Vikings: O legado sobre os guerreiros

A indicação de série de hoje será ‘Vikings’, umas das mais aclamadas séries de todos os tempos.

Produzida pela emissora History (mesma de ‘Knightfall’), ‘Vikings’, tornou-se muito querida pelas pessoas, tendo uma legião de fãs. Baseada em acontecimentos históricos, distorcendo pouquíssimas coisas, a série mostra em tempos medievais, as atitudes dos guerreiros nórdicos contra os cristãos, a convivência e a própria religião nórdica.

Mas, vamos começar pelo povo. O povo viking vivia na região da Escandinávia, que hoje compreender a Suécia, Noruega e Dinamarca. Constituíram uma rica cultura, que se devia muito a agricultura, pesca e comércio marítimo.

Eles eram os piratas sem tapa-olho. Invadiam vários países, especialmente a Bretanha, que comportava vários reinos: Wessex, Nortúmbria, Essex… até mesmo o Reino dos Francos (atual França). Faziam vários saques, tomavam terras e mutilavam os cristãos.

Por fim, os vikings que possivelmente podem ter sido os primeiros a botarem os pés na América – antes mesmo de Cristóvão Colombo – se dissolveram no século XII.

A série se baseia nas histórias do grande guerreiro e Rei dos Vikings, Ragnar Lothbrok e sua família. É gravada no Canadá e Irlanda, mostrando a exuberância da paisagem nos tempos mais antigos.

Kattegat, “capital” viking. Estreito na Suécia e Dinamarca.

Vikings traz vários eventos, como a batalha no Reino dos Francos (Cerco de Paris), festas para celebrar os deuses, as viagens marítimas para oeste, a crença de castigos dos deuses e muitas outras coisas. Uma série muito recomendada para quem ama história.

Muito aclamada pela crítica, com 8,6 no IMDB e contendo 91% do total das críticas no Rotten, os veículos internacionais de mídia dão ênfase nas batalhas incríveis de tirar o fôlego, no roteiro da temporada e seu enredo, e exploração dos personagens, juntamente com o visual do ambiente. Mesmo que a imprecisão histórica ainda perdure em certos momentos, o maior ponto negativo para a crítica, a série se faz tensa, brutal e incrível ao mesmo tempo.


Lembrando, Vikings em sua sexta e última temporada, irá conter 20 episódios, que serão divididos em duas partes. Os dez primeiros irão ser transmitidos neste ano. Os outros, apenas em 2020.

A sexta temporada estreia dia 4 de dezembro no History. A Netflix disponibilizará em seu catálogo, a segunda parte da quinta temporada no dia do Halloween (31/10).

Música: If I had a heart.

Uma consideração sobre “Vikings: O legado sobre os guerreiros”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s