Review: Sensacional Mulher-Maravilha #1 e #2 (2021)

Novas aventuras da Mulher-Maravilha rementem à Era de Ouro.


O DC Digital First, nova linha de quadrinhos da DC Comics, já começa com o pé direito em Sensacional Mulher-Maravilha, título que celebra os 80 anos da maior heroína dos quadrinhos. A princesa Amazona está em um novo desafio, e ao que parece, virou uma dona de casa como nos anos 40 e 50. Diana precisa descobrir o que está acontecendo, antes que seja tarde para despertar. 

Anúncios

Stephanie Phillips homenageia a Era de Ouro da Mulher-Maravilha, que teve suas histórias publicadas na Sensation Comics. O título semelhante, ainda se casa com um roteiro que se parece com uma história dos anos 50, onde a mulher era vista pela sociedade como dona de casa. As duas primeiras edições, da minissérie que possui 12 edições ao todo, abordam a Mulher-Maravilha como uma dona de casa, em um total devaneio.

Ao que parece, nem toda a minissérie parece ter apenas um grande perigo, e sim, possuem edições que são divididas em arcos, como o primeiro e o segundo, fechando o ciclo de participação do Doutor Psycho. Há uma dinâmica pouco explorada, mas bem interligada entre a Mulher-Maravilha e a Mulher-Gavião, e não seria estranho se víssemos mais delas. Porém, o que desagrada, é ver que Psycho não é páreo para Diana, e somente consegue combatê-la quando está emergida em um pesadelo, já que este é o seu poder, controlar mentes.

19

A arte do quadrinho não tem o intuito de ser padronizada entre as fases Renascimento ou Infinite Frontier, e remete muito ao quadrinhos clássicos. Mesmo que continue fazendo a Mulher-Maravilha usar seu traje igual ao de seus títulos no Renascimento, Meghan Hetrick traz novos traços para a princesa Amazona, e um pouco mais simples. A colorista Marissa Louise consegue alternar entre cores mais vivas e escuras, enquanto no pesadelo e fora dele. Os traços e a coloração são os pontos mais positivos do título até o momento, e ainda podem melhorar.

Sensacional Mulher-Maravilha começa muito bem no DC Digital First, e explora a heroína nos anos 50, tempo o qual a mulher parecia não ter influência alguma. Com uma equipe criativa em sua maioria formada por mulheres, a primeira e segunda edição estabelece uma futura parceria, mas a mesma personalidade para a Mulher-Maravilha.

SWW-01_CoversCredits (1)_Page_2_Page_3_5fda48b9012e08.30989322


Quer receber mais conteúdos como este? Nos ajude a manter o site sempre atualizado!

Uma vez
Mensal
Anual

Faça uma contribuição única

Faça uma contribuição mensal

Faça uma contribuição anual

Escolha um valor:

R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00
R$5,00
R$30,00
R$100,00

Ou insira uma quantia personalizada:

R$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente
Anúncios

Uma consideração sobre “Review: Sensacional Mulher-Maravilha #1 e #2 (2021)”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s