Arquivo da tag: Keanu Reeves

Constantine pode ganhar uma possível sequência

Constantine é um filme de 2005 estrelado por Keanu Reeves, que interpreta o personagem John Constantine.


O ator Peter Stormare, que interpreta o Lucifer em Constantine, compartilhou em seu Instagram uma imagem que elogiava o trabalho do ator, e na legenda ele comenta “sequência em andamento”. Veja abaixo:

Anúncios

Devemos lembrar que o produtor Akiva Goldsman comentou na Comic-Con at Home deste ano que era possível uma sequência de Constantine, se pudesse contar com ajudas diversas.

Porém, a Warner Bros. Pictures, estúdio responsável pelo primeiro filme, não disse nada a respeito da sequência, e com exceção de Peter Stormare, nenhum outro ator se pronunciou sobre.

Crítica: Bill & Ted: Encare a Música (2020)

Aviso: Crítica sem spoilers!


Bill & Ted: Encare A Música acompanha Ted (Keanu Reeves) e Bill (Alex Winter), dois rapazes que atingiram a meia idade, fazendo com que suas preocupações voltem-se para suas famílias e outras responsabilidades da vida adulta. Depois de anos lidando com a frustração de ainda não terem escrito a melhor música de todos os tempos, eles recebem a visita de um homem do futuro e descobrem que apenas uma música criada por eles pode salvar o mundo.

O filme possui aspectos muito interessantes e especiais, pois é um tipo de longa que não estamos muito acostumados a ver. Já começando pelo roteiro, que é até bem bolado e mistura bem a comédia com viagem no tempo e também possui ótimos diálogos e que lembram os seus filmes anteriores.

Keanu Reeves e Alex Winter estão incríveis no papel, pois não perderam a essência dos personagens e continuam com seus carismas que agradam o telespectador.

A trilha sonora é o ponto alto do filme. Com músicas de diversos gêneros, como rock, rap, clássica e outros. Para a contribuição da trilha para a obra, tivemos arranjos de guitarra como os de Jimi Hendrix, arranjos de piano como o de Mozart e de muitos outros músicos clássicos que são interpretados no filme.

Os efeitos especiais do filme são interessantes, pois é mostrado um jeito de viagem no tempo bem conhecido entre os fãs, e é onde os efeitos especiais funcionam. Além disso, o filme conta com cenas no inferno, onde eles vão atrás da Morte – personagem já conhecido para quem assistiu os dois primeiros filmes -, e no inferno os efeitos especiais funcionam bem. E detalhe para a cena final que os efeitos especiais têm aparições muito agradáveis.

Porém, o filme conta com cenas um pouco atrapalhadas e algumas vezes o humor parece muito forçado, mas nada que estrague sua experiência assistindo a sequência.


Veredito

É um filme muito divertido para assistir com a família e amigos, com ótimas músicas e um humor bem usado nas cenas.

7/10

 
 
Anúncios

Semana Heroica #8 | Crítica: Constantine (2005)

Aviso: Crítica sem spoilers!


O ocultista e exorcista John Constantine (Keanu Reeves) tenta garantir seu lugar no paraíso enviando demônios de volta ao inferno, mas seu destino está ligado ao de Angela (Rachel Weisz), uma policial que investiga o suposto suicídio de sua irmã gêmea.

O longa dirigido por Francis Lawrence tem pontos altos e baixos e infelizmente não é tudo o que esperávamos. O filme tenta se basear na HQ Hellblazer, que conta com a presença de Constantine nela. Porém, ele não segue os mesmos padrões do quadrinho.

Para começar, o figurino do filme não é ruim, mas ele é bem diferente do visual usado por Constantine nos quadrinhos; mas ele continua mostrando um visual mais desajeitado de John. É preciso falar do visual do Anjo Gabriel (Tilda Swinton), que é um tanto interessante, mostrando uma mulher usando roupas masculinas e possui parte do cabelo raspado, visando o que dizem sobre os anjos não possuírem sexos diferentes.

Os efeitos especiais do filme são bons e agrada o telespectador, principalmente em cenas que Constantine vai ao inferno e é atacado por demônios. A fotografia do filme é bem interessante, pois ela sempre mostra um lado obscuro de tudo, com tons de cor mais escuros, fazendo com que o filme fique com uma pegada mais sobrenatural.

A trilha sonora nem sempre está presente e não possui nada tão marcante, mas nas cenas em que ela é precisa ela funciona bem. Por outro lado, as cenas de ação são boas, mas o filme não conta com muitas delas também, o que faz com que o filme fique mais pro lado do suspense.

Falando sobre suspense, esse é um ponto que é bem interessante, mostrando como Constantine vive ao lado de anjos e demônios de uma forma mais aberta. Mas há momentos em que o roteiro do filme falha, e muitas das vezes o suspense não funciona, fazendo o filme possuir algumas cenas tediosas.

Por fim, a atuação de Keanu Reeves é boa, pois ele possui algumas coisas que nos lembra de como o Constantine é, com certa arrogância e deboche.


Veredito: O filme ao todo não é ruim, mas ele possui partes que faz que o telespectador fique meio desconfortável por conta de cenas sem graça e sem algo que a mantenha viva. Mas ele conta com cenas muito bem feitas e bem diferentes do que estamos acostumados a ver sobre anjos e demônios, e como Constantine vive no meio disso. É um filme divertido e bem interessante, mas com algumas falhas que incomodam.

6,5/10.


Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos, games, filmes e sua origem, essa última no canal do Critical Room.

Confira o vídeo de origem do personagem:

Semana Heroica #6 | Qual é o melhor intérprete do Constantine?

Excêntrico, cínico, arrogante e golpista, as características de um dos personagens mais marcantes do selo Vertigo. John Constantine é muito bem explorado nos quadrinhos mais maduros da DC Comics, e ganhou um bom foco para animações, mas e em live-action, quem seria o intérprete perfeito para o anti-herói?

Devemos voltar há mais ou menos 15 anos atrás, quando Constantine estreava nos cinemas, com Keanu Reeves no papelConsiderado por muitos um ótimo filme por conta da atuação do ator, e muito bem lembrado pelos fãs, tornou-se um filme cult ao passar dos anos. Porém, seu erro está justamente na fidelidade do personagem, algumas mudanças no roteiro, que também não é perfeito e a polêmica mudança de gênero do anjo Gabriel, interpretada por Tilda Swinton. Todo este conjunto da obra fez com que o filme fosse um fracasso em bilheteria e recebesse críticas mistas da imprensa.

Mesmo estando na memória dos fãs, é nítido a falta de fidelidade do filme perante aos quadrinhos Hellblazer. Mesmo ainda viciado por tabaco, marca registrada do Constantine, o visual não lembra em nada o personagem de Alan Moore, que não se contenta com o filme – e com razão. O filme pode ter uma grande atuação por parte de Reeves, mas falha em sua proposta de enredo e torna o Constantine do filme um personagem imemorável em seu visual.

AAAABRVD7lCjiJgJV2R-utqXOGFqfXTw4-Q-15bs0Vtg6Xnn7rJf7jub97R-mpaf2oTgUaGIYJ0_7Lm-ZUmq_8DU_sbm-ofD

Visualmente, o Keau Reeves não lembra em nada o Constantine, mas Matt Ryan sim. Com toda a certeza, o melhor intérprete do Constantine se situa na série de mesmo nome e Legends of Tomorrow. O personagem muito bem interpretado pelo ator britânico, é muito bem visto também pelos fãs, que elogiam tanto sua aparência quase idêntica ao personagem, quanto seu figurino, usando o sobretudo clássico do anti-herói.

Sua série solo não conseguiu deslanchar, pouco agradando os fãs na questão de poderes em que o anti-herói usa muito, o que não é visto nos quadrinhos, apenas em casos isolados, e também na restrição do estúdio quanto ao hábito de fumar do Constantine. Mas, isso tudo é um pouco esquecido em Legends of Tomorrow, havendo mais liberdade para John fumar e com grandes possibilidades de ter um câncer de pulmão.

O roteiro da série é algo a ser discutido, pois consegue apresentar um ótimo universo construído por David S. Goyer (Trilogia Cavaleiro das Trevas) e Daniel Cerone. Em audiência a série foi muito bem, mas foi cancelada por conta das normas da NBC, justamente a de mostrar pessoa fumando.

Matt Ryan interpreta um Constantine tão enigmático quanto é mostrado nos quadrinhos, e consegue manter a mesma forma fiel às HQs, sendo arrogante, viciado por tabaco e também um golpista de primeira. 

Além das séries, o ator empresta a voz ao personagem nas animações em que ele aparece, sendo o dublador oficial do britânico. Seu último trabalho foi em Liga da Justiça: Guerra de Apokolips, última animação de leva Novos 52. O ator já demonstrou interesse também em interpretar o anti-herói na série live-action da Liga da Justiça Sombria. E quer saber? Ele merece!

Matt Ryan é o Constantine por inteiro, e é o ator perfeito para interpretar o personagem.

constantine-matt-ryan-main


Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos, games, filmes e sua origem, essa última no canal do Critical Room.

Mais cedo, no Instagram, aconteceu uma enquete para decidir qual o melhor intérprete do Constantine.

Confira o vídeo de origem do personagem:

Keanu Reevs se torna Lanterna Verde e Sinestro em arte fantástica de fã; confira!

A nova arte dos fã imagina como John Wick de Keanu Reeves poderia ser como um Lanterna Verde e o supervilão Sinestro.

Uma nova obra de arte imagina como John Wick, de Keanu Reeves, seria Lanterna Verde e Sinestro. Reeves sempre foi uma estrela de cinema popular em Hollywood, mas ganhou popularidade recentemente, devido à  trilogia de John WickReeves também está retornando a alguns de seus papéis mais icônicos, como Ted Logan em  Bill & Ted Encare a Música  e Neo em  Matrix 4

Em 2011, a Warner Bros lançou  um filme do Lanterna Verde,  estrelado por Ryan Reynolds como personagem principal e Mark Strong como Sinestro. Apesar de ser uma das poucas aparições de um Lanterna Verde em live-action, o filme foi bombardeado nas bilheterias e recebeu críticas contundentes de fãs e críticos. Um novo filme do Lanterna Verde está nos planos há um tempo, e a HBO Max está desenvolvendo uma nova  série dos Lanternas Verdes, mas muito pouco se sabe sobre qualquer um dos projetos. Anteriormente, Tom Cruise e Tyrese Gibson eram boatos de interpretar o Lanterna Verde, mas a nova arte dos fãs imagina outra grande estrela no papel.

O artista digital MJ. Hiblen  recentemente compartilhou duas páginas com arte imaginado Reeves, como John Wick poderia ser o Lanterna Verde e também seu arqui-inimigo Sinestro. O artista combina elementos de John Wick nas ilustrações, legendando seu post sobre o Lanterna Verde: “Ele é um homem de foco, comprometimento e pura vontade”,  uma citação de  John Wick: capítulo 2A arte de Sinestro também vê o vilão criando um lápis como uma arma, o que é, obviamente, outra referência ao primeiro John Wick.

//www.instagram.com/embed.js

//www.instagram.com/embed.js

Embora não haja rumores de Reeves assumindo o papel de Lanterna, houve rumores de que ele está retornando a outro personagem da DC: John Constantine. Recentemente, foi relatado que J.J. Abrams estava desenvolvendo um novo filme Constantine, mas ainda não se sabe se será um reboot ou se reformulará ReevesKevin Feige, diretor da Marvel Studios, também disse que entrou em contato com Reeves para quase todos os filmes da Marvel, mas ele ainda não apareceu no UCM. Dito isto, não é inesperado que o ator apareça em algum filme da DC e Marvel.

Reeves está retornando para  John Wick: capítulo 4  em 2022, mas não se sabe quando (ou se) Reeves irá se tornar um super-herói no UCM ou nos Mundos da DC. Dadas suas performances anteriores, é claro que Reeves poderia se dar bem como um super-herói ou um supervilão em Lanterna Verde. Dito isto, Reeves é uma celebridade tão amada neste momento que a maioria dos fãs anseia pra vê-lo nas telonas, independentemente de qual personagem de quadrinhos ele interpretar.

John Wick| Diretor vai comandar filme de ação com carros

O diretor de John Wick, Chad Stahelski, tem mais um filme de ação em desenvolvimento.

De acordo com o Deadline, Chad está trabalhando com os produtores de Um Lugar Silencioso II, Andrew Form e Brad Fuller, para produzir um filme de ação original ainda sem título definido, que deve estar no ritmo dos clássicos do gênero.

Andrew Nemec e Josh Appelbaum (Missão Impossível: Protocolo Fantasma) estão sendo escalados para escreverem o roteiro do filme.

Andrew Nemec e Josh Appelbaum à esquerda

Os produtores de Um Lugar Silencioso, Andrew Form e Brad Fuller, produziram para a Paramount um filme de ação descrito como um spin de alto conceito que captura o espírito dos grandes filmes de carros, com uma relação central única no enredo. Chad Stahelski está cotado para dirigir; Andre Nemec e Josh Appelbaum escreverão o roteiro.

Detalhes sobre o filme são escassos no momento.

Isso não é nenhuma novidade, pois os carros de John Wick e as cenas de perseguição foram extremamente importantes no desenrolar da história em De Volta ao Jogo, o amor de Chad por carros é inegável.

John Wick: Capítulo 4 está sendo desenvolvido no momento com Keanu Reeves e Laurence Fishburne retornando a franquia em 21 de maio de 2021.

As filmagens de John Wick 4 devem começar a ser filmadas quando Keanu terminar suas cenas em Matrix 4 de Lana Wachowski.

Stahelski também teve seu reboot de Highlander na Lionsgate, que poderia ser tanto para a televisão quanto para os cinemas. As sequências de John Wick parecem ter sido a prioridade no estúdio e não se sabe quando farão Highlander.

Será interessante ver se a Lionsgate vai querer fazer John Wick: Capítulo 5 ou dar a Chad algum tempo para respirar e fazer outros filmes finalmente e se também veremos Reeves participando desse projeto.