Morre Joye Hummel, primeira escritora da Mulher-Maravilha, aos 97 anos

Escritora foi reconhecida e creditada apenas em 2018.


Em 1941, William Moulton Marston criou a Mulher-Maravilha, a maior heroína dos quadrinhos. Apesar do psicólogo criar a heroína, ele precisava de um auxílio de alguma jovem, e foi aí que surgiu Joye Hummel, a assistente de Marston que ficou conhecida como escritora-fantasma (via The Washington Post).

JoyeHummel1943

Anúncios

Até então, a Sra. Hummel tinha 19 anos, e nunca leu nenhuma história em quadrinhos. O criador da amazona, precisava de uma nova pessoa, que compartilhasse sua visão, e conseguiu. Hummel escreveu algumas histórias da Mulher-Maravilha por três anos seguintes, sem ser creditada por isso.

“Você entende que eu quero que as mulheres sentem que têm o direito de sair, estudar, encontrar algo que gosta de fazer e sair no mundo e fazê-lo”, lembrou a escritora, das palavras de Marston.

hummel_wonderwoman21

A Sra. Hummel ficou cada vez mais reconhecida pelo público em 2014, após a entrevista da escritora Jill Lepore, que publicou o livro “A história Secreta da Mulher-Maravilha”. Em 2018, pelo seu grande trabalho, ela foi agraciada pelo prêmio Bill Finger, na San Diego Comic-Con, e homenageada pelo prêmio do Eisner Awards, que concede a escritores desconhecidos. Marston foi diagnosticado com poliomelite cinco meses após os trabalhos juntos com Hummel, e ficou afastado dos quadrinhos, deixando ela em seu lugar.

maxresdefault (1)

Agora, reconhecida e devidamente creditada, a Sra. Hummel trabalhava com uma Mulher-Maravilha lutando contra o fascismo e causas feministas, não a deixando sempre sexy. Ela usava, tanto da visão de Marston como a sua, e escreveu mais de 70 roteiros, com instruções para os artistas. No final de 1947, Hummel parou de escrever quadrinhos logo após se casar. Apesar de tudo, ela ficou descontente com a nova visão de outros quadrinistas para a Mulher-Maravilha.

“Mesmo se eu não tivesse saído por causa de minha nova filha, eu teria renunciado se me dissessem que teria que fazer [Mulher Maravilha] uma supermulher masculina que pensa e atua”, escreveu a artista, em um e-mail para Lepore.

Em 2014, a quadrinista doou seus arquivos para o Museu Smithsonian, sendo um deles, o exame de psicologia que chamou a atenção de Marston para com ela.

imrs

Após se aposentar da DC, Hummel veio a trabalhar como uma secretária em uma corretora de Hollywood. Ela também estudou para ser corretora de bolsa. Em 2017, ela concedeu uma entrevista à revista Haven, e relembrou com carinho seu estudo e exame de certificação para ser registrada na Bolsa de Valores de Nova York.

“Acredito que Marston ficaria orgulhoso de mim”, disse a quadrinista.

Joye Hummel, agora conhecida como Joye Murchison Kelly (nome de casada) morreu no dia 5 de abril, após completar 97 anos de vida um dia antes. Ela faleceu em sua casa em Winter Haven, na Flórida. A morte foi confirmada pelo seu filho, Robb Murchison, e a causa não foi informada. De acordo com ele, a Sra. Hummel era “realmente uma mulher maravilhosa”.

Descanse em paz, Sra. Hummel.


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anualmente

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

ContribuirContribuirContribuir
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s