show perfeito para isso acontecer, pois a equipe terá de resgatar Sara Lance (Caity Lotz) das mãos de alienígenas.

Legends of Tomorrow volta com sua sexta temporada em 2021.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Fazer uma contribuição uma única vez

Fazer uma contribuição mensal

Fazer uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou digite um valor personalizado:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir

CR News #17 | Peaky Blinders ganhará um quiz book

Peaky Blinders terá um Quiz Book em outubro!


Em mais uma edição apresentada pelo Sebastian, o CR News #17 contou com diversas notícias, incluindo um Quiz Book de Peaky Blinders, seriado britânico da BBC. Acima, confira o vídeo na íntegra.

Contando com mais de mil perguntas sobre toda a série em suas cinco temporadas, o lançamento está marcado para 29 de outubro ainda deste ano, com pré-encomendas na principal livraria do Reino Unido, Waterstones.


Mas antes de continuar, conheça o nosso patrocinador:

Dolario-300x250
Gameplays de diversos jogos, sempre com boa companhia e humorismo

Acesse seu canal clicando a imagem!


“O novo livro de perguntas oficiais Peaky Blinders é incrivelmente empolgante e demonstra mais uma maneira de como a Banijay Brands é capaz de trabalhar com licenciados para criar formas inovadoras de estender a marca em várias linhas de produtos que os consumidores vão adorar”, diz Jane Smith, diretor de grupo, licenciamento de marca, Banijay Brands.

A diretora comercial da Caryn Mandabach Productions, Susan Waddell, também comentou sobre o Quiz Book.

“Nós nos divertimos muito trabalhando com Matt Whyman e a talentosa equipe de Hodder na criação do primeiro Livro Oficial de Perguntas para Peaky Blinders”.

O quadro CR News acontece todas às sextas-feiras no canal do Critical Room, no YouTube. Você pode ver todas as notícias e especiais na playlist do canal.


Não deixe de conferir também nosso especial sobre o Batman Day:

6ª temporada será a última de Supergirl

Filmagens da última temporada iniciam em outubro.


Supergirl, série produzida pela The CW e que faz parte do Arrowverse/CWverse, irá finalizar sua história na sexta temporada. A decisão foi em conjunto do canal com os produtores do show de TV.

 

Anúncios

De acordo com o TVLine, a sexta temporada terá 20 episódios, e eles já estão sendo trabalhados pelos roteiristas e produtores da série. A produção irá começar no fim de setembro e começo de outubro, por conta da pandemia do Coronavírus, atrasando as filmagens.

Melissa Benoist, intérprete da heroína confirmou em seu Instagram a última temporada, e se disse empolgada para as filmagens. Veja:

“Ver o impacto que a série teve nas meninas do mundo todo sempre me deixou humilde e sem palavras. Ela teve esse impacto em mim também. Ela me ensinou uma força que eu não sabia que tinha, para encontrar esperança nos lugares mais sombrios e que somos mais fortes quando estamos unidos. O que ela representa nos leva a ser melhores. Ela mudou minha vida para melhor e sou eternamente grata.”

Originalmente, Supergirl teve sua primeira temporada exibida e produzida pela CBS, tendo um crossover com The Flash. Da segunda temporada em diante, a série foi cedida para a CW produzir. O primeiro episódio da série rendeu quase 13 milhões de espectadores, tendo uma média de 7.7. A audiência começou a cair gradativamente nas temporadas seguintes, chegando com uma média de 0,8 mil, uma das mais baixas de heróis da emissora de televisão.

O elenco da série conta com Melissa Benoist (Supergirl), Chyler Leigh (Alex Danvers), Katie McGrath (Lena Luthor), Jeremy Jordan (Winn), Jon Cryer (Lex Luthor) e David Harewood (Caçador de Marte).

A sexta e última temporada está prevista para estrear em 2021.

Anúncios

Homem de Aço | Henry Cavill pode estar de volta a DC

Homem de Aço fez sua estreia em 2013, trouxe uma ótima recepção e muita controvérsia com os conceitos herdados por Zack Snyder, antigo produtor dos Mundos da DC. O filme foi muito bem recebido em relação as fracassadas tentativas de trazer um bom filme do Filho de Krypton após a falha de Superman: Em Busca da Paz, último filme onde o personagem-título foi bem encarnado pelo inesquecível Christopher Reeve.

Infelizmente com a má fama adquirida com Batman vs Superman, a falha de Esquadrão Suicida em contar uma história e o maior fracasso da franquia, Liga da Justiça, os Mundos da DC passou por várias mudanças. Com o reboot do Cavaleiro das Trevas em andamento, uma repaginada em Esquadrão Suicida e o novo caminho que a franquia segue atualmente, para a tristeza dos fãs o Superman também iria seguir um novo rumo, mas será mesmo? Henry Cavill pode estar de volta como Superman, de acordo com um novo boato que sugere que o filme planejado de Supergirl pode ser feito. Há rumores de que o filme da Supergirl, anunciado no verão de 2018, que teria sido uma reinicialização suave do Superman, não está avançando. Segundo informações, o filme da Supergirl teria sido uma peça de época ambientada nos anos 70, com um drama adolescente, possivelmente envolvendo Brainiac.

Exatamente como ele teria rebootado o Superman não está claro, mas isso levaria a muitas perguntas sobre o Homem de Aço e a franquia de Zack Snyder, como as perguntas óbvias são: Onde está a Supergirl? Por que Kara não ajudou seu primo? Por que Kara não ajudou a Liga da Justiça? Portanto, o filme da Supergirl teria reiniciado de alguma forma o Superman e possivelmente o DC Films para explicar as coisas, mas, novamente, é dito que isso não está acontecendo, o que parece uma coisa boa.

HENRY CAVILL PODE ESTAR DE VOLTA COMO SUPERMAN GRAÇAS AOS FÃS E THE ROCK?

Quanto a Henry Cavill retornando como Superman, o boato sugere que a Warner Bros. está ouvindo os fãs que pedem o retorno de Cavill ao papel nos últimos dois anos. Embora não seja mencionado, sabe-se que Dwayne Jonnson quer Henry Cavill de volta na pele do Homem de Aço, já que Johnson e sua equipe de produção gerenciam Henry Cavill. A ex-esposa e parceira de negócios de Johnson, co-fundadora da empresa de produção Seven Bucks, que inclui crédito de produtor em Shazam! e Adão Negro, Dany Garcia, gerencia Henry Cavill. Pode ser possível que Johnson tenha dado um ultimato a Warner Bros: traga Cavill como Superman (possívelmente para Adão Negro e os futuros filmes do Superman), ou Johnson esteja fora (junto com Cavill, e ambos estão indo para Marvel, algo que a Warner não suportaria).

HENRY CAVILL NÃO DESISTE DO PAPEL DE SUPERMAN

Henry Cavill também disse que quer voltar ao papel de Superman em mais de uma ocasião. Cavill recentemente publicou na revista Men’s Health que ele não está desistindo do papel e, como o boato indica, Cavill disse à Total Film que ele tem tempo suficiente para fazer pelo menos dois projetos por ano, então Cavill poderia fazer algo como The Witcher e outro filme do Superman (ou seja, ele agora está livre). Verificando a página de Cavill no IMDb revela que ele basicamente mantém sua agenda livre, pois não está assumindo muitos projetos, então podemos adivinhar que Cavill espera que ele possa voltar ao Superman. Ele disse aos fãs no verão passado na Comic-Con que ele abandonou o papel de Superman para fazer The Witcher, como nada estava acontecendo com o Superman nos filmes, então talvez a Warner tenha colocado o Homem de Aço em segundo plano após o desastroso bigode e Liga da Justiça.

Boatos envolvendo a equipe da DC afirmaram que JJ Abrams tem planos de reiniciar Superman e Lanterna Verde, que está relacionado o reboot envolvendo Matt Reeves e Robert Pattinson, The Batman, bem como o Esquadrão Suicida de James Gunn. Mas talvez as coisas tenham mudado – viu Dwayne Johnson acima?

A pergunta que fica é: Será que isso vai demorar mais alguns anos? Abrams e Bad Robot foram anunciados na série Liga da Justiça Sombria, e foi anteriormente anunciado que Greg Berlanti e Geoff Johns estão com uma série do Lanterna Verde em andamento.

Diante desse cenário, tudo não passa de rumores, nada pode ser afirmado no momento. Cabe agora, aos fãs e todo o público pedir a Warner que Henry Cavill permaneça como Superman. Ainda há esperança – uma referência ao tema do Homem de Aço.

Crítica: Crise nas Infinitas Terras

Alerta: SPOILERS! Desça e leia por sua conta e risco.


“Vida, um presente precioso que persevera diante de todos os obstáculos.”


Chegou ao fim mais um crossover, e o mais grandioso de todos, Crise nas Infinitas Terras, que contou com cinco séries da DC e pela primeira vez juntou todas (quase) as séries da DC, variando do DC Universe à CW. Mas não só juntou todas as séries da DCTV, como também trouxe de volta personagens de séries antigas. Tom Welling, protagonista de Smallville, Burt Ward como o Robin aposentado da série do Batman dos anos 60, e até mesmo, Brandon Routh, que reprisou seu papel como Superman após 14 anos.

O começo estrondoso do crossover, começou mostrando referências ao Batman de Michael Keaton, quando o jornalista Knox (Robert Wuhl) estava lendo um jornal sobre a prisão do Coringa. Em outros momentos as aparições repentinas de Jason Todd e Rapina no primeiro episódio, levaram a acreditar que a CW estava disposta a juntar tudo para fazer parte do Arrowverso.

img-20191210-wa00988235144196843060573.jpg

Do primeiro ao último episódio, houve momentos marcantes. A morte precoce do Arqueiro Verde (Stephen Amell), abalou todos que lutaram ao seu lado, ainda mais Sara (Caity Lotz), Supergirl (Melissa Benoist) e Flash (Grant Gustin). Não só os heróis, mas como também os fãs, pois ninguém esperava que o sacrifício de Oliver seria logo no começo da Crise. Isso enfureceu muita parte dos assíduos ao Arrow, que logo começaram com teorias de como o personagem voltaria à vida. Com isso, os outros quatro episódios foram se desenrolando e aproximando toda a equipe, em prol de salvar o universo contra a grande ameaça, o Anti-Monitor.

Logo no segundo episódio, este que conteve ótimos fã-services, o quarteto composto por Constantine (Matt Ryan), Mia Smoak (Kath McNamara), Barry e Sara vão reviver Oliver em um dos poços de Lázaro. A alma de Oliver após ele voltar à vida não estava em seu corpo, e sim, no Purgatório.

No mesmo episódio, o Monitor (LaMonica Garret) fala sobre os Protetores, e nisso entram várias e várias referências, tanto dos quadrinhos quanto do cinema. Após Lex Luthor (Jon Cryer) recuperar o Livro do Destino, ele buscaria matar todos os Superman. Numa questão de minutos, houve referência a Morte do Superman e ainda trouxe a aposentadoria do Superman de Tom Welling. Mas o melhor ainda estava por vir. O encontro do Superman da Terra-38 (Tyler Hoechlin) com o Superman da Terra-96 (Brandon Routh). Ficou nítido do que o Protetor da Verdade se tratava, era um Escoteiro que perdeu amigos e sua esposa pelas mãos do Coringa, este que jogou seu gás no Planeta Diário. Marc Guggenheim transformou Brandon Routh num espelho de Christopher Reeve e no Reino do Amanhã.

A atuação incrível de Routh merece destaque, pois ele consegue transmitir um Superman ao estilo de Reeve, levando esperança aonde puder. A luta entre os dois super-heróis foi ótima, relembrando Superman III. Mesmo pelo baixo orçamento, conseguiram fazer com que esta luta fosse a melhor do crossover.

crisis-routh-superman
“Porque, Lois, mesmo nos tempos mais sombrios, a esperança persiste. Esperança é a luz que nos guia para fora da escuridão.”

Não só o surpreendente Routh como Homem de Aço, mas também o dublador Kevin Conroy, que surpreendeu todos com a versão mais obscura do Batman já feita até então. Mesclando Reino do Amanhã e Cavaleiro das Trevas de Frank Miller, Conroy faz jus ao seu título de Cavaleiro das Trevas. Outra boa surpresa foi a própria Batwoman (Ruby Rose) substituindo Batman como a Protetora da Coragem.

Crisis-on-Infinite-Earths-Kevin-Conroy-Batman-Bruce-Wayne-Batwoman
“Não lute contra monstros, para você não se tornar um monstro.”

A terceira parte de Crise terminou de forma memorável, quando o Flash da Terra-90 (John Wesley Shipp) se sacrifica para salvar Raio Negro (Cress Williams), Barry e outros. O hiato de mais de 1 mês para lançarem os outros dois episódios, deixou tudo em aberto sobre o futuro de Oliver Queen, que fora mostrado no anterior se tornando o Espectro. O novo Espectro, que no quadrinho foi Hal Jordan, o Lanterna Verde, agora iria auxiliar os Protetores a salvarem o multiverso, que já tinha chegado em seu fim.

O Ponto de Fuga, lugar o qual os heróis se encontravam, era onde eles deveriam se unir para derrotar o Anti-Monitor. O sacrifício do Arqueiro ainda contou com seu antigo bordão.

spectre
“Você falhou com este universo.”

Mesmo com a “morte” do Anti-Monitor, o Multiverso havia sido reformulado por Oliver, fazendo com que as pessoas não se lembrem de nada, e outros heróis que sumiram pela anti-matéria também. As terras se combinaram, juntando Supergirl e outros personagens da Terra-38 com os heróis da Terra-2, formando a Terra Primária.

O episódio final de Crise nas Infinitas Terras, foi sem dúvida, o mais divertido e emocionante. Apesar do sumiço repentino de Ryan Choi (Osric Chau), um dos protetores, o final consegue manter e elevar o patamar de todo o Arrowverse e sua importância para a DC. Não só com a conexão do cinema com as séries, como foi visto o Flash de Ezra Miller conversando com o de Grant Gustin, mas como eles conseguiram adaptar a saga de Marv Wolfman e George Pérez para a televisão.

As referências eram tão constantes que poderia explodir a cabeça de qualquer um e fazer se perguntar: “Como eles fizeram isso?”. Simples, eles tiveram coragem em juntar tudo do melhor do Universo DC e colocar no roteiro. A homenagem também aos escritores do quadrinho foi algo bem bacana de se ver. Marv Wolfman aparece em uma das cenas pedindo autógrafo ao Flash, e Pérez é mencionado como um lugar na cidade.

O final foi tentou ser o mais nostálgico possível, com a narração de Oliver e a reconstrução do Multiverso. Juntando todas as séries possíveis da DC em suas respectivas terras, o final foi tão glorioso quanto o título que o crossover leva. A comovente homenagem ao Arqueiro Verde também se fez presente. E num momento de tristeza, houve alegria, após Barry mostrar a Mesa da Justiça aos heróis, criando a Liga da Justiça.


Veredito

Marc Guggenheim traz junto com outros roteiristas e produtores, a difícil missão de reiniciar o Multiverso. O crossover que fora inspirado na HQ de Marv Wolfman, mostra o quão trabalhoso pode ser, mas também o quanto glorioso pode ficar. As lutas foram ótimas falando de séries, e a trilha sonora foi incrível e inspiradora. A entrega de uma atuação emocional por parte de Caity Lotz, Stephen Amell, Melissa Benoist e Grant Gustin, fazem do evento televisivo um épico dramático de herói. Outros rostos como Brandon Routh e Dominic Purcell, mantém ainda a diversão necessária para o mega crossover, sendo alívio cômico certeiro em seus momentos.

Crise nas Infinitas Terras encerra definitivamente a jornada do Arqueiro Verde de forma memorável, mas que poderia ter sido ainda mais como vigilante, e não uma entidade cósmica. A morte precoce do herói foi um duro golpe aos fãs, por ser inesperado, mas a volta, o sacrifício para salvar o universo e a homenagem, conseguem ser ainda marcantes. Um ciclo se fecha para outro iniciar.

9/10.

Review: Crise nas Infinitas Terras – Parte 3

Alerta: SPOILERS! Desça e leia por sua conta e risco.


“Mundos irão viver, mundos irão morre, e o universo nunca mais será o mesmo!”


A parte 3 de Crise nas Infinitas Terras encerrou a primeira metade desse grande crossover com uma melhora a seus antecessores, tanto na trama, no roteiro e até mesmo com os personagens. Como no início parecia tudo meio perdido, agora está se encaixando e surpreendendo todos os fãs com suas descobertas.

O episódio mostrou cenas de ação incriveis dos heróis com lutas marcantes e personagens que quase ninguém imaginavam que iria aparecer, como Lucifer Morningstar.

O Raio Negro, o herói que finalmente entrou para a equipe teve uma importante aparição da série, fazendo uma das missões mais importantes contra o anti matéria. A atuação de Cress Williams (Raio Negro) é incrivel, contracenando com Grant Gustin (Flash) foi inesquecível e espero que possamos ver os dois juntos mais vezes.

O episódio também estabeleceu alguns importantes momentos, como a morte de Oliver Queen, que irá retornar nos episódios finais. Tivemos também a presença de Ryan Choi, que sucede Ray Palmer, o Átomo. Brandon Routh confirmou sua saída de Legends of Tomorrow, então provavelmente ele passe seu manto a Ryan. E Cisco consegue seus poderes de Vibro novamente por causa do Monitor.

Outro momento que com certeza marcou o episódio, foi a Supergirl com a Batwoman, que fizeram parte de uma cena que faz referência ao embate de Batman vs Superman.

Para mim, o momento que mais marcou foi onde vimos a morte de Barry Allen sendo desintegrado para salvar o multiverso. Porém, o Barry Allen que faz tal ato é o Flash da Terra-90, o que protagonizava a série nos anos 90 por John Wesley Shipp, que também fez Jay Garrick e o pai de Barry.

Crise nas Infinitas Terras encerrou grandemente o ano de 2019 e ainda promete muitas viradas em suas duas últimas partes em janeiro. A parte 3, em particular, superou as expectativas. Alguns furos de roteiro e decisões tomadas ao longo da saga podem ser questionáveis, mas parece que trouxeram melhores resultados dessas decisões. O enredo tem progredido com surpresas e desenvolvimento. O mega crossover promete se tornar um grande marco na televisão, conectando assim quase todas as produções relativas a DC, seja para televisão ou cinema, em um mesmo universo.

Confira novas fotos dos últimos episódios de Crise nas Infinitas Terras

O crossover mais épico da TV irá ter seu término hoje. Crise nas Infinitas Terras, que junta 5 séries da CW com a DC, finaliza com seus dois últimos em Arrow e Legends of Tomorrow.

Os 3 primeiros aconteceram em dezembro, deixando em aberto tudo o que iria acontecer com os heróis e o desenrolar de Oliver Queen.

Como já foi visto no terceiro episódio, Oliver Queen tornou-se o Espectro, anteriormente sendo o policial Jim Corrigan. Oliver não deixou o Purgatório para isso, frustrando Diggle, Constantine e sua filha Mia. Veja o pôster abaixo:

“Seus mundos nunca mais serão os mesmos.”

Muitos fãs gostaram, mas uma parcela significativa não gostou. Oliver está condenado a salvar o Universo, além de ter se sacrificado no primeiro episódio para dar tempo de salvar mais pessoas.

Confira abaixo fotos promocionais dos últimos episódios do mega crossover.

O épico evento terá 5 horas, e juntou Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro. Além de contar com referências de Titãs, Aves de Rapina, Batman de 66, entre outros.

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.

Review: Crise nas Infinitas Terras – Parte 2

Alerta: SPOILERS! Desça e leia por sua conta e risco.


O Arrowverso nunca ficou tão imenso, e mais uma vez, Crise nas Infinitas Terras surpreende com várias referências do universo da DC, trazendo até mesmo Jonah Hex.

A parte dois do mega crossover aconteceu na série da novata Batwoman (1×09). Já ressentidos após a morte do Arqueiro Verde, Sara Lance (Caity Lotz) e Mia Smoak (Katherine McNamara) vão em busca de um modo para trazê-lo de volta à vida. Mas ainda antes disso, o Monitor (LaMonica Garret) convoca alguns heróis na Waverider (nave das lendas da Terra-74) e lhes diz que ainda há 7 protetores (paragons).

Os primeiros quatro protetores são Kara (Protetora da Esperança), Sara (Protetora do Destino), Superman – não o de Supergirl (Protetor da Verdade) e Batman da Terra-99 (Protetor da Coragem). Estes dois últimos deveriam ser encontrados. Coube ao Superman da Terra-38, Lois e Iris para encontrar o Paragon da Verdade e Kate junto de Kara para encontrar Bruce.

E com todos os percalços, Lex Luthor que havia sido recrutado por Monitor, fugiu com o Livro do Destino, no único intuito de matar todos os Supermans do universo. E é isso que ele consegue. O Superman da Terra-75 é morto por Luthor. Iris, Clark e Lois buscam outro. O de Smallville, na Terra-167.

Ao tentar explicarem a Clark sobre o multiverso e que Luthor pretendia matá-lo, Clark não sabia que o presidente estava na cidade. Pelo jeito, Luthor virou presidente dos Estados Unidos na terra de Smallville. Mas logo, o Lex da Terra-38 aparece, fazendo o trio sumir. Clark ainda fica em dúvidas sobre Luthor. Logo, o inimigo mostra uma pedra de kryptonita ao ex-herói, que não faz efeito algum nele. Clark havia desistido de seus poderes para constituir uma família, sendo casado com Lois e tendo dois filhos.

É talvez, um final que muitos não esperavam. Queriam vê-lo com o uniforme, ajudando a salvar o universo. Mas não pode ser descarta essa possibilidade dele recuperar seus poderes de alguma forma e ir ajudar.

Bruce Wayne, o Protetor da Coragem

Já o Batman… este pode ter sido o mais sombrio já visto pelos fãs, seja na televisão ou cinema. Kevin Conroy, eterno dublador do Cavaleiro das Trevas, interpretou o personagem no crossover, e de forma incrível!

Com uma mescla de Cavaleiro das Trevas de Frank Miller e Reino do Amanhã, o Batman de Conroy tornou-se um assassino, matando vilões como Coringa, Sr Frio e Charada. Até mesmo, matou o Superman, guardando troféus de suas maiores vitórias.

Por incrível que pareça, mesmo com o exoesqueleto, Bruce foi capaz de dar um soco em Supergirl, mas não parou a Batwoman. Muitos ainda questionam se essa era a melhor abordagem para o vigilante, já que todos olhavam Conroy com bons olhos e com sua conduta. Mesmo que tenha sido incrível vê-lo dando vida ao Batman, com sua voz grave e amedrontadora, foi decepcionante a forma dele ter morrido.

Busca pelo Protetor da Verdade

“Esperança é a luz que nos guia para fora da escuridão.”

Mas o destaque vai para Brandon Routh vestindo o uniforme do Superman novamente. Era a última aposta do trio Iris, Lois e Clark (Terra-38) de achar o Protetor da Verdade. Logo ao chegarem no Planeta Diário idêntico ao dos filmes de Christopher Reeve, Lois esbarra em um homem alto e robusto. Era Clark Kent da Terra-96, editor-chefe do jornal.

Depois de tanta conversa sobre Luthor, Lois questiona os quadros na parede do escritório de Clark. O mesmo explica que um rejeitado de Gotham matou seus amigos e sua esposa, jogando gás no prédio. Ao que tudo indica foi o Coringa.

E já trajados para salvar o multiverso, Luthor aparece, usando o Livro do Destino para entrar na mente do Superman da Terra-96, fazendo com que lute contra o outro.

Não sendo tão prático da CW em fazer efeitos especiais espetaculares, já que o orçamento de é baixo, na batalha de Superman vs Superman, os efeitos estão bons. Até mesmo da visão de calor (idêntica ao Superman do Reeve).

A luta não durou muito e Clark volta ao normal, afirmando não ser a primeira vez que luta contra si mesmo. Já vimos isso antes em Superman III.

A atuação de Routh é incrível, passando a sensação de que ele é o ator mais próximo de Christopher Reeve, já que seu Superman foi moldado nele. O ponto máximo foi a trilha ao fundo, alternando da trilha clássica do Superman e de Clark e Lois. Brandon Routh fez por merecer!

Batwoman, uma dos paragons

Após a morte de Bruce, Ray Palmer já tinha feito um aparelho para identificar os protetores. Havia um na nave, e como muitos não esperavam, a Batwoman tornou-se a Protetora da Coragem.

Oliver de volta?

No meio de todo o caos, há um outro fora dos bastidores. Constatine, Sara, Mia e Barry tentam reviver Oliver através de um Poço de Lázaro. Cabe a John trazer também a alma de Oliver de volta, o que não é uma tarefa fácil.


Veredito

Um episódio com menos ação do que o esperado, ganha em exploração de universos e várias referências. A atuação esplêndida de Routh faz nos voltar a sensação de estarmos vendo Christopher Reeve no papel. Welling e Conroy correm por fora com seus personagens tendo sido finalizados, mas não da forma como esperávamos. trilha nostálgica em partes encanta, sendo as séries do Arrowverso, uma das melhores em trilhas sonoras.

Pela nostalgia do passado, o episódio 2 até agora é talvez o melhor do crossover.

9,0/10.