Arquivo da tag: Logan

Semana Heroica #9 | Crítica: Logan (2017)

No ano de 2029, onde os mutantes estavam quase sendo extintos, vemos que Logan (Hugh Jackman), também conhecido como Wolverine, está envelhecendo, pois o adamantium que está fundido em seus ossos criou um tipo de doença que enfraquece seu fator de cura, fazendo com que quanto mais Logan envelhece, mais fraco seu corpo vai ficando. Para que Logan consiga comprar alguns medicamentos, ele passa os dias trabalhando como motorista de limousine. Ele e o mutante Caliban (Stephen Merchant) vivem em uma fábrica abandonada, onde cuidam do Professor Xavier (Patrick Stewart) que está com uma doença neurodegenerativa, o fazendo perder o controle de seus poderes. Tempo depois aparece uma enfermeira que precisa da ajuda de Logan para escoltar Laura (Dafne Keen), uma garota de 11 anos, também conhecida como X-23, que está sendo caçada por um grupo de mercenários.

https___fansided.com_files_2017_03_logan-trailer-thumbnail

Logan é um filme que mistura ação e drama de uma forma muito positiva, mostrando um mutante debilitado que sofre tanto fisicamente como emocionalmente, pois carrega muita coisa em seu passado. Mesmo com tudo isso, o filme mantém cenas de ação violentas e incrivelmente bem feitas, e isso faz com que cada vez que Logan tire as garras seja uma emoção diferente.

Todas as cenas de ação são bem sangrentas, violentas e muito bem coreografadas. Era isso que queríamos em um filme do Wolverine. Em todas as cenas em que vemos Logan em ação, vemos suas expressões extremamente marcantes e que não podem faltar no personagem.

Hugh Jackman fez um trabalho incrível, que passa as emoções do protagonista para os telespectadores, fazendo com que sintam tudo o que Logan está sentindo. O Wolverine de Jackman jamais será esquecido e sempre estará nos corações dos fãs, assim como Patrick Stewart sempre será Professor Xavier, e que teve uma atuação sensacional no filme.

assistimos-o-filme-logan-wolverine-2017-analise-super-metal-brothers

Apesar de todo o drama do filme, o longa contém algumas cenas de alívio cômico que Laura nos entrega, uma personagem extremamente necessária, que quebra um pouco do drama e que possui habilidades como a de Logan. Suas cenas são muito divertidas de ver, pois é quase uma novidade assistir uma criança de 11 anos esquartejando mercenários. Também contém cenas, as quais Logan tem um forte laço paterno com Laura, que faz com que o público se envolva completamente com esses personagens.

A fotografia do filme é um ponto muito alto, pois a ambientação é bem utilizada, junto com o movimento de colocação da câmera e posições dos personagens. Com um ambiente meio desértico, sua fotografia lembra muito a de filmes de faroeste. O movimento da câmera em cenas de ação são ótimos, pois é bem colocada em relação aos de Logan.

A trilha sonora também chega a ser muito interessante, pois o filme não conta com muitas músicas de fundo, ele conta mais com o som do ambiente, que ajuda a manter certo drama nas cenas.

Não só estes detalhes técnicos anteriores, mas a maquiagem e os efeitos práticos do filme são muito bem feitos e introduzidos, fazendo com que o telespectador veja o quão velho e debilitado Logan está. O longa não conta com muito uso nos efeitos especiais, é apenas usado em partes que seja de extrema importância, como em algumas cenas de ação, no uso do poder do Xavier ou do Wolverine, mas, é mais usado o efeito prático, que consegue trazer uma sensação mais real de tudo o que está acontecendo.

34ea8cff0b6bf3517dfc3aa07a507cc2f820b1a4-png

Com certeza, o roteiro do filme é o melhor de todos os filmes de super-heróis da Marvel, tanto que recebeu uma indicação ao Oscar para Melhor Roteiro Adaptado. Logan encerra os filmes do Wolverine de maneira muito triste e emocionante, com um desfecho incrível e que será impossível de esquecer.


Veredito

O filme é incrível, contém cenas de ação espetaculares, um drama pesado e muito bem desenvolvido. É um encerramento digno de uma série de filmes, e que promete que pode haver mais filmes do mesmo universo. Palavras não são o suficiente para descrever a importância e a qualidade de Logan.

10/10.

Semana Heroica #8 | Os melhores e os piores filmes com o Wolverine

Um dos grandes heróis dos quadrinhos da Marvel e dos X-Men, o Wolverine foi bastante utilizado nos cinemas, desde os filmes dos anos 2000 dos X-Men com Bryan Singer, até seu último filme solo, Loga, lançado em 2017. O personagem foi interpretado por Hugh Jackman durante 17 anos, sendo o ator que interpretou um herói dos quadrinhos por mais tempo.

Mesmo que o Wolverine de Jackman não tenha um uniforme que seja fiel ao dos quadrinhos, o ator com certeza marcou ao longo de seus 10 filmes, incluindo participações especiais. Nessa lista, os destaques serão apenas os 7 filmes em que o ator teve uma participação maior.


7. X-Men Origens: Wolverine

Sem dúvidas, é o pior filme de toda a franquia dos X-Men já feitos, mas também não é grotesco. Lançado em 2009, tendo direção de Gavin HoodX-Men Origens: Wolverine conta a origem do personagem e também de seu vilão, Dentes-de-Sabre. O longa não deixa de ter as referências dos quadrinhos do Carcaju, com o mesmo conseguindo ganhar suas garras de Adamantium e todo seu esqueleto ter o mesmo metal, que reforça ainda mais sua força e fator de cura. O filme em si, tem um ótimo desenvolvimento na primeira parte, mas se perde do meio para o final. Não é nem preciso citar o personagem que aparece no final… Mas, para um filme de origem, o começo retratou muito bem o nascer de um personagem, assim como foi proposto nos quadrinhos.

6. X-Men 3: O Confronto Final

Com tantos erros e acertos, numa produção que teve troca de diretor, com Matthew Vaughn, que teria oportunidade anos mais tarde de dirigir o brilhante X-Men: Primeira Classe, para o diretor Brett RatnerBryan Singer, que dirigiu X-Men 1 e 2, não voltaria, já que estava encarregado de trazer o Superman para os cinemas novamente, com Superman: O Retorno. Mas, isso não fez ser o pior filme de toda a franquia dos X-Men, mas foi o mais fraco da antiga trilogia. Explorando a Fênix Negra de uma melhor forma que o filme de 2019, o Wolverine foi mais uma vez o protagonista do longa. Nos filmes de Bryan Singer Brett Ratnerele seria o líder perfeito da equipe.

x3-featured-image
Divulgação/Fox

5. Wolverine – Imortal

Baseado no quadrinho de Frank Miller e Chris Claremont, em que o Wolverine viaja ao Japão, o longa se passa após os acontecimentos de X-Men 3: O Confronto Final, com Logan vivendo longe da civilização. Deprimido após matar Jean Grey, a personagem Yukio o encontra num bar, a pedido de Yashida, que foi salvo pela bomba atômica de Nagasaki. O velho estava com um câncer e prestes a morrer. Yashida oferece a mortalidade para Logan, e em troca, o japonês seria imortal. Logan recusa e toda a trama começa. Para sobreviver e frustrar os planos de Yashida, pois sabia que ele não usaria seus poderes para o bem, Wolverine enfrenta o Samurai de Prata e vence, matando o velho. A batalha final é uma das melhores batalhas travadas por Logan.

34605978_RS-Rio-de-Janeiro-RJ-24-07-2013-Cena-do-filme-WolverineImortal.-Foto-Divulgacao

4. X-Men: O Filme

O primeiro filme de Bryan Singerque iniciou toda a leva de filmes dos Mutantes, estreou nos anos 2000, modelando os novos filmes de heróis para a virada do século. Com um elenco de peso, a história do filme envolveu uma das maiores rivalidades dos quadrinhos, o Professor Charles Xavier contra o vilão Magneto. É neste mesmo filme que Logan é salvo por Ciclope e Tempestade, e recrutado para a equipe que tenta trazer a paz entre mutantes e humanos. Por outro lado, o senador Robert Kelly tenta criar um Ato de Registro de Mutantes, que forçaria todos os mutantes a revelarem suas identidades e seus poderes. Em todos os anos de batalhas, Logan nunca imaginaria que entraria para uma equipe de mutantes, e enfrentaria um homem capaz de controlar o metal, inclusive do seu corpo. Ao final, com a ajuda de Tempestade, Jean Grey e Ciclope, Wolverine derrota Magneto e acaba com a máquina do vilão, que transformava humanos em mutantes.

3. X-Men 2

X-Men 2 é considerado o melhor filme da trilogia antiga, pela sua trama e desenvolvimento, e que começa a todo vapor, com Noturno tentando assassinar o presidente dos Estados Unidos. Isso não passava de um golpe feito pelo coronel William Stryker, que tinha como pretexto invadir o Cérebro na Mansão X, conseguindo arrancar informações preciosas do Magneto na prisão de plástico. Na invasão de suas tropas à Mansão X, Wolverine, o mais experiente da equipe, defendeu os alunos e demais mutantes, conseguindo fugir com eles em seguida. Usando seu filho telepata, Jason, o coronel consegue controlar o Professor Xavier para que encontre e mate todos os mutantes do mundo. Os X-Men, se unindo a Magneto, conseguem derrotar Stryker e salvar Xavier. Logo, Magneto e seu grupo fogem, e a equipe de heróis também, mas, não contavam que os controle do X-Jato falhassem. Jean Grey salva a equipe. Com a missão cumprida, Charles Xavier entrega os arquivos relacionados à Stryker ao presidente.

painel-lona-festa-infantil-x-men-1-00x0-70-painel_1_widelg

2. X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

X-Men: Dias de um Futuro Esquecido é um dos melhores filmes da equipe já feitos. O longa une a antiga geração e a nova de uma forma brilhante, além de ter Bryan Singer na direção. Toda a trama é focada em alterar a linha do tempo, com Wolverine voltando em 1973, para salvar os mutantes e a humanidade serem destruídos pelos Sentinelas em 2023. A construção da obra baseada no quadrinho de John Byrne e Chris Claremont, consegue se superar em muitos momentos, trazendo uma sociedade dividida entre mutantes e humanos. Em 1973, Logan deveria convencer Charles e Magneto a se unirem em prol da defesa do planeta, e reverter o assassinato de Trask por Mística. Raven, por sua vez, continuou com seu plano e apenas mudou de ideia no final, após atirar em Magneto,  que controlou as Sentinelas e derrotou o Wolverine e o Fera. O fim do Wolverine em 1973 foi no fundo do rio. Mas, com a linha do tempo alterada, Logan acorda em 2023, com toda a equipe dos X-Men viva, até mesmo Jean Grey. Mais uma vez, o baixinho é um dos grandes protagonistas do filme.

thumb-1920-673877

1. Logan

Ah, esse filme… uma obra de James Mangold que sela o fim do ciclo de Hugh Jackman no papel, o fim do personagem e de todos os X-Men. O que falar de Logan, além de elogiá-lo como merece? A obra – que é literalmente uma obra-prima, conquistou a crítica e o público, chocando a todos com o desenvolvimento proposto no filme. O Wolverine está doente, pois o adamantium de seu corpo o envenena dia após dia. À medida em que ele envelhece, fica mais fraco. Além de cuidar de si, foi o único que restou para cuidar de Charles Xavier, que sofre também de uma doença, o fazendo perder controle de seus poderes telepáticos. No meio de um de seus trabalhos, Logan Xavier ficam encarregados de cuidar de uma menina chamada Laura, uma das crianças salvas do projeto X-23, o qual transformam crianças em mutantes, com poderes de outros. Em uma de suas paradas, Logan vê Charles morto na cama da casa em que se hospedaram. O clone, X-24, havia o matado. Este mesmo iria vir a matar Logan ao final, restando apenas Laura e as crianças para tentarem manter o legado dos mutantes ainda no mundo.

58b84b93b09d131f008b4608


Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos, games, filmes e sua origem, essa última no canal do Critical Room.

A parte #5 aconteceu no Instagram. Confira:

Semana Heroica #7 | 5 HQs do Wolverine

Criado em 1974 por Lee Wein, o Wolverine era apenas um coadjuvante, que fez sua estreia em The Incredible Hulk #180. O personagem seria completamente esquecido se não fosse Chris Claremont e Dave Cockrum, que decidiram introduzir o personagem aos Novos X-Men em 1975, mas foi apenas com a entrada de John Byrne que o personagem ganhou um estilo arrojado, confiante e um pouco arrogante, tudo isso misturado com a fúria assassina do personagem. Depois disso, o Carcaju sempre esteve ligado a equipe de mutantes, se tornando um integrante fundamental, e claro, ganhando seus próprios quadrinhos. Confira algumas das obras que o personagem protagonizou durante esses anos:


5. Wolverine Origem

origem7344000464315033754.jpg

Com roteiro de Paul Jenkins e desenhos de Andy Kubert, “Wolverine Origem” foi lançada em 2001 em formato de minissérie em 6 edições. A obra mostra a infância de Logan, ou melhor, a infância de James, o real nome do personagem, que foi criado numa família rica no Canadá, e o “surgimento” de seus poderes após um evento traumático envolvendo sua família. A partir daí, ele tem que abandonar sua antiga vida, acompanhado de Rose, uma amiga e um interesse romântico.

4. Arma X

arma_x1288637412401226451.jpg

Publicada em 1990 e com roteiro e desenhos de Barry Windsor-Smith, a HQ conta a história de como Logan ganhou suas garras e ossos revestidos de Adamantium, mostrando seu sequestro para servir de cobaia para o experimento “Projeto X“, do momento em que ele deixou de ser um mutante para se tornar uma verdadeira arma de guerra, uma verdadeira Arma X.

3. Eu, Wolverine

51lx0z3cpvl7580875076994427476.jpg

A dupla Chris Claremont e Frank Miller lançaram uma das obras mais famosas do personagem, com a famosa introdução “Sou o melhor no que faço, mas o que faço não é muito agradável“. Eu, Wolverine, foi lançada em 1982, e conta a saga de Logan que parte rumo ao Japão para conquistar sua amada Mariko, porém ele acaba se envolvendo com gangues japonesas e o próprio Tentáculo. Para conseguir, ele precisa provar seu valor se quiser conquistar o coração de sua amada.

2. Inimigo do Estado

3057702092115196908591266.jpg

O Wolverine é uma das maiores armas que a S.H.I.E.L.D tem a sua disposição, mas o que aconteceria se essa arma mudasse de lado? É isso que a HQ com roteiro de Mark Millar e desenhos de John Romita Jr e Klaus Janson trouxeram em 2005, um Wolverine que sofreu uma lavagem cerebral e agora está sob controle da HYDRA e do Tentáculo. E se não bastasse, o principal plano dessas organizações criminosas é assassinar os maiores heróis da terra e trazê-los de volta a vida, mas como agentes da HYDRA, assim como foi feito com o Wolverine, a Arma X.

1. O Velho Logan

51psy6j8zml8994348492614288265..jpg

Publicada em 2009, com roteiro de Mark Millar e desenhos de Steve McNiven, a HQ O Velho Logan conta uma história sombria, onde os heróis do mundo inteiro caíram, e o Wolverine foi um dos poucos que restou, mas ele se recusa a usar suas garras, mantendo essa promessa por longos 50 anos. Mas quando sua família é ameaçada pela Gangue do Hulk após não ter pago suas dívidas sua única saída é partir em uma jornada perigosa ao lado de Clint Barton, o velho Gavião Arqueiro, que promete pagar uma quantia em dinheiro se Logan o ajudar a levar um carregamento secreto até Nova Babilônia, cruzando o território dos EUA e revisitando os lugares onde os heróis e a esperança de todos caíram; ao mesmo tempo em que Logan relembra a noite em que tudo deu errado e os vilões tomaram o poder.

Bônus – O Incrível Hulk #340: Círculo Vicioso

showimage370645340097118471.jpeg

Com roteiro de Peter David e arte de Todd McFarlane, Círculo Vicioso é um dos embates mais emblemáticos entre o Hulk e Wolverine, já que o X-Men estava passando por uma fase de reconstrução e tentando ser mais racional. Enquanto o Hulk estava buscando vingança contra todos que o menosprezaram no passado, o Carcaju é um dos primeiros da lista.


Essa foi a lista de algumas HQs do Wolverine, é uma lista pequena se formos analisar toda a história do personagem, que conta com vários arcos famosos e vilões inesquecíveis. Confira a matéria sobre a primeira aparição do Carcaju, seus games e o CR Origens sobre o personagem:

A parte #5 aconteceu no Instagram. Confira:

Semana Heroica #6 | 5 jogos com participação do Wolverine

Wolverine certamente é um dos X-Men mais famosos e queridos da equipe. Essa fama fez o baixinho canadense ganhar filmes, HQs e até jogos! Desde o SNES até o PS2. Confira 5 jogos que o Carcaju ganhou ao longo dos anos!


5- Wolverine (NES)

nes longplay [405] wolverine7873911847950940984..jpg

“Wolverine” foi um jogo produzido pela Software Creations e lançado em  1991 para o “Nintendo“. No game, o anti-herói é capturado pelo Magneto e seu arqui-inimigo Dentes-de-Sabre, e preso numa ilha. O objetivo do jogo é derrotar os inimigos e enfrentar os dois vilões no fim do game. Alguns X-Men também fizeram rápidas aparições na obra, como Jubileu, Havok e Psylocke. Porém, o jogo foi criticado por sua falta de fidelidade e um alto nível de dificuldade.

4- Wolverine – Adamantium Rage (SNES, Sega Genesis)

play wolverine – adamantium rage (usa) (beta) [30b8]6080191765948946414..jpg

“Wolverine – Adamantium Rage” é um jogo produzido por duas empresas diferentes, a Tenny Wenny Games (que fez a versão de SNES) e Bits Studios (responsável pela versão de Sega Genesis). O jogo lançado em 1994 para o Super Nintendo e Super Genesis apresentava algumas diferenças em relação a história, e também em relação aos vilões, já que a versão de Super Genesis apresentava o Dentes-de-Sabre, enquanto a de SNES não. Fora isso, a história era igual e mostrava o Wolverine indo atrás de respostas, após uma transmissão ter revelado algo de seu passado misterioso. A versão de Super Nintendo recebeu críticas mistas, enquanto a de Super Genesis recebeu críticas bastante negativas.

3- X-Men Mutant Apocalypse (SNES)

x-men mutant apocalypse7546477882706423122..jpg

X-Men Mutant Apocalypse” foi um dos primeiros jogos dos mutantes que a Capcom produziu. Lançado para Super Nintendo em 1994, o jogo dos mutantes contava com 5 personagens (Ciclope, Fera, Psylocke, Wolverine e Gambit), onde cada personagem tinha uma fase própria, baseado nas habilidades do mutante escolhido. No jogo, o Professor X envia seus X-Men para Genosha, onde o Apocalipse está mantendo vários mutantes como reféns. Porém, depois de derrota-ló, Magneto surge prometendo causar caos em Genosha. No fim, o vilão é derrotado numa batalha épica. Em seu lançamento, o game foi considerado como o melhor jogo dos mutantes já lançado, com gráficos de alta qualidade para época.

2- X2: Wolverine’s Revenge

x-2-wolverines-revenge884663982443816390.jpg

X-Men 2: Wolverine’s Revenge” é um jogo multiplataforma lançado para PS2, GameCube, Xbox, GBA, PC e Mac. Ele foi produzido pela Genepool Software e lançado em 2003, ano do lançamento do segundo filme da franquia X-Men. O jogo mostra o Wolverine nas instalações do projeto Arma X, em uma busca por respostas enquanto é atacado por todos os lados, tendo a participação de vilões como Magneto, Lady Deathstrike, Dentes-de-Sabre, Fanático, etc. O jogo teve uma boa recepção para as versões de GBA e PS2.

1- X-Men Origins: Wolverine

x-men-origins-wolverine-jogo-711x400-13292253093205165618.jpg

Baseado no filme de mesmo nome ‘X-Men Origins: Wolverine’ é um daqueles raros casos onde um jogo baseado num filme fica bom. Desenvolvido pela Raven Software e lançado em 2009 para PC, PS2, PS3, Xbox 360, Wii, Nintendo DS e PSP, o jogo seguia a história do filme de mesmo nome, porém com uma jogabilidade digna de um jogo do Wolverine, já que é possível desmembrar seus inimigos de várias maneiras, sendo o mais violento possível! Além do sistema de habilidades, o jogo contou com trajes alternativos e novos vilões. O game recebeu críticas positivas, mas ficou um pouco repetitivo e com uma dificuldade bem baixa.


Curtiu a lista? Confira o novo vídeo do canal sobre o Wolverine e a matéria sobre sua primeira aparição!

A parte #5 aconteceu mais cedo no Instagram. Confira:

Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos, games, filmes e sua origem, essa última no canal do Critical Room.

Semana Heroica #4 | A primeira aparição do Wolverine nos quadrinhos

Wolverine deu as caras pela primeira vez no quadrinho O Incrível Hulk #180 (datado em Outubro de 1974), mas ele aparece apenas no último quadro da última página da HQ, fazendo com que os leitores ficassem curiosos sobre quem era esse personagem. Até que ele estreou finalmente na edição #181.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas tinham algum propósito para criarem esse personagem?

Sim, pois os quadrinhos dos X-Men haviam sido cancelados nos anos 70, e com isso, alguns mutantes acabaram fazendo aparições apenas nas HQs de outros heróis. Porém, tempo depois teve uma previsão do retorno dos X-Men que estava programado por Roy Thomas (editor-chefe da Marvel). Sendo assim, o roteirista Len Wein e o desenhista Dave Cockrum teriam que fazer novos mutantes para a futura HQ Giant Size X-Men. Com isso, eles queriam um mutante raivoso que fosse para o quadrinho do Hulk, que seria então reaproveitado nas páginas dos X-Men, e esse mutante era Wolverine.


Algumas curiosidades:

O nome Wolverine é por causa de um animal que tem um comportamento ranzinza e bem baixinho, exatamente como o Wolverine é retratado.

Seus poderes eram para ser apenas força e resistência sobre-humana, ele não teria fator de cura e suas garras não sairiam dos seus braços e sim das suas luvas. Mas isso foi mudado em The Uncanny X-Men #98, de 1976, onde foi mostrado que suas garras saíam de dentro dos seus braços. E nessa mesma HQ, foi a primeira vez que Wolverine apareceu sem máscara.

Foi em The Uncanny X-Men #120 de, 1979, que Wolverine finalmente revela seu nome, Logan.


Wolverine foi essencial para a Marvel, pois ele foi um dos personagens que motivaram os produtores para que continuassem a produzir HQs dos X-Men. E a Marvel estava precisando de um personagem mais bruto e estressado, mas que todos gostassem dele de alguma forma.


Confira o CR Origens do Wolverine, destaque na Semana Heroica:

CR Origens #13: Semana Heroica #3 | Wolverine – O Herói Imortal

Logan é o destaque da Semana Heroica.


Ontem (10), se iniciou a segunda edição da Semana Heroica, e o personagem da vez é o Wolverine, herói dos X-Men e da Marvel. O Critical Room apresenta a origem do Logan. O vídeo pode ser conferido acima.

Fato curioso é que, ele teve uma primeira aparição em um quadrinho do Hulk, na edição #180 de O Incrível Hulk, e só depois ingressou nos X-Men e teve sua própria revista mensal.


A Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos, games, filmes e sua origem, essa última no canal do Critical Room.

Logan| Diretor apoia Hugh Jackman como Wolverine no MCU

O diretor de Logan, James Mangold, apoiaria Hugh Jackman no papel de Wolverine no MCU, desde que a história fosse boa e não barateasse nada.

O diretor de Logan, James Mangold que Hugh Jackman retornando como Wolverine no Universo Cinematográfico da Marvel tem todo o seu apoio, desde que a história seja boa. Três anos atrás, Mangold e Jackman se uniram em Logan, que foi uma ótima despedida do ator no papel do personagem além de ser considerada um dos maiores filmes de super-heróis do cinema. Logan é considerado uma das melhores adaptações de quadrinhos de todos os tempos, recebendo uma indicação ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado. Muitos espectadores concordam que foi o despedimento ideal para Jackman, terminando sua carreira como Wolverine.

Após o lançamento de Logan, a Disney iniciou o processo de aquisição da 20th Century Fox, que obviamente incluía os direitos do filme X-Men. Os fãs da Marvel estão animados que os X-Men estão agora sob o guarda-chuva da Marvel Studios, mas alguns sentem uma leve decepção por ter acontecido após a saída de Jackman. O público adoraria ver seu Wolverine interagir com outros heróis do UCM, e parece que Mangold ainda o faria – desde que fizesse sentido narrativo.

Em entrevista com ao ComicBook, Mangold falou sobre a possibilidade de Jackman reprisar o Wolverine, agora no MCU. O diretor afirmou que  “não se incomodaria com isso” se o roteiro estivesse pronto e o material fizesse algo interessante com o personagem

Vale ressaltar que Mangold não está defendendo que Jackman retorne; ele está simplesmente descrevendo as condições em que ele ficaria bem com esse movimento. É provável que sua posição seja compartilhada por muitos, especialmente porque o consenso é que Logan foi o final perfeito não apenas para Jackman, mas também para a franquia X-Men da Fox em geral. É difícil imaginar um cenário em que Jackman volte e isso não prejudique o significado da história de  Logan

Mesmo a Marvel Studios que foi pioneira no modelo de universo compartilhado além de trazer a Saga do Infinito as salas de cinema de todo o mundo, teria um problema de desenvolvimento. Por melhor que seja ver Jackman ao lado de nomes como Tom Holland, Benedict Cumberbatch e outros, é provavelmente o melhor se Hollywood deixar sua versão de Wolverine descansar em paz.

Houve um momento em que Jackman teria entrado para o UCM, mas agora ele parece estar em paz com sua decisão de se aposentar. Ele está animado por um novo ator assumir o papel de Wolverine e trazer o personagem para uma nova abordagem. A Marvel tem  planos envolvendo os X-Men e  Quarteto Fantástico, mas ainda não há nada confirmado. No caso dos  X-Men, eles sabiamente irão deixar Logan por mais tempo longe das telas, distanciando-se do retrato icônico de Jackman. A popularidade de Wolverine significa que o mutante não ficará na prateleira para sempre, mas quem segue os passos de Jackman, dificilmente irá aceitar o novo rumo que o personagem seguir. Todos nós estamos bem ciente desse fato.