Arquivo da tag: Supergirl

CR News #17 | Peaky Blinders ganhará um quiz book

Peaky Blinders terá um Quiz Book em outubro!


Em mais uma edição apresentada pelo Sebastian, o CR News #17 contou com diversas notícias, incluindo um Quiz Book de Peaky Blinders, seriado britânico da BBC. Acima, confira o vídeo na íntegra.

Contando com mais de mil perguntas sobre toda a série em suas cinco temporadas, o lançamento está marcado para 29 de outubro ainda deste ano, com pré-encomendas na principal livraria do Reino Unido, Waterstones.


Mas antes de continuar, conheça o nosso patrocinador:

Dolario-300x250
Gameplays de diversos jogos, sempre com boa companhia e humorismo

Acesse seu canal clicando a imagem!


“O novo livro de perguntas oficiais Peaky Blinders é incrivelmente empolgante e demonstra mais uma maneira de como a Banijay Brands é capaz de trabalhar com licenciados para criar formas inovadoras de estender a marca em várias linhas de produtos que os consumidores vão adorar”, diz Jane Smith, diretor de grupo, licenciamento de marca, Banijay Brands.

A diretora comercial da Caryn Mandabach Productions, Susan Waddell, também comentou sobre o Quiz Book.

“Nós nos divertimos muito trabalhando com Matt Whyman e a talentosa equipe de Hodder na criação do primeiro Livro Oficial de Perguntas para Peaky Blinders”.

O quadro CR News acontece todas às sextas-feiras no canal do Critical Room, no YouTube. Você pode ver todas as notícias e especiais na playlist do canal.


Não deixe de conferir também nosso especial sobre o Batman Day:

6ª temporada será a última de Supergirl

Filmagens da última temporada iniciam em outubro.


Supergirl, série produzida pela The CW e que faz parte do Arrowverse/CWverse, irá finalizar sua história na sexta temporada. A decisão foi em conjunto do canal com os produtores do show de TV.

 

Anúncios

De acordo com o TVLine, a sexta temporada terá 20 episódios, e eles já estão sendo trabalhados pelos roteiristas e produtores da série. A produção irá começar no fim de setembro e começo de outubro, por conta da pandemia do Coronavírus, atrasando as filmagens.

Melissa Benoist, intérprete da heroína confirmou em seu Instagram a última temporada, e se disse empolgada para as filmagens. Veja:

“Ver o impacto que a série teve nas meninas do mundo todo sempre me deixou humilde e sem palavras. Ela teve esse impacto em mim também. Ela me ensinou uma força que eu não sabia que tinha, para encontrar esperança nos lugares mais sombrios e que somos mais fortes quando estamos unidos. O que ela representa nos leva a ser melhores. Ela mudou minha vida para melhor e sou eternamente grata.”

Originalmente, Supergirl teve sua primeira temporada exibida e produzida pela CBS, tendo um crossover com The Flash. Da segunda temporada em diante, a série foi cedida para a CW produzir. O primeiro episódio da série rendeu quase 13 milhões de espectadores, tendo uma média de 7.7. A audiência começou a cair gradativamente nas temporadas seguintes, chegando com uma média de 0,8 mil, uma das mais baixas de heróis da emissora de televisão.

O elenco da série conta com Melissa Benoist (Supergirl), Chyler Leigh (Alex Danvers), Katie McGrath (Lena Luthor), Jeremy Jordan (Winn), Jon Cryer (Lex Luthor) e David Harewood (Caçador de Marte).

A sexta e última temporada está prevista para estrear em 2021.

Anúncios

Homem de Aço | Henry Cavill pode estar de volta a DC

Homem de Aço fez sua estreia em 2013, trouxe uma ótima recepção e muita controvérsia com os conceitos herdados por Zack Snyder, antigo produtor dos Mundos da DC. O filme foi muito bem recebido em relação as fracassadas tentativas de trazer um bom filme do Filho de Krypton após a falha de Superman: Em Busca da Paz, último filme onde o personagem-título foi bem encarnado pelo inesquecível Christopher Reeve.

Infelizmente com a má fama adquirida com Batman vs Superman, a falha de Esquadrão Suicida em contar uma história e o maior fracasso da franquia, Liga da Justiça, os Mundos da DC passou por várias mudanças. Com o reboot do Cavaleiro das Trevas em andamento, uma repaginada em Esquadrão Suicida e o novo caminho que a franquia segue atualmente, para a tristeza dos fãs o Superman também iria seguir um novo rumo, mas será mesmo? Henry Cavill pode estar de volta como Superman, de acordo com um novo boato que sugere que o filme planejado de Supergirl pode ser feito. Há rumores de que o filme da Supergirl, anunciado no verão de 2018, que teria sido uma reinicialização suave do Superman, não está avançando. Segundo informações, o filme da Supergirl teria sido uma peça de época ambientada nos anos 70, com um drama adolescente, possivelmente envolvendo Brainiac.

Exatamente como ele teria rebootado o Superman não está claro, mas isso levaria a muitas perguntas sobre o Homem de Aço e a franquia de Zack Snyder, como as perguntas óbvias são: Onde está a Supergirl? Por que Kara não ajudou seu primo? Por que Kara não ajudou a Liga da Justiça? Portanto, o filme da Supergirl teria reiniciado de alguma forma o Superman e possivelmente o DC Films para explicar as coisas, mas, novamente, é dito que isso não está acontecendo, o que parece uma coisa boa.

HENRY CAVILL PODE ESTAR DE VOLTA COMO SUPERMAN GRAÇAS AOS FÃS E THE ROCK?

Quanto a Henry Cavill retornando como Superman, o boato sugere que a Warner Bros. está ouvindo os fãs que pedem o retorno de Cavill ao papel nos últimos dois anos. Embora não seja mencionado, sabe-se que Dwayne Jonnson quer Henry Cavill de volta na pele do Homem de Aço, já que Johnson e sua equipe de produção gerenciam Henry Cavill. A ex-esposa e parceira de negócios de Johnson, co-fundadora da empresa de produção Seven Bucks, que inclui crédito de produtor em Shazam! e Adão Negro, Dany Garcia, gerencia Henry Cavill. Pode ser possível que Johnson tenha dado um ultimato a Warner Bros: traga Cavill como Superman (possívelmente para Adão Negro e os futuros filmes do Superman), ou Johnson esteja fora (junto com Cavill, e ambos estão indo para Marvel, algo que a Warner não suportaria).

HENRY CAVILL NÃO DESISTE DO PAPEL DE SUPERMAN

Henry Cavill também disse que quer voltar ao papel de Superman em mais de uma ocasião. Cavill recentemente publicou na revista Men’s Health que ele não está desistindo do papel e, como o boato indica, Cavill disse à Total Film que ele tem tempo suficiente para fazer pelo menos dois projetos por ano, então Cavill poderia fazer algo como The Witcher e outro filme do Superman (ou seja, ele agora está livre). Verificando a página de Cavill no IMDb revela que ele basicamente mantém sua agenda livre, pois não está assumindo muitos projetos, então podemos adivinhar que Cavill espera que ele possa voltar ao Superman. Ele disse aos fãs no verão passado na Comic-Con que ele abandonou o papel de Superman para fazer The Witcher, como nada estava acontecendo com o Superman nos filmes, então talvez a Warner tenha colocado o Homem de Aço em segundo plano após o desastroso bigode e Liga da Justiça.

Boatos envolvendo a equipe da DC afirmaram que JJ Abrams tem planos de reiniciar Superman e Lanterna Verde, que está relacionado o reboot envolvendo Matt Reeves e Robert Pattinson, The Batman, bem como o Esquadrão Suicida de James Gunn. Mas talvez as coisas tenham mudado – viu Dwayne Johnson acima?

A pergunta que fica é: Será que isso vai demorar mais alguns anos? Abrams e Bad Robot foram anunciados na série Liga da Justiça Sombria, e foi anteriormente anunciado que Greg Berlanti e Geoff Johns estão com uma série do Lanterna Verde em andamento.

Diante desse cenário, tudo não passa de rumores, nada pode ser afirmado no momento. Cabe agora, aos fãs e todo o público pedir a Warner que Henry Cavill permaneça como Superman. Ainda há esperança – uma referência ao tema do Homem de Aço.

Crítica: Crise nas Infinitas Terras

Alerta: SPOILERS! Desça e leia por sua conta e risco.


“Vida, um presente precioso que persevera diante de todos os obstáculos.”


Chegou ao fim mais um crossover, e o mais grandioso de todos, Crise nas Infinitas Terras, que contou com cinco séries da DC e pela primeira vez juntou todas (quase) as séries da DC, variando do DC Universe à CW. Mas não só juntou todas as séries da DCTV, como também trouxe de volta personagens de séries antigas. Tom Welling, protagonista de Smallville, Burt Ward como o Robin aposentado da série do Batman dos anos 60, e até mesmo, Brandon Routh, que reprisou seu papel como Superman após 14 anos.

O começo estrondoso do crossover, começou mostrando referências ao Batman de Michael Keaton, quando o jornalista Knox (Robert Wuhl) estava lendo um jornal sobre a prisão do Coringa. Em outros momentos as aparições repentinas de Jason Todd e Rapina no primeiro episódio, levaram a acreditar que a CW estava disposta a juntar tudo para fazer parte do Arrowverso.

img-20191210-wa00988235144196843060573.jpg

Do primeiro ao último episódio, houve momentos marcantes. A morte precoce do Arqueiro Verde (Stephen Amell), abalou todos que lutaram ao seu lado, ainda mais Sara (Caity Lotz), Supergirl (Melissa Benoist) e Flash (Grant Gustin). Não só os heróis, mas como também os fãs, pois ninguém esperava que o sacrifício de Oliver seria logo no começo da Crise. Isso enfureceu muita parte dos assíduos ao Arrow, que logo começaram com teorias de como o personagem voltaria à vida. Com isso, os outros quatro episódios foram se desenrolando e aproximando toda a equipe, em prol de salvar o universo contra a grande ameaça, o Anti-Monitor.

Logo no segundo episódio, este que conteve ótimos fã-services, o quarteto composto por Constantine (Matt Ryan), Mia Smoak (Kath McNamara), Barry e Sara vão reviver Oliver em um dos poços de Lázaro. A alma de Oliver após ele voltar à vida não estava em seu corpo, e sim, no Purgatório.

No mesmo episódio, o Monitor (LaMonica Garret) fala sobre os Protetores, e nisso entram várias e várias referências, tanto dos quadrinhos quanto do cinema. Após Lex Luthor (Jon Cryer) recuperar o Livro do Destino, ele buscaria matar todos os Superman. Numa questão de minutos, houve referência a Morte do Superman e ainda trouxe a aposentadoria do Superman de Tom Welling. Mas o melhor ainda estava por vir. O encontro do Superman da Terra-38 (Tyler Hoechlin) com o Superman da Terra-96 (Brandon Routh). Ficou nítido do que o Protetor da Verdade se tratava, era um Escoteiro que perdeu amigos e sua esposa pelas mãos do Coringa, este que jogou seu gás no Planeta Diário. Marc Guggenheim transformou Brandon Routh num espelho de Christopher Reeve e no Reino do Amanhã.

A atuação incrível de Routh merece destaque, pois ele consegue transmitir um Superman ao estilo de Reeve, levando esperança aonde puder. A luta entre os dois super-heróis foi ótima, relembrando Superman III. Mesmo pelo baixo orçamento, conseguiram fazer com que esta luta fosse a melhor do crossover.

crisis-routh-superman
“Porque, Lois, mesmo nos tempos mais sombrios, a esperança persiste. Esperança é a luz que nos guia para fora da escuridão.”

Não só o surpreendente Routh como Homem de Aço, mas também o dublador Kevin Conroy, que surpreendeu todos com a versão mais obscura do Batman já feita até então. Mesclando Reino do Amanhã e Cavaleiro das Trevas de Frank Miller, Conroy faz jus ao seu título de Cavaleiro das Trevas. Outra boa surpresa foi a própria Batwoman (Ruby Rose) substituindo Batman como a Protetora da Coragem.

Crisis-on-Infinite-Earths-Kevin-Conroy-Batman-Bruce-Wayne-Batwoman
“Não lute contra monstros, para você não se tornar um monstro.”

A terceira parte de Crise terminou de forma memorável, quando o Flash da Terra-90 (John Wesley Shipp) se sacrifica para salvar Raio Negro (Cress Williams), Barry e outros. O hiato de mais de 1 mês para lançarem os outros dois episódios, deixou tudo em aberto sobre o futuro de Oliver Queen, que fora mostrado no anterior se tornando o Espectro. O novo Espectro, que no quadrinho foi Hal Jordan, o Lanterna Verde, agora iria auxiliar os Protetores a salvarem o multiverso, que já tinha chegado em seu fim.

O Ponto de Fuga, lugar o qual os heróis se encontravam, era onde eles deveriam se unir para derrotar o Anti-Monitor. O sacrifício do Arqueiro ainda contou com seu antigo bordão.

spectre
“Você falhou com este universo.”

Mesmo com a “morte” do Anti-Monitor, o Multiverso havia sido reformulado por Oliver, fazendo com que as pessoas não se lembrem de nada, e outros heróis que sumiram pela anti-matéria também. As terras se combinaram, juntando Supergirl e outros personagens da Terra-38 com os heróis da Terra-2, formando a Terra Primária.

O episódio final de Crise nas Infinitas Terras, foi sem dúvida, o mais divertido e emocionante. Apesar do sumiço repentino de Ryan Choi (Osric Chau), um dos protetores, o final consegue manter e elevar o patamar de todo o Arrowverse e sua importância para a DC. Não só com a conexão do cinema com as séries, como foi visto o Flash de Ezra Miller conversando com o de Grant Gustin, mas como eles conseguiram adaptar a saga de Marv Wolfman e George Pérez para a televisão.

As referências eram tão constantes que poderia explodir a cabeça de qualquer um e fazer se perguntar: “Como eles fizeram isso?”. Simples, eles tiveram coragem em juntar tudo do melhor do Universo DC e colocar no roteiro. A homenagem também aos escritores do quadrinho foi algo bem bacana de se ver. Marv Wolfman aparece em uma das cenas pedindo autógrafo ao Flash, e Pérez é mencionado como um lugar na cidade.

O final foi tentou ser o mais nostálgico possível, com a narração de Oliver e a reconstrução do Multiverso. Juntando todas as séries possíveis da DC em suas respectivas terras, o final foi tão glorioso quanto o título que o crossover leva. A comovente homenagem ao Arqueiro Verde também se fez presente. E num momento de tristeza, houve alegria, após Barry mostrar a Mesa da Justiça aos heróis, criando a Liga da Justiça.


Veredito

Marc Guggenheim traz junto com outros roteiristas e produtores, a difícil missão de reiniciar o Multiverso. O crossover que fora inspirado na HQ de Marv Wolfman, mostra o quão trabalhoso pode ser, mas também o quanto glorioso pode ficar. As lutas foram ótimas falando de séries, e a trilha sonora foi incrível e inspiradora. A entrega de uma atuação emocional por parte de Caity Lotz, Stephen Amell, Melissa Benoist e Grant Gustin, fazem do evento televisivo um épico dramático de herói. Outros rostos como Brandon Routh e Dominic Purcell, mantém ainda a diversão necessária para o mega crossover, sendo alívio cômico certeiro em seus momentos.

Crise nas Infinitas Terras encerra definitivamente a jornada do Arqueiro Verde de forma memorável, mas que poderia ter sido ainda mais como vigilante, e não uma entidade cósmica. A morte precoce do herói foi um duro golpe aos fãs, por ser inesperado, mas a volta, o sacrifício para salvar o universo e a homenagem, conseguem ser ainda marcantes. Um ciclo se fecha para outro iniciar.

9/10.

Review: Crise nas Infinitas Terras – Parte 3

Alerta: SPOILERS! Desça e leia por sua conta e risco.


“Mundos irão viver, mundos irão morre, e o universo nunca mais será o mesmo!”


A parte 3 de Crise nas Infinitas Terras encerrou a primeira metade desse grande crossover com uma melhora a seus antecessores, tanto na trama, no roteiro e até mesmo com os personagens. Como no início parecia tudo meio perdido, agora está se encaixando e surpreendendo todos os fãs com suas descobertas.

O episódio mostrou cenas de ação incriveis dos heróis com lutas marcantes e personagens que quase ninguém imaginavam que iria aparecer, como Lucifer Morningstar.

O Raio Negro, o herói que finalmente entrou para a equipe teve uma importante aparição da série, fazendo uma das missões mais importantes contra o anti matéria. A atuação de Cress Williams (Raio Negro) é incrivel, contracenando com Grant Gustin (Flash) foi inesquecível e espero que possamos ver os dois juntos mais vezes.

O episódio também estabeleceu alguns importantes momentos, como a morte de Oliver Queen, que irá retornar nos episódios finais. Tivemos também a presença de Ryan Choi, que sucede Ray Palmer, o Átomo. Brandon Routh confirmou sua saída de Legends of Tomorrow, então provavelmente ele passe seu manto a Ryan. E Cisco consegue seus poderes de Vibro novamente por causa do Monitor.

Outro momento que com certeza marcou o episódio, foi a Supergirl com a Batwoman, que fizeram parte de uma cena que faz referência ao embate de Batman vs Superman.

Para mim, o momento que mais marcou foi onde vimos a morte de Barry Allen sendo desintegrado para salvar o multiverso. Porém, o Barry Allen que faz tal ato é o Flash da Terra-90, o que protagonizava a série nos anos 90 por John Wesley Shipp, que também fez Jay Garrick e o pai de Barry.

Crise nas Infinitas Terras encerrou grandemente o ano de 2019 e ainda promete muitas viradas em suas duas últimas partes em janeiro. A parte 3, em particular, superou as expectativas. Alguns furos de roteiro e decisões tomadas ao longo da saga podem ser questionáveis, mas parece que trouxeram melhores resultados dessas decisões. O enredo tem progredido com surpresas e desenvolvimento. O mega crossover promete se tornar um grande marco na televisão, conectando assim quase todas as produções relativas a DC, seja para televisão ou cinema, em um mesmo universo.

Confira novas fotos dos últimos episódios de Crise nas Infinitas Terras

O crossover mais épico da TV irá ter seu término hoje. Crise nas Infinitas Terras, que junta 5 séries da CW com a DC, finaliza com seus dois últimos em Arrow e Legends of Tomorrow.

Os 3 primeiros aconteceram em dezembro, deixando em aberto tudo o que iria acontecer com os heróis e o desenrolar de Oliver Queen.

Como já foi visto no terceiro episódio, Oliver Queen tornou-se o Espectro, anteriormente sendo o policial Jim Corrigan. Oliver não deixou o Purgatório para isso, frustrando Diggle, Constantine e sua filha Mia. Veja o pôster abaixo:

“Seus mundos nunca mais serão os mesmos.”

Muitos fãs gostaram, mas uma parcela significativa não gostou. Oliver está condenado a salvar o Universo, além de ter se sacrificado no primeiro episódio para dar tempo de salvar mais pessoas.

Confira abaixo fotos promocionais dos últimos episódios do mega crossover.

O épico evento terá 5 horas, e juntou Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro. Além de contar com referências de Titãs, Aves de Rapina, Batman de 66, entre outros.

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.

Review: Crise nas Infinitas Terras – Parte 2

Alerta: SPOILERS! Desça e leia por sua conta e risco.


O Arrowverso nunca ficou tão imenso, e mais uma vez, Crise nas Infinitas Terras surpreende com várias referências do universo da DC, trazendo até mesmo Jonah Hex.

A parte dois do mega crossover aconteceu na série da novata Batwoman (1×09). Já ressentidos após a morte do Arqueiro Verde, Sara Lance (Caity Lotz) e Mia Smoak (Katherine McNamara) vão em busca de um modo para trazê-lo de volta à vida. Mas ainda antes disso, o Monitor (LaMonica Garret) convoca alguns heróis na Waverider (nave das lendas da Terra-74) e lhes diz que ainda há 7 protetores (paragons).

Os primeiros quatro protetores são Kara (Protetora da Esperança), Sara (Protetora do Destino), Superman – não o de Supergirl (Protetor da Verdade) e Batman da Terra-99 (Protetor da Coragem). Estes dois últimos deveriam ser encontrados. Coube ao Superman da Terra-38, Lois e Iris para encontrar o Paragon da Verdade e Kate junto de Kara para encontrar Bruce.

E com todos os percalços, Lex Luthor que havia sido recrutado por Monitor, fugiu com o Livro do Destino, no único intuito de matar todos os Supermans do universo. E é isso que ele consegue. O Superman da Terra-75 é morto por Luthor. Iris, Clark e Lois buscam outro. O de Smallville, na Terra-167.

Ao tentar explicarem a Clark sobre o multiverso e que Luthor pretendia matá-lo, Clark não sabia que o presidente estava na cidade. Pelo jeito, Luthor virou presidente dos Estados Unidos na terra de Smallville. Mas logo, o Lex da Terra-38 aparece, fazendo o trio sumir. Clark ainda fica em dúvidas sobre Luthor. Logo, o inimigo mostra uma pedra de kryptonita ao ex-herói, que não faz efeito algum nele. Clark havia desistido de seus poderes para constituir uma família, sendo casado com Lois e tendo dois filhos.

É talvez, um final que muitos não esperavam. Queriam vê-lo com o uniforme, ajudando a salvar o universo. Mas não pode ser descarta essa possibilidade dele recuperar seus poderes de alguma forma e ir ajudar.

Bruce Wayne, o Protetor da Coragem

Já o Batman… este pode ter sido o mais sombrio já visto pelos fãs, seja na televisão ou cinema. Kevin Conroy, eterno dublador do Cavaleiro das Trevas, interpretou o personagem no crossover, e de forma incrível!

Com uma mescla de Cavaleiro das Trevas de Frank Miller e Reino do Amanhã, o Batman de Conroy tornou-se um assassino, matando vilões como Coringa, Sr Frio e Charada. Até mesmo, matou o Superman, guardando troféus de suas maiores vitórias.

Por incrível que pareça, mesmo com o exoesqueleto, Bruce foi capaz de dar um soco em Supergirl, mas não parou a Batwoman. Muitos ainda questionam se essa era a melhor abordagem para o vigilante, já que todos olhavam Conroy com bons olhos e com sua conduta. Mesmo que tenha sido incrível vê-lo dando vida ao Batman, com sua voz grave e amedrontadora, foi decepcionante a forma dele ter morrido.

Busca pelo Protetor da Verdade

“Esperança é a luz que nos guia para fora da escuridão.”

Mas o destaque vai para Brandon Routh vestindo o uniforme do Superman novamente. Era a última aposta do trio Iris, Lois e Clark (Terra-38) de achar o Protetor da Verdade. Logo ao chegarem no Planeta Diário idêntico ao dos filmes de Christopher Reeve, Lois esbarra em um homem alto e robusto. Era Clark Kent da Terra-96, editor-chefe do jornal.

Depois de tanta conversa sobre Luthor, Lois questiona os quadros na parede do escritório de Clark. O mesmo explica que um rejeitado de Gotham matou seus amigos e sua esposa, jogando gás no prédio. Ao que tudo indica foi o Coringa.

E já trajados para salvar o multiverso, Luthor aparece, usando o Livro do Destino para entrar na mente do Superman da Terra-96, fazendo com que lute contra o outro.

Não sendo tão prático da CW em fazer efeitos especiais espetaculares, já que o orçamento de é baixo, na batalha de Superman vs Superman, os efeitos estão bons. Até mesmo da visão de calor (idêntica ao Superman do Reeve).

A luta não durou muito e Clark volta ao normal, afirmando não ser a primeira vez que luta contra si mesmo. Já vimos isso antes em Superman III.

A atuação de Routh é incrível, passando a sensação de que ele é o ator mais próximo de Christopher Reeve, já que seu Superman foi moldado nele. O ponto máximo foi a trilha ao fundo, alternando da trilha clássica do Superman e de Clark e Lois. Brandon Routh fez por merecer!

Batwoman, uma dos paragons

Após a morte de Bruce, Ray Palmer já tinha feito um aparelho para identificar os protetores. Havia um na nave, e como muitos não esperavam, a Batwoman tornou-se a Protetora da Coragem.

Oliver de volta?

No meio de todo o caos, há um outro fora dos bastidores. Constatine, Sara, Mia e Barry tentam reviver Oliver através de um Poço de Lázaro. Cabe a John trazer também a alma de Oliver de volta, o que não é uma tarefa fácil.


Veredito

Um episódio com menos ação do que o esperado, ganha em exploração de universos e várias referências. A atuação esplêndida de Routh faz nos voltar a sensação de estarmos vendo Christopher Reeve no papel. Welling e Conroy correm por fora com seus personagens tendo sido finalizados, mas não da forma como esperávamos. trilha nostálgica em partes encanta, sendo as séries do Arrowverso, uma das melhores em trilhas sonoras.

Pela nostalgia do passado, o episódio 2 até agora é talvez o melhor do crossover.

9,0/10.

Review: Crise nas Infinitas Terras – Parte 1

Aviso: Sem spoilers!


O que era apenas uma ideia despretensiosa mostrada como um mero fã service na primeira temporada de The Flash, se tornou realidade após 5 anos. O 4° crossover anual e o mais ambicioso do então Arrowverse tenta emular em sua narrativa a famosa saga que reinventou os quadrinhos da DC na década de 80 de mesmo nome. Senhoras e senhores, a CRISE chegou.

Os heróis do Arrowverse tentando evacuar a Terra-38.

O que poderia ter sido muito bem um episódio de 1 hora, podendo fazer jus ao título, os curtos 43 minutos do 5.09 de Supergirl não perdem tempo em reunir os maiores campeões do multiverso; Supergirl, Superman, Arqueiro Verde, Mia Smoak, Flash, Batwoman, Canário Branco e Átomo que juntos, sob o auxílio do Monitor, se unem para salvar a Terra-38 da onda de anti-matéria de outra entidade conhecida como Anti-Monitor.

Super Papai? Tyler Hoechlin e Elizabeth Tulloch desempenhando o papel de pai e mãe é a coisa mais fofa do episódio.

O primeiro episódio da crise é sem sombra de dúvidas um show de adrenalina, emoção e muito fã service. É acima de tudo um “aquecimento” para todas as surpresas que estão por vir. À cada minuto, podemos sentir a tensão que nossos heróis sentem na tentativa de impedir a todo custo o fim de toda a vida existente no multiverso. Referências à outras produções clássicas da história da DC são nos apresentadas logo de início, durante um monólogo prenunciando o iminente apocalipse, na voz do Monitor. E isso é apenas um pequeno aperitivo diante das reais homenagens que vem por aí na segunda parte do evento.

Batman do Tim Burton, Titãs e até a série do Adam West sofrem com a CRISE!!!

Como o episódio é uma extensão da série da Supergirl, o destaque dele são as perdas e dilemas que a Kara Zor-El de Melissa Benoist tem que passar, e o quão forte ele deve ser para enfrentar essa crise sem que isso a atrapalhe. O Oliver Queen de Stephen Amell é o segundo a ganhar um bom destaque emocional com sua filha Mia (Katherine McNamara), e o dilema dos sacrifícios que um herói deve fazer estão presentes com ele até o último minuto desse episódio.

As interações encantadoras entre os personagens dessas séries são sempre o ponto alto dos crossovers anuais. Deixo meu destaque para Brandon Routh e Ruby Rose que como Átomo e Batwoman desenrolam uma boa dinâmica entre herói séria e fã nerd.

Enfim, fugindo de quaisquer spoilers possíveis, encerro minhas considerações sobre essa primeira e excelente parte do evento. Resta agora vocês conferirem por conta própria.

Os heróis se reúnem em trailer final incrível de Crise nas Infinitas Terras!

“Todo o Universo precisa de você!”

– Oliver para Superman


O evento mais esperado dos seriadores neste ano, com certeza é o épico crossover do Arrowverso, adaptando a saga que remodelou o Universo DC nos quadrinhos, Crise nas Infinitas Terras!

Confira o trailer final abaixo:

SIM! Kevin Conroy apareceu, junto de Tom Welling. O dublador do Batman há mais de 20 anos irá fazer sua primeira aparição na TV como Bruce Wayne. Ele comentou sua experiência sobre.
“Isso me assustou no começo. Eu nunca interpretei o personagem de forma física. Eu sempre o habitei com minha voz. Quando você faz isso em um estúdio de gravação, é uma experiência muito íntima e você meio que vive com sua própria imaginação. Você faz isso com as roupas dos olhos e está nesse outro mundo, e você tem Mark Hamill (Coringa) alimentando toda a energia que você precisa e os outros atores, porque sempre gravamos juntos nos estandes. Estar realmente no set, no mundo físico, e andar como personagem e habitar o personagem em três dimensões, foi uma transição real para mim. Demorou um pouco para me acostumar, tenho que admitir. Fiquei surpreso porque conheço o personagem tão bem.”

O ator ainda afirmou que seu Batman será sombrio. Este Batman pode ser o mesmo da terra principal na qual ele some, já dito em Batwoman, ou do Reino do Amanhã.

Já o querido de Smallville, Tom Welling, irá reprisar seu papel como Clark Kent. Provavelmente será mais para fechar seu arco, explorando seu período pós Homem de Aço.

Foi possível ver, também, mais um pouco dos novos personagens que irão participar. A Precursora (Audrey Marie), que anuncia a Crise e reúne os heróis para a batalha, Pária (Tom Cavanagh), cientista de uma terra destruída pelo Anti-Monitor, o experiente herói, Raio Negro (Cress Williams) e claro, Barry Allen da Terra 90 (John Wesley Shipp).

Brandon Routh não apareceu como Superman no trailer, mas sim, como Átomo. Ainda mais, a incrível Sara Lance de Caity Lotz está presente, junto com Ruby Rose (Batwoman), a carismática Melissa Benoist (Supergirl), Grant Gustin (Flash) e o espetacular Stephen Amell (Arqueiro Verde).

O crossover será algo muito extenso e épico, que trará tudo dos clássicos da DC, seja quadrinhos ou animações, para a televisão. Kevin Conroy é a prova disso. O dublador original do Batman em games e na série animada, viverá o Morcego no crossover. Não só ele, mas Burt Ward, Robin da série do Batman no anos 60, também fará sua participação. O épico evento terá 5 horas, juntando Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro. A CW já definiu os dias em que irão acontecer os episódios:

• Supergirl – Domingo (08/12) • Batwoman – Segunda (09/12) • Flash – Terça (10/12) • Arrow – Terça (14/01/20) • Legends of Tomorrow – Terça (14/01/2020)

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.


Novas imagens de Crise nas Infinitas Terras mostram Batman de Conroy

Ontem (19), foram divulgadas novas imagens do crossover da CW das séries do Arrowverso. Confira abaixo:

Muitos estavam ansiosos para ver a primeira imagem oficial do Batman de Kevin Conroy. Pode-se dizer que é uma surpresa e uma honra vê-lo interpretar Bruce Wayne na TV. Conroy empresta voz ao Batman há mais de 20 anos, sendo ele quem dublou o herói na série animada dos anos 90, no desenho da Liga da Justiça e na trilogia do Batman Arkham.

Além de Conroy, Brandon Routh, o Átomo de Legends of Tomorrow, teve ainda mais destaque em novas imagens como Clark Kent e o visual do Superman do Reino do Amanhã. Vale lembrar que Routh será o mesmo Superman de Christopher Reeve, eterno ator que interpretou o Homem de Aço.

Também, há a primeira imagem de Tom Welling como Clark. Ele é o terceiro Superman do crossover, juntamente com Tyler Hoechlin, que interpreta o Escoteiro em Supergirl.

O crossover será algo muito extenso e épico, que trará tudo dos clássicos da DC, seja quadrinhos ou animações, para a televisão. Kevin Conroy é a prova disso. O dublador original do Batman em games e na série animada, viverá o Morcego no crossover. Não só ele, mas Burt Ward, Robin da série do Batman no anos 60, também fará sua participação.

O épico evento terá 5 horas, juntando Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro.

A CW já definiu os dias em que irão acontecer os episódios:

• Supergirl – Domingo (08/12)

• Batwoman – Segunda (09/12)

• Flash – Terça (10/12)

• Arrow – Terça (14/01/20)

• Legends of Tomorrow – Terça (14/01/20)

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.

Superman e Lois: Série com Tyler Hoechlin está em desenvolvimento

Nos últimos tempos, a CW está começando a expandir sua cartela de séries da DC. A novidade do momento é uma série entre Superman e Lois Lane.

De acordo com o TVLine, “Superman & Lois” está atualmente em fase de desenvolvimento e seguirá “os mais famosos jornalistas dos quadrinhos, à medida que lidam com todo o estresse, pressões e complexidades de pais que trabalham na sociedade atual”.

Tyler Hoechlin, que interpreta muito bem o Superman/Clark Kent no Arrowverse em Supergirl, e Elizabeth Tulloch, sua Lois no crossover “Elseworlds” do ano passado, retornarão para a série. A última aparição dos dois foi durante o crossover, onde Clark compartilhou que Lois estava grávida, antes de irem tirar uma folga em Argo City.

O ex-showrunner de The Flash, Todd Helbing irá escrever Superman & Lois, sendo também produtor executivo ao lado de Greg Berlanti, Sarah Schechter e Geoff Johns.

Netflix: Veja o que chegará no catálogo em outubro

A plataforma de streaming estadunidense, Netflix, anunciou várias novidades na última semana. Novos filmes e séries irão ainda mais encher o catálogo. Confira abaixo as datas de lançamento:

Destaques em negrito.


Filmes


01/10

• Invocação do Mal

• The Island

• 93 Dias

• Família do Bagulho

• La Vingança

• Gravidade

02/10

Chappie

04/10

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Campo do Medo

11/10

De volta para o futuro II e III

Madrugada dos Mortos

Shrek

Fratura

Floresta de Sangue

Oblivion

Os Miseráveis

Gladiador

15/10

Amor e Tulipas

18/10

A Lavanderia

Eli

19/10

Cópias – De Volta à Vida

25/10

Cascavel

Meu Nome é Dolemite


Séries


04/10

Peaky Blinders: Sangue, Apostas e Navalhas – Temporada 5

Big Mouth – Temporada 3

Criando Dion

09/10

Riverdale – Temporada 3

Ritmo + Flow

11/10

Eu Vi – Temporada 2

Insatiable – Temporada 2

16/10

Arrow – Temporada 7

18/10

Cara x Cara

Toon – Temporadas 1 e 2

Baby – Temporada 2

Magos da Decoração

A Casa das Flores – Temporada 2

23/10

Suits – Temporada 9

24/10

• Daybreak

25/10

• Irmandade

O Método Kominsky – Temporada 2

• Monzón

• Mandou Bem – França

• Grite, você está sendo filmado

• Mandou Bem – Espanha

The Flash – Temporada 5

29/10

• Reese Entrevista – Temporada 1

31/10

Vikings – Temporada 5 (segunda parte)

A quarta temporada de Legends of Tomorrow e Supergirl entraram no catálogo ontem (30).


Fique ligado no site para mais atualizações.

Confira nosso vídeo sobre The Last of Us 2:

Crise nas Infinitas Terras| Filmagens já começaram

O maior crossover da DC em séries de TV teve suas filmagens iniciadas na quarta-feira (25).

Tom Welling e Erica Durance

Nesta adaptação que está por vir, já foi confirmada as presenças de Kevin Conroy como Bruce Wayne, o famoso dublador do herói; Burt Ward, Robin da série do Batman dos anos 60; Brandon Routh como Superman do Reino do Amanhã; Tom Welling e Erica Durance voltando a interpretar Clark Kent e Lois Lane, respectivamente, e muitos outros.

Ainda há rumores de que Lynda Carter, que já apareceu em Supergirl, seja a Mulher Maravilha. Carter é a mesma que representou a amazona no seriado da década de 70.

O épico evento terá 5 horas, juntando Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro.

A CW já definiu os dias em que irão acontecer os episódios:

• Supergirl – Domingo (08/12)

• Batwoman – Segunda (09/12)

• Flash – Terça (10/12)

• Arrow – Terça (14/01/20)

• Legends of Tomorrow – Terça (14/01/20)

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.

Crise nas Infinitas Terras| Erica Durance confirmada como Lois Lane

A semana está sendo agitada no Arrowverso. Várias confirmações de retorno para as séries, e também de quem participará do crossover estão surgindo de forma mágica pela mídia.

Só nessa semana, Malcolm Merlyn (John Barrowman), Moira Queen (Sussana Thompson) e Thea Queen (Willa Holland) têm seus retornos garantidos em ‘Arrow’. Ontem (19), a confirmação de que Tom Welling irá reprisar o papel de Superman.

O episódio em que Durance aparecerá junto com Welling, mostrará o que aconteceu com Lois dez anos depois do término de Smallville. Lois Lane durante o crossover ‘Elseworlds’ foi interpretada por Elizabeth Tulloch

Não é a primeira vez em que ela participa do universo. Alura Zor-El foi interpretada por Durance durante a terceira temporada de ‘Supergirl’.

O crossover será algo muito extenso e épico, que trará tudo dos clássicos da DC, seja quadrinhos ou animações, para a televisão. Kevin Conroy é a prova disso. O dublador original do Batman em games e na série animada, viverá o Morcego no crossover. Não só ele, mas Burt Ward, Robin da série do Batman no anos 60, também fará sua participação.

O épico evento terá 5 horas, juntando Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro.

A CW já definiu os dias em que irão acontecer os episódios:

• Supergirl – Domingo (08/12)

• Batwoman – Segunda (09/12)

• Flash – Terça (10/12)

• Arrow – Terça (14/01/20)

• Legends of Tomorrow – Terça (14/01/20)

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.

Crise nas Infinitas Terras| Tom Welling irá ser o Superman

Mais uma das várias notícias do crossover. O Superboy/Superman de Smallville, Tom Welling, vai reprisar o papel do Escoteiro ao lado de Brandon Routh, este que será do ‘Reino do Amanhã’, e Tyler Hoechlin, o Superman “original”.

O episódio mostraria o destino do super-herói dez anos depois do último episódio de Smallville. A CW, juntamente ao produtor Marc Guggenheim, confirmaram a notícia.
“Por oito anos, Arrow subiu nos ombros de Smalville. Em termos práticos, não haveria Arrow e Arrowverse sem a série”, disse Guggenheim. “Então, quando começamos a falar sobre Crise nas Infinitas Terras, nossa primeira, segunda e terceira prioridade era conseguir que Tom reprisasse seu icônico papel de Clark Kent”. Stephen Amell, protagonista de Arrow, aproveitou a ocasião para dizer, em seu Twitter, que “não existiria crossover sem Tom Welling. Então, Tom Welling está no crossover”.

O produtor das séries não falou diretamente Superman, mas sim, Clark Kent. Pode-se dar como um rumor a desistência de Clark como o Homem de Aço, e continuar sua vida de repórter.

O crossover será algo muito extenso e épico, que trará tudo dos clássicos da DC, seja quadrinhos ou animações, para a televisão. Kevin Conroy é a prova disso. O dublador original do Batman em games e na série animada, viverá o Morcego no crossover. Não só ele, mas Burt Ward, Robin da série do Batman no anos 60, também fará sua participação.

O épico evento terá 5 horas, juntando Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro.

A CW já definiu os dias em que irão acontecer os episódios:

• Supergirl – Domingo (08/12)

• Batwoman – Segunda (09/12)

• Flash – Terça (10/12)

• Arrow – Terça (14/01/20)

• Legends of Tomorrow – Terça (14/01/20)

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.

Crise nas Infinitas Terras| Amell publica fotos do roteiro

Ainda ontem (14), o intérprete do Arqueiro Verde, Stephen Amell, publicou em seu Twitter as fotos do roteiro do mega evento que unirá todas as séries de heróis da CW. Confira:

É muito possível que Amell participe de todos os episódios do crossover.

‘Arrow’ irá ter seu fim em sua oitava temporada, com apenas 10 episódios. A série teve seu primeiro episódio lançado em 2012, e iniciou o Arrowverse.

O épico evento terá 5 horas, juntando Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro.

A CW já definiu os dias em que irão acontecer os episódios:

• Supergirl – Domingo (08/12)

• Batwoman – Segunda (09/12)

• Flash – Terça (10/12)

• Arrow – Terça (14/01/20)

• Legends of Tomorrow – Terça (14/01/20)

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.

Jonah Hex voltará em ‘Crise nas Infinitas Terras’

O mais destemido do Velho Oeste está de volta. Jonah Hex, que é interpretado por Johnathon Schaech, irá participar do mega evento do Arrowverso.

O pistoleiro apareceu apenas em ‘Legends of Tomorrow’, em três episódios. Um na primeira, outro na segunda e por último, na terceira, ajudando a equipe a enfrentar o vilão Mallus.

Não há detalhes ainda de como será sua introdução no crossover.

O épico evento terá 5 horas, juntando Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro.

A CW já definiu os dias em que irão acontecer os episódios:

• Supergirl – Domingo (08/12)

• Batwoman – Segunda (09/12)

• Flash – Terça (10/12)

• Arrow – Terça (14/01/20)

• Legends of Tomorrow – Terça (14/01/20)

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.

Kevin Conroy viverá Bruce Wayne em ‘Crise nas Infinitas Terras’

O dublador Kevin Conroy, a voz do Cavaleiro das Trevas na série animada do Batman, da Liga da Justiça e na trilogia Arkham, foi anunciado que interpretará Bruce Wayne no mega evento da CW. O ator e dublador dá a voz definitiva ao Batman há mais de 25 anos, ganhando uma legião de fãs na década passada e nessa.

A adição de Conroy vem seguida dos anúncios na Comic-Con de que Burt Ward estaria no crossover e Brandon Routh iria reprisar o papel de Superman. Ontem, ainda, foi informado de que Cress Williams estaria no crossover, interpretando o Raio Negro.

O Batman já teve inúmeros cameos ao longo dos anos, mas apenas era dito que ele estava entre os heróis. Entretanto, nunca apareceu em carne e osso. Apenas sua prima, a Batowman (Ruby Rose). Agora, Kevin Conroy irá pela primeira vez interpretar o personagem em tela. Levando em lógica sua idade e a que o Superman mostrado seria do Reino do Amanhã, não seria tão surpreendente se ele fosse de outra terra, ou um Bruce Wayne mais velho que usa um exoesqueleto como em ‘Batman do Futuro’. Além disso, também pode ser a hora certa de trazer a Supergirl e o Raio Negro para a Terra-1, onde os outros se encontram.

A história vai pelo menos de acordo aos quadrinhos, porém, Oliver Queen (Stepehen Amell), durante o último crossover “Elseworlds”, fez um acordo com o monitor, a fim de salvar as vidas de Flash (Grant Gustin) e Supergirl (Melissa Benoist) que estavam destinados a “morrer” no evento.

A CW já definiu os dias em que irão acontecer os episódios:

• Supergirl – Domingo (08/12)

• Batwoman – Segunda (09/12)

• Flash – Terça (10/12)

• Arrow – Terça (14/01/20)

• Lendas do Amanhã – Terça (14/01/20)

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago ‘Warner’ no Brasil.

SDCC19 – Supergirl: Trailer da nova temporada é anunciado

A Garota de Aço ganha mais um trailer para sua temporada. Veja abaixo:

Lembrando que Mehcad Brooks deixará a série nesta nova temporada.
O elenco de Supergirl ainda conta com, Chyler Leigh (Alex Danvers), Mehcad Brooks(Jimmy Olsen), David Harrewood (Caçador de Marte), Katie McGrath (Lena Luthor),Nicole Maines (Nia Nal), Jesse Rath (Brainiac 5) e Azie Tesfai (Kelly Olsen).

A série estreia dia 6 de outubro.

SDCC19 – Arrowverso: Brandon Routh será novamente o Superman, só que agora na TV!

Hoje tivemos a confirmação de que o ator Brandon Routh, que interpreta Ray Palmer em ‘Legends Of Tomorrow’, irá reprisar o papel de Superman, agora no crossover ‘Crise nas Infinitas Terras’. Ele representou o Homem de Aço em ‘Superman – O retorno’ (2006).

Além do Deadline, o ator confirmou o papel em sua conta no Instagram:

Talvez isso já estava em mente dos produtores e roteiristas que farão esse crossover. No crossover “Invasão” de 2016, Palmer se voltou a Kara e disse que ela se parecia com uma prima dele. Uma nítida referência.

Tyler Hoechlin interpretou o Superman em ‘Supergirl’.

O crossover está marcado para dezembro deste ano e janeiro de 2020. Será separados em 5 episódios. 3 em dezembro e os outros 2 em janeiro.