Arquivo da tag: Stan Lee

Momentos épicos do Homem-Aranha nos quadrinhos

Alguns momentos memoráveis do amigão da vizinhança


Quando me pediram para montar essa matéria, aceitei logo de cara, pois falar sobre o Homem-Aranha é a coisa mais fácil e complicada que existe, mas nesse caso, foi muito complicado, porque é difícil selecionar os melhores momentos de um personagem que tem mais de 50 anos de história. Pensando nisso, resolvi selecionar momentos épicos, mas que nem todos vão concordar, porque como eu já disse no início, é difícil selecionar apenas alguns momentos de um herói com mais de 50 anos, além disso, não é qualquer herói, é o Homem-Aranha, um dos maiores (se não for o maior) heróis da Marvel. Depois dessa pequena introdução de um fanboy emocionado, vamos para a matéria!

5 – If This Be My Destiny…! (ASM 31-33)

Amazing_Spider-Man_Vol_1_31

Este arco, escrito por Stan Lee e desenhado por Steve Ditko (a dupla lendária), pode ser considerado como o primeiro grande arco do herói. Nele vemos um Peter Parker desesperado para encontrar uma cura para sua tia, que estava extremamente doente (não que isso seja novidade). A busca pela cura, leva o nosso herói a reencontrar um de seus inimigos mais perigosos, o Doutor Octopus, que estava se autointitulado como Planejador Mestre. Pulando alguns quadros quadros, após o confronto entre o herói e o vilão, o herói acaba se dando mal e ficando preso debaixo dos escombros do covil de Octopus, é aí que ocorre um dos momentos mais icônicos da história do aranha, mesmo debaixo de toneladas de metal, ele consegue reunir suas forças para levantar aqueles escombros (e ainda surra alguns capangas), ele então consegue curar a pobre tia May, mas acaba perdendo seu grande amor (na época), Betty Brant, mostrando que viver uma vida dupla é difícil, principalmente se você for um herói

4 – Spider-Man No More! (ASM 50)

Amazing_Spider-Man_Vol_1_50

Outro grande título do Aranha, escrito por Stan Lee e com desenhos de John Romita Sr, a HQ mostra que Peter Parker simplesmente desistiu de ser o Homem-Aranha, porque não aguentava mais os ataques do Clarim Diário, e por não conseguir ter uma vida pessoal por conta das responsabilidades de herói. Por todos esses fatores, Peter resolve jogar seu traje no lixo e desiste da vida de vigilante. Porém, não selecionei essa HQ pelo icônico quadro do traje no lixo, mas sim, pelo momento em que Peter resolve voltar a ser o Homem-Aranha, porque ele lembra de que com grandes poderes vêm grande responsabilidades, e jura que nenhum inocente irá se  ferir novamente por sua culpa. Com isso em mente, ele recupera seu traje (que estava no Clarim Diário) e volta a ser o amigão da vizinhança.

3 – Civil War

Civil_War_Vol_1_1_Turner_Variant_Textless

Durante o evento Guerra Civil, escrito por Mark Millar, os heróis se dividiram por conta do registro de super-humanos, já que alguns eram a favor e outros eram contra. E durante essa guerra, o Homem-Aranha acabou ficando ao lado de Tony Stark, o Homem de Ferro, que era a favor do registro e um dos símbolos dessa campanha. Isso então fez com que o Cabeça de Teia revelasse sua real identidade ao mundo, gerando apenas mais problemas na vida de Peter, como foi visto nas sagas De Volta ao Negro e Um Dia a Mais. Mesmo que esse acontecimento tenha sido péssimo para a vida de Peter (e seus entes queridos), essa revelação ficou marcada nas histórias dos quadrinhos e do personagem.

2 – Back in Black

Friendly_Neighborhood_Spider-Man_Vol_1_17_2nd_Printing_Variant_Textless

Como foi dito antes, revelar a sua identidade para o mundo só trouxe problemas para o Aranha, e De Volta ao Negro mostra isso, já que logo após o término da Guerra Civil, Peter Parker começou a ser atacado por seus inimigos, e o que ele mais temia acabou acontecendo, sua tia acabou levando um tiro de um assassino contratado por Wilson Fisk, o Rei do Crime. Com isso, May é levada para o hospital e fica à beira da morte, então Peter parte em busca do atirador e do mandante, e durante essa busca, ele volta a usar o traje negro e se torna impiedoso. No fim quando Wilson Fisk estava saindo da prisão, o Homem-Aranha aparece e tira parte do traje e da uma surra no rei do crime, apenas para dizer que quem derrotou o Fisk foi o Peter Parker, não o Homem-Aranha

1 – Amazing Fantasy 15

Amazing_Fantasy_Vol_1_15

Escrito por Stan Lee e Steve Ditko, Amazing Fantasy 15 marca a estreia do Homem-Aranha nas HQs. Mas o que tem de épico nisso? Bem, a resposta para essa pergunta é: tudo! Tudo nessa HQ é épico, o Peter descobrindo seus poderes, criando sua fantasia e seus lançadores de teia e assumindo as responsabilidades como herói após deixar um bandido fugir e matar seu tio. Não existe nada tão épico e grandioso quanto o nascimento de um herói, principalmente desse herói, o seu amigão da vizinhança, o Homem-Aranha!

Com isso eu finalizo a lista de momentos épicos do Homem-Aranha, fiquem ligados para mais críticas e notícias!


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anual

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Semana Heroica #4 | O que o Quarteto Fantástico representa para o MCU?

O Quarteto Fantástico forma uma boa equipe, mas será que eles realmente superam os Vingadores como o melhor grupo de heróis da Marvel?


Com três projetos considerados um fiasco ao longo das três ultimas décadas, muitos fãs ficaram se perguntando e torcendo pela estreia da Família Fundamental no UCM, afinal, foi através de sua primeira aventura nas mãos do saudoso Stan Lee e Jack “The King” Kirby a Marvel deve sua criação.

Sendo ao longo de vários anos, junto com os X-Men e Homem-Aranha, as franquias mais importantes da Casa das Ideias antes da estreia de Homem de Ferro mudar o rumo da Marvel.

Mas a questão é: Qual a importância do Quarteto Fantástico e o que esperar de seu próximo filme no UCM?


Diferente do que estamos costumados a ver

fantastic-4-rise-of-the-silver-surfer-johnny-storm-and-hot-girls

Pra quem assistiu Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado, percebeu que os heróis eram vistos totalmente diferentes de qualquer outro filme de super-heróis? Eles eram celebridades, isso mesmo, o Quarteto trás uma outra pegada à esse universo, assim como Stan Lee disse: “Olha, eu tenho super-poderes, posso fazer coisas que você não sabe”.

E isso é o torna o Time tão especial, claro que os Vingadores não costumavam se esconder por aí, mas não vimos o time ser tão amado como o Quarteto foi a mais de uma década atrás.

Família em primeiro lugar

quarteto-fantastico4

Uma das coisas que diferencia o Quarteto Fantástico de qualquer superequipe por aí é o fato de que eles são uma família mais do que qualquer outra coisa. Mulher Invisível e Sr. Fantástico são casados ​​e têm filhos, Tocha Humana é irmão da Mulher Invisível, e embora o Coisa não esteja relacionado a nenhum deles pelo sangue, seu vínculo com todos eles é tão próximo quanto qualquer irmão.

A maioria das equipes tem um vínculo de irmandade e amizade, mas o Quarteto Fantástico é diferente – eles são uma família e reagem às ameaças à família com uma ferocidade e recursos que são chocantes para seus adversários .

Um dos maiores vilões do Universo Marvel

doutor-destino-quem-e-historia-e-curiosidades-do-vilao-da-marvel-4

O Universo Marvel está cheio de alguns dos maiores vilões de todos eles e é difícil dizer quem é o melhor … mas muitos costumam dizer que é Doutor Destino. Victor Voom Doom é a ameaça consumada – um poderoso monarca de seu próprio país, ele é uma das pessoas mais inteligentes do planeta e um feiticeiro poderoso . Sua armadura é tão avançada que lhe permitiu derrubar os deuses e tomar seus poderes.

Enquanto ele lutou contra quase todos os heróis e times de grande peso no Universo Marvel, ele tem um ódio especial por Reed Richards e seus companheiros do Quarteto Fantástico e guarda seus melhores esquemas e armadilhas para eles. 

Um tipo diferente de superequipe

four

Outra coisa que diferencia o Quarteto Fantástico de qualquer equipe é o fato de que, embora sejam uma equipe de super-heróis, essa é uma função secundária para eles – eles são, antes de mais nada, uma equipe de exploradores. E foi seguindo essa linha que a equipe receberam seus poderes. O FF explora o universo – espaço, outras dimensões e os domínios da ciência – e mantém tudo a salvo do desconhecido.

Essa equipe trará novos caminhos inexplorados na Marvel Studios, isso significa que, com as próximas fases da Marvel não teremos saturado tão cedo já que suas abordagens serão diversificadas.

Seu filme dentro da franquia abriria infinitas possibilidades assim como o Homem-Formiga e a Física Quântica junto aos Guardiões da Galáxia deram a Saga.

A Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem ou equipe dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos importantes, games, filmes e sua origem, ou um vídeo falando sobre algum quadrinho, essas últimas no canal do Critical Room.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anual

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Semana Heroica #3 | Homem-Aranha

O Homem-Aranha foi criado na década de 60 por Stan Lee e Steve Ditko, fazendo sua estreia na revista Amazing Fantasy #15, e pouco tempo depois, ganhou sua própria revista. O herói fez muito sucesso, principalmente entre os jovens, porque era o primeiro herói adolescente que não era apenas um ajudante de outro herói, mas sim o próprio protagonista de sua própria história. E o melhor de tudo, ele era apenas um cara normal que teve a sorte (ou azar) de ter adquirido aqueles poderes. A questão é que já naquela época, o personagem era visto como “inspiração”, principalmente pelo público nerd que sofria bullying e que estava acostumado com um herói musculoso e perfeito, ao contrário de Peter Parker, um adolescente que era herói nas horas vagas. Mas o fator que tornava Peter Parker tão identificável, era de que como ele era um rapaz tímido e inteligente, e quando colocava o traje, isso tudo mudava e ele se tornava alguém mais confiante.

51ylofh3QmL

E com essa confiança, surgiam as famosas piadinhas que saíam nos momentos certos para tentar desequilibrar o inimigo, o problema é que essa questão de piadas é levada muito a sério pelos fãs, que pensam que o personagem tem que lançar uma nova piada a cada cinco minutos, e se não tiver piadinha, não é o Homem-Aranha. A questão aqui é que o Homem-Aranha não é um comediante de Stand Up pra ficar lançando piadinha toda hora. No início de carreira, Peter só usava esse método para ter mais confiança e deixar o medo de lado, e hoje ele só manda essas “brincadeiras” nos momentos certos, não igual ao Deadpool, que literalmente faz um comentário sarcástico a cada dois quadros. Para finalizar, sim o Homem-Aranha é um herói bem humorado, mas não é comediante pra ficar lançando piada toda hora.


Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos, games, filmes e sua origem, essa última no canal do Critical Room.

Confira a segunda parte da Semana Heroica, que aconteceu ainda ontem, no CR Comics: