Arquivo da tag: O Enigma de Outro Mundo

Dois anos do C.R: Os favoritos do Departamento

A lista inclui os filmes favoritos de parte da equipe.


Nesta data, o Critical Room foi criado, ainda em 2019, no intuito de trazer notícias e críticas, visitando os famosos quadrinhos da DC e Marvel, além do cinema e o mundo da TV de Hollywood. Estabelecendo princípios de ser um dos principais portais nerds de Santa Catarina, com variedades de informações e conteúdos exclusivos, o site está empenhado em trazer o melhor para o público. Neste ano, o Critical Room estará cobrindo a San Diego Comic-Con pela terceira vez, e já conta com projetos futuros, que aos poucos estão sendo implantados.

Então, para que o público conheça cada um da equipe um pouco mais, o C.R lista os favoritos do Departamento, – nome inspirado em The Office – para que o público saiba o gosto pessoal de cada um. E como é difícil escolher só um, também terá menção honrosa a um segundo favorito. Confira a lista:

*Nota do editor: Nem todos os membros estão inclusos na lista.

1. Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (Gabriel, criador e editor-chefe)

tdkr-thepit

Para mim, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge é um filme que sela a perfeita trilogia imposta por Christopher Nolan ao Batman. Se entendermos as entrelinhas, o filme não conta apenas que um vilão megalomaníaco como o Bane, domina uma cidade inteira e expulsa o guardião de Gotham, o humilhando. Ele é mais do que isso, há uma filosofia por trás, que traz O Conto das Duas Cidades de Charles Dickens, e também a história inspirada na Revolução Francesa, mais especificamente no Período do Terror.

Entretanto, não é por isso que escolhi o terceiro filme da franquia Cavaleiro das Trevas, mas sim, pela mensagem que quer passar, e por seu meu primeiro filme de heróis a ter assistido no cinema. Ver meu herói favorito pela primeira vez nas telonas foi uma sensação indescritível, e jamais imaginei que todas as mensagens de persistência e motivação que o filme transmite, pudessem refletir em minha vida. Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge me ensinou que, mesmo com tantas dificuldades, caímos para sempre aprendermos a nos levantar, e nunca desistir de nosso grande desafio: Viver.

Menção honrosa: Indiana Jones e a Última Cruzada

2. Interestelar (Augusto, Administrador)

17-Interestelar_2014

Uma praga nas colheitas levou à falta de alimentos e a um desastre ecológico mundial. Cooper, um ex piloto tenta encontrar uma maneira para sobreviver com sua família. Uma possível esperança é descoberta quando o Professor Brand e sua filha Amelia acreditam que um novo planeta tem a possibilidade de sustentar a vida, mas esse planeta se encontra do outro lado de um buraco de minhoca perto do planeta Saturno. Cooper, Amelia e uma equipe de astronautas embarcam em uma busca anual para encontrar o planeta e encontrar a salvação da humanidade.

Esse filme é uma obra-prima para aqueles que gostam de física, apresentando diferentes planetas em situações diferentes e que mostra o espaço e diversos outros elementos do universo na perspectiva do diretor Christopher Nolan. Para quem gosta de uma boa fotografia, o longa possui uma bela ambientação com excelente efeito especial! E para ajudar e deixar tudo mais emocionante, a trilha sonora é linda e memorável, composta pelo meu compositor favorito Hans Zimmer.

Menção honrosa: Gladiador.

3. Curtindo a Vida Adoidado (Paulo, Administrador)

19387651

Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller’ Day Off) foi lançado em 1986 e se tornou um verdadeiro clássico do cinema, o clima adolescente dos anos 80 é um grande atrativo, principalmente por conta dos momentos cômicos do longa. Além disso, a cena em que Ferris canta o clássico Twist And Shout é inesquecível. O filme representa que todos nós precisamos de um dia de folga pra se divertir.

Menção: Clube da Luta.

4. Batman (Sebastian, Apresentador do Canal e Administrador)

216-batman-1989

O primeiro filme do Batman que assisti, foi o de 1989 por Tim Burton, com Michael Keaton no papel, remodelou o tom sombrio do Cavaleiro das Trevas para sempre. Burton implementa o Coringa (Jack Nicholson) clássico, uma espécie de alívio cômico para o filme, e traz o Batman para as telonas, após a franquia do Superman de Christopher Reeve. Foi marcante a frase do “eu sou o Batman”, e também ver Keaton e Nicholson em seus respectivos personagens, que deixaram sua marca na DC.

Menção: Superman – O Filme.

5. Vingadores: Ultimato (Yduan, Designer Gráfico e Administrador)

vingadores-ultimato-poster

Sendo o maior fã da Marvel no grupo, a escolha de Vingadores: Ultimato é assertiva por ser o fechamento de um grande ciclo e vários arcos, como o do Homem de Ferro. Ultimato une o épico, e pela primeira vez, junta os grandes heróis da Marvel nos cinemas, para batalhar contra o maior perigo jamais enfrentado. Vingadores: Ultimato finaliza uma história de um universo que durou 11 anos.

Menção honrosa: Homem de Ferro (2008).

6. Cidade de Deus (Angelim, Editor do Site)

$value

Um dos melhores filmes brasileiros de todos os tempos, de longe o melhor. Excelente crítica aos aspectos políticos e sociais à respeito de drogas, favelas e violência.

Este é um filme icônico do nosso cinema. Esta película violou os padrões e limites de sua cultura e se tornou um marco no cinema brasileiro. “Cidade de Deus” é um filme de altíssima qualidade visual, técnica e artística.
Um dos melhores filmes brasileiros de todos os tempos, de longe o melhor. Excelente crítica aos aspectos políticos e sociais à respeito de drogas, favelas e violência.

Este é um filme icônico do nosso cinema. Esta película violou os padrões e limites de sua cultura e se tornou um marco no cinema brasileiro. “Cidade de Deus” é um filme de altíssima qualidade visual, técnica e artística.

Embora a maioria dos atores tenha pouca experiência, o elenco de atores é incrível, o que os ajuda a mostrar mais emoções e atuações vívidas. Longe de utilizar técnicas de atuações, mas estão muito dispostos a desempenhar um grandíssimo papel. De tirar o fôlego, visual e tecnicamente impecável, aliado a conceitos artísticos e visuais, associados a um roteiro original e cruel, é o mesmo ritmo complexo e simples que continua a ser fascinante.

Menção honrosa: O Poderoso Chefão.

7. Batman: O Cavaleiro das Trevas (Pablo, Editor e Crítico do Site)

t0b81

Curiosamente, Batman: O Cavaleiro das Trevas não era um filme que eu gostava, quando criança. Talvez fosse sério e complexo demais para uma criança se afeiçoar. Me lembro do meu primeiro contato com a obra, quando comprei o DVD do longa e não assisti mais da metade. No entanto, com o passar dos anos, e quanto mais eu assistia ao filme – lembro de ver por várias vezes no Cine Espetacular, às terças, no SBT -, mais fui adquirindo uma nova perspectiva da obra. Tenho ele hoje como meu filme favorito. Vejo e revejo sem pestanejar. E a cada vez que reviso, cresce minha admiração pela obra e, principalmente, pela incrível direção de Christopher Nolan.

Menção honrosa: 2001 – Uma Odisseia no Espaço.

8. Mulher-Maravilha 1984 (Marcelo, Colunista e Roteirista)

thumb-1920-1074104

Este filme representa pra mim uma mensagem de paz e esperança as pessoas e ao mundo, principalmente no momento em que estamos passando. Além de contar com um elenco de peso, principalmente com Pedro Pascal atuando como o vilão Max Lord, a trilha sonora de Hans Zimmer é maravilhosa e consegue ser um dos pontos altos do filme. A sequência de Mulher-Maravilha consegue ser um filme leve, divertido, engraçado e acima de tudo inspirador.

Menção honrosa: De Volta Para o Futuro.

9. Taxi Driver (Diego, Colunista)

B000T433L0_taxidriver_UXSY1._Ve15da118bf7f6284e74e0434ece92b36_SX1080_

Considero “Taxi Driver” como meu filme favorito por um motivo pessoal: o cinema. Assisti Taxi Driver pela primeira vez em uma mostra de filme comentado e logo em seguida assisti toda a filmografia de seu realizador – Martin Scorsese. Não demorou muito para que Martin Scorsese fosse escolhido como meu cineasta favorito. Foi com Martin Scorsese que conheci a “Nova Hollywood” e filmes de cineastas como Paul Schrader, Francis Ford Coppola, Steven Spielberg, Brian De Palma dentre outros. Scorsese foi o início de um estudo em cinema que continuo fazendo, seja com cineastas de décadas anteriores como atuais. “Viver o cinema” se iniciou assistindo um dos personagens mais icônicos da história do cinema: Travis Bickle, em Taxi Driver.

Menção honrosa: Kill Bill.

10. Hora de Aventura (Daniel, Colunista)

Adventure_Time_-_Title_card

Hora de Aventura é um desenho que eu sempre gostei muito, eu lembro de acordar cedo aos sábados para assistir aos episódios no Sábado Animado do SBT. Quando criança eu gostava porque era divertido, um reino feito de doces é algo chamativo, e com o passar dos anos eu fui entendendo a história por trás desse grandioso desenho e gostando ainda mais. Finn, Jake, Marceline e BMO foram os personagens que mais me acompanharam durante os 10 anos do desenho, e sempre que eu posso, eu revejo essa obra prima pra matar saudades. Hora de Aventura é o meu desenho favorito e tudo isso graças a Pendleton Ward, o criador por trás dele.

Menção honrosa: Liga da Justiça Sem Limites.

11. O Enigma de Outro Mundo (Leonardo, Crítico)

1__3XGg-TgAZN1DhwUSOZK1Q

Sendo um dos mais influentes da ficção científica, The Thing trabalha com paranoia em um ambiente claustrofóbico. Estreando Kurt Russel, ambientado na remota Antártica, acompanhamos um grupo composto por 12 homens na estação científica americana. Numa atmosfera que anda sempre à beira de um penhasco de insanidade, o foco é na degradação da consciência e desesperança que os personagens ali enfrentam, além da constante insegurança num paralelo que Carpenter traçaria com o início da AIDS nos anos 80, onde um ser desconhecido encontrado congelado nas geleiras poderia se transformar em uma cópia idêntica de qualquer ser vivo, ou seja, uma ameaça camuflada.

Menção honrosa: Projeto Flórida.

12. Kill Bill (Toby, Roteirista)

Kill-Bill-1

Kill Bill foi um dos primeiros filmes do Tarantino que eu assisti, além do tema que me atrai bastante, uma assassina com uma Katana em mãos que sai matando todo mundo em busca de vingança. Esse filme foi quem me deu a curiosidade de procurar e conhecer mais sobre o Tarantino, o que acarretou em várias horas de euforia vendo aqueles filmes maravilhosos.

Menção honrosa: A Origem.

13. Enola Holmes (Fernanda, Apresentadora do Canal)

FILME-ENOLA-HOLMES-05.jpg

Enola Holmes é a minha escolha, pelo fato de explorar o lado da irmã do Sherlock Holmes, Enola. É muito legal vê-la em ação, e o tom do filme é leve e empolgante, você embarca numa história sensacional que te prende do início ao fim e desperta a curiosidade com um suspense, te divertindo com cenas leves e engraçadas, mas com alguns momentos de ação, com Enola lutando de maneira incrível!

Menção honrosa: Cobra Kai.

14. A Voz do Silêncio (Eduardo, Designer Gráfico)

A-Voz-do-Silêncio-1024x576

A Voz do Silêncio é um filme que consegue passar a mensagem dele muito bem, retratando temas sensíveis que vão de a relação com pessoas com necessidades especiais a até suicídio, sem necessitar do uso de sensacionalismo. Isso traz uma reflexão de como qualquer relação, seja ela familiar, romântica ou qualquer outra coisa do tipo, pode interferir na sua vida como na de qualquer um que você conhece.

Menção honrosa: Batman – O Cavaleiro das Trevas.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anual

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Contribuir Contribuir Contribuir
Anúncios

5 remakes de filmes de terror

Geralmente, os remakes de filmes originais não são tão bons quanto nós esperamos. Porém, há alguns que se sobressaem dos originais, ou mesmo igualam em sua qualidade. E com certeza, quem ganha são os fãs, que em mais um filme, o diretor tem o direito de passar sua visão do personagem e da mitologia de tal universo de terror.

Nesta lista, iremos falar sobre cinco remakes dos filmes de terror, que foram tão bem sucedidos quanto os originais. Essa lista não enumera do melhor ao pior, e leve como dicas para assistir no Halloween.


1. IT: A Coisa

O remake de Andy Muschietti para a Warner Bros. vem do telefilme de 1990, IT: Uma Obra-prima do Medo, e agradou grande parte do público, o próprio autor Stephen King e a crítica. Trazendo mais uma vez Pennywise e o Clube dos Otários para o confronto e as tormentas, o palhaço dançarino é muito bem representado por Bill Skarsgård, e o que de fato assustou mais do que poderíamos imaginar. Todo o conjunto da obra, como o elenco, trilha sonora e a história em si ajudaram a tornar IT: A Coisa tão bom quanto seu filme original.

pennywise-2017-1990

2. A Morte do Demônio

Todos sabemos que a trilogia Uma Noite Alucinante, de Sam Raimi é incrível, e para o diretor foi um marco em sua carreira, abrindo novas portas. Com o primeiro filme em 1981, este ganhou um remake do diretor Fede Alvarez em 2013. O remake tem como trama um grupo de jovens, com a protagonista Mia (Jane Levy) sendo uma viciada em drogas. Após eles saberem que havia um altar demoníaco na cabana em que estavam, e a descoberta do Livro dos Mortos, a presença do mal os possui, até que um é deixado para lutar e sobreviver.

intro-1562775749

3. O Enigma de Outro Mundo

Do criador de uma das franquias de slasher mais famosas do mundo, Halloween, John Carpenter, aqui, faz um belíssimo remake de O Monstro do Ártico (1951). O Enigma de Outro Mundo (ou The Thing), de 1982, traz algo totalmente novo, com A Coisa, um bicho estranho, que pode assumir a forma de suas vítimas na remota Antártida. Para isso, um piloto e um médico trabalham juntos para capturar o monstro.

thething_destaque2

4. O Chamado

Dirigido por Gore Verbinski, e tendo como base o filme originário do Japão, Ringu (1998), O Chamado (2003) traz uma jornalista que investiga a morte de sua sobrinha, e relaciona a morte dela com de outras pessoas a um estranho vídeo. O vídeo teria sido visto pelas vítimas, e sete dias após, elas viriam a falecer. Agora, ela precisa descobrir como fugir da profecia, já que seu filho e ela assistiram.

04174920390362

5. O Massacre da Serra Elétrica

A refilmagem do clássico de 1974, de Tobe Hooper é um dos mais belos remakes feitos para o subgênero slasher, que inclui muitos outros assassinos conhecidos, como Michael Myers, Jason ou o Ghostface. E com tantas outras obras sendo trazidas para a era moderna, com o Leatherface não foi diferente. Em 2003, o diretor Marcus Nispel revive a lenda do homem deformado. A trama consiste em um grupo de jovens é obrigado a parar no Texas por falta de gasolina, e em busca de um telefone, eles são perseguidos por um maníaco de serra elétrica, que usava uma máscara com tecidos de rosto humano e comia o que matava.

1_0ZgLeBdKAtyRJq0oEifOug

Veja o vídeo desta semana: