Semana Heroica #7 | Review: Flash Comics #1

Criado por Gardner Fox e tendo sido desenhado por Harry Lampert, Jay Garrick, o primeiro Flash, fez sua aparição pela primeira vez em sua revista mensal de quadrinhos, a Flash Comics, em 1940. Um tanto diferenciado do Superman, mas que possuía um poder igual do Homem de Aço, a supervelocidade. Mas, apenas esse poder lhe era concedido, e o mesmo era retratado como o deus romano Mercúrio, pois, era tão rápido quanto ele.

flash-comics-CR

Anúncios

Sua origem foi mostrada logo na primeira edição da Flash Comics, e posteriormente uma breve retratação em Flash de Dois Mundos. Jay Garrick era apenas um simples estudante e jogador de futebol americano, que gostava de Joan Williams. Em um dia no laboratório de seu professor de ciências, ele derruba o destilador de um experimento após acender um cigarro no meio de um laboratório? Sério isso, senhor Fox? Tudo bem, continuando… Ele derruba e inala aqueles gases poderosos e desmaia, sendo levado ao hospital pela manhã quando seu professor o acha. Após uma bateria de testes, o doutor que cuidou do caso disse que ele poderia ser considerado o “homem mais rápido vivo”, e que podia correr, ter pensamentos rápidos, falar e podendo superar a velocidade de uma bala. É claro que o segredo foi mantido pelo cientista e pelo doutor, para que não soubessem de um dos “milagres da ciência”. 

Flash-Comics-1-CR

Revigorado, Jay recebe alta e usa sua velocidade para tudo, ficando impressionado com isso. Ele revela que era tão rápido quanto uma bala para Joan, que também se impressiona. Por alguns momentos no quadrinho, o jovem usa a velocidade a seu favor, seja para ganhar uma partida ou para jogar tênis consigo mesmo. E é após a brincadeira no tênis que tudo começa. Joan revela que seu pai, o Major Williams, havia sido sequestrado por uma gangue chamada O Quarteto Mafioso, para que ele contasse o segredo do bombardeiro atômico, uma arma de guerra dos Estados Unidos para a Segunda Guerra Mundial. Quando ela revela a Jay, um dos mafiosos atira e o velocista consegue pegar a bala e desviá-la. O ponto que o doutor não tinha certeza agora se fez verdade.

O roteirista usa pontos políticos para construir a narrativa, já que a Segunda Guerra estava apenas iniciando. O enredo básico de “o mocinho e o bandido” é um dos pontos da Era de Ouro dos quadrinhos, e pode ser visto em várias outras primeiras aparições de heróis, como o Batman ou o Superman. Não espere nada tão profundo nesta HQ, que vai direto ao ponto, que é resgatar o pai de Joan e acabar com os bandidos.

Não nos foi mostrado uma explicação de como Jay consegue seu traje e o capacete na primeira edição, mas apenas, como ele se torna o Flash, denotando que, à medida que o crime aumenta na cidade, alguém precisava fazer algo para parar isso. É um começo plausível para um futuro herói da Sociedade da Justiça da América e de Keystone City.

Flash_Jay_Garrick_0006

A arte de Lampert, caracterizam muito bem o lado bom e o mal. O lado bom, há pessoas “bonitas”, transmitindo a boa índole que tem. Já o lado dos vilões, a arte é mais exagerada, mostrando que todos eles são feiosos e não tão bem de postura ou vestidos. Seus diálogos também, um tanto diabólicos e extrapolantes de um inimigo, e nada muito como é visto hoje. A Flash Comics durou de 1940 a 1949, quando foi cancelada e foi decretado o ano em que Jay Garrick se aposentou como Flash.


Veredito

Apesar de não ser o melhor quadrinho do Flash, já que não somos habituados a ler muitos da Era de Ouro, a HQ é marcante por ser a primeira aparição de Jay Garrick. Com um roteiro regular e uma proposta que convence o leitor, a apresentação de Gardner Fox e Harry Lampert ainda diverte na aventura do Flash contra as forças do mal, em uma leitura agradável e saudável.

Avaliação: 2 de 5.

Semana Heroica acontece uma vez por mês, durante uma semana, focando em algum personagem dos quadrinhos, para falar sobre quadrinhos, games, filmes e sua origem ou um vídeo falando sobre algum quadrinho, essas últimas no canal do Critical Room.

No Instagram, você confere a quinta parte com a indicação da série The Flash!

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s