Todos os posts de Sebastian

Em novo trailer de Crise nas Infinitas Terras, Monitor recruta Lex Luthor


“Mundos viverão. Mundos morrerão. E o universo nunca mais será o mesmo.”


Crise nas Infinitas terra é uma série em 12 edições lançada entre 1985 e 1986. A série teve como finalidade reformular todo o universo DC, e depois de tais acontecimentos “o universo nunca mais foi o mesmo”.

Agora a DC decide adaptar esse evento em um crossover épico que será adaptado em 5 episódios em 5 séries diferentes do universo Arrowverso.

O crossover será algo muito extenso e épico, que trará tudo dos clássicos da DC, seja quadrinhos ou animações, para a televisão. Kevin Conroy é a prova disso. O dublador original do Batman em games e na série animada, viverá o Morcego no crossover. Não só ele, mas Burt Ward, Robin da série do Batman no anos 60, também fará sua participação.

O épico evento terá 5 horas, juntando Arrow, Flash, Legends of Tomorrow, Supergirl, Batwoman e Raio Negro.

A CW já definiu os dias em que irão acontecer os episódios:

• Supergirl – Domingo (08/12)
• Batwoman – Segunda (09/12)
• Flash – Terça (10/12)
• Arrow – Terça (14/01/20)
• Legends of Tomorrow – Terça (14/01/20)

As séries da DC pela CW, são transmitidas pelo canal pago Warner, no Brasil.

Indicação: Daybreak (Netflix)

Pense em um mundo pós-apocalíptico, aonde uma bomba biológica explode por todo o mundo, e somente os adultos foram infectados e os adolescentes e crianças permaneceram normais. Pensou?. Ótimo. Agora imagine esse cenário apocalíptico sendo dominado por adolescente, aonde eles se dividem criando inúmeras facções.

A vida pode ter sido umas das piores coisas que aconteceu para alguns, mas para Josh as coisas só melhoraram, e eu não estou falando do Josh gay ou do outro Josh gay…estou falando apenas falando do Josh Wheeler.

Daybreak é uma série que mistura diversas referências e dentre ela são; Mad Max, Zumbilândia, Star Wars  etc.

Os humanos se tornaram o que eles chamam de ghoulies. são tipos zumbis , mas alguns se comportam como se fosse zumbis e outros ainda tem capacidade de falar e agir normalmente, mas eles comem carne humana.

Josh Wheeler (Colin Ford) é o protagonista e também narrador da série. Ele explica os acontecimentos que aconteceram antes e depois do apocalipse acontecer. Ele quebra a quarta parede e conversar diretamente com espectador. Josh se vira sozinho nesse mundo apocalíptico e ele ainda explica como sua vida melhorou depois do apocalipse.

Seu objetivo no meio desse mundo em caos, é encontrar sua paixão de colégio: Sam Dean (Sophie Simnett). No decorrer da série ele encontra seus antigos amigos da escola.

Daybreak é uma série com inúmeras referências, um ótimo roteiro e um elenco nota dez. A série contém 10 episódios, e cada um tem duração de 50 min.

A série foca em 4 personagens: Wesley Fists (Austin Crute), um aprendiz de samurai que mesmo em caos, ele deseja trilhar em um caminho de paz e redenção; Angélica (Alyvia Alyn Lind) ela pode parecer uma garota de 10 anos, mas na verdade é uma adulta em um corpo de uma criança; Mrs. Cumble (Krysta Rodriguez) antes do caos apocalíptico ela era uma professora com muitos talentos, ela cantava e falava espanhol; e Eli Cardashyan (Gregory Kasyan) um personagem cômico que apenas quer o shopping pra si.

Daybreak é uma série que tem comédia, ação, drama e grandes referências nostálgicas. Vale a pena assistir Daybreak.

The Batman|Andy Serkis será o Alfred

Nesta quarta-feira (13), o diretor Matt Reeves confirmou que o ator Andy Serkis irá interpretar o mordomo Alfred Pennyworth em The Batman.

O ator já dirigiu filmes, como:

Uma razão para Viver (2017)

Mogli: Entre dois Mundos (2018)

Confira também os personagens do qual o ator já interpretou:

Planeta dos Macacos (Cesar)

King Kong (Kong e Lumpy)

Star Wars: O Despertar da Força (Snoke)

Trilogia O Senhor dos Anéis (Gollum)

Pantera Negra (Garra Sônica)

Elenco confirmado em The Batman até o momento:

Robert Pattinson (Bruce Wayne/Batman)

Zoe Kravitz (Selina kyle/Mulher Gato)

Joffrey Wright (Comissário Gordon)

Paul Dano (Edward Nigma/Charada)

Andy Serkis (Alfred Pennyworth)

O longa estreia em 25 de junho de 2021.

Critica: Criando Dion (Netflix)

Alerta: SPOILERS! Desça e leia por sua conta e risco.


A série conta a história do pequeno Dion, um garoto que herdou poderes misteriosos através de seu pai, Mark Reese (Michael B. Jordan – que também é produtor da série) que tinha falecido. Dion e sua mãe Nicole (Alisha Wainwright – também interpretou a personagem Maia na série Shadowhunter) tiveram que enfrentar a vida sozinhos sem Mark.
A série foca bastante na dificuldade da família, uma mãe solteira que cuida de um filho que dotado de poderes e ainda precisa arranjar um emprego. A série trabalha bastante nesse tema familiar de união entre a mãe pai e filho.

Às vezes pode ser cansativo ter muitas séries de super-heróis, mas essa é uma exceção. A série também conta questões raciais, por exemplo: lá para o episódio 3, o pequeno Dion é vítima de um preconceito racial que ocorreu em seu colégio. Sua mãe se sente obrigada a ter uma conversa com seu filho sobre a tal questão. A mãe conta para Dion que no mundo haverá pessoas que irão querer o mal dele por causa de sua condição social, sua origem e a cor de sua pele. O garoto diz que achava que o Dr. King havia resolvido esse problema, mas quando na verdade, ele apenas resolveu uma parte do problema. Sua mãe diz que ele tem que ter cuidado com as outras crianças, pois nem todos o tratarão bem.
Os efeitos dos poderes de Dion são algo bem simples e bem trabalhado, não é nada muito grande e nem muito pequeno. As fotografias alternam entre áreas urbanas, campesinas ou mudanças climáticas sem explicação; a trilha é bem agradável e o elenco é bem econômico.

O pai de Dion aparece apenas em flashbacks, que essenciais para a construção da história. Os flashbacks revelam que Mark recebeu os poderes através de uma estranha anomalia climática do qual ocorreu na Islândia; não só Mark recebeu poderes, como também um grupo de pessoas que também estavam no lugar onde ocorreu esse evento.

Imagine a história de Shazam, um garoto que com uma palavra mágica ele se transforma em um super-herói. A série passa esse tipo de coisa. Um garoto de 8 anos que deseja ser um super-herói, e seu pai Mark vivia falando “Esse garoto vai mudar o mundo, Nicole, você vai ver.”


Tem diversas referências sobre quadrinhos da DC e Marvel, inclusive.

O personagem Pat (Jason Ritter), melhor amigo de Mark e padrinho de Dion. Um personagem meio pegajoso e invasivo, mas também ajuda Nicole nessa jornada para guia Dion nessa cruzada de ser um herói. Mas todo herói tem seu vilão, certo?Uma tempestade misteriosa com uma forma de um homem, começa a matar as pessoas que estavam envolvidas no evento que ocorreu na Islândia. Mais pra frente a série irá revelar a identidade desse Homem Torto, como Dion chama na série, e explicar o acontecimento que levou ele a tal mudança.

Veredito

Criando Dion é uma série que aborda sobre questões raciais, sociais, sobre família, amizade e tem também como finalidade um garoto cujo tem poderes e talvez um dia ele se torne alguém que possa mudar o mundo.


A série vale a pena ser vista, tenho certeza que irão gostar de sua proposta.            

                
7,5/10.

The Batman| Zoe Kravitz interpretará a Mulher Gato

A atriz Zoe Kravitz foi escalada para interpretar Selina Kyle, a Mulher Gato, no filme solo do Batman, que está sendo dirigido por Matt Reeves.

A atriz já interpretou em filmes como:

Gemini (2017)
Divergente (2014)
X-Men: Primeira Classe (2011)
Kin (2018)
Mad Max: Estrada da Fúria (2015)

Dope (2015)
Insurgente (2015)

Robert Pattinson será o ator que interpretará o Cavaleiro das Trevas e Jeffrey Wright já foi confirmado para interpretar o Comissário Gordon.

O ator Jonah Hill está sendo cotado para interpretar 2 papéis, ninguém sabe qual, mas tudo indica que ele possa interpretar o Pinguim ou Charada.

Também não podemos deixar de falar que o supervisor de efeitos visuais Dan Lemmon se juntou a produção do filme.

Ele foi supervisor de efeitos especiais da trilogia Planeta dos Macacos, Avatar e o Homem de Aço.

‘The Batman’ estreia em 25 de junho 2021.

Crítica: Coringa (2019)

O filme gira em torno de Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) um comediante que trabalha numa agência de palhaços.

O protagonista enfrenta uma série de problemas como: problemas com o trabalho, problemas com a sociedade, problema com sua existência e problemas mentais.

O protagonista sofre de uma doença chamada “risada patológica” que faça com que ele ria conforme suas emoções dominassem.

Podem perceber que a risada de Phoenix se tornou algo tão bem trabalhado e tão natural durante o filme.

Joaquin Phoenix viveu a pele do personagem perfeitamente, literalmente caiu de cabeça nesse papel. Percebe-se que a atuação corporal dele também é algo impecável… o jeito de andar, seus comportamentos e até mesmo a tensão de seu físico magro é algo impressionante.

É um filme aonde não tem um herói pra impedir o vilão, não. É um filme onde o vilão faz o que quer do início ao fim, e nada e nem ninguém consegue fazê-lo parar.

O filme também tem um tom bem realístico e uma tensão bem mais séria, violenta e problemática.

Sinceramente é muito difícil pensar entre Phoenix e Ledger, pois os dois fizeram uma ótima atuação como Coringa. Por mais que o Coringa de Phoenix tenha um filme solo e mais explorado, e o do Ledger apenas apareceu em um filme solo do Batman. Ainda assim, Ledger deixou sua marca nesse papel.

O roteiro do filme pode até ter algo bem clichê, do tipo “um homem que sucumbe a loucura e tem o desejo de desafiar aqueles acima dele, inspirando todos com sua loucura”, mas é algo que funcionou bastante.

O filme surpreendeu de forma extraordinária. E também pode conter umas referências no roteiro.

O elenco do filme está de parabéns, suas atuações são intocáveis.

O elenco conta com Joaquin Phoenix (Arthur Fleck), Frances Conroy (Penny Fleck), Robert De Niro (Murray Franklin), Brett Cullen (Thomas Wayne), Dante Pereira-Olson (Bruce Wayne), Douglas Hodge (Alfred), Zazie Beetz (Sophie) e Marc Maron (Ted Marco).

A trilha do filme está perfeita também.

É bom ou não é?

O filme promete ser tudo que diz do início ao fim e eu não esperaria menos de Joaquin Phoenix.

O filme é bom com todas as letras do alfabeto.

Meu veredito para esse filme: 10/10.

‘The Last of Us 2’ ganha trailer e data de estreia

Finalmente foi lançado o trailer de ‘The Last of Us 2’ com sua data prevista para dia 21/02/2020.

No trailer é mostrado que Ellie está mais crescida e com uma pessoa, que possivelmente possa ser sua namorada. Logo o trailer mostra cenas tensas, eletrizantes e uma perda da qual irá levar Ellie a sair em busca de vingança. No final, é mostrado uma aparição inesperada de um personagem muito importante. Joel estará de volta para ajudar Ellie em sua jornada.

O diretor do jogo, Neil Druckman diz que ‘The Last of Us 2′ foi o jogo que fez sua equipe levar 5 anos para terminar o desenvolvimento, tornando uns de seus projetos mais longos.
“Para contar esse tipo de história, o jogo precisava ser enorme”, afirmou o diretor. “Sem estragar muito, no início deste post, você pode assistir ao novo trailer que lançamos hoje no State of Play, que apenas arranha a superfície do que o jogo reserva”.

Desde 2013, ‘The Last of Us’ conquistou milhares de jogadores com sua história impactante, tensa e envolvente. Um mundo pós-apocalíptico brutal e violento. Ele estrelou Joel, um sobrevivente grisalho que serviu como uma espécie de figura paterna para uma jovem garota chamada Ellie.

E agora vem a Parte 2 do jogo, o qual teremos fortes revelações e momentos que irá mexer com nossos corações.

Confira o trailer do game:

The Batman| O ator Jeffrey Wright foi confirmado como Jim Gordon

De acordo com o The Hollywood Reporter. O ator Jeffrey Wright foi confirmado para interpretar o comissário do departamento de polícia de Gotham, Jim Gordon no filme solo do Batman dirigido por Matt Reeves.

O ator é conhecido por atuar em 007, Hold The Dark e entre outros filmes.

‘The Batman’ provavelmente irá adaptar umas das melhores histórias do Batman, O Longo dia das Bruxas, onde o cruzado encapuzado investiga uma série de assassinatos que ocorre no submundo de Gotham City.

‘The Batman’ terá envolvimentos de vários personagens, dentre eles são Mulher-Gato, Coringa, Duas-Caras, Chapeleiro Louco, Vagalume, Pinguim e Charada.

O filme irá estrear em 6 de julho de 2021.

Senhor dos Anéis| Série será gravada na Nova Zelândia

Depois do sucesso da trilogia Senhor dos Anéis e da Trilogia O Hobbit, esse universo ganhará uma série derivada pela Amazon Prime, e será gravada em Auckland, na Nova Zelândia. É o mesmo lugar que Senhor Dos Anéis e O Hobbit foram gravados.

Os showrunners e produtores executivos da série, J.D. Payne e Patrick McKay, (roteiristas de Star Trek, Jungle Cruise), revelaram, em comunidado oficial, o porquê da escolha:

“Ao procurar um local para dar vida à beleza primordial da Segunda Era da Terra-Média, nós tínhamos em mente que precisaríamos de um lugar majestoso, com costas, florestas e montanhas intocadas, mas que também abrigasse sets de alto nível, estúdios e profissionais altamente qualificados e experientes, além de outros funcionários. Estamos muito felizes por confirmar oficialmente a Nova Zelândia como o lar da série baseada nas histórias de O Senhor dos Anéis, de Tolkien. Agradecemos ao povo e ao governo da Nova Zelândia, e especialmente a Auckland, por nos apoiarem durante essa fase de pré-produção. Fomos recebidos com tanta hospitalidade que fez com que nos sentíssemos em casa, e estamos ansiosos para aprofundar essa parceria nos próximos anos.”

A série irá aproveitar as aventuras ocorridas em A Sociedade Do Anel. Foi especulado que eles podem retratar a queda da grande civilização ancestrais de Aragorn.

Conheça o elenco da série:
Com produção de Bryan Cogman (Game Of Thrones) e direção de J.A. Bayona (Jurassic World: Reino Ameaçado, Sete Minutos Depois da Meia-Noite), Will Poulter (Black Mirror: Bandersnatch, Maze Runner) e Markella Kavenagh (The Cry).

A previsão de estreia fica para 2021.

Coringa| Joaquin Phoenix já é visto como o favorito do Óscar

Neste sábado (31), no festival de Veneza, o ator Joaquin Phoenix é parabenizado pela sua atuação impecável no papel de ‘Coringa’ e já é visto como o favorito do Óscar. Joaquin Phoenix está dando tudo de si para dar vida ao Palhaço Príncipe do Crime. Como foi visto nos trailers e fotos, o ator está vivendo a pele do personagem perfeitamente. Umas das coisas que os jornalistas de Veneza descreveu sobre sua atuação, foi: “digna de Óscar”.

“A gargalhada é o que emerge da figura de Arthur, por isso, eu pedia para que o Todd avaliasse bem como eu ria, para ver se funcionava, pois eu não podia fingir aquela gargalhada. Não há como um definir esse personagem.” – diz o ator

“Tudo o que eu queria era inviabilizar rótulos acerca dele. Não queria que um psiquiatra conseguisse decifrá-lo ao analisar seus modos” – explicou o ator

O diretor, Todd Phillips confirmou que esse filme têm alguns elementos que foi construído em outras obras.

“Fãs de quadrinhos costumam enxergar coisas no filme que nós sequer pensamos, mas, de fato, trouxemos elementos dos quadrinhos, como um pouco de ‘A piada mortal’ e muito do filme ‘O homem que ri’, de 1928”, disse Phillips ao Gshow.

“Esse filme é um estudo da falta de empatia no mundo em que vivemos”. – diz Phillips

Joaquin também revela sua liberdade para compreender mais o personagem do qual está vivenciando na trama.

“Há uma luz em Arthur. Tem uma música dentro dele. O que me interessou nesse trabalho foi poder explorar o personagem do meu jeito”. – diz o ator

O ator também diz que teve leituras sobre assassinos para melhor atuação do personagem.

“Dei uma lida em um livro sobre assassinos, o que me ajudou a encontrar uma personalidade para Arthur, com a liberdade de escapar das amarras”, diz Phoenix

‘Coringa’ será uns dos melhores filmes desse ano, sem sombra de dúvida. Deve-se lembrar que o filme terá uma censura para menores de 18 anos. Estreia dia 4 de outubro.

Análise sobre o trailer final de ‘Coringa’

O trailer final de ‘Coringa’ foi lançado no dia 29 de agosto. O trailer revela algumas cenas e frases interessantes.

Como alguns sabem, o diretor do filme, Todd Phillips confirmou que ‘Coringa’ será para um público mais velho e maduro, ou seja, será pra maiores de 18 anos.

Esse trailer revela o quão intenso e psicótico o filme promete ser, e isso é algo bastante satisfatório para os fãs da DC e do psicopata louco.

É nítido que o ator Joaquin Phoenix está dando sua total dedicação para dar vida ao personagem. Provavelmente, o público irá se sentir familiarizado com algumas referências no filme. Uma delas pode ser uma peque da história em quadrinho Piada Mortal, de Alan Moore.

Vale lembrar que esse filme não esta adaptando nenhuma HQ ou terá uma ligação com qualquer filme da DC. Será totalmente independente, e isso parece estar funcionando perfeitamente.

O elenco conta com Joaquin Phoenix (Arthur Fleck), Frances Conroy (Penny Fleck), Robert De Niro (Murray Franklin), Brett Cullen (Thomas Wayne), Dante Pereira-Olson (Bruce Wayne), Douglas Hodge (Alfred), Zazie Beetz (Sophie) e Marc Maron (Ted Marco).

Sinopse:Coringa, do diretor Todd Phillips, centra-se no icônico arqui-inimigo do Batman, e é uma história fictícia original e inédita, nunca vista nas telas. Phillips explora Arthur Fleck, retratado por Joaquin Phoenix, um homem lutando para encontrar o seu caminho na fraturada sociedade de Gotham. Trabalhando como palhaço de dia, ele sonha ser um comediante famoso nas noites… mas a piada sempre está nele. Preso entre uma existência cíclica entre apatia e crueldade, Arthur toma uma decisão ruim que provoca uma reação em cadeia de eventos neste ousado estudo de personagem.”

‘Coringa’ chega ao cinemas dia 4 de outubro.

Confira o trailer final de ‘Coringa’:

Adão Negro | Gavião Negro estará no filme; filmagens começam em 2020

Como sabemos, Shazam iria ter como principal inimigo o terrível Adão Negro, mas o estúdio decidiu levar o personagem para um rumo diferente e bem interessante.

Dwayne Johnson revela que tem interesse em começar a gravar o seu filme, Adão Negro em abril de 2020, e com ele irá vir o personagem Gavião Negro.

Adão Negro terá como inimigo em seu filme o imortal Gavião Negro e isso é algo que vai ser muito emocionante de ver, até porque o Adão Negro e Gavião Negro tem uma história de longa data nos quadrinhos.

O personagem Gavião Negro já teve aparição em Smallville e também teve aparição em Lendas do Amanhã.

O produtor Hiram Garcia elogiou o grande sucesso de Shazam, e também revelou que tem interesse em expandir o universo.

Confira o comentário de Garcia sobre planejamento de gravação do filme de Adão Negro:

O sucesso do Shazam! foi incrível para nós e foi importante para nós lançarmos isso, colocar isso no mundo e começar a criar esse universo. É uma coisa grande para nós criarmos este universo, essa seção DC do universo, com personagens que planejamos trazer para ele, encabeçados por Shazam e Black Adam… Jaume Collet-Serra, ele acabou de fechar o negócio, que estamos muito animado, e o plano é começar a filmar esse final do ano que vem. ”

Não deixe de assistir o mágico filme de SHAZAM!. O filme já está disponível em mídia digital e mídia física.

‘Coringa’ ganha classificação indicativa para maiores

Coringa chegará aos cinemas dia 4 de outubro deste ano, e o direitor Todd Phillips promete que esse filme não será aberto para todas as idades. É isso mesmo, ‘Coringa’ terá uma censura para menores de 18 anos.

O filme contará com cenas pesadas e bem diretas, como violência sangrenta forte, comportamento perturbador, linguagem ofensiva e breves imagens sexuais.

No dia 16 de junho, Phillips postou uma foto na qual Joaquin Phoenix está se olhando no espelho e passando maquiagem em seu rosto. Nela, Phillips, se desculpou pelo fato da Warner Bros. ter colada certas restrições sobre a classificação do filme, e isso fez com que ele pensasse que a maioria já sabia sobre a classificação.

Confira abaixo o comentário do cineasta:

“E a classificação da MPAA (Motion Picture Association of America)?”

“Será para maiores de 18. Tenho sido muito questionado sobre isso. Pensei que as pessoas sabiam, desculpe”. – concluiu, Phillips.

O elenco conta com Joaquin Phoenix (Arthur Fleck), Frances Conroy (Penny Fleck), Robert De Niro (Murray Franklin), Brett Cullen (Thomas Wayne), Dante Pereira-Olson (Bruce Wayne), Douglas Hodge (Alfred), Zazie Beetz (Sophie) e Marc Maron (Ted Marco).

Coringa chegará aos cinemas dia 4 de outubro, não perca.

He-Man irá ganhar continuação na Netflix!

Uns dos personagens mais famosos dos anos 80, criado por Roger Sweet, irá ganhar sua continuação da série animada clássica, na plataforma de streaming Netflix.

Durante o evento Power-Con, que aconteceu na Califórnia, o cineasta, ator e roteirista de quadrinhos Kevin Smith, revelou durante o evento que será produtor executivo de uma uma animação que se passará no universo de He-Man.

Master of the Universe: Revelation será uma história focada nos problemas não resolvidos da série clássica, e também mostrará os acontecimentos que ocorreu aos personagens até os acontecimentos atuais.

Confira abaixo um comentário do próprio Kevin Smith sobre a animação:
“Sou eternamente grato à Mattel e a Netflix por me confiar não apenas os segredos de Grayskull, mas também todo o seu universo”, comemorou Smith. “Em ‘Revelation’, nós escolhemos continuar exatamente de onde a série clássica parou para contar a história épica do que pode ser a batalha final entre He-Man e Esqueleto.”

Mattel e o vice presidente da Mattel TV, Rob David e até mesmo o autor de He-Man: a Guerra da Eternidade estão lado a lado para a construção dessa série animada.

O roteiro será assinado pelos seguintes escritores:

Eric Carrasco (Supergirl)

Tim Sheridan (Reign of the Superman)

Diva Mishra (Magic the Gathering)

Marc Bernardin (Alphas)

A animação será supervisionada pelo estúdio Powerhouse Animation que foi responsável pela a animação Castlevania.

Veja um comentário feito pelo vice presidente da Mattel TV, Rob David, sobre Kevin Smith:
“O mundo de ‘Masters of the Universe’ tem sido um fenômeno cultural por gerações, inspirando os fãs a descobrirem seu próprio poder”, disse Rob David. “Os fãs desta franquia têm esperado pela continuação desses personagens, e Kevin Smith, como um superfã, é o candidato perfeito para expandir o cânone através de uma séria animada da Netflix.

Confira a análise sobre o trailer da segunda temporada de Titãs!

Depois do sucesso da primeira temporada de Titãs, a DC lançou o trailer da sua segunda temporada, que conta com grandes novidades.

O trailer revela cenas eletrizantes, personagens novos e um vilão de tirar o fôlego.

Confira abaixo os atores que irão interpretar os novos integrantes da série:

O ator Drew Van Acker irá interpretar o personagem Garth que também e conhecido como Aqualad, atlante e parceiro do Aquaman.

Depois da cena pós-creditos no final de Titãs, revelando o personagem Superboy e o Super-Cão chamado Krypto, o ator Joshua Orpin irá interpretar o personagem Conner Kent que também conhecido é como Superboy.

Superboy é um clone do Superman criado por uma organização chamada Cadmuns. Ele foi criado a partir do DNA de Lex Luthor e do Superman.

Chelsea Zhang irá interpretar Rose Wilson, a Devastadora.

Rose é filha de Slade Wilson e também é irmã de Joseph Wilson, o Jericó.

Chella Man irá interpretar um personagem que também é filho de Exterminador.

O ator irá interpretar o personagem Joseph Wilson, conhecido como Jericó.

O ator Esai Morales irá interpretar o personagem Slade Wilson, que também atende pelo nome de Exterminador.

O ator Iain Glen (Game Of Thrones) irá interpretar o Batman.

Durante a primeira temporada, em uma ilusão feita pelo demônio Trigon, mostram o Batman, mas apenas o corpo e não o rosto. Agora terá um ator de rosto para interpretar o Cavaleiro das Trevas.


A segunda temporada vai ao ar dia 6 de Setembro, na plataforma de streaming DC Universe.

Confira abaixo o trailer da segunda temporada de Titãs:

Adão Negro: filmagens previstas para o final de 2020

Depois de vermos a adaptação espetacular de Shazam (Zachary Levy) e da rápida apresentação de Adão Negro em seu filme, esperamos que o talentoso ator Dwayne Johnson possa trazer o personagem Adão Negro em “carne e osso” nas telonas dos cinemas.

Johnson disse que as filmagens de Adão Negro começarão no final de 2020.

O grande inimigo de Shazam só irá aparecer em um terceiro filme de Shazam (o próprio Levy nos disse).

“Eu posso dizer que, até onde eu sei, o Adão Negro não estará no segundo Shazam!, porque a ideia é que eles querem fazer um filme solo do Adão Negro primeiro,” revelou o ator.

“E então seria meio que, se fizermos um terceiro Shazam! e um segundo Adão Negro, tipo [paralelo] desse jeito, é onde nós nos encontraríamos. ” adiciona o ator, explicando que o encontro entre esses dois precisaria ser um evento grandioso. “Porque ele é o vilão supremo do Capitão Marvel, Shazam. Tipo, o Shazam e o Adão Negro, eles são tipo sósias, ele é o gêmeo maligno de quem eu sou.”

“Então tem que ser tipo a batalha final,” conclui o ator.

É possível que no filme solo de Adão Negro terá a participação de Cartel Hall que também é conhecido como Gavião Negro, e SJA (ou Sociedade da Justiça da América).

Johnson recebeu um rascunho do roteiro de Adão Negro aonde mencionava Gavião Negro, Sideral e Esmaga Átomo.

O roteirista Adam Sztykiel (‘Due Date,’ ‘Rampage’) está seguindo algumas dicas do trabalho de Geoff Johns no início de 2000, o que é bastante tentador.

Idade e algumas características dos personagens:

Gavião Negro, Carter Hall: Masculino, 30-39 anos. Nos quadrinhos, par romântico da Mulher Gavião.

Sideral, Courtney Whitmore: Feminino, 20-29 anos. Membro da Sociedade da Justiça da América.

Esmaga Átomo, Albert Rothstein: Masculino, 20-29 anos, membro da Sociedade da Justiça da América.

Além disso, Sideral e Esmaga Átomo muitas vezes foram retratados para estar em um relacionamento nos quadrinhos.
Embora os detalhes do enredo estejam em sigilo e a busca por um diretor ainda esteja em andamento. As filmagens começarão no final de 2020.
A Warner Bros. não definiu uma data de lançamento para ‘Adão Negro’ ainda, mas o filme poderia ser lançado em 2021.

Confira um breve resumo sobre Joaquin Phoenix

Antes de eu começar a escrever sobre os seus sucessos no papel antes de ‘Coringa’, resolvi fazer um breve resumo para conhecermos um pouco sobre o incrível ator que atende pelo nome de Joaquin Phoenix.

O norte-americano de 44 anos é um dos atores mais bem falados de Hollywood, nunca teve problema ao interpretar um papel ou gravar um filme com um gênero cinematográfico diferente.

Ele é um ator que está sempre em busca do primeiro lugar.

Em 2017, Phoenix conquistou a estatueta de melhor ator no Festival de Cannes, um prêmio inédito na elogiada filmografia do astro de Hollywood.

Joaquin já interpretou Jesus em “Maria Madalena” (2018) e ainda encarnou o cartunista tetraplégico John Callaham em “Don’t Worry, He Won’t Get Far on Foot” (2018), passando boa parte das gravações confinado em uma cadeira de rodas.

Se um traço peculiar nesse ator é a adoração pelo drama psicológico. Talvez por isso ela tenha aceitado com um grande entusiasmo o papel de Coringa. E um tipo de filme do qual estamos acostumados a assistir, mais sinistro e tenso.
“Eu vejo (este filme) como qualquer outro. Não diria, ‘Não faço faroeste’. Depende do que está em jogo. Eu não ligo para o gênero (do projeto), ligo para o personagem e o diretor. Se você tem a habilidade de transcender o estilo, então é isso que você quer fazer. Então não negaria (o papel), não diria ‘não, não vou fazer este tipo de filme'”, contou o ator para o site “Fandango”.

‘Coringa’ está previsto para estrear no dia 3 de outubro de 2019.

Confira abaixo alguns papéis do qual o ator já interpretou:

Gladiador (2000)

Gladiador é um filme icônico, e a atuação de Joaquin Phoenix lhe rendeu a sua primeira indicação ao Oscar. No longa ele interpreta Commodus, filho do então imperador, Marco Aurélio (Richard Harris), que demonstra estar em seus últimos dias. Contudo, ao invés da escolha óbvia do filho como sucessor, o imperador demonstra interesse em conceder o cargo ao general Maximus (Russell Crowe), por entender que ele possuiria mais força que o filho na liderança de Roma. É a partir daí que se inicia uma longa história de vingança, com Commodus assassinando o próprio pai e ordenando a destruição completa da vida de Maximus.

Johnny & June (2005)

Com mais uma indicação ao Oscar e levando o Globo de Ouro de melhor ator de comédia ou musical, Phoenix encarou um dos maiores desafios da carreira ao ser protagonista do longa Johnny & June. Interpretando o lendário Johnny Cash, o ator se entregou de corpo e alma, apresentando um de seus trabalhos mais memoráveis.
A obra conta a conturbada trajetória do músico, repleta de escândalos e abuso de drogas, mas foca principalmente na história de seu relacionamento com a também cantora June Carter (Reese Witherspoon), uma união que durou 35 anos e só teve fim com a morte da mesma em 2003. Joaquin foi escolha do próprio Cash para interpretá-lo e o ator teve aula de canto e de guitarra durante 6 meses, interpretando todas as faixas que vemos no filme. A imersão foi tanta que o ator consegue replicar com perfeição cada trejeito do cantor. Toda essa dedicação resultou em mais uma indicação ao Oscar.

O Mestre (2012)

O Mestre, mais um filme que rendeu ao ator uma indicação ao Oscar, conta a história do marinheiro Freddie Quell (Phoenix). No fim da Segunda Guerra Mundial, o homem retorna aos Estados Unidos, mas não consegue se readequar a vida e ao mundo pós-guerra, sofrendo de estresse pós-traumático e se afundando no álcool e no vício em sexo. É nesse contexto que ele conhece Lancaster Dodd (Phillip Seymour Hoffman), mestre de uma seita conhecida como “A Cura”, que o convida a fazer parte do movimento. Reticente no início, Quell acaba se envolvendo intrinsecamente com o mestre e suas ideias, tornando-se cada vez mais dependente da seita. O presente desse longa fica pela troca impecável em cena de Joaquin Phoenix e Phillip Seymour Hoffman (Capote), que mostram uma química imensa.

Ela (2013)

A obra surge com uma premissa que pode causar estranhamento, contando a trajetória de Theodore (Phoenix), um homem introvertido que ainda sofre com o término de seu último relacionamento e que adquire um recente sistema operacional chamado Samantha (Scarlett Johansson), que promete atuar como uma inteligência artificial para auxílio nas atividades diárias. Contudo, Theodore acaba se apaixonando pela personalidade do programa, iniciando aí uma relação que presenteia o espectador com inúmeros questionamentos.

Você Nunca Esteve Realmente Aqui

(2017)


O filme conta a história de Joe (Phoenix), um veterano de guerra que carrega consigo uma série de traumas do passado e que trabalha resgatando mulheres que vivem em condições de abuso e de trabalho sexual. O protagonista é então contratado por um senador para resgatar sua filha, e é nessa situação, em meio a uma operação fracassada, que as coisas começam a fugir do controle.

Encerramento do resumo:

Joaquin Phoenix é um ator que promete se entregar de corpo e alma aos seus papéis. Eu tenho totalmente confiança que ele irá fazer um ótimo Coringa.

Crítica: Cavaleiros Do Zodíaco (Netflix 2019)

Depois de vermos Cavaleiros do Zodíaco Ômega, Cavaleiros do Zodíaco: Alma de Ouro, do embaraçoso Saintia Shô e do Os Cavaleiros do Zodíaco: A lenda do Santuário. A Toei Animation parte para uma ousada parceria com a Netflix, e nos apresenta Saint Seiya: Os Cavaleiros do Zodíaco.

Essa recente animação surpreende os fãs do anime com mudanças como seu gráfico em 3D (substituindo o gráfico original do anime do qual os fãs já estavam acostumados), a mudança de gênero do cavaleiro de Andromeda (Shun, que era um homem sensível, sentimental e pacifista passou a ser uma mulher determinada) e ocorridos do qual nunca íamos imaginar ver( lutas contra tanques de guerra, helicóptero, e um personagem do qual parece ter saído do nada).

É óbvio que o objetivo dessa animação não é agradar os fãs da série clássica e sim um público mais infantil. Pelos simples fato das lutas serem mais simplificadas e até mesmo não envolver sangue nenhum (como víamos na versão antiga).

Pontos Positivos:

A animação tem uns pontos positivos, como por exemplo: a dublagem que permanece a mesma e isso é uma coisa boa, pois pelo menos temos as dublagens originais e tbm temos uma abertura que é uma regravação respeitosa da banda The Struts.

Pontos Negativos:

Eu não deixo de me perguntar porque a Marin usa máscara e a Shina usa uma máquina que parece que veio da banda Kiss(??). Ou pelo simples fatos dos personagens irem para o meio do nada para lutar numa luta clandestina por motivações forçadas ou sem sentidos para quebrarem seu código de ética sobre não usar a armadura em casos pessoais. E também n posso para de pensar o porquê tem uma tampa de bueiro falante?. Sim. Tem uma tampa de bueiro falante. Parece que foi feita pra dar mais “humor” e eu n achei graça nenhuma. Parece Marvel tentando força o humor nos filmes.

Eu não gostei dessa mudança que fizeram no Shun ( mulher) só por causa de sua sensibilidade ou seu sentimentalismo como homem e então eles mudaram de um homem sensível para uma mulher. Eu achei uma falta de respeito com os fãs do qual já estavam acostumados com um personagem do qual já estava formado e já tinha sua base completa, mas infelizmente eles estragaram o cavaleiro de Andromeda. E também quero entender porque fizeram os cavaleiros perderem tanto tempo em lutas contra helicóptero e tanques (??). Pra depois chegar na luta contra os cavaleiros negros (essas armaduras foram feitas através da ciência tentando replicar os poderes dos cavaleiros) e uma luta contra o Ikki (Ikki se alia ao inimigo).

Tirando as dublagens originais dos cavaleiros…a dubladora da “Shun” Úrsula Bezerra não consegue transmitir tanta emoção para a personagem que tem uma história de superação e força. Ao lança sua “corrente de Andromeda” , falta emoção – que todos os outros dubladores conseguem transmitir perfeitamente.

A opção de manter o nome “Shun” em uma personagem totalmente diferente, é uma das coisas mais arriscadas e confusa que tem…

Encerramento da crítica:

Eu espero que essa próxima temporada traga algumas mudanças positivas. Não posso deixar de dizer que essa animação me trouxe uma dose de nostalgia com aquele pensamento de “que saudade da época que eu assista essa animação quando era pequeno” , mas espero que a Netflix chegue com algo positivo no retorno dessa animação.

Confira a recente animação da DC Comics, Batman: Hush

Na noite de 20 de julho, a DC Comics lançou sua mais recente animação sobre o nosso Cruzado Encapuzado, baseado no arco de Jeph Loeb e Jim Lee.

Em Batman: Hush, Bruce Wayne enfrenta uma nova ameaça… Um novo inimigo que atende pelo nome de “Silêncio”. E para alegria dos fãs do nosso amado Cruzado Encapuzado, todos os vilões de Gotham City ganharão destaque nessa incrível animação.

Batman: Hush é simplesmente uns dos melhores filmes animados da DC até o momento, igualando a uma qualidade semelhante a Máscara do Fantasma sendo divertido, cômico e tenso.

Confira abaixo o trailer dessa animação:

Confira os vencedores da DC e Marvel que ganharam o prêmio Eisner Awards; Tom King é o grande vencedor!

O Eisner Awards na noite de 19 de julho, na San Diego Comic-Con, os vencedores da tradicional premiação de histórias em quadrinhos e nosso amado Tom King foi o grande vencedor do prémio. Entre os destaques estão as HQs Dias Gigantes, que levou os prêmios de melhor séries e melhor humor, e Senhor Milagre que venceu na melhor categoria melhor minissérie e é desenhada por Mitch Gerads, que levou na categoria melhor arte-finalista.

Confira abaixo a lista de ganhadores DC e Marvel:

MELHOR HISTÓRIA CURTA:

The Talk of the Saints” por Tom King e Jason Fabok, em Swamp Thing Winter Special (DC Comics)

MELHOR HISTÓRIA EM EDIÇÃO ÚNICA:

Peter Parker: The Spectacular Spider-Man #310, de Chip Zdarsky (Marvel)

MELHOR MINISSÉRIE:

Senhor Milagre, de Tom King e Mitch Gerads (DC Comics)

MELHOR ÁLBUM GRÁFICO (REPUBLICAÇÃO):

Visão capa dura, de Tom King, Gabriel Hernandez Walta, e Michael Walsh (Marvel)

MELHOR ROTEIRISTA:

Tom King por Batman, Senhor Milagre, Heroes in Crisis e Swamp Thing Winter Special (DC Comics)

MELHOR ARTE-FINALISTA:

Mitch Gerads por Senhor Milagre (DC Comics)

MELHOR COLORISTA:

Matt Wilson por O Poderoso Thor, Fugitivos (Marvel)

MELHOR LETRISTA:

Todd Klein por Batman: Cavaleiro Branco (DC Comics); Eternity Girl e Livros da Magia (Vertigo/DC Comics).