Ultimatum | Marvel estaria desenvolvendo filme de evento polêmico

Um dos eventos mais controversos da Marvel pode ganhar vida nas telonas

De acordo com o CBR, um usuário do MCU Cosmic afirmou que a Marvel Studios estaria silenciosamente adaptando a saga Ultimatum para o UCM.

RELACIONADOS: Marvel Studios| O cenário atual pode ajudar à introduzir velhos personagens


O usuário relata que os detalhes da história e do enredo são escassos em relação ao projeto, mas se a Marvel Studios está trazendo Ultimatum aos poucos, provavelmente não será fiel aos quadrinhos. Isso seguiria mudanças semelhantes dos quadrinhos para os cinemas que aconteceram da mesma forma em Soldado Invernal, Era de Ultron, Guerra Civil, Guerra Infinita e Ultimato. Todos esses filmes pegaram idéias básicas dos quadrinhos.

RELACIONADOS: Marvel | Grande encontro na Fase 4 não terá Vingadores 5


Ultimatum foi uma série limitada de 2009 do escritor Jeph Loeb e do artista David Finch, e reuniu os principais heróis do Universo Ultimate como Os Supremos Vingadores, Homem-Aranha, X-Men e Quarteto Fantástico. Magneto, buscando vingança pelas mortes de Feiticeira Escarlate e Mercúrio, reverteu o campo magnético da Terra, causando desastres naturais em todo o mundo. O evento atraiu críticas por suas muitas mortes, o que ajudou a preparar o cenário para a próxima era da linha Ultimate de quadrinhos.

Embora não esteja claro se a Marvel Studios irá adaptar o Ultimatum, agora que a Marvel detém os direitos da Fox assim como a parceria com a Sony, não vai ser impossível trazer o evento para as telonas. Ainda assim, os principais vilões Magneto e Doutor Destino provavelmente farão sua estréia no UCM somente depois que os X-Men e o Quarteto Fantástico forem introduzidos corretamente, apesar das recentes mudanças no calendário de lançamentos da Fase Quatro, quando isso vai acontecer ainda é um mistério.

Warner Bros. aprova jogo do Superman pela Rocksteady, aponta rumor

A desenvolvedora da Trilogia Arkham, uma das melhores franquias de jogos dos últimos tempos, a Rocksteady, teve seu projeto aprovado pela Warner Bros., este que seria um jogo do Superman.

O novo rumor vem do colunista James Sigfield, da Geek Worldwide. Ele afirma ter ouvido que o novo jogo da Rocksteady foi aprovado pela Warner Bros. Veja abaixo:

São vários boatos, dizendo que a Warner cancelou um jogo do Superman pela mesma Rocksteady, e agora dizem que o jogo foi aprovado. Não há nada confirmado sobre o jogo, que está sendo especulado desde o fim da Saga Arkham. Porém, em Batman Arkham Knight, há várias referências sobre o Homem de Aço e até mesmo tem um prédio da LexCorp em Gotham. Tudo indica que se passa no mesmo universo.

Vale lembrar que a WB Montreal, desenvolvedora de Batman Arkham Origins, está desenvolvendo um novo jogo do Batman, que seria continuação direta dos eventos de Arkham Knight, com a bat-família jogável. Os grandes planos da Warner para a E3 foram por água abaixo, mas espera-se novidades do game logo. Ao que tudo indica, a Corte das Corujas estará como inimiga.

5 HQs da DC para ler na quarentena

Essa quarentena está mexendo com muita gente, de fato. Mas sempre podemos nos distrair com jogos, séries, filmes e também com uma boa leitura, seja quadrinhos ou livros.

Que tal uma bela indicação de 5 HQs da DC para ler nessa quarentena?


1- Crise Nas Infinitas Terras

Escrita por Marv Wolfman e George Pérez, Crise nas Infinitas Terras é uma minissérie de 12 edições, de abril de 1985 a março de 1986.

A história reúne vários heróis de diversos mundos, para combater um mal em comum, o Anti-Monitor. A história também é responsável pela reconstrução do universo DC.

Crise nas Infinitas Terras é um ótimo quadrinho pra se ler nessa quarentena entediante.

“Mundos viverão, mundos morrerão e o universo nunca mais será o mesmo.”

2- Reino Do Amanhã

Reino do amanhã é uma minissérie de 4 edições, lançada em 1996. Escrita por Mark Waid e Alex Ross e desenhada por Ross.

A história nos mostra um futuro, no qual os maiores heróis se aposentaram, mas tudo isso muda quando os atuais heróis passam do limite com suas ações descuidadas e irresponsáveis, fazendo com que os maiores heróis mais uma vez retornassem para colocar paz e ordem no mundo.

3- Mulher Maravilha: Deuses e Mortais.

Passado os eventos de Crise nas Infinitas Terras, a DC renova o Multiverso e dá seu pontapé inicial a Era Moderna. Com isso, um dos alicerces da editora, a Mulher Maravilha, recomeça do zero.

Em 1985, George Pérez dá vida aos deuses, e dessa vez, reconta a história do nascimento de Diana, a Princesa de Themiscira. Hipólita a molda do barro e os deuses dão seus poderes. Porém, Ares, o maior inimigo da heroína, se volta contra ela por inveja. Tudo o que ele queria era dominar a humanidade, alegando que a criação de uma Nova Raça (as amazonas), não seria de bom grado e faria com que os deuses fossem esquecidos.

A HQ explora o universo da Mitologia Grega na DC, lembrando de Hefesto, o feitor do Laço de Héstia, Hermes como mensageiro, os filhos de Ares e outros mais. Conta a origem das amazonas e também acompanha o crescimento de Diana em meio ao mundo grego e logo, suas aventuras mundo afora, adquirindo conhecimento do Patriarcado para derrotar seu mais poderoso inimigo, Ares, o deus da guerra.

4- Batman e Vingador Fantasma

Nesta história temos o encontro do Homem-Morcego e do mistérioso Vingador Fantasma. É uma história dividida em 2 partes, aonde Batman e o Vingador investigam um mistério oculto e sobrenatural. É uma trama muito interessante, onde vemos dois lados totalmente diferente trabalharem juntas, a força física (Batman) e a força sobrenatural (Vingador Fantasma).

A história foi escrita por Alan Grant e desenhada por Arthur Ranson, e lançado originalmente em 1997.

5- Batman Ego trip

Nessa excelente HQ escrita e desenhada por John Byrne, temos uma incrível história envolvendo o Batman, Coringa, Duas-Caras, Charada e Pinguim. Os vilões estão numa disputa interna que coloca Gotham City na mira do perigo. Será que Batman irá conseguir parar esses terríveis vilões?


Aqui então 5 incríveis HQs da DC, que pode tornar sua quarentena um pouco mais interessante. Espero que gostem da leitura.

Noite de Trevas | Teaser da sequência revela upgrade no traje do Batman

O Batman agora levou sua furtividade a um outro nível, como mostrou o escritor Scott Snyder no Twitter. O autor da tão esperada sequencia de Noite de Trevas: Metal, Death Metal, foi ao Twitter para mostrar um Batman “grunge“, como sugere o título da sequência – completo com espinhos nos ombros – com um novo gadget: um dispositivo de camuflagem.

Por Scott Snyder e Greg Capullo, Death Metal começará após os eventos que ocorreram na DC Comics no ano passado, com muitos deles orquestrados pela sinistra contraparte da realidade alternativa do Batman, o Batman Que Ri. Com a Muralha da Fonte destruída e a antiga entidade, Perpétua lançada no universo, as coisas foram de ruim a pior. No entanto, Batman parece ter a intenção de aumentar suas chances, graças a sua invisibilidade.

Esta não seria a primeira vez que o Batman usa um dispositivo de camuflagem. Na amada série Batman do Futuro , o traje futurista incluía um dispositivo de camuflagem, deixando apenas o contorno de Batman visível. As limitações desse dispositivo de camuflagem em particular não são conhecidas, pois Batman parece meio visível e meio obscuro. A invisibilidade parece se alinhar com parte do casaco de Batman, com uma de suas mãos ainda visíveis. Isso levou usuários do Twitter a chamá-lo de “capa de invisibilidade” semelhante à usada por outro órfão herói – Harry Potter. A imagem também não deixa de fazer sugestão ao Predador, especialmente considerando como Batman está emergindo de sua invisibilidade no meio de uma selva escura.

A nova camuflagem do Batman não é a única atualização mostrada por Snyder. com os conceitos heavy metal apresentados na série, a Mulher-Maravilha possui uma “serra de verdade” ao lado de um novo traje. Dado que o Batman sem capa conversa com Mulher-Maravilha na imagem do teaser, parece que a guerreira amazona terá um papel importante a desempenhar na série.

O quanto isso se relaciona com os eventos do Death Metal – ou com os maiores acontecimentos do Universo DC – permanece um mistério. Death Metal é certamente um dos lançamentos mais esperados da DC , embora sua programação exata provavelmente não esteja clara devido ao impacto do coronavírus na indústria de quadrinhos. Ainda assim, dado o recente anúncio da DC de retomar a distribuição em breve, parece que nem o Batman Que Ri terá o seu último riso – especialmente quando houver uma Mulher-Maravilha com uma serra elétrica e um Batman invisível nesse caso.

Warner decide lançar SCOOBY! O Filme digitalmente nos EUA

Em meio a crise provocada pelo Coronavírus, a indústria cinematográfica vem procurando meios de se reestruturar e ser afetado o menos possível por conta do Covid-19. Alguns estúdios estão optando por adiar grandes lançamentos como Mulher Maravilha 1984, Caça Fantasmas: Mais Além, etc. Outros estão optando por lançar seus filmes diretamente via streaming e lojas digitais, e, recentemente, a Warner Bros. decidiu por lançar SCOOBY! O Filme digitalmente nos EUA.

A CEO da Warner, Ann Sarnoff declarou publicamente que a crise exige de decisões como esta para que os danos sejam os menores possíveis:
“Por mais que estejamos ansiosos para poder mostrar nossos filmes novamente nos cinemas, estamos navegando por tempos novos e sem precedentes, que exigem decisões criativas e adaptabilidade a respeito de como distribuímos nosso conteúdo. Sabemos que os fãs estão ansiosos para assistir ‘SCOOBY! O Filme’, e estamos maravilhados em poder entregar esse filme divertido para que as famílias aproveitem em casa, juntos.”

O longa que estava previsto para estrear nos Estados Unidos no dia 15 de maio, agora, será disponibilizado digitalmente no mesmo dia. Ainda não se sabe quais serão as medidas tomadas no Brasil, mas é bem provável que a animação também seja lançada dessa forma.

Crítica: Cisne Negro (2010)

Aviso: Crítica sem spoilers!


O que vale para chegar à perfeição?


Antes mesmo de dirigir Cisne Negro, Darren Aronofsky já havia explodido para o mundo com filmes como Réquiem Para um Sonho, O Lutador, entre outros. Filmes intrigantes que haviam conquistado crítica e público ao redor do globo. Cisne Negro, então, chegava sendo um grande sucesso, recebendo diversas premiações – inclusive 5 indicações e 1 estatueta no Oscar de 2011. Assim, o filme chegava para reafirmar Aronofsky como um dos grandes nomes do cinema contemporâneo.

Assim como em Réquiem Para um Sonho, e grande parte do cinema de Aronofsky, Cisne Negro carrega a marca do diretor: um filme singular, com atmosfera pesada e um efeito entorpecente que gruda ao espectador por um bom tempo após o término da projeção. Um filme que fica no imaginário das pessoas durante dias e dias.

blackswan13922286674.jpg

Desde um primeiro momento, somos inseridos a um ambiente hostil, envolto de muita rivalidade e pressão, num clima muito opressivo. Ficamos com o pressentimento de que algo ruim deve acontecer a qualquer momento. A direção de Aronofsky é muito eficaz nessa construção de atmosfera, usando de cores frias e carregadas, uma trilha agoniante – Clint Mansell novamente repete a parceria com Aronofsky aqui -, sob uma grande melancolia presente no roteiro; vemos a fundo a degradação física e mental de Nina (Natalie Portman), e toda a metamorfose que corroe a personagem internamente.

blackswan26456232766.jpg

Natalie Portman entrega aqui, com certeza, uma das melhores atuações da década. Dando muita veracidade a personagem, ela convence em seus momentos de angústia, de desconforto, de insegurança e trás uma grande performance corporal na catarse final da obra. Uma atuação colossal.

E podemos, por que não, relacionar a metamorfose da protagonista com o nosso cotidiano: Nina sonha em ser uma grande bailarina, persuadida pelos outros a ser “perfeita”, ela sofre das mais diversas formas de pressão e abuso, isso acaba a corroendo internamente. Toda essa metamorfose pode ser relacionada às pessoas que sofrem muita pressão no dia a dia, seja no ambiente de trabalho, de estudos, nas relações, que, assim sendo, fazem dessas pessoas se cobrarem excessivamente e/ou serem persuadidas a fazerem coisas que não queiram para assim chegarem ao estado de “perfeição”. Dessa forma, Aronofsky nos entrega uma obra singular, subjetiva, que reflete bem muitos aspectos da nossa sociedade.


Veredito

Com performance histórica de Natalie Portman e uma direção inspirada de Darren Aronofsky, Cisne Negro é um filme que, além de servir como uma metáfora social, nos mostra qual o preço para se chegar à tão desejada “perfeição”.

10/10.

Venom | Sequência ganha título e nova data de estreia

Assim como todos as grandes bilheterias do cinema em relação ao cenário atual, a sequência de Venom não está livre de atrasos na produção, tanto quanto os processos de finalização. A sequência do sucesso de 2018 estava programada para estrear em outubro. Andy Serkis estava dirigindo o filme estrelado por Tom Hardy como o personagem-título enfrentando Woody Harrelson como Kletus Cassidy, o Carnificina. As filmagens já estavam em andamento desde fevereiro, mas, provavelmente tiveram que ser encerradas em março, quando o distanciamento social entrou em vigor devido à pandemia do COVID-19. A sequência foi originalmente lançada nos cinemas em 2 de outubro.

A Variety informou que o filme tem uma nova data de lançamento para 25 de junho de 2021, tendo a data que foi desocupada ontem por The Batman, que tem sua estreia marcada para 1º de outubro de 2021. A Variety também informou que o título do filme é Venom: Let There Be Carnage (Em tradução livre: “Que Haja Carnificina”, ou “Que Comece a Carnificina”), e isso dá a entender que eles irão levar o tom do filme a sério na linha sombria e obscura dos anos 90.

Obviamente, deve-se notar que, mesmo com as datas de lançamento, ainda há muita incerteza no momento. Com o distanciamento social em vigor, isso desacelera a pós-produção e não se sabe o quanto as filmagens de da sequência serão necessárias para conclusão, sem mencionar as inevitáveis refilmagens que são comuns em um sucesso de bilheteria desse tamanho. Talvez Venom: Let There Be Carnage não tenha problemas para chegar à data de junho de 2021, mas não será surpresa se o filme ser adiado novamente já que os estúdios esperam uma ótima recepção de bilheteria em todo o mundo quando a pandemia e o isolamento social estiver acabado.

O que você acha do título da sequência de Venom? Você acha que eles deveriam ter usado o Maximum Carnage?

The Batman, The Flash e Shazam! 2 têm estreias remarcadas pela Warner

Após adiar a estreia de Mulher-Maravilha 1984 para agosto, a Warner Bros. faz o mesmo com The Batman e Shazam! 2, já tendo remarcado novas datas para os filmes. The Flash foi o único que teve sua estreia adiantada.

Com a paralisação das filmagens de The Batman já no dia 14 de março, o filme passa do dia 25 de junho para 1° se outubro de 2021. Curiosamente, quase todos os filmes do Batman se passam entre junho e julho, exceto pelo Batman de 1989, que se passa em outubro.

Confira também: Mulher-Maravilha 1984 tem sua estreia adiada devido ao Novo Coronavírus

A Warner ainda remarcou as estreias de The Flash e Shazam! 2. The Flash teve sua estreia antecipada para 3 de junho de 2022, anteriormente com data marcada para 4 de julho do mesmo ano. Já no caso de Shazam! 2, passou do de 1° de abril de 2022 para 4 de novembro.

Outros filmes a DC tiveram suas datas mantidas. Esquadrão Suicida continua no dia 6 de agosto e Adão Negro será lançado no dia 22 de dezembro, ambos em 2021.

Já em 2022, Aquaman 2 continua com data marcada para 16 de dezembro. Com isso, a DC Comics continua com três filmes nestes dois anos.

Review de HQ | Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Homem-Aranha: De Volta ao Lar é uma leitura obrigatória para todo fã do Cabeça de Teia. Nela, temos um Peter Parker deprimido por conta do “término” de seu relacionamento com Mary Jane Watson.

Diante disso, Peter Parker retorna para sua amada escola, que não é tão boa como era antes. Diante de tudo isso, surge Ezekiel, um personagem misterioso que tem os mesmos poderes que Peter. Mesmo com todas essas coisas acontecendo na vida do Aracnídeo, ele decide assumir o cargo de professor de ciências da escola Midtown após um dos alunos tentar realizar um massacre no local.

Além disso, ao mesmo tempo em que Peter tenta mesclar a vida de Homem-Aranha com a de professor e tentar descobrir mais sobre Ezekiel, surge Morlun, uma espécie de
vampiro que absorve a essência de seres super-poderosos, e o Amigão da Vizinhança é sua próxima vítima.

Depois desse resumo sobre a trama deixo aqui minha opinião sobre a obra: De Volta ao Lar é uma HQ fascinante que resgata vários elementos clássicos do personagem, fazendo jus ao nome. Com uma trama envolvente e cheia de perguntas, a obra consegue prender o leitor até o final. Além disso a arte de John Romita Jr casa perfeitamente com a história escrita por J Michael Straczynski.

Rumores sobre Marvel’s Spider-Man 2 indicam novos personagens e um mapa maior

O usuário do Reddit throwawayquaratine8, disse que conseguiu novas informações sobre o a sequência de Marvel’s Spider-Man.

Esses rumores falam sobre a presença do traje negro no jogo, novas mecânicas e missões, além de um sistema de clima com mais opções, como neve fraca e intensa. Confira os rumores sobre o jogo.

História

MJ e Peter agora trabalham no The Daily Bugle.

J. Jonah Jameson voltou ao Bugle depois que dificuldades financeiras atingiram seu podcast desde o primeiro jogo.

J. Jonah Jameson e Eddie Brock serão os personagens com quem Peter interage pessoalmente. Doutor Connors é criado em uma de suas interações.

O simbionte desempenhará um grande papel na história, com Peter primeiro encontrando uma bola na rua. Nesta interação, o simbionte não é Venom, sendo descrito pelo contato do vazador como Proto-Venom.

Os eventos que precedem isso fazem Harry se libertar durante o Ato 1.

Na mesma cena, o simbionte se une a Peter e deixa Harry. Isso abre o caminho para o Venom de Eddie Brock, Harry será salvo para outra coisa mais tarde.

A doença de Harry está curada depois disso, mas ele está hospitalizado.

Jogabilidade

Foram apresentados 7 tipos de clima no jogo como por exemplo neve fraca, neve pesada e chuva fraca.

A neve pode acumular-se no seu traje e permite pegadas realistas do jogador e dos NPCs vizinhos.

Um número crescente de missões e tarefas secundárias menores, chamadas “missões dinâmicas”, inclui pegar um balão (um retrocesso ao jogo de ligação do Homem-Aranha 2), resgatar trabalhadores da construção civil de prédios e andaimes (eles precisarão ser levados aos hospitais após sendo resgatado).

Essas missões visam destacar o aspecto “amigão da vizinhança” do personagem.

Peter Parker agora pode passear por Nova York, com neve acumulada em sua jaqueta, como acontece com o traje do Homem-Aranha.

A Estátua da Liberdade é um local totalmente acessível.

O famoso traje preto do Homem-Aranha aparece na apresentação.

Cada naipe possui uma versão simbiótica de si mesma que pode ser ligada.

O traje preto tem sua própria árvore de habilidades

O naipe avançado e o naipe (Raimi Suit) estão no jogo.

O traje preto não tenta copiar a Web of Shadows. Mas, quando equipado, certos elementos de combate desde o primeiro jogo são removidos para criar uma experiência mais fluida. Ataques são mais rápidos e desvios são menos importantes. Vários inimigos podem ser atacados ao mesmo tempo com certas habilidades.

Novos vilões

Mysterio está no jogo e uma batalha contra o chefe ocorrerá na Estátua da Liberdade. Ele faz várias aparições no jogo.

Mais missões secundárias serão incluídas com o Demolidor e a Tocha Humana mencionados. As missões da Tocha Humana farão você correr contra Johnny.

Miles parece ter cenas jogáveis, pois ele tem seus próprios trajes.

Três pacotes de DLC estão planejados, como o primeiro jogo, com Morbius, Carnage e Wraith sendo o foco de cada um.

No entanto é sempre bom ficar com um pé atrás com esses rumores, já que pelo nome, nada foi confirmado.

Marvel’s Spider-Man 2 está previsto para chegar em 2021.

Confira novas imagens de Tenet, o novo filme de Christopher Nolan

Foram divulgadas novas imagens do mais novo filme de Christopher Nolan: Tenet. Confira:

A sinopse do longa ainda não foi divulgada, mas o trailer indica que o filme deve trabalhar com tempo e espaço. Rumores apontam uma ligação entre Tenet e A Origem, outro filme de Christopher Nolan.

Do diretor de Trilogia Batman, A Origem e Interestelar, o elenco conta com John David Washington, Robert Pattinson, Michael Caine, Kennet Branagh, Aaron Taylor-Johnson, Clémency Poésy e Elizabeth Debicki.

Com um orçamento de US$225 milhões, Tenet tem previsão de estréia para dia 16 de julho de 2020. No Brasil estreia dia 23 do mes

Marvel Studios| O cenário atual pode ajudar à introduzir velhos personagens

Os atrasos na Fase 4 da Marvel podem provar ser uma coisa boa para os X-Men e Quarteto Fantástico. No ano passado, a Disney adquiriu a totalidade da 20th Century Fox, e o acordo inovador recuperou os direitos de alguns dos personagens mais icônicos da Marvel, incluindo os X-Men e o Quarteto Fantástico. Quando isso aconteceu, Vingadores: Ultimato estava em exibição nos cinemas. Portanto, não foi possível adicionar essas duas equipes à mistura tão tarde.

Dado que muitos personagens estavam saindo da franquia após Ultimato, os fãs assumiram que era apenas uma questão de tempo até que os X-Men e o Quarteto Fantástico aparecessem como resultado. A questão era que a Marvel não poderia levar essas equipes a seus planos imediatos, pois eles não tinham direitos para usá-las até que as negociações fossem finalizadas. E a Fase 4, que havia sido planejada anos antes, dificilmente os incluiria porque havia pouco tempo para incorporar suas histórias adequadamente. No entanto, isso não significa que a Fase 4 não seja o palco para ir preparando os X-Men e o Quarteto Fantástico em sua entrada. Mas, além de tudo isso, os novos atrasos podem representar uma nova oportunidade para as duas equipes ingressarem na dobra mais cedo do que o esperado.

A Marvel teve que mudar os planos da Fase 4 para devido os atrasos na produção e desenvolvimento dos seus projetos por conta do COVID-19. A maioria de suas ofertas futuras não chegará aos cinemas tão cedo. Esta é uma situação negativa, mas pode ser transformada em uma situação positiva. As circunstâncias dão à Marvel Studios a chance de introduzir os X-Men e o Quarteto antes. Eles poderiam alinhar os filmes em produção ou finalizados para incluir participações especiais ou mencionar as personagens dos Filhos do Átomo e a Família Fundamental. Plantar as sementes agora significa uma integração mais suave quando elas inevitavelmente ocupam o centro do palco, sem mencionar que isso gerará muita expectativa para filmes futuros.

Essas equipes provavelmente não terão seus próprios filmes ou programas de TV até a Fase 5, dado o tempo necessário para planejar e produzir os projetos. Tentar colocá-los no cenário atual do UCM é uma tarefa difícil. No mínimo, agora eles podem ser sugeridos muito mais cedo. Filmes como Viúva Negra ou Os Eternos foram criados antes da finalização do acordo entre a Disney e a Fox, então é seguro assumir que seus planos originais não foram responsáveis pelo influxo de novos personagens. Não é impossível fazer algumas alterações com alguns meses extras para sentar. Adicionar uma cena ou uma linha aqui e ali pode percorrer um longo caminho, e quanto mais cedo os mutantes e a Primeira Família da Marvel forem abordados, mais naturais serão suas estréias.

Não há garantia de que os ex-heróis da Fox serão lançados no UCM mais cedo. É mais provável que o tempo disponível seja tratado como um período de planejamento para a introdução dessas equipes. Dessa forma, eles podem ser apresentados de maneira mais eficaz quando chegar a hora. Os X-Men e o Quarteto Fantástico estão bem atrasados para “voltar ao lar”, visto que os fãs esperavam sua grande entrada desde que a franquia começou em 2008. Ano passado foi confirmado que um filme do Quarteto Fantástico está em andamento, enquanto o X-Men seja apenas uma sugestão. É lamentável que a Fase 4 esteja em um estado de incerteza, mas algo de bom pode vir mais tarde.

San Diego Comic-Con 2020 é cancelada por conta do Novo Coronavírus

Com vários eventos tendo sido cancelados por conta da pandemia do Covid-19, foi a vez da San Diego Comic-Con ser cancelada. O site oficial do evento publicou uma nota:

“Pela primeira vez na história de 50 anos da San Diego Comic-Con, os organizadores por trás do evento anual de celebração de cultura pop anunciaram hoje com grande pesar que não haverá Comic-Con em 2020. O evento retornará para ao Centro de Convenções de San Diego em Julho 22-25 de 2021”.

Os organizadores do maior evento nerd do mundo esperavam que a pandemia ficasse sob controle nos seguintes meses, porém não é o que está acontecendo. De acordo com eles, os ingressos podem ser reembolsados ou transferidos para a próxima edição. David Glanzer, o porta-voz do evento, ainda se pronunciou sobre.

“Tempos extraordinários requerem medidas extraordinárias, e enquanto estamos tristes de fazer esta decisão, sabemos que ela é a certa”.

As novidades das empresas em seus painéis irá ficar apenas para 2021.

Muitos outros festivais e eventos foram cancelados. O Festival de Cannes que aconteceria na primeira quinzena de maio, foi adiado para junho ou julho, mas ainda é incerto. A E3, maior feira de games do mundo foi cancelada, tendo acompanhamento da Cinema Con e o SXSW, um dos maiores festivais de cultura e tecnologia.

Muitos filmes foram adiado e ganharam novas datas, como Mulher Maravilha 1984, prevista para estrear em junho, porém foi adiada para 13 de agosto. Viúva Negra, 007: Sem Tempo pra Morrer, Mulan e muitos outros filmes foram adiados.

Séries e filmes também tiveram gravações suspensas por tempo indeterminado, o que irá prejudicar muito os estúdios em seu calendário. Foram mais de 70 séries que tiveram suas gravações suspensas. The Flash e Grey’s Anatomy estão na lista.

Não se sabe como ficará o mundo pop depois da pandemia do Coronavírus, e nem sabemos quando irá terminar. Lembrando que muitos filmes ainda podem ser adiados, mesmo tendo data nova.

Sam Raimi confirma seu envolvimento em ‘Doutor Estranho No Multiverso da Loucura’

Sam Raimi, conhecido pela trilogia Homem-Aranha (2002-2007) e pela franquia The Evil Dead confirmou que vai ser o diretor de Doutor Estranho No Multiverso da Loucura.

O diretor acabou deixando a informação escapar durante uma entrevista, onde ele falou sobre a referência feita ao Mago Supremo durante Homem-Aranha 2.

“Eu amava o Doutor Estranho quando era criança, mas ele sempre vinha depois de Homem-Aranha e Batman, ele era provavelmente o número 5. Ele era tão original, mas quando fizemos este momento em Homem-Aranha 2 eu não fazia ideia de que eu acabaria fazendo um filme do Doutor Estranho, então foi engraçado para mim que a fala estava no filme. Devo dizer que eu gostaria de ter tido a visão do futuro para saber que eu seria envolvido no projeto”. 

A fala que Raimi se refere ocorre na cena em que Jonah Jameson sugere o nome de Doutor Estranho ao vilão Otto Octavius, mais conhecido como Doutor Octopus.

Doutor Estranho No Multiverso da Loucura chega ao cinemas no dia 5 de Novembro de 2021.

Robin Hood| Clássico da Disney está em desenvolvimento

A Disney está desenvolvendo um remake do clássico animado de 1973, Robin Hood, com personagens antropomórficos CGI baseados em ação ao vivo.


A Disney está desenvolvendo um remake em live-action de Robin Hood, sua clássica animação de 1973 que reimaginou o elenco de personagens da lenda como animais.

Segundo o The Hollywood Reporter , o diretor de Blindspotting, Carlos Lopez Estrada, irá comandar o filme. Kari Granlund, que escreveu o remake de A Dama e o Vagabundo do Disney +, escreve o roteiro. O filme é planejado como um musical com personagens antropomórficos em CGI.

No mundo de Robin Hood, da Disney , todos os personagens foram imaginados como animais: Robin Hood e Maid Marian eram raposas; O pequeno John era um urso; Frei Tuck, um texugo; Príncipe John, um leão; o xerife de Nottingham, um lobo; e assim por diante. Parece que o remake live-action da Disney manterá essas caracterizações.

Da mesma forma, como Robin Hood será um musical, provavelmente incluirá músicas populares do filme original, como a trilha indicada ao Oscar “Love” e “Oo De Lally”.

A Disney fechou seus acordos para o filme no início de março, pouco antes da pandemia de coronavírus (COVID-19) começar a afetar a América do Norte. Como resultado, o filme não foi além do desenvolvimento inicial. No momento da redação, não está claro como a pandemia afetará o processo, mesmo quando o estúdio embaralha sua lista de filmes para acomodar salas de cinema fechadas e práticas de distanciamento social.

Dirigido por Carlos Lopez Estrada e escrito por Kari Granlund, o remake de Robin Hood ainda não tem data de lançamento.

Ex-editor da DC fala sobre seu problema com Novos 52 e Renascimento

O ex-editor da DC, Dan Didio, falou sobre os problemas com os Novos 52, bem como o maior problema da iniciativa DC Renascimento. Durante uma transmissão ao vivo do Drink and Draw, ao lado do editor-chefe da Marvel, Joe Quesada, Didio discutiu onde ele achava que os Novos 52 deu errado.

Segundo Didio, não investiram tempo necessário no segundo ano dos Novos 52 quanto no primeiro.

“Sem dúvidas meu maior erro é as vezes, fazer as coisas acontecerem rápido demais”,explicou Didio, “Ficamos de seis a oito meses desenvolvendo os Novos 52. repensando os personagens, os designs, os vilões, tudo para que isso fizesse mais sentido”.

O ex-editor continuou dizendo que sentiu que as coisas começaram a se mover mais rápido e que menos tempo e energia estavam sendo investidos em desenvolvimento e melhorias “ou fazendo mudanças nos personagens que pareciam dignos de uma nova direção para uma linha. Didio então declarou: “Os fãs não têm mais um ponto de referência e você sente as rodas caindo do carrinho”.

Didio acrescentou depois que, quando a ideia de Renascimento surgiu, havia uma oportunidade de trazer de volta elementos ausentes do Universo DC: “Infelizmente, depois de colocar isso, você também coloca as coisas que o fizeram querer relançar a linha em primeiro lugar. Os personagens ficaram estagnados novamente … todo o ponto da narrativa é mudança e evolução. ”

Didio recentemente deixou sua posição como co-editor da DC em fevereiro, deixando Jim Lee como editor único; a transmissão ao vivo foi a primeira aparição pública de Didio desde então.

Mortal Kombat| Criador da série de jogos quer live-action de Injustice

O criador da série Mortal Kombat, Ed Boon, quer ver um filme live-action de Injustice.


O criador de Mortal Kombat e principal desenvolvedor da série Injustice, Ed Boon, demonstrou entusiasmo com a idéia de um filme live action de Injustice em uma série de tweets enquanto assistia à comemoração do diretor Zack Snyder ao seu filme de 2016, Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

“Eu falei com Zack duas vezes, ele era legal e fomos visitar o set em Chicago quando eles estavam filmando a cena da “morte dos Waynes”, escreveu Boon em um tweet “Me faz querer ver a LIGA DA JUSTIÇA ainda mais” e completou com a hashtag “#ReleaseTheSndyerCut.”

Em seus posts, Boon disse que acredita que a série de jogos Injustice, que usa muitos dos mesmos personagens e locais dos filmes de Snyder, também seria um ótimo filme.

A série de videogames Injustice acontece em uma linha do tempo alternativa da DC Comics, onde Superman se torna o tirano da Terra após a morte de Lois Lane e a destruição de Metropolis nas mãos do Coringa. Isso coloca o Homem de Aço contra Batman, que lidera a resistência contra o governo tirânico de Superman, Existem dois jogos principais da série – Injustice: Gods Among Us e Injustice 2 além de suas revistas em quadrinhos.

Enquanto um filme de Injustice parece improvável no momento, Batman vs Superman de Snyder apresentou uma pitada da mitologia sombria da série de jogos. Uma sequência mostrava os sonhos de Bruce imaginando um mundo dominado por um “Superman maligno”, e o medo do Cavaleiro das Trevas de Superman se voltando para o lado sombrio foi o conflito entre os dois ao longo do filme.

Jogo clássico da Disney está de volta

O Club Penguin da Disney está de volta, com 100% de associação gratuita para jogadores antigos e novos.

Existem muitos jogos MMO gratuitos que as pessoas podem jogar em seus navegadores da Web sem download e sem computadores com ótimo desempenho, mas nenhum teve tanto impacto nas crianças dos anos 2000 quanto o Club Penguin. Agora chamado Club Penguin Online – era um jogo para crianças, inocente, divertido e envolvente, de propriedade da Disney. Isso permitia aos jogadores jogar como pinguins bobos de desenhos animados que viviam na ilha que dá nome ao jogo.

Nesta ilha, os jogadores e seus avatares de pinguins jogavam vários minijogos para coletar moedas, usadas para personalizar roupas, comprar decorações para o iglu do jogador e obter animais de estimação conhecidos como “puffles“. Os puffles são bolas de pêlo fofas e coloridas com rostos e cada tipo diferente de puffle tem traços de personalidade únicos ou poderes especiais. Eles podem receber deleites e truques ensinados, além de participar de minijogos.

No entanto, em 2017, tudo isso terminou quando o site foi encerrado devido à queda de popularidade, o que deixou a encantadora inocência do Club Penguin, uma memória de infância distante para muitos. No entanto, no que inicialmente parecia ser uma espécie de piada de Primeiro de Abril, o Club Penguin voltava a funcionar nesse dia.

Parece que o principal objetivo de trazer de volta o Club Penguin Online é ajudar a divertir aqueles que estão em quarentena. O jogo ironicamente é uma pausa muito necessária das notícias em torno da pandemia em curso do Covid-19.

Como antes de ser retirado, o jogo apresenta vários servidores (embora atualmente estejam sendo sobrecarregados com jogadores registrando rapidamente pinguins) e um bate-papo ativo no jogo. Os jogadores movem seus avatares de pinguins pela ilha através do mouse e, dependendo do jogo que decidem jogar, precisam usar alguns botões do teclado durante os minijogos. Os minijogos podem ser qualquer coisa, desde pescar no gelo até pular nas frutas para fazer batidas refrescantes. De qualquer forma, dependendo do desempenho do jogador, eles receberão moedas como recompensa.

Além dos minijogos, outra atividade popular na ilha do Club Penguin está em missões de agentes secretos. Nessas missões, os jogadores se iniciam como agentes secretos e devem participar de algumas histórias interessantes com alguns quebra-cabeças realmente complicados, alguns dos quais levam em média 45 minutos para serem concluídos. Esses quebra-cabeças – especialmente o quebra-cabeça da caixa de fusíveis da missão três – são famosos por sua dificuldade frustrante, mas pelo menos as recompensas valem a pena. Os jogadores podem ganhar roupas de agentes secretos, bem como conquistas especiais para mostrar o quão legal o pinguim pode ser.

Por mais que relembrem os tempos mais simples do Club Penguin Online, houve algumas mudanças no site que os jogadores deveriam conhecer. Então, o que é diferente?

Para iniciantes, o novo Club Penguin concede a todos o status de “membro”, o que basicamente torna todo o seu conteúdo disponível gratuito. Agora, os puffles que exigiriam uma assinatura paga agora podem ser de propriedade de qualquer pessoa e de todos, desde que possuam moedas suficientes no jogo. Quando o jogo estreou em 2005, para adquirir certos animais ou roupas de pelúcia, os jogadores precisavam fazer compras on-line ou até mesmo comprar bonecos de pelúcia em lojas de brinquedos que incluíam códigos – com a permissão dos pais, é claro.

Agora, desde que uma conta de pinguim seja registrada, ativada e verificada por e-mail, os jogadores podem acessar a maior parte do conteúdo que desejam. No entanto, algumas coisas ainda são exclusivas devido ao lançamento em comemoração a feriados ou eventos anteriores. Além disso, apesar de tudo ser gratuito, o jogo espera que os jogadores trabalhem duro por suas moedas se quiserem ter o que há de mais moderno no jogo, o melhor puffle para se adequar à sua personalidade ou os iglus mais estilizados.

O Club Penguin Online também promete organizar novas festas e eventos de pingüins toda semana e ter uma equipe de funcionários designada trabalhando duro para garantir que os jogadores se sintam seguros na comunidade. O jogo suporta três idiomas: português, espanhol e inglês. Ao jogar com amigos, no entanto, pode ser difícil encontrar servidores capazes de manter grupos inteiros, pois eles afirmam ter mais de 6 milhões de usuários registrados em sua comunidade amigável.

Como este é um jogo antigo, os jogadores não devem esperar nada além de arte e gráficos modestos, mas com bastante conteúdo, incluindo trocadilhos com temas de pinguins, resolução de quebra-cabeças, quebra de código, interpretação de papéis e missões, o Club Penguin é tudo uma experiência MMO completa. A atmosfera amigável do game pode ser a coisa certa para preencher o tempo de quem está em quarentena ou praticando distanciamento social – especialmente para jogadores que não possuem um Nintendo Switch e estão perdendo seus amigos para simulações semelhante como Animal Crossing. Pelo menos eles podem experimentar a sociedade de pinguins do Club Penguin Island. Também é altamente recomendado para famílias com crianças, embora os jogadores da velha escola sejam bem-vindos para reviver as memórias da infância.

O Club Penguin Online pode ser acessado através desse link: cponline.pw

Batman: Overdrive introduz um novo membro a Bat-família

Batman: Overdrive, de Shea Fontana e Marcelo Di Chiara, re-imaginam a história de origem de Bruce Wayne e introduz um novo membro da bat-família.


AVISO: O artigo a seguir contém spoilers de Batman: Overdrive atualmente publicado nos Estados Unidos


Existem muitas versões da história de origem do Vigilante de Gotham. Na maioria dessas – seja em filmes ou HQs – uma coisa permanece a mesma: Bruce Wayne segue uma jornada sozinho para se tornar o Batman. Claro, ele tem alguma ajuda, geralmente de Alfred Pennyworth e Lucius Fox, que fornecem suporte moral e técnico, mas a transição de Bruce para o Cruzado Encapuzado é uma caminhada solo. No entanto, esse não é o caso de Batman: Overdrive de Marcelo Di Chiara.

A graphic novel original é publicada sob o selo DC Zoom e apresenta uma nova visão da transformação de Bruce em Batman. Desta vez, no entanto, a história de origem tem um contexto moderno e mostra um Bruce mais jovem, que está próximo de completar dezesseis anos. Quando o jovem órfão começa lentamente sua carreira no combate ao crime, ele rapidamente faz um amigo – alguém que acaba se tornando uma nova adição à Bat-família.

Em Overdrive, Bruce Wayne tem o dever de reconstruir o automóvel de seu pai, um carro antigo que ele planeja usar ao completar dezesseis anos quando finalmente obter sua habilitação. O carro está em mau estado e Bruce não tem escolha a não ser ir ao ferro-velho para encontrar peças de reposição para consertar o veículo. Enquanto ele está lá, ele conhece um garoto chamado Mateo Diaz. Mateo é natural de Central City, mas seu pai está cumprindo pena de prisão, então ele fica com seu tio, dono do ferro-velho. E por Bruce ser um jovem solitário, ele e Mateo se tornam amigos.

Logo, Mateo é convidado à Mansão Wayne, onde ele ajuda Bruce a consertar o carro de seu pai. Acontece que Mateo é genial quando se trata de automobilismo, então ele também faz um upgrade ao carro – upgrade que ajuda Bruce em sua busca de um grupo de ladrões ligados a Carmine Falcone. Logo, fica claro que Mateo é o primeiro parceiro de Bruce – aquele que está lá desde o início. Mateo sabe tudo sobre a vida secreta de Bruce e ajuda da maneira que puder. Ele é quem cria o termo Batmóvel e o alter-ego, Batman.

Além do mais, Mateo até ganha seu próprio traje e alter-ego: Doc, Mateo usa um colete branco, cinto de utilidade e óculos quadrados para esconder sua identidade. Há quase uma semelhança com o Doutor Meia-Noite em seu visual e seu codinome pode até refletir nisso, mas não parece haver alguma conexão oficial entre os dois personagens. Quando Batman: Overdrive chega ao fim, o jovem Bruce se torna oficialmente o Batman com Mateo e Selina Kyle como seus aliados.

Por enquanto, Mateo apareceu apenas em Batman: Overdrive, que se desenrola fora da continuidade do Universo DC. No entanto, o personagem é uma presença tão importante e original no livro que ele acabar parando no universo principal da DC Comics. A Batfamília conta com muitos membros: Asa Noturna, Robin, Batgirl, Batwoman, Batwing e mais recentemente, Duke Thomas… sendo assim, há espaço para mais um.

Viúva Negra vai estrear uma semana antes no Brasil

A Marvel reagendou todos os seus filmes, com eles ganhando novas datas de lançamento por conta do Coronavírus. Hoje (6), a Disney revelou que Viúva Negra chegará uma semana antes no Brasil, estreando dia 29 de outubro. Já nos Estados Unidos, apenas dia 6 de novembro.

A nova produção que marca o pontapé inicial a Fase 4 do Universo Cinemático da Marvel, se passará antes dos eventos de Vingadores: Guerra Infinita e após Capitão América: Guerra Civil. Confira a sinopse abaixo:

Sinopse: “Em Viúva Negra, thriller de espionagem recheado de ação da Marvel Studios, Natasha Romanoff – a Viúva Negra – confronta as partes sombrias de sua profissão quando surge uma perigosa conspiração conectada com o seu passado. Perseguida por uma força implacável que quer derrubá-la, Natasha deve lidar com sua história como espiã e as relações quebradas que deixou quando se tornou uma Vingadora.

O novo filme será comandado por uma mulher, assim como foi em Capitã Marvel. Cate Shortland está na direção e Eric Pearson no roteiro. O elenco conta com Scarlett Johansson (Natasha Romanoff), Florence Pugh (Yelena Belova), David Harbour (Guardião Vermelho), Rachel Weisz (Senhora de Ferro), O.T Fagbenle (Treinador) e Robert Downey Jr (Tony Stark).

Viúva Negra estreia no dia 29 de outubro.

%d blogueiros gostam disto: