10 grandes filmes de terror para se ver no Halloween

Os grandes fãs dos filmes de terror amam celebrar o Halloween vendo obras que os assustam e os deixam tão tensos como nunca. É claro que muitos servem mais para exalar o medo, e outros para tentar deixar uma certa angústia no telespectador. E no Dia das Bruxas, não iria faltar uma lista de filmes de terror.

Dessa vez, iremos listar 10 grandes filmes de terror para se ver durante o Halloween, que é celebrado hoje no mundo todo. Adicionem a lista que dá tempo!


1. Nosferatu

Vamos iniciar com o terror mudo que foi um dos principais filmes representativos do Expressionismo Alemão, que usava cores intensas, deformação da realidade e também tensa ligados a subjetividade. Nosferatu (1922), um clássico do cinema mudo, do diretor F. W. Murnau, retrata a vida de um corretor de imóveis, que precisa vender um castelo cujo o proprietário é o conde Orlock (Max Schreck), um vampiro milenar que espalha terror na Alemanha e se interessa por Ellen, a esposa de Hutter, o corretor de imóveis.

çp

2. Psicose

Talvez, o mais memorável filme de terror de todos os tempos, Psicose (1960) do mestre Alfred Hitchcock é um dos filmes mais bem elogiados dos anos 60 e do gênero de terror. O thriller tem como enredo uma mulher, que após roubar 40 mil dólares para se casar, foge no meio de uma tempestade e se aloca em um hotel no caminho. Norman Bates (Anthony Perkins), o proprietário do hotel é um homem com uma relação conturbada com a mãe, e a noite que deveria ser mais calma para Marion (Janet Leigh) se torna um verdadeiro pesadelo.

Psicose-cena

3. À Meia-Noite Levarei Sua Alma

O grande terror nacional do diretor José Mojica Marins, pai do horror brasileiro, não poderia ficar de fora dessa lista. O filme lançado em 1964 é o mais renomado do terror brasileiro, e traz o vulgar e misteriosos Zé do Caixão, personagem criado pelo diretor, que ficou conhecido pelo nome em longa data até sua morte. A trama do filme retrata o coveiro Zé do Caixão em busca de um herdeiro para continuar seu sangue, porém sua mulher não consegue engravidar e ele agride a mulher de seu amigo. A mulher agredida pensa em se suicidar, e após isso, carregar a alma do coveiro para o mundos dos mortos.

meia-noitew

4. O Bebê de Rosemary

Do diretor Roman Polanski, e tendo sido lançado em 1968, O Bebê de Rosemary é um dos clássicos que ainda ecoam na eternidade. Tendo sido indicado e ganhado um Oscar, o longa nos leva até a jovem Rosemary (Mia Farrow), uma grávida que começa a se questionar de sua própria sanidade após coisas estranhas acontecerem no prédio em que mora. Porém, o mais estranho está por vir, após alucinações bizarras e uma seita de bruxas querer que ela dê a luz ao Filho das Trevas.

mia-farrow-em-cena-de-o-bebe-de-rosemary-de-roman-polanski-1590149287324_v2_1318x736

5. O Exorcista

Perturbador. A única palava que pode descrever O Exorcista (1973), um grande sucesso do terror/sobrenatural. A bilheteria gorda do filme, de quase 450 milhões de dólares, para um orçamento de pouco mais de 12 milhões, rendeu dois Oscar e quatro Globos de Ouro, incluindo Oscar de Melhor Roteiro Adaptado e Mixagem de Som. A trama consiste em uma garota de doze anos possuída pelo demônio, e um padre é chamado é chamado para avaliar. Após chegar a conclusão da possessão da menina, um segundo sacerdote é chamado e este tenta livrá-la do mal.

O longa dividiu grande parte do público, que definiu o filme como assustador. Alguns membros de religião não gostaram do filme e de como foi tratada a imagem de Deus – há cenas absurdas e perturbadoras – e tentaram de tudo, “boicotar” o filme.

o-exorcista-novo-filme-160614

6. Tubarão

Tubarão (1975), de Steven Spielberg, o colocou de vez no mercado do cinema mundial, e estabeleceu também uma das maiores parcerias dos filmes, Steven Spielberg e o compositor John Williams. Tubarão, um filme aterrorizante de um animal aquático e assassino, rendeu três Oscar ao diretor e foi um grande sucesso. O ataque do tubarão branco aos banhistas na praia da cidade de Amity, acendeu o alerta das autoridades locais. Enquanto a polícia quer fechar as praias, o prefeito entra em contramão, achando que isso irá prejudicar as finanças da cidade. O cientista Matt Hooper (Richard Dreyfuss) e o pescador Quint (Robert Shaw) entram na busca e ajudam o chefe de polícia, Martin Brody (Roy Schneider) a matar a fera.

20200511-tubarao-1975-1200x675

7. O Iluminado

1980 foi um grande ano para o diretor Stanley Kubrick e o ator Jack Nicholson com o lançamento de O Iluminado e seu aparente sucesso. A obra adaptada do livro de Stephen King traz Jack Torrance, um escritor que está com bloqueio criativo ao hotel Overlook. Após as premonições de seu filho se tornarem mais perturbadoras e Jack descobrir segredos sombrios do hotel, ele começa a virar em um maníaco para aterrorizar sua família.

o-iluminado

8. A Bruxa de Blair

Um terror independente chega aos cinemas em 1999, fazendo grande sucesso em bilheteria. A Bruxa de Blair remonta uma lenda urbana de uma floresta chamada Maryland. Três jovens vão investigar a tal lenda, e coisas ruins começam a acontecer, fazendo com que eles desapareçam sem deixar nenhum rastro. Um ano depois a câmera é encontrada e o destino dos jovens é revelado.

8Ce9c81emJNaopKMnloaE41LuKm

9. Invocação do Mal

Trazendo os investigadores paranormais para as telonas, Ed e Lorraine Warren, James Wan introduz um universo para seus filmes de terror, utilizando acontecimentos reais da história do casal. Em 2013, o diretor dirigiu um dos filmes de terror mais bem lembrados da última década. Trazendo Patrick Wilson e Vera Farmiga para os papéis de protagonistas do filme, os demonologistas tem a obrigação de ajudar uma família aterrorizada por uma entidade demoníaca em sua nova casa. Utilizando de casos dos Warren, Wan cria um grandioso e rico universo dos filmes de terror.

2218597.jpg-r_640_360-f_jpg-q_x-xxyxx

10. Halloween – A Noite do Terror

Você sabia que o clássico de John Carpenter estaria presente na lista, pois, não há Dia das Bruxas sem Michael Myers. O filme que consagrou o subgênero slasher, ainda lá em 1978, é uma das obras-primas do cinema de terror de todos os tempos. Halloween – A Noite do Terror apresentou um dos maiores assassinos do cinema, Michael Myers, o Bicho Papão, The Shape, chame do que quiser. Um assassino e maníaco desde criança, após matar sua irmã mais velha a facadas, volta a Haddonfield após 15 anos, na fuga de uma prisão psiquiátrica. Na noite em que ele volta para casa, o Halloween começou e sua perseguição a Laurie Strode (Jamie Lee Curtis) e a babás também. Sua insaciável sede de sangue, fez com que a perseguição a Laurie acontecesse de diversas formas. Laurie precisa fugir das mãos de seu assassino se quiser viver.

É válido lembrar a trilha sonora, que foi composta pelo próprio diretor e que até hoje se faz muito famosa.

751110b8cd69e5779aa594f905dd224b

Créditos na matéria: Pablo Silva.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s