Crítica: Taxi Driver (1976)


Aviso: Crítica sem spoilers!


Taxi Driver (1976) dirigido por Martin Scorcesse e estrelado por Robert De Niro no papel de Travis, o motorista de táxi, certamente é um dos grandes clássicos do cinema e um dos melhores filmes do diretor. O filme mostra um militar que sofre de insônia (viciado em pornografia) que decide se tornar um motorista de táxi na Nova York dos anos 70.

O filme não nos mostra o que Travis passou na guerra, mas mostra que além de ter uma habilidade com qualquer tipo de arma (típico de um soldado), ele também tem uma bela imaginação para montar apetrechos e outras bugigangas.

Taxi Driver captura muito bem a mudança que o personagem teve ao ser rejeitado por uma mulher que ele havia se interessado, quer dizer, ele já era desequilibrado, mas depois desse evento, as coisas ficaram piores. Isso pode ser culpa da insônia, misturada com todos os traumas que ele certamente sofreu quando era soldado.

Além de toda narrativa muito bem construída, o longa retrata muito bem a Nova York dos anos 70, com todo crime e desigualdade social. Mesmo que a câmera foque mais no De Niro durante as cenas dentro do táxi, você consegue ver as luzes da cidade, que de iluminada não tinha nada.

Os coadjuvantes também ajudam a manter a narrativa mais interessante, como os colegas de trabalho de Travis, com todos os comentários sobre o trabalho. A prostituta que Travis tem contato e os traficantes que aparecem durante o film, ajudam a manter a ideia da cidade podre, mas bonita.

A trilha sonora é outro ponto alto, mesmo que aparente ser meio repetitiva, ela ajuda a mostrar a instabilidade do personagem, que parece que vai surtar a qualquer minuto (ponto para o De Niro que entregou uma atuação impecável)

Taxi Driver é um clássico do cinema que merece (e tem) ser passado de geração em geração, é incrível como um filme da década de 70 consegue ser tão atual e esplêndido como Taxi Driver é!


Veredito

Um filme que retrata com maestria alguém que é atormentado por diversos traumas do passado.

10/10.


ASSISTA AO NOVO VÍDEO DO CANAL https://youtu.be/a38fjvC2s6c