Batman Day | Os 10 melhores games do Batman

Ah, os jogos! Com certeza, há muitos gamers no mundo, e eu sou um deles. E, como toda empresa, a DC Comics não hesita de colocar um de seus pilares na indústria dos games, o Batman. O Critical Room decidiu fazer uma lista dos 10 melhores jogos do Batman.


10. Batman: Arkham VR

Desenvolvido pela Rocksteady em 2016, criadora da trilogia Arkham, Batman: Arkham VR é o primeiro jogo de realidade virtual feito pela Rocksteady e da DC Comics. O jogo permite o jogador imergir no mundo do Batman, com seus acessórios e segredos, além de explorar a Mansão Wayne e Batcaverna. A história que se passa entre Batman: Arkham City e Knight, tem como enredo o mistério do desaparecimento de Asa Noturna e Robin. O Asa Noturna havia sido morto em conflito e o Robin enjaulado, e tudo era graças ao Batman, que estava infectado com o sangue TITAN do Coringa. Tudo não passava de uma alucinação do herói.

captura-de-tela-2016-11-14-074553

9. LEGO Batman: The Videogame

Um clássico dos jogos e desenvolvido pela TT Games em 2008, LEGO Batman é muito amado pelos fãs do Morcego e dos amantes dos games de LEGO. O visual do game é inspirado no clássico Batman de Tim Burton, com a trilha sonora composta por Danny Elfman. A trama é composta por três grupos de vilões que fogem Asilo Arkham para aterrorizar Gotham, e a dupla dinâmica precisa capturá-los novamente. O jogo também disponibiliza uma história paralela, só que controlando os vilões.

lego-batman

8. Batman: The Telltale Series

A Telltale Games não perdeu tempo de desenvolver um jogo do Batman, e a Athlon Games e conseguiu os direitos para que a Telltale pudesse produzir um game em que o jogador escolhe entre decisões certas e erradas, tanto na vida do Batman, quanto na de Bruce Wayne. O enredo apresenta um grande perigo para Gotham, a Senhora Arkham, que junto de Pinguim, amigo de infância de Bruce, revela a podridão de Thomas Wayne, Carmine Falcone e o atual prefeito Hamilton Hill. Bruce Wayne  financia e apoia Harvey Dent em sua campanha para prefeito, e quando descobre toda a verdade, não esconde a vergonha que sente por crescer no dinheiro sujo de seu pai. Ao mesmo tempo que lida contra a pressão da imprensa quanto o passado de sua família, Bruce recebe ajuda da Mulher-Gato, Alfred, Lucius Fox e o tenente Gordon para derrubar a Senhora Arkham e os Filhos de Arkham.

batman-telltale-screen-03-ps4-eu-20jul16

7. Batman: Arkham Origins

Sendo um game que mostra como tudo começou na Saga Arkham, a WB Montreal investiu em um jogo em que o Batman e seus vilões estivessem ainda no início de carreira, apenas se conhecendo. Havia muita expectativa para o lançamento do jogo em 2013, e a expectativa causou frustração em muitos e muita alegria para outros. Arkham Origins relata o incidente na prisão Blackgate, dominada pelo Máscara Negra e seus capangas. O Batman é alvo de Roman Sionis, que contrata outros mercenários como o Exterminador, para matar o Morcego. Porém, os planos de Sionis não fluem, pois Coringa ascende ao mundo do crime e domina sua operação. Além de estar sendo caçado, o Batman é um foragido da polícia corrupta de Gotham, e precisa ficar fora do foco de James Gordon.

81be1ea84b9bd7077d0e80a9a8808b50

6. LEGO Batman  3: Beyond Gotham

O último jogo da franquia LEGO Batman, LEGO Batman 3: Beyond Gotham, foi lançado ainda em 2014 e teve um bom desempenho.  O jogo multiplayer junta novamente o Batman e a Liga da Justiça para enfrentar a maior ameaça do universo LEGO, Brainiac, que reduzia cidades para sua coleção. As tropas de Lanternas (Azuis, Amarelos…) foi emboscada pelo androide, e faltava apenas Hal Jordan, o Lanterna Verde, para que seu plano estivesse concluído. Por outro lado, Lex Luthor, Coringa e sua turma invadem a Sala da Justiça para usar o canhão de fusão binário da Torre de Vigilância, e forçar o povo a fazer Luthor de presidente. Porém, o improvável acontece, quando Brainiac começa sua invasão, os vilões se unem a Liga da Justiça para salvar o mundo.

jogo-novo-lego-batman-3-beyond-gotham-para-ps-vita-D_NQ_NP_21660-MLB20214531310_122014-F

5. Batman: The Enemy Within

Lançado em 2017, um ano após a primeira temporada, Batman: The Enemy Within é uma continuação direta de Batman: The Telltale Series, e explora novos vilões e aliados para a trama. Com a volta do Charada para Gotham, a Agência que está sob o comando de Amanda Waller, entra no caso e oferece uma aliança para trabalhar ao lado de Batman. João Ninguém (Coringa), convence Bruce a conhecer seus amigos, Arlequina, Bane, Sr. Frio e a Mulher-Gato, que estava de volta a cidade para um trabalho. A equipe de vilões queria conseguir uma cura, a partir do sangue do Charada. Bruce Wayne se infiltra e trabalha junto com Selina para roubar o laptop e o pen drive do Charada, que contém informações preciosas de um projeto engavetado da Agência, que atua nas sombras. Waller coloca o Batman em seu tabuleiro, podendo revelar a qualquer momento a identidade de Bruce para o mundo, caso não coopere na operação. Batman está contra tudo e todos, e precisa escolher entre salvar seus aliados ou sua identidade.

apps.31945.13622106627511667.cfae7aa9-70ca-4a3f-b792-b8ed981d7eef

4. LEGO Batman 2: DC Super Heroes

O segundo jogo da franquia LEGO, lançado em 2012, considerado o melhor dos três, une o Batman, com alguns heróis da Liga da Justiça e por fim toda ela reunida, para derrotar Lex Luthor e Coringa. O jogo de mundo aberto, que permite explorar Gotham desde o Asilo Arkham até a Batcaverna, impressiona até nos gráficos da água, permitindo o jogador dirigir o batmóvel ou voar com o Superman pela cidade. O enredo chega a explorar muito bem a mitologia do Batman, unindo vilões como Coringa para um grande plano contra a dupla dinâmica. Coringa e outros vilões são capturados pelos heróis de Gotham, sendo preso no Arkham. Luthor usa sua arma de desconstruir peças pretos, libertando o Coringa, e depois vários vilões da galeria do Cavaleiro das Trevas. Quando Superman e Batman vão a LexCorp, Luthor é quase capturado pelos Melhores do Mundo e foge num robô gigante , construído juntamente com o Coringa. A Liga da Justiça se une para impedir que os vilões destruam Gotham.

269412

3. Batman: Arkham Asylum

Uma grande euforia tomou conta dos fãs quando a Rocksteady anunciou o primeiro jogo do Batman feito pela desenvolvedora, ainda não tão conhecida. Lançado em 2009, Batman: Arkham Asylum foi um sucesso sem tamanho para os games de heróis, sendo o jogo que remodelou a visão sobre os games deste gênero, e inspirou muitos outros. Trazendo Mark Hammil e Kevin Conroy, dubladores oficiais de Coringa e Batman, respectivamente, a trama consiste na captura de Coringa, em que o Cruzado Encapuzado acha fácil demais. Acompanhando a entrada do vilão no Asilo Arkham, e impedido de ir adiante, o Coringa escapa com ajuda da Arlequina, e liberta dos diversos internos e grandes vilões do Batman, causando o caos no Asilo. Com o auxílio de sua tecnologia, Alfred e Oráculo, Bruce precisa retomar a ordem no Arkham e prender todos os mais diversos vilões de sua galeria, como o Espantalho, Crocodilo e Bane. Enquanto enfrenta seus maiores vilões, Batman descobre que o mesmo veneno que Bane usa, o Coringa aplica em seus capangas para criar seu exército pessoal, e por final, nele mesmo.

apps.46786.70309314677683603.40b6fa7a-2f62-4f22-ae9b-dfce24d32be3

2. Batman: Arkham Knight

O último jogo da da trilogia Arkham pela Rocksteady, que deu fim ao legado do Batman e seu heroísmo em Gotham, Batman: Arkham Knight chegou em 2015 para os consoles, e causou grande euforia. Com a revelação de que o Espantalho seria o grande vilão do filme, muitos se perguntavam como ele havia sobrevivido ao ataque do Crocodilo. Mais determinado e com um visual de dar arrepios, além de mais perigoso, Crane convoca todos todos os vilões do Batman (até mesmo o Vagalume) para quebrar o Batman, e deixá-lo sem esperança, em pleno Halloween. Seu plano era desmascarar o herói, tentando quebrar seu psicológico, matando pessoas próximas e o induzindo ao gás do medo. Porém, seu braço direito e também arquiteto do plano, o Cavaleiro de Arkham, quer matá-lo a todo custo. Crane revela o dispositivo de precipitação alocado em um tanque, e que serviria para tomar toda a Gotham, já que seu plano inicial de destruir toda a Bleake Island a partir da Ace Chemicals falhou. Com sua vingança psicológica de derrubar e cansar o Batman até quebrar sua mente, o Espantalho nota que ele estava diferente do habitual. O sangue TITAN do Coringa (que morreu em Arkham City) ainda corre em suas veias, e ele busca se salvar com uma cura. Alternando entre alucinações e o presente, Bruce luta contra seu medo e sua mente de se quebrar. Ao final, ele precisa salvar seus aliados, revelando para o mundo sua verdadeira identidade, e deixando para sempre o manto de Batman.

Este slideshow necessita de JavaScript.

1. Batman: Arkham City

Batman: Arkham City é considerado por muitos o melhor jogo já feito do Batman e de heróis, mas muitos fãs ficam divididos entre os três da trilogia principal – e com razão, pois até na lista foi difícil escolher o melhor. Lançado em 2011, e explorando uma nova prisão em Gotham, Arkham City traz o enigmático Hugo Strange, diretor da instalação e antigo psiquiatra do Asilo Arkham. Após descobrir a identidade secreta do Batman, ele aloca os maiores criminosos de Gotham em sua prisão na cidade velha. Com uma parcela contra, e tendo colocado o prefeito em sua palma da mão, além de contornar o DPGC, Strange deixa os maiores vilões de Gotham tomarem seu lugar na prisão, com cada um em sua fortaleza pessoal. Capturado pela Tyger, Bruce Wayne se infiltra em Arkham City para descobrir sobre o Protocolo 10, o tão infame plano de Strange. Conseguindo escapar e vestir seu traje no topo de um prédio, ele precisa salvar a Mulher-Gato de ser morta pelo Duas-Carase perguntar sobre o plano do psiquiatra. Após salvar Selina de ser morta duas vezes, sendo a segunda pelo Coringa, o Cavaleiro vai atrás do Palhaço, é capturado e sofre uma transfusão de sangue, tendo o TITAN correndo por seu corpo. E é aí que uma busca incessante por uma cura começa, ao mesmo tempo em que Batman precisa parar o Protocolo 10, que era um plano para destruir Gotham e recomeçar de suas cinzas. Sua batalha final após impedir Strange e seu mentor da destruição, foi salvar Talia Al Ghul do Coringa falso, que havia roubado a cura pra si. Derrotando o Cara-de-Barro, que era o Coringa falso e frustrando os planos do Coringa de ser imortal a partir do Poço de Lázaro, Bruce toma a cura e é atacado pelo Palhaço, que vê sua esperança se quebrar. Batman escuta a última risada e o suspiro de Coringa, carregando o corpo de seu algoz para fora do Teatro Monarch, inquieto.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Gostou da lista? Não saia ainda, pois não paramos por aqui. O Critical Room listou os 6 importantes quadrinhos que transformaram o Batman e também as melhores animações do herói. Fique ligado, pois às 23 horas será finalizado as comemorações do Batman Day!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s